Final Four da Taça de Portugal

Final Four da Taça de Portugal
Final Four da Taça de Portugal

2.26.2019

III D - ED Viana perde nos últimos minutos com o Fanzeres



O Fanzeres manteve o segundo lugar no nacional da terceira divisão, serie A, após vencer em Viana do Castelo nos minutos  finais a ED Viana por 5-4.
Acabou por ser um grande jogo de hóquei em patins, onde as duas equipas lutaram sempre pelo melhor resultado, apesar de a ED Viana se ter apresentado bastante desfalcada de atletas lesionados e castigados.
A equipa vianense esteve quase sempre na frente do marcador, até que a cinco minutos do fim o Fanzeres empatou.
Os vianenses estiveram a vencer por 1-0, 3-2 e 4-3, mas ao intervalo o Fanzeres estava na frente por 2-1.

Sabendo da importância de vencer para continuar na luta pela subida, o conjunto do Porto arriscou e com alguma sorte, chegou ao triunfo.
É que antes de fazer o quinto golo, a equipa visitante falhou uma grande penalidade, igual lance que a ED Viana também desperdiçou.
Marcaram para a ED Viana, Eduardo Fernandes (3) e César Pinheiro (1), tendo contribuído para o triunfo do Fanzeres, Guilherme Poças (2), André Freitas (2) e Eduardo Amorim (1).

A conquista dos três pontos coloca o Fanzeres no segundo lugar com trinta e cinco pontos, mais dois que os terceiros classificados, o Paredes II e o HC Marco e a oito pontos do líder, a AD Valongo B.
Em relação à ED Viana, num campeonato tranquilo neste seu primeiro ano de seniores, a derrota ate deu para subir ao sexto lugar com vinte e um pontos por troca com o HC Fão.
Para a próxima jornada, o Fanzeres recebe o Marítimo da Madeira e a ED Viana descansa, tal como o HC Fão.

Foto : Sara Ferreira.

3ª Divisão - Cartaipense goleia HC Santa Cruz



Em jogo da 18ª jornada do nacional da terceira divisão, serie A, o Cartaipense recebeu o penúltimo classificado, o HC Santa Cruz, vencendo por expressivos 11-2.
Apesar do resultado desnivelado, este apenas foi sendo confirmado na segunda parte, visto ao intervalo se registar uma vantagem de apenas um golo para os minhotos, 2-1.
Os grandes responsáveis pelo "gordo" resultado, foram Hélder Gomes seis golos e Carlos Rodrigues com três, seguido de Pedro Gonçalves e Ricardo Lopes com um.
Atenuou o marcador para o HC Santa Cruz, o bis de José Neves.

Este desfecho manteve o Cartaipense no 8º lugar com vinte e um pontos, enquanto que o HC Santa Cruz com quatro pontos continua em penúltimo lugar.
Na próxima jornada, o Cartaipense tem uma deslocação difícil ao Paredes II, atual terceiro classificado e o HC Santa Cruz recebe o primeiro classificado, a AD Valongo B.

Foto: Elsa Lopes / Hóquei Minhoto 

AP Minho - 19ª Convocatória de Sub 15 para preparação do Torneio de Carnaval





Fonte: AP Minho

2.25.2019

Famalicense lutou mas acabou por perder nos Carvalhos




Na receção ao Famalicense, o CH Carvalhos venceu por 4-3 e aproximou-se da Sanjoanense, primeira classificada que empatou na Povoa de Varzim.
Numa partida muito equilibrada, a formação minhota complicou e muito a tarefa do conjunto da casa.
O intervalo chegou com uma igualdade a uma bola, marcando primeiro Márcio Fonseca e depois César Carvalho " Chumbinho " de livre direto.
Nos primeiro dez minutos do segundo tempo, o CH Carvalhos alcançou uma confortável vantagem de três golos, passando a vencer por 4-1, com tentos de Márcio Fonseca, João Marques e Ricardo Ramos.
Apesar do resultado negativo, o Famalicense nunca baixou os braços, lutando sempre, mas o melhor que conseguiu foi reduzir para 4-3 por César Carvalho " Chumbinho " e Rui Silva " Folhetas ".

O triunfo permitiu ao CH Carvalhos, segundo classificado, encurtar a distancia em cinco pontos para a líder Sanjoanense.
Para o Famalicense, a derrota não alterou o 8º lugar com vinte e dois pontos.
Na próxima ronda, o CH Carvalhos volta a jogar em casa, agora com o Porto B e o Famalicense defronta no seu reduto, o ultimo classificado, o CRPF Lavra.

Foto: Famalicense Atletico Clube Hóquei em Patins.

2.23.2019

Herói em Monserrate chamou-se Ricardo Silva



A grande exibição do guarda redes do OC Barcelos, Ricardo Silva foi decisiva para que a turma de Barcelos saiu-se de Viana do Castelo com um ponto, após a igualdade a quatro bolas.
Um jogo que terminou de forma lamentável, com bastante confusão entre os jogadores e o publico. situação que obrigou a segurança presente a intervir.

No derbi minhoto em Viana do Castelo, o OC Barcelos mais rápido com a bola, viu Gonçalo Meira logo aos 4' abrir o marcador.
A resposta da Juventude de Viana apareceu ao 14' por Gustavo Lima e a reviravolta aos 19' por Francisco Silva, segundos depois de Luís Viana ter falhado um livre direto.
O veterano " Zorro " colocou a Juventude de Viana a vencer por 3-1 aos 20', mas o OC Barcelos antes do intervalo reduziu por Alvarinho.


