43ª edição Inter Regiões

43ª edição Inter Regiões
43ª Edição Inter Regiões

10.31.2017

Valença HC desloca-se a Paço d'Arcos dia 1 de novembro



O Paço d'Arcos e o Valença HC jogam esta quarta feira feriado a partida da terceira jornada do nacional da primeira divisão.
Ambas as equipas foram derrotadas na anterior ronda, com o Paço d'Arcos a perder em Turquel por 7-3 e o Valença HC em casa com o OC Barcelos por 4-1.

Um jogo onde a equipa da casa, o Paço d'Arcos quer aproveitar esse fator para somar os primeiros pontos na prova.
Recorde-se que a equipa da "Linha " ainda não pontuou pois perdeu em casa na primeira jornada por 4-3 com a Juventude de Viana.

Em relação ao Valença HC joga pela segunda vez na condição de visitante depois de na jornada inaugural ter ganho por 4-2 nas Goladas diante o HC Braga.

O jogo começa às 18.30h e é apitado por José Nave e Paulo Baião da AP Lisboa.

HCP Grandola visita Viana do Castelo dia 1 de novembro



A Juventude de Viana e o HCP Grândola acordaram antecipar o jogo da 6ª jornada para quarta feira dia 1 de novembro.
Assim a formação do Alentejo aproveita a semana e permanece no norte para sabado jogar no reduto do Infante Sagres relativo à terceira jornada da prova.

A Juventude de Viana irá realizar o seu segundo jogo em casa após a derrota no passado domingo com o Benfica por 3-2.
Em relação ao HCP Grândola que se estreia na primeira divisão, o inicio de prova não tem sido fácil.
As primeira jornadas ditaram jogar contra os candidatos ao titulo com derrotas no Porto por 14-2 e em casa com o Sporting CP por 4-1.

Na classificação a Juventude de Viana tem três pontos fruto do triunfo na primeira jornada em Paço d'Arcos enquanto que o HCP Grândola é ultimo classificado com zero pontos


O jogo começa em Monserrate às 18.00h tendo como árbitros Florindo Cardoso e Pedro Figueiredo da AP Minho.

Cartaz: Juventude de Viana 

10.30.2017

AD Barcelos com plantel completo





A Associação Desportiva de Barcelos tem o seu plantel formado para disputar o nacional da terceira divisão e a primeira eliminatória da Taça de Portugal.
O seu primeiro jogo oficial acontece este sabado às 18.30h para a Taça de Portugal com a recepção à formação da CCD Ordem, equipa  da zona do Porto  ( Lousada ) que regressa em seniores.

O grupo às ordens do novo treinador, Bruno Fernandes que já orientou o HC Fão e foi jogador sénior da AD Barcelos e CD Povoa, conta com um novo elemento e a inclusão de cinco juniores.


Guarda redes
Diogo Martins
Nuno Costa ex Fâo 
Gonçalo Azevedo ( júnior )

Jogadores de campo
Nuno Gomes cap
J.P. Duarte
Vitor Braga
Alex Azevedo
Luís Ramalho
David  Veloso ( júnior )
Luís Martins ( júnior )
Tiago Dias ( júnior )  
Francisco Costa ( júnior )

Treinador: Bruno Fernandes
Treinador Adjunto: Tozé Batista 

Paulo Pereira " O segredo do Barcelos foi a intensidade de jogo imposta em Valença "



O OC Barcelos venceu em Valença por 4-1, somando a segunda vitoria na prova.
Depois de uma primeira parte equilibrada, o treinador do OC Barcelos, Paulo Pereira considerou que a forma intensa da sua equipa foi determinante para a obtenção dos três pontos.

" Conseguimos impor ao jogo uma grande intensidade. Eu gosto de ter uma equipa intensa que joga o jogo todo em alta velocidade.
Sabíamos que com essa postura iríamos desgastar alguns jogadores do Valença. 
Fomos mais fortes em termos físicos e isso facilitou o nosso triunfo. A sorte de termos passado para a frente do resultado também ajudou. Fomos felizes na finalização e tivemos um guarda redes que fez uma grande exibição.
Se tivesse sido o Valença a dar a volta, as dificuldades seriam maiores.
Penso que fomos uns justo vencedores, mas se o jogo tivesse terminado empatado também não era de todo desajustado porque as duas equipas encaixaram-se quase na perfeição.
Apenas não gostei dos muitos golos que falhamos, mas vamos trabalhar para melhorar esse aspeto ".

O OC Barcelos faz uma pausa no campeonato para defrontar o Uttigen da Suíça para a primeira mão da taça Cers este sabado com o primeiro jogo a disputar-se em Barcelos.

Foto: DR

Orlando Graça " O segundo golo do Barcelos com o patim prejudicou o Valença ".




Depois de ter vencido em Braga, o Valença recebeu o OC Barcelos perdendo por 4-1.
Para o treinador do Valença HC, Orlando Graça os lances de bola parada falhados pela sua equipa foram determinantes no resultado final negativo, para alem da irregularidade do segundo golo do Barcelos.





" Embora esses lances sejam relativos, a minha equipa não os soube aproveitar. Também o Barcelos não marcou mas conseguiu de outra forma. Caso a minha equipa tivesse marcado poderíamos estar aqui a falar de outro resultado.
No entanto o segundo golo do Barcelos pela forma irregular como foi obtido com o patim, condicionou depois o jogo da minha equipa.
Os meus jogadores sentiram psicologicamente essa injustiça de estar a perder de forma irregular.
Mesmo assim ainda tivemos um lance de bola parada que nos podia ter posto de novo dentro da discussão do jogo.
A perder arriscamos mais no ataque mas não conseguimos marcar ".

Após a segunda jornada do nacional da primeira divisão, o Valença faz a sua estreia nas competições europeias este sabado recebendo o Wolfurt para a 1ª eliminatória da Taça Cers.

foto: AL 

II D - AD Limianos perde com o CH Carvalhos



Após ter começado o campeonato com um promissor empate no HC Marco, a equipa da AD Limianos somou no passado sabado a terceira derrota consecutiva, a segunda em casa desta vez diante o CH Carvalhos por 5-2.


