FINAL FOUR DA TAÇA CERS

FINAL FOUR DA TAÇA CERS
HÓQUEI MINHOTO EM VIAREGGIO

1.31.2015

II D - Erros defensivos castigam Valença HC




O Valença HC perdeu com o HA Cambra por 4-3 no jogo grande da ronda da segunda divisão nacional, zona norte.
Os erros da defesa minhota foi determinantes para a derrota sofrida, perante um HA Cambra composto por jogadores experientes.

Depois do equilíbrio inicial , o Cambra foi a primeira equipa a marcar aos 10' por Eduardo Brás.
Volvidos cinco minutos Tomba empatou o jogo.
Antes do intervalo o HA Cambra fez mais dois golos por João Marques e Álvaro Pinto, aproveitando erros defensivos de Micha e de Tomba, este ultimo a escassos segundos do descanso.
Na segunda parte o Valença HC arriscou e chegou ao empate primeiro Micha a reduzir e depois Tomba a empatar de livre direto.
Com a igualdade no marcador o jogo tornou-se mais cauteloso por parte das duas equipas.
Apesar de todos os cuidados o Cambra voltou a marcar por João Marques.
O empate podia ter sido o resultado final mas Tomba falhou nos últimos segundos um livre direto.
A derrota atrasou o Valença que baixou para o sexto lugar com vinte e oito pontos.
Em relação ao Cambra manteve a terceira posição, agora com trinta e quatro pontos, mas aproximou-se do primeiro lugar que é ocupado pelo Infante Sagres que beneficiou da derrota do Espinho.
Na próxima ronda o Valença joga em Gaia e o Cambra recebe o Fanzeres.

foto: DR



I D - Benfica volta a suar diante o OC Barcelos



O OC Barcelos voltou a colocar em sentido o Benfica apesar da derrota dos minhotos na Luz.
A equipa do Benfica esteve a perder duas vezes, 2-0 e 4-3, tendo só na ponta final garantido a conquista dos três pontos.


Depois de um inicio de jogo morno, o OC Barcelos aproveitou aos 9' para se adiantar no marcador numa situação de contra ataque por intermédio de Joca Guimarães.
Nada satisfeito o treinador do Benfica, Pedro Nunes pediu um" time out" para corrigir a postura dos seus jogadores.
Quase que funcionava mas o remate de João Rodrigues bateu com estrondo no poste da baliza defendida por Ricardo Silva.
Na resposta os barcelenses não aproveitaram por duas vezes a superioridade em lances de contra ataque para ampliarem o marcador.
Com o Benfica a mexer no seu cinco inicial o jogo tornou-se mais emotivo, mas as oportunidades de golo pertenceram em grande parte ao OC Barcelos, por Joca Guimarães, Hugo Costa e Zé Pedro.
Foi preciso esperar por João Candeias que de livre direto fez aos 17' o 2-0 por cartão azul mostrado a Tiago Rafael.
A perder o Benfica antes do intervalo, acabou por reduzir por Carlos Nicolia de grande penalidade aos 19' e chegou ao empate por Diogo Rafael dois minutos depois.
Na segunda parte João Rodrigues depois de falhar um livre direto, deu a volta ao marcador mas de grande penalidade aos 13'.
Respondeu o OC Barcelos com nova cambalhota com Miguel Vieira e Luis Querido a fazerem o 3-4 a favor dos minhotos.
Aos 16' o guarda redes do OC Barcelos foi punido com cartão azul, tendo  Carlos Nicolia estabelecido o empate a quatro bolas.
Segundos depois Carlos Nicolia voltou a marcar colocando os encarnados em vantagem.
Como não há duas sem três o mesmo jogador fez o 6-4 final.
Um resultado que penaliza o OC Barcelos que mostrou uma vez mais que não é por acaso que esta a fazer a excelente época.
Por parte do Benfica suou e de que maneira para levar de vencida a equipa minhota, que ate ao momento é a única que lhe roubou  pontos no campeonato.
Na próxima ronda o Benfica joga em Paço d'Arcos e o OC Barcelos recebe o Valongo.

foto: hoquei.pt

II D - O Derby Minhoto do desperdicio foi favoravel ao HC Braga




Emoção, golos, livres diretos, grandes penalidades  e cartões ( azuis seis e um vermelho) "cozinharam" o derby minhoto,  que se disputou na Goladas entre o HC Braga e o Famalicense.
A vitoria sorriu ao HC Braga por 5-3, num jogo onde a arbitragem foi a pior equipa em ringue, estragando por completo a partida.

Começou muito bem o jogo a equipa de Famalicão que chegou ao 3-0 com tentos de André Barbosa e dois de Daniel Coelho " Kika".
A perder o HC Braga reagiu e reduziu por Márcio Rodrigues, fazendo o 1-3, com os bracarenses a jogarem com um menos um jogador
O jogo ganhou emoção e os cartões começaram a aparecer, com destaque para o vermelho exibido a Pedro Delgado "Bekas". por suposta agressão analisada pelos árbitros a Celso Silva.
Antes do intervalo o HC Braga colocou um golo de diferença a vantagem do Famalicense com Márcio Rodrigues a obter o 2-3 na recarga a um livre direto. Antes Daniel Coelho desperdiçou uma grande penalidade.


Na etapa final o HC Braga fez o empate por Gabi Silva depois de o Famalicense não ter aproveitado duas grandes penalidades por Chumbinho e Luís Filipe.
Logo a seguir Gonçalo Meira e Márcio Rodrigues falharam um livre direto
A reviravolta aconteceu com o 4-3 apontado por Joka Alves.
O mesmo jogador bracarense fez o 5-3 depois de Daniel Coelho ter falhado um livre direto.
Ate ao fim com mais cartões no ar, azuis para Márcio Rodrigues e Chumbinho, o Braga podia ter feito o 6-3 mas Joka Alves falhou mais um livre direto.
Com este triunfo o HC Braga soma agora vinte e seis pontos enquanto que o Famalicense mantêm os seus vinte e dois.
Na próxima ronda o HC Braga desloca-se ao Infante Sagres e o Famalicense recebe a Juv Pacense.

fotos : José Gomes ( Hóquei Minhoto )


1.30.2015

I D - Em Viana do Castelo joga-se pelo 7º lugar


A Juventude de Viana recebe este sábado a formação do paço d'Arcos com ambos os conjuntos empatados pontualmente na classificação, lutando assim pelo sétimo lugar da prova.
O conjunto vianense tem assim uma boa oportunidade diante os seus adeptos de voltar aos resultados positivos, após duas derrotas consecutivas, em Barcelos e em casa com o Turquel.
Em sentido inverso está a formação do Paço d'Arcos que venceu as duas ultimas jornadas, em casa com a Sanjoanense e fora nos Carvalhos.
Prevê-se uma partida equilibrada onde o poderio ofensivo dos minhotos encontrará pela frente, uma boa e organizada defesa da equipa da linha.
Na primeira volta os minhotos venceram em Paço d'Arcos por 6-3.
O jogo a começar às 21.30h será dirigido por António Santos e Paulo Almeida de Aveiro.

foto: cartaz Juventude de Viana

II D - Escola Livre/Riba d'Ave " Não há duas sem três...".




