43ª edição Inter Regiões

43ª edição Inter Regiões
43ª Edição Inter Regiões

4.17.2019

Taça das Nações - Minhotos decisivos em goleada diante a Suíça



O primeiro dia da 68ª edição da Taça das Nações terminou com o jogo entre as seleções de Portugal e da Suíça, com o triunfo a pertencer aos portugueses por 9-4.
Dos nove golos de Portugal, oito pertenceram ao  clã minhoto, Gonçalo Alves (4), Helder Nunes (2) e Miguel Vieira (2). Apenas Rafael Costa não marcou.

Ao intervalo, Portugal liderava o marcador por 4-0 com tentos de Gonçalo Alves (2), Hélder Nunes e Miguel Vieira.
Na segunda parte, assistiu-se a uma reação da Suíça que chegou a estar a perder por 6-4.
Mas Portugal voltou a assumir o jogo e acabou em grande, vencendo por 9-4.
Neste segundo período, marcaram pelos portugueses, Gonçalo Alves (2), Miguel Vieira, Hélder Nunes e João Rodrigues, enquanto que pela Suíça,  Lorenzo Rui (2), Marzio Vanina e Gian Rettemund.
Para a segunda jornada, esta quinta feira, jogam às 16h Espanha com a Suíça e às 18h, Portugal defronta Angola.

Foto: David Barbosa

4.16.2019

Sub 20 - HC Braga volta a perder.



A equipa de juniores do HC Braga voltou a perder na fase final da categoria, agora na receção ao SC Tomar por 3-2.
Depois de ter começado a prova com um triunfo em casa diante o Paço d'Arcos, o HC Braga nunca mais conseguiu vencer, averbando a quinta derrota consecutiva.
Quanto ao SC Tomar somou o seu segundo triunfo na prova, relegando assim os bracarense sozinhos para o ultimo lugar.

Nas Goladas ao intervalo, o SC Tomar vencia por 1-0 que na etapa final elevou para 2-0.
O HC Braga reagiu e chegou ao empate mas na parte final, o SC Tomar alcançou o tento do triunfo.
Marcaram pelo HC Braga, Gonçalo Botelho e António Trabulo e pelo SC Tomar, Guilherme Bonet (2) e Francisco Rodrigues..

Ao fim da sexta jornada, o SC Tomar soma seis pontos e o HC Braga apenas três.
Para a próxima ronda, o HC Braga desloca-se a Valongo e o SC Tomar recebe a AD Sanjoanense.

Foto: Aquilino Ferreira / Hóquei Minhoto

AD Limianos perde mas continua acima da zona de descida




O famoso " Caldeirão " em São João da Madeira recebeu o encontro entre a AD Sanjoanense e a AD Limianos, duas equipas com objectivos bem distintos.
Diante os seus adeptos, a AD Sanjoanense venceu a formação de Ponte de Lima por 4-0, regressando assim ao primeiro lugar em igualdade pontual com o CH Carvalhos, muito por culpa também da derrota do HA Cambra em Famalicão.
Em relação à AD Limianos apesar da derrota, continua acima da zona de descida com vinte e cinco pontos, os mesmos do CD Povoa e AA Coimbra.
Quanto ao jogo, a Sanjoanense praticamente decidiu a seu favor a conquista dos três pontos na primeira metade, mas só na parte final com golos, dois de Pedro Cerqueira e um de Tiago Almeida.
No segundo tempo o golo de José Almeida de livre direto fez o 4-0 final.

A AD Sanjoanense volta a assumir a liderança, a par do CH Carvalhos com quarenta e seis pontos, seguidos do HA Cambra ( +1 jogo ) com quarenta e cinco pontos.
Para a próxima ronda, a AD Sanjoanense volta a jogar em casa, desta vez diante o Porto B.
Quanto à AD Limianos continua a sua luta pela manutenção, recebendo em casa o HC Maia que tem menos três pontos que os minhotos.

Foto: AD Sanjoanense / Edgar Pinho

4.15.2019

Riba d'Ave afasta OC Barcelos da Taça



Com uma excelente moldura humana no municipal de Barcelos, a equipa do Riba d'Ave ( esteve na final four de 2018 em Tomar ) afastou o OC Barcelos da Taça de Portugal com o triunfo por 4-3.