O CH Carvalhos com objectivos mais elevados ao intervalo vencia por 2-0 com tentos de João Marques e Ricardo  Ramos.
A vantagem na segunda parte chegou ao 4-0 por João Marques  aos 12' e Telmo Ramos aos 19', altura em que a AD Limianos tentou, mas tarde entrar na discussão com o golo de  Tiago Faria aos 23'.
Ainda houve tempo para mais dois golos, um para cada lado, primeiro para o CH Carvalhos por João Marques e para a AD Limianos por Miguel Costa " Fininho ".

Assim o CH Carvalhos subiu ao segundo lugar com dez pontos, a dois do líder a Sanjoanense.
A AD Limianos caiu para o 13º lugar com apenas um ponto.
Para a próxima jornada a turma de Ponte de Lima joga em Paços de Ferreira e o CH Carvalhos recebe a ADJ Vila Praia.

foto: AD Limianos 

10.29.2017

Benfica vence em Viana do Castelo



Pela diferença mínima,  o Benfica venceu a Juventude de Viana por 3-2 num dos jogos grandes da segunda jornada do nacional.
Quatro dos cinco golos foram apontados através de lances de bola parada

Com o pavilhão de Monserrate bem composto de publico o marcador só começou a funcionar muito próximo do intervalo.
Depois de aos 20' Emanuel Garcia ter falhado um livre direto por azul mostrado a João Rodrigues, o Benfica inaugurou o resultado de grande penalidade por Carlos Nicolia.
Segundos depois a Juventude de Viana empatou também em lance de bola parada, desta vez de livre direto por Emanuel Garcia.
A igualdade a uma bola foi desfeita no inicio da segunda parte nos primeiros segundos por Carlos Nicolia.
Com o jogo muito vivo as oportunidades de golo foram uma constante em ambas as balizas.
Aos 15' o Benfica aumentou para 3-1 por Jordi Adroher de livre direto a punir a 15ª falta da turma vianense.
No minuto seguinte a Juventude de Viana reduziu para 3-2 por André Azevedo de grande penalidade.
Ate ao fim do jogo tanto o Benfica podia ter aumentado como a Juventude de Viana empatado mas Emanuel Garcia falhou um livre direto aos 18' e Jordi Adroher igual lance aos 24'.
Assim o Benfica juntou-se a FC Porto, Sporting CP, Oliveirense e OC Barcelos, todos com seis pontos.
A Juventude de Viana caiu para o oitavo lugar com três pontos.

Na próxima ronda o Benfica recebe o HC Turquel e a Juventude de Viana desloca-se ao FC Porto.

Foto: Juventude de Viana 

II D - ADJ Vila Praia empata com o CD Povoa



A turma da ADJ Vila Praia conseguiu o seu primeiro ponto na provar em casa com o CD Povoa ao dividir o resultado a quatro bolas.
Se para os minhotos foi o primeiro resultado positivo, para os poveiros foi a primeira partida onde não somaram os três pontos.
Antes do jogo a ADJ Vila Praia tinha sofrido três derrotas e o CD Povoa somado três triunfos.

O CD Povoa marcou primeiro mas o Vila Praia chegou ao empate.
No entanto ainda na primeira parte os poveiros foram em vantagem por 2-1 para os balneários.
Para a segunda parte o CD Povoa ampliou para 4-1, tendo de seguida a ADJ Vila Praia reagido e chegado ao empate a quatro bolas.
A equipa do Minho podia ter ganho mas nos últimos segundos do jogo desperdiçou uma grande penalidade por César Pinheiro.
Fizeram o resultado final numa igualdade os golos de César Pinheiro três e um de Duda Chavarria para o Vila Praia e Gabi Silva três e um de Cristiano Fangueiro para o CD Povoa.
Assim o Vila Praia deixou o ultimo lugar agora entregue ao Gulpilhares como CD Povoa a perder terreno para a Sanjoanense no primeiro lugar.
Na próxima ronda a ADJ Vila Praia joga nos Carvalhos e o CD Povoa recebe o Riba d'Ave.

FOTO: ADJ VILA PRAIA 

HC Braga perde em Valongo



A AD Valongo recebeu o HC Braga e venceu por 5-2.
Para a equipa da casa foi a primeira vitoria na prova e para os bracarenses o segundo deslize.
Foi com uma grande penalidade que a AD Valongo abriu o marcador aos 5' por Daniel Oliveira " Poka ", com Diogo Fernandes aos 12' aumentar para 2-0.
O HC Braga reagiu e antes do intervalo reduziu para 2-1 por Gonçalo Suissas de livre direto.
Para a segunda parte logo aos 2' o HC Braga podia ter empatado mas Márcio Rodrigues falhou uma grande penalidade.
Aos 4' a AD Valongo aumentou para 3-1 por " Poka " de livre direto a punir cartão azul mostrado ao guarda redes Francisco Veludo.
Mesmo assim o Braga arriscou e reduziu aos 7' por Pedro Delgado " Bekas ".
Depois de " Poka " ter desperdiçado um livre direto, o Braga teve nova oportunidade de empatar mas aos 17' Gonçalo Suissas não aproveitou também um livre direto.
A AD Valongo chegou ao resultado final nos últimos minutos com dois golos de Guilherme Silva e " Poka ", fazendo o 5-2.