É caso para perguntar...
Será que à terceira partida o Riba d'Ave consegue vencer a Escola Livre?
Manterá a Escola Livre a vantagem sobre os minhotos?

Tudo porque as duas equipas já se defrontaram por duas vezes esta temporada e ambas no parque das Tílias em Riba d'Ave.
Em ambos os jogos a Escola Livre venceu os minhotos, 6-5 para o nacional e 4-3 para a Taça de Portugal.
Agora o jogo é em Oliveira de Azeméis e perante a boa campanha dos minhotos na prova, onde não perdem desde a sexta jornada no passado dia 25 de outubro o fator casa já não se atribui.
Outra situação é a queda que a Escola Livre tem tido na classificação, onde após um bom começa encontra-se neste momento no décimo lugar com vinte pontos.
Do lado do Riba d'Ave o surpreendente quinto lugar pode lhe atribuir certa vantagem no desfecho final.
Mas só dentro do ringue é que isto fica demonstrado.
Espera-se um jogo equilibrado, tal como os outros dois ja realizados entre ambas as formações.
Este interessante jogo a ter inicio às 15h  será apitado por Jerónimo Moura e José Silva do Porto.

foto:DR

II D - Jogo Grande - Valença HC defronta HA Cambra




O grande jogo da 17ª jornada do nacional da segunda divisão, zona norte disputa-se bem no Alto Minho, com o Valença a receber o HA Cambra, sábado a partir das 21.30h.
O desafio é aguardado com expectativa face à campanha das duas formações, especialmente por parte do Valença que este ano se estreia no segundo escalão.
Os minhotos estão no sexto lugar com vinte e oito pontos, menos três que o seu adversário que está no terceiro lugar.

Por parte do Cambra que assumiu como objectivo subir de divisão desloca-se ao Minho para continuar a lutar por essa pretensão.
A equipa de Paulo Morais apenas perdeu em casa com o Riba d'Ave, vencendo os outros seis jogos.
O HA Cambra fora ganhou em Lavra, Famalicão e Fanzeres, tendo perdido nas duas anteriores visitas ao Minho, em Braga e em Riba d'Ave juntamente com a deslocação a Espinho.
Será um teste à melhor defesa da prova, a do Valença contra o segundo melhor ataque por aparte do HA Cambra.
Na primeira volta registou-se uma igualdade a duas bolas em Vale de Cambra.
Para esta partida os juízes são Claudia Rego do Minho e Orlando Panza do Porto.

Foto: cartaz Valença HC

Pedro Nunes " Só um grande Benfica pode vencer o Barcelos ".



O SL Benfica recebe o Óquei de Barcelos, em jogo da 17.ª Jornada do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão, com o jogo a ter início marcado para as 19h de sábado. Na primeira volta, o jogo terminou empatado a 5 bolas e agora na 2.ª volta do Campeonato, SL Benfica e Óquei Clube de Barcelos vão voltar a medir forças em mais um clássico do Hóquei em Patins nacional. 
“Perspetivamos um bom jogo, a seguir àquilo que todos nós esperamos – o regresso às vitórias no Futebol – um bom jogo de Hóquei em Patins. O Barcelos é um bom adversário, a única equipa que até agora roubou pontos ao Benfica esta época no Campeonato Nacional. É uma equipa bem orientada, bem organizada e que sabe defender cada momento do jogo. Portanto, é um adversário difícil”, anteviu o técnico Pedro Nunes, à BTV.
Apesar dos bons resultados conseguidos nos últimos jogos, o líder do Campeonato recusa-se a entrar em facilitismos. “O Benfica tem vindo de excelentes resultados, excelentes exibições mas estou certo de que isso não conta para as contas futuras. O foco principal está no próximo jogo com o Barcelos. Só um grande Benfica pode vencer este Barcelos. E só o forte apoio dos nossos adeptos pode facilitar a nossa tarefa”, alertou o treinador.
Na primeira volta o Benfica empatou a cinco golos em Barcelos. Desse jogo até agora algumas coisas mudaram mas a ambição dos responsáveis benfiquistas essa mantém-se a mesma. “A busca incessante da perfeição faz-nos melhorar no dia-a-dia, este é o meu lema”, revelou.

fonte: Benfica TV 

Paulo Freitas treinador do OC Barcelos . " A minha equipa é ambiciosa..."



O treinador do Óquei de Barcelos mostra-se ambicioso em repetir um bom resultado diante a formação de Pedro Nunes, este sábado às 19h na Luz.
Recorde-se que os minhotos são a única equipa que tiraram pontos os primeiro classificado, o Benfica., com o empate obtido a cinco bolas em Barcelos.
Os acontecimentos registados em Barcelos e a nomeação da mesma dupla de arbitragem para o jogo não preocupam o treinador barcelense, Paulo Freitas.

" Em qualquer jogo que o Óquei de Barcelos entra é para ganhar. Não vamos à luz para empatar. A nossa equipa é ambiciosa e quer sempre os três pontos.
No entanto vamos defrontar o líder da prova que é composto por grandes jogadores e que a jogar em casa é muito forte, sofrendo poucos golos.
O Óquei de Barcelos vai procurar fazer o seu jogo de forma concentrada e rigorosa. Vamos poder contar com o contributo do Pedro Mendes que irá jogar com uma protecção no nariz. Será mais um elemento para ajudar a equipa a tentar alcançar os seus objectivos no jogo.
Os acontecimentos verificados em Barcelos não me preocupa, porque eles aconteceram pela atitude de adeptos do Benfica. Neste particular o Óquei de Barcelos e a sua empresa de segurança conseguiram superar toda a confusão.
Em relação à dupla de arbitragem, que considero uma das melhores a apitar, apenas estranho estarem nomeadas para um jogo do Barcelos seguido. São árbitros que apitam muito o Benfica esta época."

foto: HoqueiPT

II D - Continua o vira minhoto, agora em Braga.