O segundo tempo com a mesma intensidade e entrega das duas equipas, originou constantes oportunidades de golo, valendo Jorge Correia e Ricardo Silva que com grandes intervenções foram adiando alteração no marcador.
Só aos 5' Hugo Costa conseguiu bater Jorge Correia fazendo o empate a três bolas.
Nova cambalhota no resultado surgiu aos 12' por Rúben Sousa que de livre direto fez o 4-3 para os barcelenses.
Aos 14', a Juventude de Viana de grande penalidade por Remi Herman falhou atirando à barra. Na sequência da jogada a dupla de arbitragem voltou a assinalar nova grande penalidade que Luís Viana não desperdiçou, fazendo a igualdade a quatro bolas.
A Juventude de Viana cresceu, mas Ricardo Silva mostrou porque é um dos melhores guarda redes nacionais, ao evitar um livre direto de Luís Viana e depois quando a sua equipa ficou com menos um jogador foi um autentico muro na baliza barcelense.
Do outro lado Jorge Correia também mostrou enorme valor ao impedir por várias vezes o golo.

Ambos foram decisivos ao defenderem, cada um, o livre direto que beneficiou Rúben Sousa, Francisco Silva e Luís Viana.

Foto: Sara Ferreira



Riba d'Ave perde em Oeiras



A equipa de Oeiras voltou a somar pontos contra uma equipa do Minho, desta vez diante o Riba d'Ave, vencendo em casa por 4-3.

A AD Oeiras apresentou-se moralizada com o empate alcançado em Barcelos, mas foi a turma do Riba d'Ave, a marcar primeiro aos 9' por Nuno Miccoli.
Respondeu a formação local aos 15' com o empate apontado por Ezequiel Mena.
No melhor período do jogo, o Riba d'Ave soube aproveitar as suas oportunidades e passou a vencer por 3-, com um bis de Diogo Casanova.
Em cima do intervalo Tiago Nogueira de grande penalidade, reduziu para 3-2, relançando o interesse para a segunda parte.

O conjunto de Miguel Dantas foi à procura do golo, acabando por chegar aos 9' por Mathías Arnáez.
Volvidos dois minutos, Mathías Arnáez viu o cartão azul, mas Diogo Casanova desperdiçou o livre direto.
Numa fase muito intensa da partida, Joka Alves foi punido aos 15' com cartão azul e o Riba d'Ave castigado com a décima falta de equipa.
Do livre direto, o Oeiras deu a volta por Mathías Arnáez, passando a vencer por 4-3. resultado que não mais se alterou até ao final.
Nos minutos finais, ambas as equipas falharam lances de bola parada, a AD Oeiras por Tony Mendonça (duas vezes ) e pelo Riba d'Ave Tomás Pereira.
Este resultado coloca a AD Oeiras com dezassete pontos, acima da zona de descida e o Riba d'Ave a manter-se com vinte e um pontos.
Na próxima ronda, a AD Oeiras desloca-se a Valongo e o Riba d'Ave recebe a Juventude de Viana

Foto: Nuno Alexandre Sousa 

2.22.2019

Conselho de Disciplina com mão pesada para Riba d'Ave e OC Barcelos




Reunião do Conselho Disciplinar de 20/02/2019
Disciplina

Comunicado Semanal de Castigos a Clubes e Associações
20/02/2019

Campeonato Nacional Séniores 1ª Divisão
0116/18 Riba D' Ave HC 5 - HC Turquel 5
Riba D'Ave Hóquei Clube, foi punido(a) com: multa de €580,00 (quinhentos e oitenta euros), nos termos do(s) artigo(s) 83º 1 alínea a) e artigo 105º, 26º 1 alínea m) e n), do Regulamento de Justiça
e Disciplina.
Distúrbios

0117/18 OC Barcelos - HP SAD 4 - AD Oeiras 4
Óquei Clube de Barcelos - HP SAD, foi punido(a) com: multa de €464,00 (quatrocentos e sessenta e quatro euros), nos termos do(s) artigo(s) 83º 1 alínea a) e artigo 105º, 26º 1 alínea m) e n), do
Regulamento de Justiça e Disciplina.
Distúrbios

Fonte: https://www.fpp.pt/media/docs/disciplina/2019/02/20.pdf

Gustavo Lima " Estamos mais fortes... "



GUSTAVO LIMA: " Estamos mais fortes e jogamos em casa "

O pavilhão de Monserrate acolhe este Sábado, às 21h30, um ansiado derby minhoto entre Juventude de Viana e OC Barcelos a contar para a 18ª jornada do campeonato nacional da 1ª divisão de hóquei em patins.

É em casa que a Juventude de Viana vai procurar vingar a derrota da 1ª volta (5-4) e nem a derrota na jornada anterior, diante do Marinhense, belisca as aspirações da equipa de Viana do Castelo. Recuando ao jogo da primeira metade entre as duas formações, o atleta vianense Gustavo Lima explicou que "no jogo da primeira volta estávamos ainda a consolidar processos apesar de termos feito uma boa exibição. Nesta segunda volta estamos mais fortes, mais entrosados e jogamos em nossa casa, algo que joga a nosso favor. Queremos compensar os nossos adeptos pelo apoio que nos têm dado e dar-lhes uma vitória".

Onze pontos separam as duas equipas (a Juventude de Viana é 8ª com 20 pontos e o Barcelos é 5º com 31), mas o atleta Gustavo Lima reconhece os motivos da real importância deste encontro. "É um derby com muita história e que tem sempre uma rivalidade inerente o que torna as coisas mais emotivas. Quanto a nós sabemos bem aquilo que queremos, os três pontos. Portanto, temos que estar concentrados ao máximo porque sabemos que este jogo se pode decidir nos pormenores. O Barcelos é uma equipa sempre competitiva, porém com a ajuda do nosso público vamos fazer tudo para ganhar o jogo e fazermos uma boa exibição".

Os pontos são importantes e em caso de vitória a Juventude de Viana pode ascender alguns lugares na tabela classificativa. De facto, "sabemos que este jogo pode alterar posições na tabela, mas vale três pontos tal como todos os outros jogos. Vamos fazer tudo para ganhar".