Assim a AD Valongo somou os primeiros pontos depois de ter perdido na Oliveirense,
Já o HC Braga obteve a segunda derrota depois de nas Goladas ter perdido com o Valença.
Para a próxima ronda o Valongo joga em Barcelos e o HC Braga volta a jogar fora, agora em Oliveira de Azeméis.

foto:DR 

II D - HC Fão perde com Porto B



Jogo bem disputado e equilibrado entre a equipa do Porto B e do HC Fão com o triunfo a pertencer aos portistas por 4-2 em partida do nacional da segunda divisão.
Na primeira parte o Porto B foi mais eficaz chegando ao intervalo a vencer por 3-0 com tentos de Martim Ferreira e dois de Nuno Paiva, um deles em situação de superioridade numérica.
A turma do HC Fâo que na etapa inicial viu Afonso Ferro defender uma grande penalidade e um livre direto e ter desperdiçado um livre direto por Diogo Machado  entrou na segunda parte mais forte.
Os fangueiros chegaram a reduzir para 3-2 por Diogo Machado logo nos primeiros segundos e por Bernardo Silva aos 17' de grande penalidade.
Após varias oportunidades criadas pelas duas equipas, o Porto B alcançou o 4-2 no ultimo minuto graças ao golo de Martim Ferreira de livre direto.
O Porto B soma agora seis pontos e o HC Fão três, mas os fangueiros tem menos um jogo.
Na próxima ronda o Porto B volta a jogar em casa com a AA Coimbra e o HC Fão recebe o HA Cambra.

Foto: Sandra Alves 


OC Barcelos vence Valença HC



O Valença recebeu o OC Barcelos no segundo derbi minhoto seguido a contar para o nacional da primeira divisão, com o triunfo a sorrir aos barcelenses por 4-1.
Apesar da grande intensidade impostas pelas duas equipas ao jogo e das oportunidades criadas, o primeiro golo apenas apareceu aos 16' e para o OC Barcelos por Marinho que com um remate enrolado surpreendeu o guarda redes Rodolfo Sobral.
O conjunto da casa respondeu aos 22' com o empate por Guido Pellizzari sendo que antes do descanso o marcador podia ter sofrido alteração, mas José Braga, Luís Viana e João Almeida desperdiçaram cada um livre direto.
A segunda parte começou com o Barcelos em inferioridade numérica, situação que não foi aproveitada pelos valencianos para desfazerem a igualdade.
O filme acabou por ser o mesmo da etapa inicial com os golos a surgirem a meio do jogo e todos para o OC Barcelos.
Primeiro foi Juan Lopez a fazer o 2-1 após jogada individual, num lance onde o Valença protestou alegado golo apontado de forma irregular com um " chuto " com o patim.
Este lance desorientou a equipa do Valença que viu Joca Guimarães aos 20' aumentar para 3-1.
Na parte final Marinho fez o 4-1 final depois de o OC Barcelos ter falhado de forma escandalosa várias situações de golo onde Rodolfo Sobral foi o salvador.
Mesmo em cima do apito final Guido Pellizzari desperdiçou um livre direto ao permitir mais uma defesa de Ricardo Silva.

Nota negativa para as "escaramuças " registadas entre elementos das duas equipas no acesso aos balneários e para o trabalho da dupla de arbitragem muito mal na  forma como assinalou as faltas e mais grave na contagem dos famosos  "45 " segundos.
Nas faltas o Valença queixa-se de uma grande penalidade a seu favor que foi transformada na 15ª falta de equipa e de um golo mal anulado a Guido Pellizzari quando o jogo estava empatado a uma bola.
No que diz respeito aos "45" segundos, neste aspeto os árbitros que estiveram na mesa não acompanharam devidamente a sinalética dada pelos juízes de pista.
A exemplo, ainda na primeira parte aconteceu que foi dada o sinal para começar nova contagem dos  "45 " segundos, sendo que esta só começou passados " 12 " segundos.

Com o resultado de 4-1 a favor do OC Barcelos, a turma de Paulo Pereira soma seis pontos, enquanto que o Valença tem três.
Para as duas equipas segue-se a participação na Taça Cers onde o atual detentor do troféu o OC Barcelos recebe os suíços do Uttigen e o Valença que faz a sua estreia na Europa jogando em casa com o Wolfurt.
No que diz respeito ao campeonato na próxima jornada o Valença HC desloca-se a Paço d'Arcos e o OC Barcelos recebe o Valongo.

10.28.2017

Sanjoanense vence Riba d'Ave nas Tílias


Interessante, emotiva e muito intensa foi a partida de hóquei em patins proporcionada por duas equipas candidatas à subida de divisão no Parque das Tílias em Riba d'Ave.

Perante uma boa moldura humana, muito por culpa da grande falange de apoio da formação de São João da Madeira o jogo foi muito equilibrado, obrigando todos os presentes a assistir ate ao ultimo segundo a partida.
A Sanjoanense impôs assim a primeira derrota da temporada ao Riba d'Ave após vencer por 4-3.

A equipa da casa abriu o marcador aos 16' por Bruno Serôdio de grande penalidade, para aos 18' elevar para 2-0 por Vítor Oliveira.
Ainda antes do descanso a Sanjoanense cresceu e chegou ao empate por Alex Mount e José Almeida, este de livre direto.
No segundo tempo aos 9' o atleta da Sanjoanense podia ter dado vantagem à sua equipa mas desperdiçou um livre direto por cartão azul mostrado a Hugo Azevedo.
Também de livre direto o Riba d'Ave falhou por João Abreu aos 12', mas dois minutos volvidos Bruno Serôdio voltou a dar vantagem aos minhotos.
Aos 15' Bruno Serôdio não aproveitou uma grande penalidade que podia ter dado alguma tranquilidade ao Riba d'Ave.
Com apenas um golo de diferença a Sanjoanense tentou chegar ao empate mas Diogo Fernandes foi evintando
Do lado contrario o guarda redes Marco Lopes foi também um dos responsáveis pela incerteza em relação ao resultado final ao defender um livre direto aos 22' de Hugo Azevedo.

No entanto no ultimo minuto a Sanjoanense fez o empate de grande penalidade por Pedro Cerqueira e deu a volta em igual lance pelo mesmo jogador a escassos quinze segundos do fim.