Uma grande exibição do guarda redes do Riba d'ave, Pedro Freitas e uma eficácia total ( hat-trick Nuno Pereira Miccoli ), foram fatores determinantes para que a equipa de Hugo Azevedo segui-se me frente na competição.
Ao intervalo o Riba d'Ave comandava por 2-0 graças aos tentos de Nuno Micoli e Hugo Azevedo.
No segundo tempo, o OC Barcelos continuou a ter maior posse de bola, mas o Riba d'Ave em dois livres diretos por Nuno Pereira " Miccoli " aumentou aos 2' e aos 15' para 4-0.
Após ter começado a pressionar mais, o OC Barcelos iniciou uma recuperação no marcador por Zé Pedro, Joca Guimarães e Gonçalo Nunes reduzindo para 4-3 a cinco minutos do fim.
Um final improprio para cardíacos, com o OC Barcelos a tentar pelo menos chegar ao empate e o Riba d'Ave a esconder a bola e a segurar a diferença mínima.
Nesse período podiam ter acontecido golos, mas Nuno Pereira " Miccoli " aos 22' e Rúben Sousa aos 23' não concretizaram um livre direto.

Foto: António Araujo / Hóquei Minhoto

4.14.2019

AP Minho fecha Inter Regiões em 7º



Após se terem defrontando na fase de grupos, as seleções do Minho e do Ribatejo mediram forças para o sétimo e oitavo lugar do Inter Regiões.
Desta vez a AP Minho levou a melhor por 5-2 sobre a AP Ribatejo, ao contrario do triunfo dos ribatejanos na fase de grupos por 5-3.
Entrou melhor e a ganhar vantagem a AP Minho aos 6' por Francisco Carvalhos, mas a AP Ribatejo respondeu com o empate por João Inácio.
A AP Minho voltou a colocar-se antes do intervalo de novo na frente do marcador por Rodrigo Martins.

No segundo tempo, a AP Ribatejo voltou a igualar desta vez por Tomás Tomás.
A seguir a inspiração de João Pedro acabou por ser decisiva para que o Minho chega-se ao 5-2 e termina-se em sétimo lugar.

Em relação à edição de 2018, a AP Minho caiu um lugar, para sétimo e a AP Ribatejo a descida ainda foi maior, de quinto para oitavo.

Foto: António Lopes AL

4.13.2019

AP Minho volta a perder e vai lutar pelo 7º lugar




A AP Minho somou mais uma derrota, agora na disputa pelo 5º a 8º lugar diante a AP Leiria por 4-2.
Assim a AP Minho que tinha como objetivo chegar às meias finais vai lutar pelo setimo e oitavo lugar, depois de em Bragança ter terminado em sexto lugar.
Em abono da verdade a seleção do Minho mostrou inúmeras fragilidades defensivas que acabaram por ser aproveitadas com exito pelos seus adversários.
Foi um filme repetido neste Inter Regiões, onde a AP Minho voltou a entrar a perder quando aos 2' Lucas Gonçalves abriu o marcador.
Os minhotos reagiram e empataram por Tiago Pinheiro.
Antes do descanso, a AP Leiria voltou a adiantar-se por Guilherme Luis, mas a AP Minho voltou aos 13' a igualar por Francisco Carvalho.
No segundo tempo, A AP Leiria voltou a a aproveitar as fragilidades defensivas da AP Minho, por Lucas Gonçalves, obtendo o 3-2.
Aos 12' numa decisão muito duvidosa, João Pedro viu o cartão azul por suposta simulação, levando mesmo a muitos protestos da AP Minho.
Esses protestos ditaram dois cartões azuis ao selecionador da AP Minho.
Da infração, a AP Leira, fez o 4-2 por Lucas Gonçalves de livre direto.
Assim a AP Minho defronta o vencedor do jogo, AP Setúbal e a AP Ribatejo, para atribuição do 7º e 8º lugar.

Foto: António Lopes AL 

AP MInho vai lutar pelo 5º lugar



A seleção do Minho está fora das meias finais do 43ª edição do Inter Regiões após somar nova derrota na fase grupos.
No grupo A, os minhotos ainda tinham uma esperança em atingir as meias finais, mas para isso tinham de ganhar à AP Coimbra e esperar pelo desfecho do encontro entre o Ribatejo e a Madeira.
Com a derrota por 3-2 diante Coimbra, o adversário de Lisboa nas meias finais ficou logo conhecido, sendo a AP Coimbra.