Fonte: Juventude de Viana

2.21.2019

Sub 15 - XVI Torneio de Carnaval realiza-se em Fão


XVI TORNEIO INTERNACIONAL DE CARNAVAL 2019

O Pavilhão Gimnodesportivo de Fão, será o palco para receber o XVI Torneio Internacional de Carnaval Sub 15 que se realiza nos dias 02 e 03 de Março de 2019





O Pavilhão Gimnodesportivo de Fão, freguesia de Fão, concelho de Esposende, vai acolher o XVI Torneio Internacional de carnaval 2019 de hóquei em patins sub 15.
A XVI edição deste evento, contará como habitualmente com a presença  das selecções de Sub-15 da Associação de Patinagem do Minho, Associação de Patinagem do Porto, Associação de Patinagem de Aveiro e da Federação Galega de Patinagem.
                  Calendário de Jogos
               Sábado dia 02 de Março
  •  10:00 H      AP. Minho   vs   AP.Porto
  •  11:00 H      F. Galega     vs   AP.Aveiro  

  •  17:00 H      F. Galega     vs   AP.Porto 
  •  18:15 H      AP.Aveiro    vs   AP.Minho

              Domingo dia 03 de Março
  • 10:00 H        AP.Porto   vs   AP. Aveiro
  • 11:15  H         AP.Minho  vs   F.Galega
      12:30 H     Cerimonia de Encerramento.

Fonte AP Minho

2.20.2019

AP Minho entregou taças de campeões regionais ao OC Barcelos





As equipas do OC Barcelos de Sub 13, Sub 15 e Sub 17 receberam no passado sabado as medalhas e Taças de Campeões Regionais da AP Minho.

A entrega aconteceu no pavilhão municipal de Barcelos durante o intervalo do jogo entre o OC Barcelos e a AD Oeiras.

Foi também realçado o titulo de vice campeão regional de sub 20.

Os capitães fizeram questão de entregar ao presidente do clube, Franscisco Dias da Silva os referidos troféus.


Foto: Pedro Costa / Jornal de Barcelos 

III Divisão - Cartaipense vence Olá Mouriz.



O Cartaipense tal como esperado foi ao reduto do ultimo classificado, o Olá Mouriz vencer por 9-2, em partida da 17ª jornada do nacional da terceira divisão, serie A.
Uma vitoria que apenas foi alcançada com tranquilidade na segunda parte do encontro.

Apesar de ter marcado primeiro por Berto Martinho, a equipa das Taipas foi surpreendida com a reviravolta no resultado pelo Olá Mouriz, graças aos golos de Cristiano Barbosa. 
Em cima do intervalo, nova cambalhota, agora para os minhotos por Pedro Batista e Berto Martinho.
No segundo tempo, o marcador só voltou a funcionar a partir dos 15' com o Cartaipense mais forte fisicamente a chegar ao 9-2 final por Hélder Gomes, Ricardo Lopes, Berto Martinho, Carlos Rodrigues, Pedro Gonçalves e Nelson Silva.

Com o desfecho, o Cartaipense continua em oitavo ligar com dezoito pontos e o Olá Mouriz ultimo com apenas três pontos.
Na próxima jornada, a formação das Taipas recebe o penúltimo classificado, o HC Santa Cruz e o Olá Mouriz desloca-se ao líder, a AD Valongo B.

Foto: Elsa Lopes / Hóquei Minhoto 

2.18.2019

AP Minho - 18ª Convocatória


FONTE: AP MINHO 

IID Norte - " Manita " de Folhetas na goleada do Famalicense ao Porto B



A veia atacante e inspirada de Rui Silva " Folhetas ", foi mais que decisiva para a vitoria do Famalicense sobre o Porto B por 8-3, em partida da 16ª jornada do nacional da segunda divisão zona norte.
Um desfecho de todo inesperado, em especial pelos números finais, perante a classificação atual das duas equipas.

Foi com Rui Silva " Folhetas " que aos 10', o Famalicense começou a construir o importante triunfo, para se distanciar dos lugares de descida.
A superioridade dos minhotos foi notória, chegando ao 5-0 por Rui Silva " Folhetas " e Tiago Pimenta, ambos com dois golos.
Em cima do intervalo o Porto B reduziu por Dinis Abreu e encurtou na segunda parte para 5-3 com um bis de Nuno Paiva.
Pelo meio César Carvalho " Chumbinho " apontou o quinto golo Famalicense.
Com várias oportunidade de golo para as duas equipas, entre elas lances de bola parada, seria Rui Silva " Folhetas " a chegar à famosa " Manita ", termo espanhol a quem obtém cinco golos num jogo.
Este resultado não alterou a posição das equipas na tabela, com o Famalicense a ocupar o 8º lugar com vinte e dois pontos e o Porto B o 5º posto com vinte e seis pontos.
Para os minhotos o triunfo tem outro significado porque aumentou para seis pontos em relação à zona de despromoção.
No que diz respeito à próxima jornada, o Famalicense visita o segundo classificado, o CH Carvalhos e o FC Porto B recebe a AA Coimbra.

Foto: José Gomes / Hóquei Minhoto 

2.17.2019

AD Limianos caiu na zona de descida



Não foi feliz a estreia de Paulo Morais no comando técnico da AD Limianos com a derrota em casa diante o CD Povoa por 3-1, em jogo da 16ª jornada do nacional da segunda divisão, norte.
Com este resultado a equipa de Ponte de Lima passou a ocupar os lugares de descida com dezasseis pontos, muito por culpa também do triunfo do HC Maia sobre o Lavra.
Os poveiros com a vitoria afastaram-se da linha de despromoção, somando agora vinte e um pontos, mais cinco que a AD Limianos.
Perante um jogo equilibrado, os lances de bola parada foram determinantes para o resultado final.
O CD Povoa soube aproveitar os dois únicos lances que dispôs, enquanto que a turma limiana não foi capaz de fazer o mesmo, já quem três, apenas aproveitou um.
Ao intervalo valia o golo de Vítor Oliveira de grande penalidade para dar vantagem aos poveiros.
No segundo tempo também de grande penalidade José Carvalho empatou.
Após Miguel Castro desperdiçar um livre direto, Tiago Rocha deu nova vantagem ao CD Povoa.
No ultimo minuto Vítor Oliveira fez o 3-1 final de grande penalidade, com Miguel Castro ainda a falhar igual infração.
Para a próxima jornada, a AD Limianos joga em Paços de Ferreira e o CD Povoa recebe o primeiro classificado, a Sanjoanense.