Assim a Sanjoanense com o triunfo foge ao Riba d'Ave nos primeiro lugares somando doze pontos contra os nove dos minhotos.
Para a próxima ronda o Riba d'Ave joga na Povoa de Varzim e a Sanjoanense recebe a AA Espinho.

Foto: António Anacleto

10.27.2017

Renato Garrido " Que o Monserrate esteja cheio contra o Benfica "



Renato Garrido: "As dificuldades são as de defrontar uma equipa com muita qualidade"

Depois da vitória alcançada na estreia no campeonato nacional diante do Paço d'Arcos, a Juventude de Viana tem um jogo grande reservado para a segunda jornada perante o Benfica. O encontro realiza-se este Domingo, 29 de Outubro, às 17h, em Monserrate.

O treinador vianense, Renato Garrido, espera, naturalmente, "um jogo muito complicado de dificuldade máxima com duas equipas que tudo vão fazer para ganhar".

Portanto, não se esperam facilidades para a Juventude de Viana diante do vice-campeão nacional. "As dificuldades são as de defrontar uma equipa com muita qualidade individual e coletiva, com jogadores de classe mundial que podem resolver um jogo a qualquer momento", explicou o treinador. 

É certo que ainda agora começou o campeonato para encontrar um dos grandes do hóquei em patins, porém "sabíamos, desde que saiu o calendário, quais seriam os nossos adversários e preparamo-nos para essa eventualidade".

A arma secreta continua a ser, para Renato, o público. "Gostávamos de ter Monserrate cheio, a fazer lembrar tempos passados. Sabemos que quando temos muito público em Viana do Castelo jogamos com um sexto jogador. No último jogo foi importante para nós termos elementos da claque que fizeram 800km para nos apoiar". 

Independentemente do resultado desta partida, as aspirações da Juventude de Viana são de uma equipa ganhadora. "Não gostamos de fazer futurologia. O nosso objetivo é estarmos focados, jornada a jornada, na procura dos três pontos. Mas como grupo de trabalho desejamos sempre a superação individual e coletiva e trabalhamos todos os dias para estarmos melhor. Desta forma vamos lutar para fazer melhor do que a época passada, e se possível subir mais um degrau da tabela classificava. No entanto há várias equipas com qualidade e com os mesmos objetivos".

fonte: Juventude de Vianqa 

Joca Guimarães " OCB ao melhor nível para ganhar "




Após ter começado a ganhar o campeonato tal como o Valença HC, o OC Barcelos joga este sabado diante a formação valenciana.

O atleta Joca Guimarães prevê uma partida complicada mas acredita que o Barcelos ao seu melhor nível tem condições para somar os três pontos.

" Duas equipas que começaram o campeonato da melhor maneira e é com essa mesma vontade que querem manter o bom registo. Esperemos uma equipa complicada, aguerrida e com muita qualidade. 
Vamos ter muito cuidado pois têm um conjunto muito forte mas sabemos que se estivermos no nosso melhor podemos ser felizes.
O OC Barcelos quer voltar a somar os três pontos para continuar o seu caminho neste campeonato. Ao nosso melhor nível para ganhar ".

Sabado o jogo começa às 21.30 sendo apitado por Porfirio Fernandes e Nazareno Duarte de Lisboa .

foto: AL

10.26.2017

Jorge Faria " Rato " - " Obter um resultado positivo em Valongo ".


O HC Braga vai tentar fora das Goladas inverter o resultado negativo que teve na primeira ronda em casa onde perdeu com o Valença por 4-2.
No próximo sabado deslocação a Valongo, onde o jogador Jorge Faria " Rato " prevê uma partida complicada.

" Espero uma partida difícil contra uma equipa que vem de um jogo em que quase surpreendia a Oliveirense ( vencedora da Taça Continental  ), mas vamos entrar para tentar vencer.
Vamos procurar cometer poucos erros e aproveitar as nossas oportunidades.
Não começamos da melhor forma o campeonato mas já estamos a trabalhar para nos próximos jogos os resultados serem diferentes. 
O nosso único pensamento é obter um resultado positivo ".

A partida começa às 18.30h em Valongo com Miguel Guilherme e João Duarte de Lisboa a serem os árbitros designados.

Foto: Nuno Soares 

Nuno Pereira " Vamos procurar dar continuidade ao bom resultado de Braga "



O Valença HC volta a encontrar um vizinho na segunda jornada do nacional da primeira divisão.
Depois de ter visitado o HC Braga e ter vencido por 4-2, agora recebe o OC Barcelos que também ganhou na ronda inaugural por 2-1 ao HC Turquel.

Para Nuno Pereira " Miccoli " contratado este ano ao Riba d'Ave, foi bom ter começado o campeonato a ganhar.
" A vitoria em Braga foi a demonstração que a equipa esta muito unida e confiante que vai ser uma grande época para o clube. 
Para nós será mais um jogo que vamos encarar com muita humildade mas sempre com mesmo objectivo de alcançar os três pontos. Queremos continuar a ganhar.
Este ano o Valença Hoquei Clube tem como objectivo discutir todos os jogos e garantir o mais rápido possível a manutenção ".

Na pré temporada as duas equipas do Minho encontraram-se na Elite Cup com o OC Barcelos a levar a melhor sobre o Valença HC por 5-2.

A partida começa às 21.30H em Valença sendo dirigida por Porfirio Fernandes e Nazareno Duarte.

foto: AL

10.25.2017

Minhoto Hélder Nunes recebe Dragão de Ouro


O capitão da equipa de hóquei em patins do FC Porto recebeu o galardão referente a Atleta de alta competição do Ano.

Hélder Nunes confessou que subir ao palco para receber um Dragão de Ouro era um "sonho" que o acompanhava "desde criança". 
Em declarações ao Porto Canal, o capitão da equipa de hóquei em patins do FC Porto admitiu que "dispensava a parte do discurso", mas falou num grande "orgulho" por se juntar a uma extensa lista de nomes da história do FC Porto.