                                     
                                     Jogo da 1ª volta Famalicense 2 HC Braga 5

O pavilhão das Goladas em Braga recebe este sábado às 17h mais um derby minhoto com os bracarenses a receberem o vizinho Famalicense.
Com um ponto apenas a separar as duas equipas, este "vira minhoto" é aguardado com expectativa numa luta pelo sétimo lugar da classificação.
Caso se mantenha o acordo entre os dois clubes, o atleta André Ferreira volta a não defrontar o Famalicense.
Poderá ser a terceira vez porque os dois clubes para alem do nacional, já se encontraram para a Taça de Portugal, onde o Braga seguiu em frente por 5-4.

Ambas as equipas vem de triunfos na anterior jornada. O HC Braga venceu na Mealhada por 10-5 e o Famalicense em casa derrotou o Cucujães por 4-3.
Em desafios entre equipas do Minho, o HC Braga apenas ganhou um, precisamente diante a equipa de Fernando Almeida por 5-2 em jogo da primeira volta realizado em Fão.
O Famalicense com vizinhos minhotos perdeu os três jogos já disputados.
Para o nacional nas Goladas, o HC Braga venceu três ( HC Mealhada, HA Cambra e Fanzeres), empatou um com o Infante Sagres e perdeu dois diante a Juv Pacense e o Lavra.
Por parte do Famalicense fora, em sete encontros ganhou três nas deslocações ao HC Marco, ao Mealhada e em Gulpilhares. As quatros derrotas foram em Paços de Ferreira, Valença, Cucujães e Espinho.
Na primeira volta o HC Braga venceu o Famalicense por 5-3.
O jogo será dirigido por José LaSalette e Paulo Oliveira de Aveiro.

foto: Hóquei Minhoto 

1.29.2015

FPP arquiva processo do Cartaipense em relação ao OC Barcelos B



5 – DECISÕES – PROCESSO DE INQUÉRITO E PROTESTO Relativamente a Participação do CART – Centro de Actividades e Rec. Taipense e Protesto relativo ao jogo a seguir referenciado, damos nota das Decisões proferidas em Sede dos Processos.

Assim : Participante: CART – Centro Act. Rec. Taipense - PROC. INQUÉRITO Nº 2095/14 Participado: Óquei Clube Barcelos – HP SAD Assunto: Utilização de Atletas da equipa principal nas equipas “ B “

Decisão:
Nos termos do disposto no artigo 49º nº: 4 do Regulamento Geral da Federação de Patinagem de Portugal compete ao Conselho de Justiça, na pessoa do seu Presidente, a solicitação da Direcção, emitir parecer sobre a alteração dos estatutos e a integração de lacunas, bem como sobre a interpretação a dar a qualquer norma dos estatutos ou demais regulamentos da Federação de Patinagem de Portugal. Ora, no caso em apreço foi o que aconteceu. Instado pela Direcção da Federação de Patinagem de Portugal, o Conselho de Justiça emitiu parecer através do qual analisou e clarificou a aplicabilidade do número/ponto 14 do artigo 36º A do Regulamento Geral de Hóquei em Patins da Federação de Patinagem de Portugal – Cfr. transcrição supra. Assim, face ao Parecer emitido pelo Conselho de Disciplina da Federação de Patinagem de Portugal, delibera o Conselho Disciplinar da Federação de Patinagem de Portugal, pelo arquivamento dos presentes autos de Processo de Inquérito “.

fonte: FPP

AP Minho - Ultima jornada decide campeões regionais e apurados para o nacional




Realiza-se este fim de semana a ultima jornada dos campeonatos regionais da Associação de Patinagem do Minho onde se ficará a conhecer os campeões regionais e as equipas qualificadas para os nacionais.

Em juniores,
O OC Barcelos, HC Braga e Famalicense já estão apurados para o nacional, faltando apenas saber que é o campeão que será discutido entre o OC Barcelos e o HC Braga, domingo no pavilhão Municipal de Barcelos.
A partida tem inicio às 17h com o HC Braga a ter uma vantagem de três pontos e de dois golos.

Classificação atual
1º HC Braga 37p
2º OC Barcelos 34p
3º Famalicense 25p

Em Juvenis 
A ADB Campo e HC Braga para alem de apurados, vão decidir o titulo de campeão em juvenis.
Neste particular com o HC Braga a não jogar,  basta à formação da ADB Campo derrotar a AD Limianos este fim de semana para conquistar o titulo regional.

Classificação atual
1º HC Braga 30p
2º ADB Campo 28p ( - 1 jogo )

Em Iniciados
Neste escalão tudo indica que seja o OC Barcelos o campeão.
Para a ultima jornada o OC Barcelos defronta o HC Braga enquanto que a ADB Campo visita as Taipas.
A direcção da AP Minho tem ainda de resolver o "caso" do encontro entre a ADB Campo e o OC Barcelos que foi interrompido por falta de segurança.
Esta situação caso seja resolvida a favor da ADB Campo, pode ainda colocar a turma de São Salvador do Campo na luta pelo titulo regional.
Para isso tem de o OC Barcelos perder com o HC Braga e a ADB Campo vencer nas Taipas.
O terceiro lugar está praticamente assegurado pela ED Viana a quem basta para seguir para os nacionais.
Em relação ao HC Braga para chegar ao terceiro lugar tem de vencer o OC Barcelos e esperar por uma escorregadela dos vianenses.

Classificação atual
1º OC Barcelos 33p ( - 1 jogo a resolver pela AP Minho )
2º ADB Campo 28p ( - 1 jogo a resolver pela AP Minho ) )
3º ED Viana 28p
4º HC Braga 25p

Em Infantis
Tudo por decidir neste escalão, quer como campeão, quer como apuramento.
A ultima jornada coloca a ADB Campo a defrontar o HC Braga e o OC Barcelos a deslocar-se a Fão.
À espera de um deslize do OC Barcelos está o Riba d'Ave que folga na ultima jornada
Em São Salvador do Campo decide-se o campeão regional de infantis, com vantagem para já a pertencer ao HC Braga.
Aos bracarenses basta o empate para obterem o titulo enquanto que à ADB Campo só a vitoria interessa.
Na luta pelo terceiro lugar o OC Barcelos tem de vencer em Fão para se apurar no terceiro lugar.

classificação atual
1º HC Braga 49p
2º ADB Campo 49p
3º Riba d'Ave 39p ( folga na ultima jornada)
4º OC Barcelos 36p