Foto: CDPhoquei.com - CD Póvoa Hóquei em Patins

Riba d'Ave e Turquel empatam




O acreditar até ao fim por parte do Riba d'Ave, impediu que a turma minhota soma-se nova derrota no nacional na receção ao HC Turquel, com a igualdade a cinco tentos.
Perante a turma da " Aldeia do Hóquei " a formação de Hugo Azevedo soube contrariar a desvantagem com que chegou ao intervalo de 4-2.
A partida começou bem para o Riba d'Ave que no primeiro minuto abriu o marcador por Bruno Serôdio, mas aos 7' João Souto empatou.
Perante a classificação aflita do Turquel, este deu a volta aos 11' por Luís Silva, uma vantagem que durou poucos segundos, com Nuno Micolli a igualar de novo aos 12'.
No entanto a dupla João Souto e Luís Silva colocaram o Turquel a vencer em tempo de descanso por 4-2.

Para a segunda parte, o Riba d'Ave voltou mais forte e atingiu novo empate, agora a quatro tentos com um bis de Tomás Pereira de grande penalidade aos 9 e de livre direto aos 11'.
Sabendo da importância de somar um resultado positivo, o HC Turquel reagiu e aos 14' passou de novo para a frente do marcador por Luís Silva.
A persistência dos minhotos deu frutos com mais uma igualdade, agora graças ao golo aos 18' de Diogo Casanova.
O triunfo até podia ter sido do Riba d'Ave mas aos 22' Tomás Pereira falhou um livre direto.
Um empate que acaba por nao agradar a nenhuma das equipas, principalmente ao HC Turquel que deixou o Minho com muitas queixas em relação ao trabalho dos árbitros.
Para o Riba d'Ave a igualdade segurou o sexto lugar com vinte e um pontos, enquanto que o HC Turquel manteve o décimo lugar com dezasseis pontos.
Na próxima jornada, o Riba d'Ave desloca-se a Oeiras e o Turquel recebe a AD Valongo.

Foto: Nuno Alexandre/ Riba d'Ave

Ineficácia na finalização penaliza vianense na Marinha Grande



Na 17ª jornada do campeonato nacional da 1ª divisão de hóquei em patins, a Juventude Viana deslocou-se à Marinha Grande e tal como aconteceu na 1ª volta em Monserrate, perdeu diante o Marinhense. Os minhotos foram derrotados na capital do Vidro pela diferença mínima (3-2).

A equipa de André Azevedo criou muitas oportunidades de golo mas não foi suficientemente competente para as aproveitar. Os vianenses encontraram pela frente um guarda-redes inspirado, acertaram meia dúzia de vezes com a bola nos ferros e acabaram surpreendidos pela eficácia do adversário. A equipa da Marinha Grande apresentou-se com um bloco muito defensivo e nas poucas aparições junto da baliza de Jorge Correia acabou por finalizar com sucesso.

Os golos da equipa vianense foram apontados por Luís Viana e Francisco Silva.

Com esta derrota (3-2) a Juventude Viana caiu um lugar na tabela classificativa, ocupando agora o 8º posto com 20 pontos.

Fonte: Rádio Geice 

OC Barcelos surpreendido pela AD Oeiras



O OC Barcelos empatou com a AD Oeiras a quatro bolas, perdendo assim a oportunidade de chegar ao quarto lugar.
Para a equipa da linha de Cascais foi um ponto que lhe permite continuar a sua luta pela manutenção, mesmo depois de estar a perder por 4-0.

Diante a aguerrida equipa da AD Oeiras, os minhotos foram pacientes e chegaram ao primeiro golo apenas aos 11' por Zé Pedro.
A lutar pela manutenção a equipa de Miguel Dantas podia ter empatado, mas aos 18' Joka Alves falhou um livre direto.
Quem não falhou antes do intervalo foi Alvarinho de livre direto e Rúben Sousa fazendo o 3-0.

No segundo tempo, o OC Barcelos, após Alvarinho ter falhado um livre direto por azul exibido a Tato Ferrucio, aproveitou a superioridade numérica para elevar por Gonçalo Meira para 4-0.
Perante o resultado o OC Barcelos relaxou um pouco e a AD Oeiras acreditou e foi feliz empatando o jogo com golos de Mathías Arnáez (2) e Gonçalo Conceição (2).
A equipa de Barcelos colocou-se como se diz " a jeito " e a AD Oeiras aproveitou para " sacar " um ponto no Minho.

Uma partida marcada por algumas decisões da dupla de arbitragem, nomeadamente na forma como assinalou a 15ª falta do OC Barcelos a cinco segundos do fim, lance que originou o livre direto do empate por Mathías Arnáez.

Com esta igualdade o OC Barcelos manteve o quinto lugar, somando agora trinta e um pontos, a um do Benfica que joga quarta feira no reduto do FC Porto.
Quanto à AD Oeiras continua em zona de descida, agora com catorze pontos, recebendo na próxima jornada o Riba d'Ave.

Foto: Pedro Costa / Hóquei Minhoto 

2.16.2019

Capitão Ângelo Fernandes carrega Braga a vitoria sobre o Paço d'Arcos


Perante o seu publico, o HC Braga derrotou o Paço d'Arcos por 4-2, subindo assim ao sétimo lugar, agora com vinte e um pontos.
Destaque para os três golos de Ângelo Fernandes, decisivos na obtenção de uma vitoria muito importante
 Por sua vez o Paço d'Arcos continua com apenas quinze pontos.