"Sem dúvida que é um orgulho estar aqui. Um motivo extra ser na nossa casa, o Dragão Caixa, onde festejámos muitos títulos e onde sentimos o apoio dos nossos adeptos, que nos conduziu à conquista do campeonato nacional. É um sonho de criança conquistar o Dragão de Ouro. A parte do discurso dispensava, se calhar, mas desde muito novo que queria fazer do hóquei a minha carreira, de preferência no FC Porto. Receber um Dragão de Ouro em casa é um sentimento único. Grandes nomes do FC Porto já o receberam e é uma honra estar entre esses nomes", afirmou Hélder Nunes, que deixou uma promessa aos adeptos azuis e brancos:

"A única coisa que posso prometer é trabalho, empenho e dedicação de alma por este grande clube", rematou.

Atleta de Alta Competição do Ano: Hélder Nunes

Chegou ao FC Porto proveniente do HC Braga, como jovem prodígio, em 2012, e, cinco anos depois, já tem um palmarés recheado: dois Campeonatos nacionais, três Taças de Portugal e três Supertaças. Já como capitão, o defesa/médio nascido em Barcelos procura agora a glória europeia.

Fonte: O Jogo
Foto: Porto Canal ( TV )

" Somos Juve " realiza Halloween Roller Party



A Academia " Somos Juve " da Associação Juventude de Viana vai realizar no dia 31 de novembro de 2017, terça feira, das 20/23 horas o Halloween Roller Party no Pavilhão da Meadela.

Um evento que consiste em que as crianças dos 4 aos 12 anos das equipas  convidadas,  patinem fantasiados e apresentem uma coreografia.
A equipa que apresentar o melhor disfarce e coreografia ganha um prémio, enquanto que os outros participantes também vão ter prémio pela presença.


10.24.2017

Minhoto "Rafa" Rafael Costa renova pelo FC Porto



O hoquista Rafa renovou com o FC Porto até 2020, acrescentando mais dois anos ao atual vínculo que terminava no final da época, e aponta como grande desafio "as conquistas europeias", anunciou o clube no seu site. 

"Estou muito satisfeito pelo FC Porto confiar no meu trabalho. É o clube de que eu gosto, que me dá todas as condições para fazer o meu trabalho e que me permite lutar por títulos", disse Rafa.

Parte importante do triplete em 2016/17 (campeonato, Taça e Supertaça), Rafa está pela quarta temporada consecutiva no plantel, mas chegou aos 'dragões' em 2009, participando ainda, enquanto júnior, na conquista do decacampeonato. 

Formado no Óquei de Barcelos, antes de ingressar no FC Porto, em 2009, o internacional português atuou duas temporadas de dragão ao peito repartidas entre o plantel júnior e o sénior.

Rafa representou, em seguida, o Hóquei Clube de Braga (2011/12), Óquei de Barcelos (2012/13 e AD Valongo (2013/14) - com o qual se sagraria campeão nacional -, antes de ser resgatado pelo FC Porto, em 2014.

"O que me proponho fazer é aquilo para que o clube está moldado: ganhar tudo. O ano passado fizemos uma excelente época a nível interno, mas, como já foi referido desde a pré-época, queremos mais a nível europeu", disse.

fonte: Jornal Record 
foto: site FC Porto

Rodrigo Pereira " As exibições não refletem os resultados do Vila Praia "



Ao fim das três primeiras jornadas do nacional da segunda divisão, zona norte, a ADJ Vila Praia ainda não somou qualquer ponto, sendo nesta altura a defesa mais batida da prova com vinte e cinco golos e o terceiro pior ataque com nove tentos.

Os números deixam naturalmente preocupado o treinador Rodrigo Pereira.
Não está mesmo fácil mas vamos dar a volta.
Na verdade falhamos em casa com o HC Marco e acabamos por perder um jogo onde tivemos todas as condições para obter um resultado positivo.
Em relação ao jogo com a Sanjoanense era à partida muito difícil contra um candidato à subida, tal como foi com o Famalicense.
Temos que continuar a trabalhar no sentido de traduzir as melhorias em resultados.
Vamos tentar já este fim de semana em casa diante do CD Povoa fazer um bom resultado.
Sabemos das nossas limitações mas acredito que aos poucos vamos melhorar. 
O campeonato é muito longo ".

Quando ao elevado numero de golos " Estamos a trabalhar no sentido de corrigir esse aspeto.
A equipa está empenhada em mudar essa realidade.
Temos um grupo forte e que não se revê nestes resultados mas alguns contra tempos impediram que fizéssemos um jogo com o plantel completo.
Na verdade as exibições não refletem os resultados.
Esta equipa precisa de uma vitória para melhorar os índices anímicos ".

A ADJ Vila Praia perdeu com o Famalicense por 11-5, com o HC Marco por 6-3 e com a AD Sanjoanense por 9-1.

foto: ADJ Vila Praia 

10.23.2017

II D - AD Limianos perde na Povoa de Varzim




O CD  Póvoa continua a vencer e pela terceira vez seguida ao derrotar a AD Limianos por 5-1, no nacional da 2.ª divisão, zona norte.
A vencer por duas bolas em tempo de descanso graças aos golos de Tiago Rocha e Tiago Barbosa, os poveiros ainda viram a AD Limianos reduzir numa grande penalidade no início da 2.ª parte por José Pedro Carvalho, 
Na resposta os poveiros apontaram mais três tentos por  Miguel Costa e um bis de Gabi Silva fazendo o 5-1 final
O CD Povoa é a par do Riba d'Ave e da Sanjoanense um dos primeiros classificados com nove pontos enquanto que a AD Limianos apenas tem um ponto.
Para a próxima ronda o CD Povoa joga em Vila Praia de Ancora e a AD Limianos recebe o CH Carvalhos.

foto: Radio Onda Viva

ADJ Vila Praia volta a perder



Continua muito complicado o inicio de prova para a ADJ Vila Praia após somar a terceira derrota consecutiva no nacional da segunda divisão.
Na visita a um dos candidatos à subida, a formação do Minho perdeu em São João da madeira por 9-1, apesar de ter começado jogo a ganhar com o golo de César Pinheiro.