1.28.2015

Jogos e árbitros para as equipas do Minho ( 31 de janeiro e 1 de fevereiro )




Sabado, dia 31 de janeiro de 2015

Nacional da 1ª divisão

19.00h Benfica - OC Barcelos - Luís Peixoto e Miguel Guilherme de Lisboa
21.30h AJ Viana - Paço d'Arcos - Paulo Almeida e António Santos de Aveiro

Nacional da 2ª divisão, zona norte

17.00h HC Braga - Famalicense -  José LaSalette e Paulo Oliveira de Aveiro
18.00h Escola Livre - Riba d'Ave - Jerónimo Moura e José Pinto do Porto
21.30h Valença HC - HA Cambra - Claudia Rego do Minho e Orlando Panza do Porto

Domingo dia 1 de fevereiro de 2015

Nacional da 3ª divisão, zona norte

18.00h Académico - HC Fão - José Pinto do Porto
18.30h Cartaipense - Inf Sagres B - António Teixeira do Minho
19.30h Povoa B - CCD Ancorense - Jerónimo Moura do Porto
20.00h Ola Mouriz - OC Barcelos B - Manuel Fernandes do Porto

nota: os mesmos podem sofrer alterações de ultima hora
fonte: FPP

1.26.2015

Barcelos acolhe II Gala do Galo em Patinagem Artística a 31 de janeiro



Por ocasião da apresentação do Torneio de Carnaval, a associação de patinagem do Minho aproveitou para também noticiar a realização da II Gala do Galo numa organização do Clube Cávado de Patinagem Artística.
O evento realiza-se no pavilhão municipal de Barcelos no próximo dia 31 de janeiro e contará com a presença de mais de 250 atletas entre eles de Lisboa, Porto e Aveiro, alguns deles campeões nacionais e com troféus  a nível internacional.




Segundo a presidente do clube, Angelina Duarte o evento volta após um ano de ausência, para satisfação também de Violeta Machado professora.
" No ano passado não foi possível organizar mas agora que estão reunidas todas as condições a II Gala será certamente um novo êxito.
O evento vai contar com mais de duzentos e cinquenta atletas, num cartaz que permitirá a todos os que queiram assistir ver a real beleza da patinagem artística.
Pretendemos também com esta Gala, dar a conhecer a modalidade que no nosso concelho nao é muito conhecido.
O clube Cávado de Patinagem Artística vive como todas as colectividades com dificuldades, mas a nossa prende-se essencialmente com um local para os nossos treinos.
Convido todos a assistirem a esta Gala, onde estarão alguns dos melhores interpretes da modalidade a nível nacional e internacional".
A entrada para esta II Gala do Galo é gratuita e disputa-se no pavilhão municipal de Barcelos, dia 31 de janeiro a partir das 21.00h


Foto: Hoquei Minhoto

AP Minho apresentou o XII Torneio de Carnaval




Decorreu na sede da Associação de Patinagem do Minho, a apresentação do XII Torneio de Carnaval na categoria de Sub 15, evento que irá decorrer nos dias 14 e 15 de fevereiro na cidade de Barcelos.
A prova conta com a participação da AP Minho, AP Porto, AP Aveiro e da selecção da Galiza e será organizado em conjunto com a associação minhota, o OC Barcelos e a Câmara Municipal de Barcelos.

Para o presidente da AP Minho, António Emílio este torneio é mais um encontro de jovens quem tem em vista a sua preparação para a prova rainha, o Inter Regiões.
" Este evento permite a cada associação preparar o Inter regiões que como sabemos é a prova rinha no escalão de sub 15. Para alem disso serve para dinamizar e fomentar juntos dos jovens o hóquei em patins. Barcelos tem tradição no hóquei.
 Depois de termos feito em  Ancora, Valença e Braga e num sistema de rotatividade, Barcelos juntamente com a Câmara Municipal e com o OC Barcelos proporcionou todas as condições para uma excelente propaganda da modalidade"
 Do lado do município, Carlos Brito vereador do desporto da câmara de Barcelos, mostrou-se uma vez mais satisfeito pela cidade receber um grande evento da modalidade.
" Barcelos tem uma enorme tradição em hóquei em patins. Foram vários os eventos realizados na nossa cidade, entre eles o mundial de sub 20 e as finais four de camadas jovens.
É sempre bom ver em acção os jovens jogadores de Barcelos. Neste momento em Barcelos apesar das muitas dificuldades não só a nível do hóquei em patins é bonito sentir o fantástico trabalho que esta a ser feito pelos clubes, nomeadamente na formação através do OC Barcelos e da ADB Campo"
Por fim a parte organizadora cabe também ao OC Barcelos e Mário Faria congratulou-se com o evento
" O OC Barcelos como grande que é na formação de jogadores, não podia de deixar de estar ao lado deste torneio. Será mais uma excelente propaganda para a modalidade com jovens jogadores do OC Barcelos e do Minho. "


Calendario
Jogos do Pavilhão Municipal de Barcelos

dia 14 de fevereiro
10.30h AP Minho - Seleção Galega
11.30h AP Aveiro - AP Porto

17.30h Seleção Galega - AP Porto
18,30h AP Minho - AP Aveiro

domingo dia 15 de fevereiro
10.00h Seleção Galega - AP Aveiro
11.15h AP Minho - AP Porto

foto: Hoquei Minhoto

AP Minho - 11ª convocatória para o Torneio de Carnaval


Para mais um treino da Selecção de sub 15 de AP Minho, o seleccionador Paulo Machado voltou a chamar os quinze jogadores. para a sua participação no XII Torneio de Carnaval nos dias 14 e 15 de fevereiro que se realiza em Barcelos
Saíram da ultima convocatória Alexandre Oliveira do Cartaipense e Diogo Silva da ED Viana , tendo entrado da ED Viana, Francisco Ribeiro e Pedro Martins

A concentração está agendada para quarta feira dia 28 de janeiro em São Salvador do Campo.