O aflito Paço d'Arcos encarou o jogo nas Goladas como mais uma final na sua luta pela manutenção e por Tomas Moreira de grande penalidade abriu o marcador.
A turma de Braga algo tranquila na classificação reagiu e Pedro Silva empatou, mas a formação da linha voltou para a frente do resultado por Paulo Jesus antes de se chegar ao intervalo.

O segundo tempo abriu algo tenso, com as duas equipas a desperdiçarem cada o seu livre direto, primeiro o Paço d'Arcos por Tomas Moreira e depois o HC Braga por António Trabulo, respetivamente pela décima falta.
Logo a seguir Carlos Loureiro e o treinador Rui Neto foram punidos com cartão azul, tendo o guarda redes do Braga defendido novo livre direto de Tomás Moreira.
Mesmo com menos um jogador a igualdade apareceu aos 8' por Ângelo Fernandes na transformação de uma grande penalidade.
A cambalhota no marcador surgiu aos 11' com o capitão Ângelo Fernandes a não vacilar em mais uma grande penalidade
O Paço d'Arcos pela primeira vez em desvantagem no marcador pressionou, mas os minhotos conseguiram segurar os merecidos três pontos, tendo inclusive feito o 4-2 de novo por Ângelo Fernandes e Pedro Delgado " Bekas " desperdiçado um livre direto.

Para a próxima jornada, o HC Braga desloca-se ao Benfica e o Paço d'Arcos recebe o Marinhense.

Foto: Aquilino Ferreira / Hóquei Minhoto 

2.15.2019

Paulo Morais explica o regresso à AD Limianos



Como já é sabido, Paulo Morais é o novo treinador dos Limianos em Hóquei Patins.
A página Álvaro Amorim Desporto, entrou em contacto com o mister que disponibilizou-se em responder ao que nós perguntamos.

Voltando a trabalhar a uma casa que bem conhece, qual a sensação de estar de volta?

- É uma sensação fantástica estar de volta, em que muito sinceramente sabia que este dia mais cedo ou mais tarde iria acontecer....surgiu agora, e, é com muito orgulho e alguma emoção que regresso ao "meu clube" à " minha casa "....o clube que me deu a possibilidade de iniciar a minha carreira, quer como jogador, quer como treinador....Não poderia estar mais satisfeito e feliz.

Foi fácil aceitar o convite?

- O convite foi fácil de aceitar, porque desde o primeiro momento senti que as pessoas que estão à frente do clube queriam muito que eu regressasse...existiu muita vontade de ambas as partes, e quando assim é tudo se torna mais fácil.

Sabendo que os Limianos estão numa situação difícil, acredita que é possível manter a equipa na 2º divisão Nacional?

- Neste momento sabemos que ocupamos uma posição delicada, estamos todos conscientes que a nossa tarefa não será nada fácil, e, o importante neste momento é que todos acreditem que é possível atingir os objetivos de manter o clube na 2a divisão nacional, sabemos que vamos ter que trabalhar muito, e bem, essa será a nossa tarefa diária, temos noção que vamos ter que ganhar os jogos com transpiração e não com inspiração.

Tem a ambição de um dia poder treinar um grande de Portugal?

- Neste momento a minha ambição passa por conseguir atingir os objetivos do clube, não vivo obcecado para que um dia possa vir a treinar um dos clubes chamados grandes, até porque tenho um objetivo bem claro e com a ajuda de todos os limianos tornar este clube numa referência nacional, quer ao nível da formação quer ao nível da equipa sénior...
Não tenho duvidas que iremos voltar a ser a "Vila do Hóquei",com a ajuda de todos vamos ser a Força de uma Vila.

Uma palavra para os adeptos dos Limianos?

- Aos nossos adeptos, apenas lhes peço que continuem a apoiar esta equipa, que estejam sempre do nosso lado, o apoio deles será fundamental para conseguirmos alcançar os nossos objetivos.
Com eles tenho a certeza que seremos mais fortes, serão o nosso prolongamento fora da pista,e, eles sabem disso.

Obrigado Paulo Morais pela colaboração.

Fonte: Álvaro Amorim Desporto ( facebook )

Nuno Santos " Recuperar pontos na Marinha Grande "



NUNO SANTOS:
 "Vamos à Marinha Grande para recuperar os três pontos perdidos"

A Juventude de Viana viaja este Sábado até à Marinha Grande para defrontar o recém promovido Marinhense, na 17ª jornada do campeonato nacional da 1ª divisão, às 18h30.

Surpreendida na primeira volta, a equipa de Viana do Castelo parte com as ambições em alta para trazer a vitória e continuar a discutir os lugares intermédios da tabela classificativa. Para o atleta da Juventude de Viana, Nuno Santos, "este jogo é importante, pois a vitória mantém-nos na esperança de alcançar o 5º lugar, e também não deixa que as equipas abaixo se aproximem".

Ainda assim os comandados de André Azevedo esperam "um jogo de extrema dificuldade contra uma equipa que já ganhou em nossa casa e que recentemente mudou de treinador, o que os deixa mais motivados e com vontade de mostrar serviço".

Na análise do jovem jogador, o Marinhense é "uma equipa compacta defensivamente e que aproveita a velocidade dos seus jogadores para lançar contra ataques. Vamos tentar condicionar ao máximo essas saídas rápidas. Partimos para a Marinha Grande para recuperar os três pontos perdidos em Monserrate".

A Juventude de Viana é atualmente 7ª classificada com 20 pontos, os mesmos que o Riba d'Ave, enquanto o Marinhense é o último classificado com 7 pontos.

Fonte: Juventude de Viana 

2.14.2019

Miguel Dantas " Barcelos é um dos melhores ambientes para se jogar e o Oeiras sabe disso ".