Diante a AP Coimbra a quem o empate chegava, o Minho apesar de ter começado logo a perder aos trinta segundos, encontrou pela frente um guarda redes adversário inspirado, chamado Gustavo Carvalho que acabou por ser decisivo no resultado final.
Aos 8' Manuel Nunes alargou para 2-0, mas antes do descanso Tiago Pinheiro reduziu.
No inicio da segunda parte, o Minho tomou conta do jogo e chegou ao empate aos 5' por Rodrigo Monteiro.
Com alguma sorte, a AP Coimbra volvidos dois minutos fez o 3-2.
Ainda assim o Minho nunca deixou de atacar mas a grande exibição de Gustavo Carvalho impediu que os minhotos marcassem qualquer golo.
Assim o Minho vai jogar para o 5º ao 8º lugar, procurando melhorar a posição de Bragança onde terminou na sexta posição.
Quanto a Coimbra repete a presença nas meias finais, defrontando Lisboa.

Foto: António Lopes AL 


4.12.2019

AP Minho ainda com hipótese de chegar às meias finais



Apesar de ter perdido com a AP Porto que assegurou o primeiro lugar por 3-0, a AP Minho ainda tem hipóteses de atingir as meias finais.
Tudo porque a AP Coimbra derrotou a AP Ribatejo por 2-0, deixando em aberto a possibilidade de na ultima jornada, três equipas terminarem com seis pontos.
Para isso acontecer a AP Minho tem de vencer a AP Coimbra e depois esperar pelo resultado em termos de golos do desafio entre a AP Ribatejo e a AP Madeira.
Caso terminem as três quipas com seis pontos, a decisão será pela diferença de golos marcados e sofridos.

Em relação ao jogo com a AP Porto, os minhotos tiveram boa atitude mas o primeiro golo sofrido muito cedo complicou a tarefa.
Ainda na primeira parte a AP Porto fez o 3-0.
No segundo tempo, a AP Minho ainda tentou marcar, mas a AP Porto fechou bem a sua baliza.

No grupo A, a AP Lisboa e AP Aveiro já estão nas meias finais, jogando este sabado entre si para decidir o primeiro lugar

Foto: António Lopes AL

4.11.2019

Inter Regiões - AP Minho perde com a AP Ribatejo



Para a segunda jornada do grupo B, a AP Minho defrontou a AP Ribatejo e num renhido jogo, o triunfo pertenceu aos ribatejanos por 5-3.

Apesar de Tomás Silva ter dado vantagem aos minhotos, a formação do Ribatejo conseguiu antes do intervalo colocar-se na frente do marcador por 3-1 com golos, dois de Duarte Lourenço e um de João Inácio.
Na segunda parte a AP Minho chegou ao empate com um bis de Tiago Belchior, mas logo a seguir João Lino fez o 4-3.
Os minhotos arriscaram tudo para alcançar de novo a igualdade, mas acabaram por sofrer o 5-3 nos últimos instantes por João Inácio.
No outro jogo do grupo, a AP Porto derrotou a AP Madeira por 18-1.

Para esta sexta feira, a AP Minho defronta às 20.00H a AP Porto, estando obrigada a pontuar para não depender de outros para chegar às meias finais.

Foto: António Lopes AL 


Inter Regiões - Estreia da AP Minho ditou vitória sobre a AP Madeira




Na estreia da 43ª Edição do Inter Regiões em Vila Franca de Xira, a seleção da AP Minho no grupo B, defrontou a AP Madeira vencendo folgadamente por 7-0.

O triunfo começou muito cedo quando aos 2' Francisco Carvalho abriu o marcador, tendo aos 5' Tomás Silva elevado para 2-0.
Com uma entrada muito forte, um bis de João Coelho aumentou para 4-0.
Ainda na primeira parte Francisco Coelho fez o 5-0.
No segundo tempo o selecionador da AP Minho perante a vantagem aproveitou para rondar todos os jogadores, inclusive os guarda redes.
O marcador voltou a sofrer alteração aos 6' por Tiago Belchior, para aos 11' Tomás Silva fazer o 7-0 com que acabaria por terminar o jogo.
No outro jogo do grupo B, a AP Porto derrotou a AP Coimbra por 4-1, tendo folgado a AP Ribatejo.

A segunda jornada prossegue ainda esta quinta feira com a AP Minho a defrontar a AP Ribatejo às 21.10H.
Antes às 20.00H jogam a AP Porto com a AP Madeira, folgando a AP Coimbra.

Foto: António Lopes