Guarda redes
Vasco Alves - ADB Campo
José Pereira - OC Barcelos
Cândido Quintela, Rúben Araújo e Carlos Oliveira - ADB Campo
Fábio Ramos, Francisco Soares e Afonso Ferreira - HC Braga
Diogo Silva e Pedro Freitas - OC Barcelos
Francisco Ribeiro, Pedro Martins e Miguel Lopes - ED Viana
Gonçalo Antunes - Cartaipense
Diogo Abreu - Riba d'Ave

fonte: AP MINHO

1.25.2015

III D - Ancorense goleia Cartaipense



No jogo grande da 12ª jornada do nacional da terceira divisão, zona norte, o CCD Ancorense venceu o Cartaipense por 9-2, resultado que lhe permitiu aproximar-se do segundo lugar, ocupado precisamente pela equipa das Taipas.
A prova promete porque são agora apenas dois pontos que separam as duas equipas na corrida pelo segundo posto, com o OC Barcelos B também a entra na discussão depois de vencer o Fão

Dentro do ringue a equipa do Cartaipense ate entrou melhor e marcou primeiro por Luís Martins de grande penalidade aos 7'.
Esta vantagem durou pouco tempo, porque Rui Araújo de livre direto fez o empate aos 11' e no minuto seguinte Duda fez o 2-1.
Antes do descanso o Ancorense elevou para 3-1 por Rui Silva e Rafa o 4-1 em situação de power play
Para a segunda parte a equipa de Rui Neto ampliou logo aos 3' para 5-1 por Rui Silva.
Apesar da vantagem confortável o Ancorense fez o 6-1 aos 12' por Vianinha, segundos depois de Rui Caçador ter desperdiçado um livre direto.
O Cartaipense não conseguiu levantar-se e foi o Ancorense a aumentar para 7-1 por César Pinheiro de grande penalidade.
A equipa das Taipas ainda reduziu por Ricardo Guimarães de livre direto aos 17', mas quem acabou por marcar e aumentar o marcador foi o Ancorense por Duda e Rui Araújo.
O resultado final de 9-2 espelhada a superioridade da equipa do Ancorense que perante um Cartaipense que jogou uns furos abaixo do esperado, para um jogo importante como este.
Na próxima ronda o CC Ancorense joga no reduto do lider, o Povoa B enquanto que o Cartaipense recebe o Infante Sagres B.

foto: DR

II D - Famalicense mais tranquilo



A equipa de Fernando Almeida venceu o Cucujães por 4-3 e aumentou para onze pontos a distancia para os lugares de descida.
Frente a um Cucujães, adversário que também procura fugir à despromoção os minhotos começaram o jogo praticamente a marcar com Chumbinho a fazer o primeiro golo aos catorze segundos.
Depois de uma fase longa de equilíbrio, o  mesmo jogador aumentou para 2-0 muito próximo dos últimos cinco minutos da primeira parte.
Neste período da etapa inicial o Cucujães reduziu por Gonçalo Tavares, mas a diferença mínima manteve-se ate ao descanso.
Para a segunda parte o Famalicense ampliou para 4-1 com dois golos de Daniel Coelho.
No entanto o Cucujães nao desistiu e ate ao fim reduziu para 4-3 através do bis de Miguel Oliveira.
Triunfo muito suado dos minhotos , bastante valorizado pela formação do Cucujães.
Com o triunfo o Famalicense soma agora vinte e dois pontos e sobe ao nono lugar.
Em relação ao Cucujães manteve o décimo primeiro posto com quinze pontos, a quatro da zona de despromoção.
Na próxima ronda o Famalicense joga em Braga e o Cucujães recebe o Infante Sagres.

Foto: José Gomes ( Hoquei Minhoto )

Resultados das equipas do Minho de sabado e agenda de domingo

sábado dia 24 de janeiro de 2015

1ª divisão nacional - 16ª jornada
21.30h OC Barcelos 4 AJ Viana 2

2ª divisão nacional - 16ª jornada

18.00h Mealhada 5 HC Braga 10 
18.30h Riba d'Ave 5 Juv Pacense 4
18.30h AA Espinho 4 Valença HC 2
19.00h Famalicense 4 Cucujães 3


Domingo dia 25 de janeiro de 2015

3ª divisão nacional - 12ª jornada
18.00h Ancorense - Cartaipense - António Bastos do Minho
18.00h OC Barcelos B - HC Fão - Ricardo Sousa do Minho

1.24.2015

II D - Riba d'Ave sobe ao quinto lugar



Com um triunfo sobre a Juv. Pacense por 5-4, a turma de Horácio Ferreira subiu ao quinto lugar, somando agora vinte e oito pontos. Um jogo emotivo e com incerteza ate ao ultimo segundo.
Se na primeira volta o 10-8 a favor da Juventude já tinha mostrado um grande jogo, o deste sábado não fugiu à regra. Grande espectáculo


Perante a Juventude Pacense os lances de bola parada foram decisivos, já que quatro dos cinco golos foram em lances de bola parada.
Nesse capitulo os minhotos estiveram mais "certos" ao aproveitarem essa situação.
A primeira grande oportunidade de golo surgiu aos 5' exactamente de livre direto e para a Juventude Pacense com João Marques a falhar por cartão azul mostrado a Raul Meca.
Logo a seguir foi a vez do Riba d'Ave desperdiçar um livre direto através de Vítor Hugo por azul exibido a Duarte Dias.
O marcador foi inaugurado aos 10'' e para a Juventude Pacense por Nelson Gomes, mas a equipa minhota não baixou os braços e em dois minutos deu a volta ao resultado com tentos de Ricardo Lopes de livre direto e de Vítor Hugo na recarga a uma grande penalidade.
A Juventude Pacense podia ter feito a igualdade mas João Marques falhou um livre direto a castigar a décima falta da equipa do Riba d'Ave.
Nos últimos cinco minutos da etapa inicial, o Riba d'Ave marcou mais dois golos, por André Alves de grande penalidade aos 21' e por Ricardo Lopes de livre direto.
Para a etapa final o Riba d'Ave procurou aumentar a vantagem mas Ricardo Lopes aos trinta segundos falhou um livre direto.
O quinto golo do minhoto surgiu aos 2' por Raul Meca fazendo o 5-2.
A Juventude Pacense acreditou e aos poucos foi reduzindo o marcador ate ao 5-4 com tentos de João Marques e Nelson Gomes, este de livre direto.
Faltavam pouco mais de quinze minutos para o final do encontro.
Ate ao fim os golos podiam ter surgido em ambas as balizas, mas nesse aspecto Raul Meca este algo perdulario ao falhar dois livres diretos.
O triunfo coloca o Riba d'Ave com vinte e oito pontos, a dois da Juventude Pacense.
Na próxima ronda os minhotos jogam na Escola Livre e a Juv Pacense recebe o Mealhada.

FOTO: Riba d'Ave

OC Barcelos vence derby minhoto



O OC Barcelos voltou a vencer o vizinho de Viana do Castelo, desta vez por 4-2.