Agora como treinador da AD Oeiras, Miguel Dantas volta a Barcelos, onde como jogador na época 2004/2005 vestiu a camisola do clube minhoto.
Portanto uma casa que bem conhece, em especial pela moldura humana que costuma estar presente nas bancadas.
Esse pormenor não passou despercebido a Miguel Dantas na antevisão ao jogo da sua equipa sabado em Barcelos.
Ao Hóquei Minhoto frisou bem essa situação.
" Espero encontrar um ambiente que todos os jogadores gostam de jogar. Um dos melhores ambientes para se jogar. Os meus jogadores sabem da importância que tem a massa adepta para os jogadores do Óquei de Barcelos, mas não é menos importante para nós, temos de viver as coisas positivamente".

Na sua luta pela manutenção, Miguel Dantas destacou a vitória da jornada anterior diante o Marinhense, referindo que a sua equipa está numa fase de crescimento.
" Foi uma vitória bastante importa para nós. Precisávamos desta vitória com precisamos de mais. Vamos a Barcelos acreditando sempre que podemos trazer um bom resultado para Oeiras. Precisamos de traduzir o momento bom em resultados positivos.
O Oeiras tem as mesmas armas que outros que lutam pela permanência.
Acho que a equipa vem a crescer jogo para jogo. Sabemos que o Óquei de Barcelos tem individualidades muito fortes e colectivo muito bem orientado. 
Vamos nos concertar no jogo, que acredito estar melhor. Até ao fim tudo o que estiver ao nosso alcance, iremos lutar para trazer um resultado positivo "

A partida começa sabado ás 21.30h no municipal de Barcelos e será apitado por Florindo Cardoso do Minho e José Manuel Pereira do Porto.
Para a AD Oeiras, esta será a terceira deslocação ao Minho, depois de ter perdido com o HC Braga por 5-1 e com o Riba d'Ave por 5-3.
Na primeira volta o OC Barcelos venceu em Oeiras por 6-3.

Foto: mediotejo.net

2.12.2019

Derbi entre ED Viana e AD Barcelos/Campo termina empatado



Em jogo da 16ª jornada do nacional da terceira divisão, serie A, realizado em Viana do Castelo a ED Viana recebeu a AD Barcelos/Campo, tendo o mesmo finalizado com uma igualdade a nove tentos.
Um resultado que penaliza a ED Viana que chegou a estar a vencer por 4-1, 7-3 e 9-7 e que premeia a AD Barcelos/Campo que nunca baixou os braços chegando mesmo ao empate com menos um jogador.
Foi um jogo muito vivo, com golos para todos os gostos e também muito faltoso.
Ao intervalo a ED Viana comandava o resultado por 6-3.
No segundo tempo mesmo depois de estar a perder por 7-3, a AD Barcelos/Campo não desistiu e aos poucos foi encurtando a desvantagem.
Já no ultimo minuto a ED Viana podia ter feito o décimo golo mas falhou um livre direto, tendo a AD Barcelos/campo com menos um jogador chegado à igualdade a vinte segundos do final.

O empate a nove golos contou com a contribuição de Nuno Midões (3), Rui Araújo (3), Tiago Natário (2) e Bruno Malheiro (1) para a ED Viana e de João Figueiredo (3), Francisco Costa (2), Luís Martins (1), Rúben Batista (1), Tiago Dias (1) e Vitor Braga (1) para a AD Barcelos/Campo.

O desfecho final permitiu à ED Viana manter o sexto lugar com vinte pontos, enquanto que a AD Barcelos/campo subiu ao nono posto com onze pontos, mas com mais dois jogos que os vianenses.
Na próxima jornada a ED Viana desloca-se ao Académico FC e a AD Barcelos/Campo descansa porque já jogou e perdeu com o Marítimo.

Foto: Sara Ferreira 

2.11.2019

AD Limianos confirma Paulo Morais como novo treinador



Tal como anteriormente noticiado, A AD Limianos veio a publico confirmar o regresso de Paulo Morais a Ponte de Lima.

O regresso a casa de um verdadeiro campeão

É com enorme satisfação que anunciamos o treinador da equipa sénior do "Limianos" hóquei em patins é um orgulho receber o mister Paulinho Morais no nosso pavilhão para assumir os destinos do "Limianos" até final da época mas como a alegria de assumir este compromisso é tamanha podemos adiantar que o Paulinho vai dar seguimento ao seu trabalho e projecto também na próxima época.
A nós direção cabe agradecer ao Paulinho a forma como aceitou este convite e a vontade que mostrou em ajudar o Limianos a sair da situação que se encontra, naturalmente que vemos nele essa solução e foi muito fácil chegar a acordo com ele, um grande treinador mas acima de tudo um enorme "Limiano" , um apaixonado pelo Hóquei em Patins e não temos dúvidas que esta foi a melhor escolha para os destinos do "Limianos" .

Com o Paulinho Morais vocês "Limianos" podem acreditar que vamos levar o clube da nossa terra ao melhor lugar possível com muito trabalho, humildade, empenho e dedicação e rigor, sem esquecer o vosso apoio.

Obrigado mister

À vitória Limianos, Limianos, Limianos 

Fonte: A. D. "Os Limianos" - Hóquei em Patins ( facebook )

AP Minho - 17ª Convocatória de Sub 15


Fonte: AP Minho 

AD Limianos agradece dedicação de João Pedro Araújo



Vimos desta forma informar os nossos adeptos e todos os Limianos em geral a saída por mútuo acordo do mister João Pedro que desta forma deixa de ser o nosso Treinador.
Resta-nos agradecer todos os momentos que passaste connosco e foram três anos de muita paixão, luta, sacrifício e dedicação pelo Limianos. 
Nada fazia prever esta saída mas com os últimos resultados que ajudaram a tomar esta decisão, alegando também alguns problemas pessoais; achamos por bem e em conjunto pôr fim a sua ligação ao clube.
Agradecer a forma como sempre trataste todos os Limianos e foste sempre um excelente profissional. 
Esta porta vai estar sempre aberta para ti.
Contamos contigo como adepto e sobretudo como amigo. Obrigado por tudo o que deste e fizeste por esta instituição

Obrigado mister

Fonte: A. D. "Os Limianos" - Hóquei em Patins ( facebook )

Riba d'Ave merecia melhor resultado em Valongo



A AD Valongo a precisar de pontos para se afastar nos lugares de descida recebeu e venceu o Riba d'Ave, equipa sensação da temporada, por 3-2.
O golo do triunfo apareceu a 1'44 por Nuno Araújo, depois de um jogo de muito equilíbrio e de muitos nervos.