Ao intervalo a Sanjoanense vencia por expressivos 6-1, tendo na segunda parte abrandado o ritmo com a obtenção de mais três golos.
Apontaram pela Sanjoanense, Pedro Cerqueira cinco, Afonso Santos dois, Alex Mount e José Almeida um cada.

Com o triunfo a Sanjoanense está junto do Riba d'Ave e do CD Povoa na liderança do campeonato com nove pontos.
Em sentido contrario a ADJ Vila Praia nos últimos lugares sem qualquer ponto ao lado do Gulpilhares ( -1 jogo ) e da AA Coimbra.

Para a próxima ronda a Sanjoanense visita o Riba d'Ave e a ADJ Vila Praia recebe o CD Povoa.

foto: António Anacleto

1 D - Juventude de Viana vence em Paço d'Arcos


A Juventude Viana começou da melhor forma o campeonato nacional de hóquei em patins da 1ª divisão, graça a uma vitória por 3-4 na deslocação a Paço d`Arcos.

A equipa de Renato Garrido esteve a perder (2-0), mas conseguiu com categoria dar a volta ao resultado e garantir os primeiros três pontos da temporada.

André Centeno e Gonçalo Nunes (2-0) deram vantagem aos locais, Nelson Pereira reduziu para a Juventude de Viana (2-1) e João Ramalho empatou (2-2) ainda antes do descanso.

Na segunda parte, Tó Silva colocou, pela primeira vez os minhotos em vantagem no jogo (2-3), só que Gonçalo Nunes ainda conseguiu empatar.

Já perto do final do encontro, Emanuel Garcia resolveu o jogo a favor dos vianenses (3-4).

No próximo domingo a Juventude Viana volta a entrar em campo. No Pavilhão de Monserrate vai defrontar o Benfica às 17h00.

foto: Pedro Xavier/Radio Geice

II D - HC Fão vence Gulpilhares



Após ter perdido em Paços de Ferreira, o HC Fão fez o seu primeiro jogo da temporada perante os seus adeptos, vencendo o Gulpilhares por 5-3.
Um triunfo importante dos fangueiros que mesmo sem o contributo do castigado Diogo Sá conseguiram impor o seu jogo perante um Gulpilhares que nunca deixou de incomodar.
Os dois primeiros golos de André Barbosa davam alguma tranquilidade ao HC Fão mas o Gulpilhares voltou a entrar no jogo antes do descanso por Luís Gomes.
Na segunda parte Ivo Ventura logo aos 5' marcou para os fangueiros tendo a turma de Gaia arriscado e chegado à igualdade por João Santos e Luís Gomes.
Com o empate o jogo tornou mais perigoso visto ambos os conjuntos estarem em pista para obter os três pontos.
Depois de Tiago Silva e Diogo Machado terem falhado um livre direto, o HC Fão passou de novo para a frente do marcador por Márcio Rodrigues de grande penalidade e ampliou para 5-3 por Justiniano Silva aos 21'.
Pelo meio os minhotos ainda desperdiçaram um livre direto.

Uma vitoria importante para o HC Fão que no seu segundo ano no segundo escalão procura o mais rápido possível a manutenção.
Quanto ao Gulpilhares que também fez o seu segundo jogo, sofreu a segunda derrota na prova depois de ter sido derrotado em casa pela AA Espinho.
Para a próxima ronda o HC Fão joga fora com o Porto B e o Gulpilhares recebe o HA Cambra.

10.22.2017

II D - Riba d'Ave soma e segue



E ao fim da terceira jornada o Riba d'Ave fez o pleno, alcançando a terceira vitoria na prova, agora em Marco de Canaveses diante a equipa da casa por 7-3.
Nem mesmo por ter sido a equipa do HC Marco a adiantar-se no marcador o Riba d'Ave tremeu.
Pelo contrario ainda antes do descanso conseguiu dar a volta no resultado passando a vencer por 3-2.
Na segunda parte o domínio da equipa minhota foi traduzido no avolumar do placard chegando ao 7-3.
Marcaram para o Riba d'Ave, Raul Meca três, João Abreu dois, Hugo Azevedo e João Campos um.
Por parte do HC Marco apontaram José Cabral dois e Francisco Monteiro um.

No topo da tabela classificativa o Riba d'Ave tem agora apenas a companhia da AD Sanjoanense, ambos com nove pontos.
O HC Marco com a derrota caiu para o oitavo lugar com quatro pontos.
Próxima jornada promete com o Riba d'Ave a receber a Sanjoanense.

Foto: Sandra Alves

10.21.2017

1 D - OC Barcelos derrota HC Turquel



O OC Barcelos bastante renovado venceu o HC Turquel por 2-1, com o resultado a ser feito na primeira parte.
Numa partida típica de inicio de campeonato, os jogadores de ambas as equipas nos primeiros segundos mostraram isso mesmo sofrendo golos.
Com dez segundos decorridos o Turquel abriu o marcador por Vasco Luís.
Ainda festejava o golo a equipa visitante quando o Barcelos empatou aos vinte e cinco segundos por João Almeida.
Ainda na primeira parte o OC Barcelos deu a volta aos 18' por Marinho fazendo o 2-1.
Para a segunda parte o equilíbrio foi notório com poucas oportunidades de golo.
As situações mais claras não foram aproveitadas quer por João Silva aos 5' e por Marinho aos 9', ambas de livre direto.
E sempre bom para qualquer equipas iniciar uma prova a ganhar e para o Barcelos ainda foi melhor depois da razia que sofreu na equipa.
Quanto ao Turquel que tivesse empatado não seria nenhuma surpresa.
Para a próxima ronda o OC Barcelos joga em Valença e o HC Turquel recebe o Paço d'Arcos.