A Juventude de Viana adiantou-se logo aos 2' no marcador por Luís Viana na marcação de uma grande penalidade, depois de esta ter sido mandada repetir por Ricardo Silva se ter mexido.
O guarda redes do OC Barcelos voltou a estar em destaque ao defender um livre directo de Luís Viana após cartão azul mostrado a Zé Pedro.
A jogar sem Pedro Mendes que saiu lesionado do anterior encontro em São João da Madeira, os barcelenses chegaram ao empate por Hugo Costa aos 10'.
No lance imediato a dupla de arbitragem entendeu que Luís Querido cortou com o patim a trajectória da bola dentro da área e marcou grande penalidade.
Em mais um duelo, o guarda redes do OC Barcelos levou a melhor sobre Luís Viana.~
Volvidos três minutos a equipa de Paulo Freitas passou para a frente do marcador com o tento de Miguel Vieira, resultado com que se atingiu o intervalo.
Na segunda parte a Juventude de Viana arriscou e procurou o empate, mas a defesa do OC Barcelos não permitia facilidades.
Aos 5'm Joca Guimarães Leonardo Pais trocaram "mimos" e ambos viram o cartão azul com o jogo parado.
O golo do empate apareceu aos 11' por Luís Viana, mas aos 15' Luís Querido voltou a colocar o Barcelos na frente ao transformação um livre direto pela 10ª falta da equipa vianense.
A diferença mínima no marcador deixou todos os presentes no pavilhão municipal "agarrados" perante a emoção do desenrolar dos últimos minutos.
O resultado final foi estabelecido por Luís Querido aos 23' de livre direto.
Sendo assim o OC Barcelos mantêm-se em igualdade na classificação com o Sporting CP, ambos agora com trinta e um pontos.
A Juventude de Viana ocupa a oitava posição com vinte e dois.
Na próxima ronda o OC Barcelos joga no Benfica e a Juventude de Viana recebe o Paço d'Arcos

foto: Hoquei Minhoto

II D - HC Braga soma três pontos na Mealhada





O HC Braga voltou aos triunfos na prova vencendo no ultimo classificado, o Mealhada por 10-5.
Com a vitoria os bracarenses somam agora vinte e três pontos igualando o Lavra no sétimo lugar, enquanto que o Mealhada continua apenas com quatro pontos alcançados na prova.

Com um inicio de jogo equilibrado, só aos 12' é que apareceu o primeiro golo e para o lado do HC Braga por intermédio de Ângelo Fernandes.
Foi o "click " para que os bracarenses embalassem no resultado, já que volvidos dois minutos chegaram aos 3-0 com tentos de André Ferreira.
O Mealhada respondeu a seguir de livre direto por Fábio Vieira a castigar cartão azul mostrado a Joka Alves.
No melhor período da primeira parte o HC Braga voltou a marcar desta vez por Márcio Rodrigues.
Ainda antes do descanso o Mealhada fez o 2-4 por Fábio Vieira.
Na segunda parte a equipa da casa voltou a acreditar com o 3-4 logo aos 2' por André Amorim.
Em ritmo de parada e resposta, Márcio Rodrigues fez o 3-5 e Bruno Lima de grande penalidade o 4-5.
Os locais agigantaram-se mas o HC Braga não permitiu atingindo com tranquilidade o 4-10, através de golos, dois de Bekas, um de Joka Alves e a fechar por Gonçalo Meira.
Perto do apito final o Mealhada fez o seu quinto golo por Fábio Vieira.
Na próxima jornada há derby minhoto com o HC Braga a receber o Famalicense.
O Mealhada joga em Paços de Ferreira.

1.23.2015

2ª D - Tarefa "espinhosa" espera Valença HC



Extremos a nível de golos tocam-se...
AA Espinho  81 golos marcados ( melhor Ataque )
Valença HC 33 golos sofridos ( melhor Defesa )

A visita do Valença HC a Espinho, líder da prova, define como um dos grandes jogos da primeira ronda da segunda volta da segunda divisão zona norte.
O jogo coloca frente a frente duas equipas separadas por três pontos, pelo que se espera um bom jogo de hóquei em patins em Espinho.
A turma da casa é líder com trinta e um pontos, tendo na anterior jornada beneficiado do triunfo dos valencianos no Infante Sagres para subir ao primeiro lugar.
Depois de subir ao segundo escalão, o Valença estreou-se na prova exactamente diante os espinhenses, tendo triunfado em casa por 4-3.
Em casa a também experiente equipa da AA Espinho composta por Frederico Saraiva, Bruno Fernandes, André Pinto e outros, apenas cedeu em sete jogos um empate, diante o Fanzeres a três bolas.
Acrescente-se que a AA Espinho é a equipa mais concretizadora da prova com oitenta e um golos.
Fora de Valença, a formação de Paulo Morais ganhou em Mealhada, no Infante Sagres e em Cucujães.
Pelo meio empatou em Cambra e perdeu em Paços de Ferreira, em Lavra e também na Escola Livre.
A turma minhota é a defesa menos batida do campeonato com trinta e três golos sofridos.
Para este jogo foram nomeados os juízes de Aveiro, Paulo Almeida e António Santos.

FOTO: Jogo da primeira volta em Valença ( Hoquei Minhoto )

Direção do Cartaipense reage ao "Parecer " do Conselho de Justiça


Face ao teor do comunicado da FPP, publicado por V/Exias. vem a direcção do CART solicitar a publicação do COMUNICADO da Direção do CARTAIPENSE, em face do teor do comunicado nº03/2015 de 22/01 da F.P.P.:

Nessa expectativa.
Atentamente.
Lima Pereira



2ª D - HC Braga joga na Mealhada


                                                1ª volta HC Braga 4 HC Mealhada 1

O "virar" do campeonato nacional da segunda divisão, faz com que o HC Braga se desloque à Mealhada, reduto do ultimo classificado da prova.
Sem vencer à três jogos ( duas derrotas e um empate ) a equipa minhota vai tentar voltar aos resultados positivos para subir na classificação.
Com vinte pontos e no oitavo lugar os bracarenses vão procurar repetir o triunfo da primeira volta onde nas Goladas venceram por 4-2.
Em relação ao Mealhada que apenas tem quatro pontos, a jogar no seu reduto apesar dos resultados negativos consegue enervar os seus adversários. Os resultados provam isso mesmo com derrotas, grande parte por apenas um golo de diferença.
O jogo será dirigido por Rui Taborda e Hélder Pardal do Ribatejo

foto: DR

2ª divisão - Famalicense e Cucujães precisam de pontos



A realizar uma época aquém das expectativas o Famalicense recebe este sábado no seu ringue a formação do Cucujães.
Uma partida onde ambos os conjuntos querem somar pontos

