FINAL FOUR DA TAÇA CERS

FINAL FOUR DA TAÇA CERS
HÓQUEI MINHOTO EM VIAREGGIO

11.27.2012

Um "Vira Minhoto" em terras helveticas


A deslocação do OC Barcelos à Suiça para a segunda mão da Taça Cers onde defrontou o Uttigen proporcionou a cerca de trinta portugueses, na sua maioria minhotos e de Barcelos e também a alguns brasileiros momentos de convívio e consequente forma de matar saudades de amigos, apesar de o jogo não ter corrido da melhor forma. A intenção de oferecer a vitória aos portugueses fica para uma próxima.
O pavilhão apresentou-se praticamente cheio o que demonstra a popularidade do conjunto barcelense na Europa mesmo depois de ter estado três anos sem participar. Uma noite fria, fora do recinto estavam 3 graus positivos  mas dentro o calor era muito, situação que obrigou mesmo que durante a partida as portas fossem abertas , tal era a humidade que provoca constantes quedas dos jogadores das duas equipas.



A sua presença notou-se antes do jogo quando viram a comunicação social, o Blog Hoquei Minhoto, o Jornal Barcelos Popular e a Radio Cávado que estiveram a fazer a cobertura do jogo.
A viverem na Suiça, os portugueses vieram de várias cidades para assistirem à partida, desde Geneve, Berne, Lausanne, Montreux.
Ao longo do período que antecedeu o inicio do jogo o convívio foi enorme com minhotos de Arcozelo, Gilmonde, Martin, Areias de Vilar e também de Braga. E não foram mais porque alguns deles sendo jogadores estavam a jogar na mesma competição em que o OC Barcelos se encontra inserido.


Quem marcou presença foi Leandro Wada (na foto) jogador brasileiro que vive e joga em Thunerstern e que já passou por Portugal, inclusive vestiu a camisola do OC Barcelos.
Um dos momentos altos onde se sentiu a presença de portugueses foi quando se ouviu e cantou o hino português. Referencia para a enorme gentileza proporcionada pelos responsáveis do Uttigen que sempre se mostraram disponíveis para ajudar no que foi preciso.



O Blog Hóquei Minhoto agradece todo o apoio prestado pelo Uttigen, pelo OC Barcelos e por dois minhotos especais que foram incansaveis durante a curta estadia na Suiça, Pedro Magalhães e Rui Tavares que atualmente trabalham em terras helvéticas.

Sem comentários:

Enviar um comentário