II D - Famalicense empata com Espinho


Em mais uma partida de candidatos aos primeiros lugares o Famalicense defrontou a AA Espinho, dividindo o resultado com um empate a três bolas.
Com enorme entrega das duas equipas, a incerteza em relação ao resultado final durou até aos últimos segundos do encontro.
Ao intervalo a equipa de Espinho vencia por 3-2 com golos do Famalicense a serem apontados por César Carvalho " Chumbinho " e João Paulo e Diogo Casanova dois e um de André Pinto.
Na segunda parte depois do cartão vermelho mostrado a Luís Filipe o encontro foi algo incaracterístico onde a dupla de arbitragem acabou por penalizar ambos os conjuntos.
Mesmo assim Rui Silva empatou conseguindo igualar o encontro depois de vários lances de bola parada desperdiçados.
O Famalicense ate podia ter vencido mas Serafim Silva e César Carvalhos falharam livres diretos enquanto que a AA Espinho teve em Seixas a oportunidade de marcar.

Assim o Famalicense soma quatro pontos, os mesmos que a AA Espinho.
Para a próxima ronda o Famalicense folga enquanto que a AA Espinho recebe o HC Marco.

foto: Cláudia Costa 

1D - Valença HC vence HC Braga



De regresso ao nacional da primeira divisão, o HC Braga recebeu o Valença HC naquele que foi também o primeiro derbi minhoto da prova.
O triunfo pertenceu ao Valença HC por 4-2 que ao intervalo já vencia por 1-0.

O Valença HC nas Goladas abriu o marcador aos 5' pelo argentino Guido Pellizzari após assistência de Luís Viana.
A equipa do Braga podia ter empatado aos 17' de livre direto a punir cartão azul a Guido Pellizzari mas Pedro Delgado " Bekas " não conseguiu superar o guarda redes Rodolfo Sobral. 
Para a segunda parte foi a vez dos bracarenses marcarem logo aos 3' por Jorge Faria " Rato " a concluir um excelente passe de Ângelo Fernandes.
Aos 6' o Braga desperdiçou um livre direto por Gonçalo Meira após a décima falta do Valença.
Quem não marca acaba por sofrer tendo  " Micha "Fernandes servido Luís Viana segundos depois, para este fazer o 1-2 e aos 10' Nuno Micoli a aumentar para 1-3.
Tentou entrar no jogo o HC Braga mas seria o Valença a chegar ao quatro golo aos 12' por Zé Braga, depois de Nuno Micoli ter falhado um livre direto a punir a 10ª falta dos bracarenses.
O guarda redes do Braga acabou por impedir o avolumar do resultado quando aos 19' defendeu mais um livre direto desta vez de Luís Viana pela 15ª falta do HC Braga.
Nos últimos segundos o Braga reduziu e fez o 2-4 final por Pedro Delgado " Bekas " e viu Ângelo Fernandes desperdiçar um livre direto por mais uma defesa de Rodolfo Sobral.

Para a próxima jornada novo derbi com o Valença HC a receber o OC Barcelos e o HC Braga a jogar fora em Valongo que perdeu nos últimos minutos na Oliveirense por 4-3.

10.20.2017

Juventude de Viana joga em Paço d'Arcos



Com grandes expectativas para esta temporada a Juventude de Viana começa a prova visitando o "Casablanca " em Paço d'Arcos.
Também a formação da Linha de Cascais conta fazer melhor que a temporada passada onde terminou no 11º lugar com dezanove pontos.

Uma partida que se prevê muito equilibrada e muito táctica resultado das mexidas sofridas na duas equipas.
Se pela Juventude de Viana entraram Emanuel Garcia ex Igualada, João Ramalho ex Valongo e Paulo Matos ex Valença, No que diz respeito ao Paço d'Arcos ingressaram para além do treinador Luís Duarte, os jogadores Diogo Rodrigues gr, Diogo Almeida gr ex Benfica, André Centeno e Gonçalo Nunes emprestados pelo Sporting CP.

Na época passada a Juventude de Viana venceu em Paço d'Arcos por 3-1.
Para este sábado o jogo que tem o seu inicio às 21.00H estão nomeados os árbitros Miguel Guilherme e Ricardo Leão de Lisboa.

foto: ijogo.pt

HÓQUEI MINHOTO DE PARABÉNS - 6 ANOS DE EXISTÊNCIA




O Hoquei Minhoto completa esta sexta feira seis anos de existência.
Erradamente em 2016 declaramos seis anos, mas efectivamente os "seis anos" de existência são agora em 2017.
( ainda bem que ninguém notou ehehehe )


Neste dia conta com mais de 511.462 mil visitas, aliadas a 4649 noticias acompanhadas muitas delas com fotografias.
Tudo começou numa quarta feira, dia 20 de outubro de 2011 às 12.11H com o objectivo de divulgar a modalidade numa das maiores associações de patinagem do país, a AP Minho.

Uma das grandes lacunas em 2011 era não se falar de todos os clubes do Minho, apenas surgindo noticias de forma esporádica de três ou quatro clubes e quando estes estavam no principal escalão da modalidade.
Com o Hoquei Minhoto passou-se a divulgar todos os clubes, sabendo nos dias de hoje que nem todos gostam ou se revêem neste "Minhoto", uma situação que apenas temos de respeitar, mas que não nos impede de continuar a fazer referencia às suas atividades.