Com o atual décimo lugar na classificação e com dezanove pontos os minhotos não podem facilitar em casa correndo o risco de se aproximarem da zona de descida que está apenas a uma distancia de oito pontos.
O jogo diante o Cucujães pode em caso de triunfo tranquilizar os famalicenses.
O adversário que tem menos três pontos que o conjunto de Fernando Almeida e que luta pela manutenção já provou que fora de casa consegue obter bons resultados.
Em sete jogos como visitante, o Cucujães venceu três, na Mealhada, em Cambra e na Escola Livre.
O Famalicense diante os seus adeptos ganhou três, empatou um e perdeu três.
Na primeira volta o Famalicense perdeu em Cucujães por 6-2.

foto: http://clubedesportivodecucujaes.blogspot.pt/

Árbitros e jogos para as equipas do Minho ( 24 e 25 de janeiro )




sábado dia 24 de janeiro de 2015

1ª divisão nacional - 16ª jornada
21.30h OC Barcelos - AJ Viana - Luis Peixoto e Miguel Guilherme de Lisboa

2ª divisão nacional - 16ª jornada
18.00h Mealhada - HC Braga - Rui Taborda e Hélder Pardal do Ribatejo
18.30h Riba d'Ave - Juv Pacense - Paulo Rainha e Rui Torres do Minho
18.30h AA Espinho - Valença HC - Paulo Almeida e António Santos de Aveiro
19.00h Famalicense - Cucujães - Fernando Teixeira e Manuel Santos do Porto


Domingo dia 25 de janeiro de 2015

3ª divisão nacional - 12ª jornada
18.00h Ancorense - Cartaipense - António Bastos do Minho
18.00h OC Barcelos B - HC Fão - Ricardo Sousa do Minho

fonte: FPP

3ª divisão - OC Barcelos B e HC Fão jogam para 4º lugar


                                             1ª volta HC Fão 3 OC Barcelos B 5

E mais um derby minhoto para animar o nacional da terceira divisão, na sua 12ª jornada.
O palco é o pavilhão municipal de Barcelos com a equipa do OC Barcelos B a defrontar o vizinho HC Fão.
Dois pontos separam os dois conjuntos com o Barcelos a ter vinte e um e a ocupar o quarto lugar.

A equipa de Bruno Gomes ainda no perdeu qualquer ponto em Barcelos, somando cinco vitorias. Outro lado interessante por parte dos barcelenses, são os cinco golos apenas sofridos em casa o que demonstra a sua coesão defensiva.
Por parte da formação de Hugo Nora, que não perde à três jogos tem como referencia o melhor marcador da terceira divisão, zona norte , o avançado Carlos Mata com vinte e cinco tentos.
Na primeira volta o OC Barcelos B venceu em Fão por 5-3 numa partida onde se registaram muitos cartões, situações que motivou inúmeros protestos especialmente por parte dos fangueiros.
O jogo tem inicio às 18h.

3ª divisão - Atenções viradas para o derby em Vila Praia de Ancora


                                              1ª volta Cartaipense 5 Ancorense 3

Emoções fortes são esperadas este domingo em Vila Praia de Ancora, com a realização do derby minhoto entre o CCD Ancorense e o Cartaipense.
As duas equipas do Minho estão separadas por cinco pontos, com vantagem para a formação das Taipas que ocupa a segunda posição com vinte e seis em igualdade com o primeiro, o Povoa B.
Logo a seguir aos primeiros classificados surge o CCD Ancorense que atravessa um excelente momento, tendo inclusive assegurado a passagem aos oitavos de final da Taça de Portugal.
Em sua casa a turma de Rui Neto apenas perdeu para o nacional duas vezes, com duas equipas B, OC Barcelos e Povoa, ambas pelo mesmo resultado 4-5.
Do lado do Cartaipense que não perde para o campeonato desde a quarta jornada, Os resultados fora das Taipas são quase vitoriosos com apenas uma derrota em Barcelos por 4-2 e um empate a três bolas em Sobreira.
Na primeira volta o Cartaipense venceu o Ancorense por 5-3, num jogo marcado pelo desperdício de lances de bola parda por parte dos dois conjuntos.
O "derby" minhoto está marcado para as 18h e promete a presença de muito publico.

foto: Jogo da 1ª volta 

1.22.2015

Parecer do Conselho de Justiça da FPP sobre a utilização de jogadores da equipa B




Face à noticia avançada ontem pelo Hóquei Minhoto, a FPP tal como tinha referido o vice presidente Paulo Rodrigues emitiu o parecer do conselho de justiça em relação ao tempo para utilização dos jogadores das equipas B

3 – PARECER – CONSELHO DE JUSTIÇA DA FPP

A Direcção da FPP solicitou ao Conselho de Justiça, um Parecer para suprimento de uma
omissão no Artigo 36.º-A do RGHP, nomeadamente, sobre o intervalo de tempo para
utilização de atletas de categorias inferiores à categoria de seniores nas equipas “A” ou “B”.
PARECER:
“ Ao abrigo do disposto no Artigo 94.º dos Estatutos da FPP – nº 4 do Artigo 49.º do
Regulamento Geral da FPP e o Artigo 104.º do Regulamento Geral de Hóquei em Patins –
vem, este Conselho de Justiça, emitir parecer, na sequência de pedido formulado pela
Direcção da FPP, no qual solicita o suprimento de uma omissão no Artigo 36.º-A do RGHP,
nomeadamente sobre o intervalo de tempo para utilização de atletas de categorias
inferiores à categoria de seniores nas equipas “A” ou “B”.
Reunido este conselho de Justiça, após análise da questão que se nos apresenta, tendo em
conta os princípios que estiveram na base no teor do artigo 36º do RGHP e analisado o 3
regulamento na sua globalidade, é este Conselho de Justiça de parecer que o ponto 14 do
artigo 36-A do RGHP se deve aplicar apenas a atletas seniores, ou seja, um atleta inscrito
na categoria de Seniores, apenas pode ser utilizado pelo Clube, decorridas que sejam
quarenta e oito horas, sobre o início do jogo em que este representou qualquer uma das
equipas, principal ou “B” 

fonte: http://fpp.pt/ficheiros/pdf/comunicacoes/comunicados/2015/3.pdf

1.21.2015

Turquel volta a ganhar, agora em Viana do Castelo



A equipa da " Aldeia do Hóquei ", o HC Turquel voltou a vencer a Juventude de Viana desta vez em Viana do Castelo, desta vez por 4-2, tendo ultrapassado inclusive os minhotos na tabela classificativa.
Recorde-se que na primeira volta o Turquel ganhou em casa por 8-7.