A primeira situação de golo surgiu aos 9´por Nuno Araújo, mas este viu Diogo Fernandes defender uma grande penalidade.
Na sequência do lance e na recarga a AD Valongo fez o primeiro e único tento da primeira parte, por Gonçalo Pinto.

Para a segunda parte ao minuto 4', dois golos, primeiro para os minhotos por Tomás Pereira e depois para os locais por Nuno Araújo novamente de grande penalidade.
No minuto seguinte Tomás Pereira voltou a empatar na recarga a uma grande penalidade.
Após várias oportunidades falhadas pelas duas equipas, o golo do triunfo caiu para a AD Valongo por Nuno Araújo a pouco mais de um minuto do final.

Caso a igualdade tivesse sido o resultado final, não seria escândalo para ninguém.
Assim a AD Valongo subiu ao oitavo lugar com dezoito pontos, a dois do Riba d'Ave sexto classificado.
Para a próxima jornada a AD Valongo joga dia 20 de fevereiro no Pavilhão João Rocha diante o Sporting CP e o Riba d'Ave recebe dia 16 de fevereiro o HC Turquel.

Foto: Afonso Ferraz

2.10.2019

III D - Cartaipense goleado na Madeira




Nacional da 3ª divisão, serie A

O resultado final de 7-0 a favor do Marítimo da Madeira acabou por ser obtido graças a uma grande exibição dos insulares perante um Cartaipense que nunca encontrou argumentos para discutir o encontro.
Ao intervalo o Marítimo mais eficaz já vencia por 2-0 com tentos de Mário Brazão e Daniel Coelho.
Para a segunda parte a superioridade dos madeirenses foi ainda mais acentuada com a obtenção de cinco tentos, através de Pedro Moniz (2), Pedro Ferraz (1), Daniel Coelho (1) e Nino Gomes (1).

O Marítimo com o triunfo sobre os minhotos em partida adiada da 12ª jornada, ocupa o quinto lugar com vinte e dois pontos.
Por sua vez o Cartaipense continua com dezoito pontos.

Paulo Morais é o novo treinador da AD Limianos


Paulo Morais que recentemente esteve ao serviço do Valença HC, vai assumir o comando técnico da AD Limianos, depois  João Pedro Araújo ter colocado o seu lugar à disposição por motivos pessoais.
É um regresso a Ponte de Lima por parte de Paulo Morais que foi jogador e já treinador da AD Limianos, tendo colocado na época 2011/2012 a formação limiana na primeira divisão.

No entanto Paulo Morais apenas assume a turma de Ponte de Lima, após os dois jogos entre a AD Limianos e o Valença HC, um para a taça de Portugal e o outro para o nacional da segunda divisão, zona Norte, ambos já realizados.

Foto Hóquei Minhoto 

Juv Viana e HC Braga proporcionaram emotivo derbi minhoto



A Juventude Viana e o HC Braga proporcionaram, este sábado, um excelente jogo de hóquei em patins aos muitos adeptos presentes no Pavilhão de Monserrate em Viana do Castelo. Em partida correspondente à 16ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão, a Juventude venceu (2-0), mas a vitória poderia ter caído para qualquer lado, tal foi o equilíbrio durante todo o desafio.

Foi um jogo muito táctico, bem disputado pelos dois emblemas e com ambos os guarda-redes em bom plano. O primeiro golo só apareceu já perto do intervalo, aos 22 minutos, depois de uma excelente jogada individual de Francisco Silva, que assistiu o francês Remi Herman para inaugurara o marcador (1-0). Antes do golo aparecer, já as duas equipas tinham tido várias oportunidades para marcar, incluindo uma grande penalidade que o argentino Conti defendeu a Francisco Silva.

Na segunda parte o jogo manteve-se equilibrado, com a equipa de Rui Neto à procura do empate e os vianenses a tentar ampliar a curta vantagem no marcador.

De livre direto, a castigar uma falta de Ângelo Fernandes na tabela final, Luís Viana atirou para o fundo da rede bracarense e fez o resultado final (2-0).

Nos minutos finais do jogo o Hóquei Clube de Braga intensificou o ataque à baliza de Jorge Correia, mas nunca conseguiu bater o intransponível guardião dos vianenses, que rubricou uma excelente exibição.

Excelente arbitragem de Ricardo Leão e Miguel Guilherme, que viajaram de Lisboa, para fazer parte de um grande espectáculo que serviu para promover a modalidade.

Fonte: Rádio Geice
Foto: Sara Ferreira

2.08.2019

Gonçalo Suissas e o derbi com o Braga " Queremos os três pontos "




GONÇALO SUISSAS: "Queremos os três pontos"

É já amanhã que Monserrate acolhe mais um derby minhoto. A Juventude de Viana e o HC Braga discutem a 16ª jornada do campeonato nacional da 1ª divisão, às 21h30.

Depois de mais uma excelente exibição diante de um dos candidatos ao título, a Juventude de Viana regressa a casa para tentar, diante do seu público, reconciliar-se com as vitórias.

Pela frente tem um adversário direto, o Braga, que também tem feito um bom campeonato. Para Gonçalo Suissas, que representou na época passada a equipa dos arcebispos, "o jogo com o Braga vai ser de dificuldade máxima e teremos de entrar focados no nosso trabalho para conseguirmos alcançar o nosso único objetivo que é a vitória".