Em seis anos o Hóquei Minhoto falou de tudo, deu voz a todos ( os que quiseram ), fez inúmeras reportagens, esteve presentes em grandes eventos, assistiu ao vivo a grandes conquistas minhotas nomeadamente onde estiveram presentes equipas ( seniores e formação ) ou atletas nascidos no Minho e também as selecções nacionais em vários escalões.
Como sabem o Hóquei Minhoto é um espaço que permite aos clubes do Minho exporem os seus jogos, os seus atletas, as suas ambições, desejos e por vezes como em qualquer modalidade, as suas "guerras" com as instituições que organizam as provas, casos da F.P.P e AP Minho.
Muitas vezes o Hoquei Minhoto é criticado pelo seus artigos de opinião, mas a liberdade de expressão ainda existe, por isso quem não gosta ou se sente, só tem de enfiar a carapuça, tal como o Minhoto o faz quando não gosta de certas indirectas...
O Hóquei Minhoto não está conectado a nenhum clube ao contrario do que alguns "infiltrados " afirmam por o seu responsável viver em Barcelos.
Nunca em nenhum jogo entre equipas do Minho, o Hóquei Minhoto tirou partido deste ou daquele clube. NUNCA
Por defender e dar este espaço aos clubes do Minho, volto a dizer não a todos, porque nem todos gostam do "Minhoto " é que já sentiu algumas vozes azedas, algumas ameaças, certos comentários nojentos, tentativas de fechar o blog e a sua pagina no facebook  ( a ultima foi denunciarem como conteúdo pornográfico), tentativas de bloquearem a conta, tentativas feitas para entrar no blog de norte a sul de Portugal,

Outra situação lamentável é existirem pessoas ligadas à modalidade que não sabem separar as suas funções em certos clubes ou entidades, tendo conseguido que muitos, mas muitos poucos atletas e dirigentes tenham deixado de falar para o "Minhoto ".

Felizmente neste espaço não é preciso autorização para falarem.
Felizmente neste espaço são mais as amizades feitas do que os inimigos criados.
Em muitos pavilhões por onde tem passado o "Minhoto" ficam grandes amizades.
Nem todos se podem dar ao luxo de serem "bajulados "
Se o HÓQUEI MINHOTO ainda está vivo é porque existem pessoas que de forma voluntária ajudam com a informação dos seus clubes.

Quanto aos outros amigos que divulgam as suas empresas no hóquei minhoto e que muito agradecemos essa escolha, só prova que este "minhoto" tem credibilidade.

O dia em que o Hóquei Minhoto for impedido de entrar num pavilhão sem justificação, fecha em definitivo.

Quem ganha e bem com a modalidade tem mais que obrigação de fazer melhor, mas ainda assim a carolice/amador consegue fazer mais e melhor serviço público.
Por fim recordo que nem todos os clubes do Minho se identificam com o Hóquei Minhoto, uma decisão que respeitamos....

VIVA O HÓQUEI MINHOTO

10.19.2017

Juan Lopez " Para o OC Barcelos começar bem é ganhar "



Contratado pelo OC Barcelos ao Cremona de Itália, o espanhol Juan Lopez está confiante num bom resultado diante o HC Turquel sabado às 21.30h em Barcelos e mostra-se muito satisfeito pela forma como foi recebido pelo grupo de trabalho neste ingresso no clube minhoto.

" Para nós é um jogo importante onde queremos ganhar para começar bem diante os nossos adeptos. A minha adaptação foi fácil desde a direção, colegas e adeptos. Melhor era impossível. Para esta época vamos pensar jogo a jogo, por isso trabalhamos muito esta semana a pensar já na partida com o Turquel.  Não fazemos planos a longo prazo. Queremos sempre o melhor em cada jornada.
Desde o primeiro dia que cheguei que senti o carinho dos nossos adeptos. Isso foi sentido nos jogos amigáveis que realizamos nesta pré temporada ".

Na época passada o OC Barcelos venceu em casa o Turquel por 5-2.
As duas equipas encontraram-se na pré temporada no XVI Torneio Dr. Joaquim Guerra em Turquel com a formação da " Aldeia do Hoquei " a vencer os minhotos por 3-2.

A partida começa às 21.30h sendo apitada pela dupla de Lisboa, José Nave e Paulo Baião.

FOTO: AL ANTÓNIO LOPES

Guido Pellizzari " O Valença HC quer entrar a ganhar "




O argentino Guido Pellizzari do Valença HC mostra-se confiante na época que começa logo com um derbi minhoto em Braga.
Acrescenta que o grupo está unido em levar o nome do clube o mais alto possível nas três frentes que vai disputar, campeonato, Taça de Portugal e Taça Cers

" Espero que seja uma época mais tranquila do que a do ano passado e que o nosso objetivo seja alcançado o mais rápido possível 
Nas outras competições vamos procurar ir o mais longe possível, certamente iremos conseguir! 
Estamos preparados para o inicio do campeonato em que não esperamos facilidades perante um Braga de máxima exigência, com muita qualidade e tal como nós quer vencer o seu primeiro jogo, ainda para mais em casa.
Este ano a nossa equipa está muito mais compacta, com as ideias já bem definidas vindas do ano passado e com um grupo ainda mais unido, devido também à chegada de três novos três que se adaptaram bem.
Apesar de pouca experiência, têm muita qualidade e vontade de trabalhar. Juntos iremos conseguir levar o nome do Valença Hóquei Clube o mais alto possível ".

O jogo começa nas Goladas às 17h sendo apitado por Florindo Cardoso do Minho e por Paulo Santos do Porto.


foto: AL

Angelo Fernandes " Os adeptos e a cidade merecem um HC Braga na 1ª divisão "


A equipa do HC Braga está de volta ao nacional maior da modalidade, tendo como primeiro adversário o Valença HC nas Goladas, sabado às 17h.
Permanecer neste escalão é o desejo do capitão bracarense, Ângelo Fernandes, considerando que o primeiro jogo será difícil.

" Espero como é lógico um jogo extremamente difícil. O Valença tem uma excelente equipa e já tem o ritmo de primeira divisão. Mas em nossa casa vamos procurar vencer e iniciar o campeonato na melhor forma.

O HC Braga volta aos palcos de onde nunca deveria ter saído. Os adeptos e a cidade merecem um clube na primeira divisão. Vamos usar a mesma estratégia do ano passado. 
Pensar jogo a jogo e somar o mais rápido possível os pontos suficientes para a manutenção ".

O jogo começa nas Goladas às 17h sendo apitado por Florindo Cardoso do Minho e por Paulo Santos do Porto.

foto: Bruno Moreira Photography