A Juventude de Viana tem 17 pontos e está no 8º lugar, enquanto o Braga é 7º com 18 pontos. "O Braga tem vindo a fazer um bom campeonato, e vai ser um jogo muito competitivo, acrescentando o facto de ser um derby minhoto. Nós temos trabalho muito bem, estamos preparados para o que resta do campeonato e o próximo jogo não vai ser diferente. Queremos os três pontos"

Fonte: Juventude de Viana

2.07.2019

José Querido novo selecionador feminino do Chile


O treinador português, José Querido vai passar a acumular funções no Chile, agora como selecionador feminino.
Atualmente José Querido é o responsável técnico do clube Vilanova.
Este novo desafio deixou José Querido muito feliz
" É sempre uma honra servir uma seleção. Neste caso com a seleção feminina do Chile vamos tentar fazer um trabalho que dignifique o hóquei feminino no Chile ".

Recorde-se que no ultimo mundial em Nanjing, a seleção feminina do Chile terminou em quarto lugar, atrás da Alemanha, Argentina e a Espanha atual campeã. 

2.05.2019

Cartaipense ainda acreditou mas foi afastado da Taça



O Cartaipense esteve muito perto de eliminar o Infante Sagres da taça de Portugal, após ser derrota por 5-4 na Taipas.
A maior experiência do Infante Sagres da segunda divisão foi determinante e decisiva para o apuramento, depois de ter estado a perder por 3-0 e 4-3.
O conjunto minhoto que milita na terceira divisão, seria A, surpreendeu com a forma como chegou de forma fácil ao 3-0 com golos de Hélder Gomes e dois de Ricardo Lopes.
Ainda na primeira parte o Infante Sagres conseguiu reduzir para 3-2 por Márcio Rodrigues e Tiago Pinheiro. relançando o segundo tempo.
Na etapa final o Infante Sagres fez o empate a três bolas por Márcio Rodrigues aos 8' mas o Cartaipense voltou a marcar elevando para 4-3 por Hélder Gomes aos 14'.
A equipa da segunda divisão assumiu as despesas do jogo e conseguiu chegar ao triunfo por 5-4 com tentos de Nuno Barata e Eduardo Brás.
Pela réplica imposta pelo Cartaipense, o prolongamento seria o mais justo ou até mesmo as grandes penalidades para se encontrar o vencedor do encontro.

Foto: Elsa Lopes / Hóquei Minhoto

2.04.2019

Taça de Portugal ditou um derbi minhoto à moda de Famalicão



Realizou-se o sorteio dos 16 avos de final da Taça de Portugal com o mesmo a ditar um derbi minhoto e em especial à moda de Famalicão, entre o Famalicense e o Riba d'Ave.
Quanto às outras equipas do Minho, o HC Braga recebe o Sporting CP e o OC Barcelos desloca-se ao HA Cambra.
Curiosidade são duas as viagens às ilhas, com o Valença HC a jogar na ilha da Madeira diante o Marítimo enquanto que a Juventude de Viana vai à ilha do Pico nos Açores medir forças com o Candelária.

Jogos sorteados

CD Paço Arcos- SC Tomar
CS Marítimo- Valença HC
HC “Os Tigres” – HC Turquel
HA Cambra- OC Barcelos
S Alenquer B- SC Marinhense
CRPF Lavra- CA Campo Ourique
HC Braga- Sporting CP
Candelária SC- Juventude Viana
AD Oeiras- UD Oliveirense
Famalicense AC- Riba D´Ave HC
ACD Gulpilhares- Parede FC
AD Sanjoanense- AD Valongo
CI Sagres- AE Física D
SC Torres- SL Benfica
Escola Livre AZ- FC Porto
GD Sesimbra- ACR Pessegueiro Vouga

As equipas que vão a sorteio para os 16/avos da Taça de Portugal



Seis equipas Minhotas conhecem esta segunda feira os seus adversários da Taça de Portugal

Realiza-se esta segunda feira o sorteio dos 16/avos de final da Taça de Portugal, onde entram pela primeira vez as equipas da 1ª divisão

1ª Divisão
UD Oliveirense, FC Porto, Sporting CP, SL Benfica, OC Barcelos, Riba d'Ave, HC Braga, Juventude de Viana, AD Valongo, HC Turquel, Paço d'Arcos, Sp Tomar, AD Oeiras e SC Marinhense

2ª Divisão

Norte 
HA Cambra, Famalicense, Infante Sagres, CRPF Lavra, AD Sanjoanense e Valença HC.

Sul
Alenquer e Benfica, Campo de Ourique, Candelária, Física de Torres Vedras, Parede FC e HC Tigres

3ª Divisão

Norte
Escola Livre, Gulpilhares, Pessegueiro de Vouga

Sul
Marítimo da Madeira, GD Sesimbra e SC Torres 

2.02.2019

OC Barcelos vence AD Valongo



A expetativa gerada em volta do jogo entre o OC Barcelos e a AD Valongo não se confirmou, tal como é habitual quando estas duas equipas se defrontam.
Tudo porque desta vez o OC Barcelos foi superior, em especial na concretização e venceu justamente por 4-0.
O exemplo da partida da primeira volta em Valongo, o OC Barcelos na primeira parte foi eficaz chegando ao intervalo a vencer por 3-0 com golos de Rúben Sousa dois e um de Hugo Costa.
A AD Valongo também podia ter marcado mas Ricardo Silva defendeu dois livres diretos.

Na segunda parte, a AD Valongo pressionou na tentativa de reduzir mas acabou por ser o OC Barcelos a aumentar para 4-0 por Gonçalo Nunes de grande penalidade.
O marcador podia ter sido alterado de novo para o Barcelos, mas Alvarinho desperdiçou um livre direto.
Igual infração não aproveitou a AD Valongo por Diogo Barata.

Com esta vitória, o OC Barcelos aproximou-se do quarto lugar, somando agora vinte e sete pontos, a quatro do Benfica.
A AD Valongo caiu para o 9º lugar com quinze pontos, mais quatro que o Tomar, primeira equipa em zona de descida.
Para a próxima jornada, o OC Barcelos desloca-se a Turquel e a AD Valongo joga com o Riba d'Ave.

Foto: Pedro Costa / Hóquei Minhoto