Depois do triunfo moralizador sobre os italianos do Forte dei Marmi para a Liga Europeia, a Juventude de Viana encontrou pela frente um Turquel bem organizado defensivamente.
Apesar disso foi a Juventude de Viana a marcar primeiro aos 16' por Diogo Fernandes. mas o Turquel respondeu na jogada seguinte empatando por Pedro Vaz.
Ate ao intervalo os vianenses podiam ter ganho vantagem no marcador mas Luís Viana não concretizou aos 23' um livre direto por azul mostrado a Paulo Passos.
Na segunda parte a Juventude entrou melhor e passou para a frente do marcador aos 4' por Francisco Silva.
O empatou apareceu aos 9' por Pedro Vaz, segundos depois de Vasco Luís ter falhado um livre direto por exibição de cartão azul a Nuno Félix.
A reviravolta aconteceu aos 17' com Pedro Vaz a fazer o 2-3. Logo a seguir a Juventude de Viana podia ter empatado de novo o jogo mas Luís Viana falhou uma grande penalidade.
O triunfo do Turquel por 4-2 foi obtido por Vasco Luís a quatro minutos do fim na conversão de uma grande penalidade.
Com este resultado o Turquel ultrapassou a Juventude de Viana na tabela, ambos com vinte e dois pontos, mas com vantagem para o Turquel no confronto direto no sétimo lugar.
Na próxima ronda a Juventude de Viana desloca.se a Barcelos e o Turquel recebe o Benfica

Foto: Hélder Martins

OC Barcelos vence Sanjoanense



Embalada pela vitória na Alemanha, a turma do OC Barcelos deslocou-se a São João da Madeira vencendo a equipa local por 6-2.
A vitoria permitiu aos minhotos igualarem o Sporting que perdeu em Valongo por 4-1, no quinto lugar com vinte e oito pontos.

Sabendo das dificuldades que a Sanjoanense costuma criar quando joga em casa, o OC Barcelos entrou determinado e aos 2' inaugurou o marcador por Zé Pedro.
A Sanjoanense procurou reagir ja que os pontos são importantes para fugir à despromoção mas Chico Barreira aos 15' não conseguiu concretizar um livre direto pela décima falta do OC Barcelos.
Na resposta a equipa minhota não deu hipóteses aos locais com a obtenção de três golos de rajada por Zé Pedro, Luís Querido e Miguel Vieira, colocando o marcador em 4-0 entre os 18' e os 20'.
No minuto seguinte a Sanjoanense encurtou por Chico Barreira, mas logo a seguir o OC Barcelos voltou a marcar por Zé Pedro de livre direto fazendo o 5-1.
Até ao intervalo a Sanjoanense podia ter feito o seu segundo golo mas Ricardo Silva defendeu um livre direto de Chico Barreiras.
Com uma vantagem de quatro golos a segunda parte foi mais calma, mas mesmo assim a Sanjoanense tentou entrar na discussão do resultado.
No entanto na baliza do OC Barcelos, Ricardo Silva protagonizava uma enorme exibição defendeu de novo um livre direto.
Apesar do enorme trabalho do guarda redes do Barcelos, a equipa da casa reduziu aos 8' para 2-5 por Daniel Homem.
A seguir Zé Pedro não aproveitou um livre direto na décima quinta falta da Sanjoanense.
Do outro lado Chico Barreiras não fez melhor proporcionando mais uma grande defesa a Ricardo Silva desta vez numa grande penalidade.
O resultado final em 6-2 a favor do Barcelos foi estabelecido aos 23' por Luís Querido de livre direto.
Na próxima ronda o OC Barcelos recebe a Juv Viana e a Sanjoanense desloca-se a Paço d'Arcos.

foto; DR

Correçao ao artigo sobre a utilização de jogadores em equipas B



Face ao redigido na peça sobre os clubes do Minho em relação à utilização dos jogadores da equipa B do OC Barcelos o responsável do Hóquei Minhoto corrige a informação nomeadamente ao mencionado ao HC Braga.
Nunca foi intenção de criar qualquer conflito com o clube bracarense.
Apenas a confusão foi feita por existirem dois jogos agendados no mesmo dia, 1 de fevereiro de 2015.
Nesse dia estão agendados o jogo de juniores entre o OC Barcelos e o HC Braga a contar para o campeonato regional da AP Minho e a partida para o nacional da terceira divisão entre a equipa B do OC Barcelos e o Olá Mouriz.

Aos visados fica o esclarecimento
Hóquei Minhoto.

Clubes do Minho questionam utilização de jogadores do OC Barcelos B...





Afinal são 48h ou 15h o intervalo para poderem jogar...?
O Presidente do CART, Lima Pereira, depois da "batalha" do policiamento contra a FPP, tem outra em mãos! Agora é a suposta utilização irregular de dois atletas por parte do OC Barcelos B no jogo realizado no dia 26 de outubro entre o OC Barcelos B e o Cartaipense, onde os barcelenses venceram por 4-2.
O Hóquei Minhoto sabe que a direcção do Taipense fez chegar à direcção da FPP e conselho de disciplina, uma exposição dando conta da utilização irregular de 2 atletas do OCB no jogo com o Taipense exigindo a derrota do OCB e a atribuição dos três pontos ao Taipense, por utilização irregular de atletas.

Exposição essa abaixo descriminada

Os atletas Vieirinha e Joca Guimarães, como é do conhecimento público e notório, foram utilizados no jogo n.º 27 pela equipa principal do OC Barcelos, a contar para o Campeonato Nacional da primeira divisão que opôs as equipes do OC Barcelos e do SL Benfica, realizado no dia 25 de Outubro de 2014 em Barcelos pelas 18,00 horas, e também foram utilizados no jogo n.º 627 disputado pelas equipes do OC Barcelos “B” e do Taipense no dia 26 de outubro, portanto menos de 48h. de intervalo entre jogos.
No regulamento, diz o artigo n.º 36 A no ponto n.º 14. Um jogador só pode ser utilizado pelo Clube, decorridas que sejam quarenta e oito (48) horas, sobre o início do jogo em que este representou qualquer uma das equipas, principal ou “B”.

O Hóquei Minhoto contactou o presidente Lima Pereira, mas este não teceu muitos comentários, apenas referiu que é verdade que os jogadores foram utilizados e que dado o tipo de infracção compete à FPP a conferência dos boletins de jogo a fim de verificarem se existe alguma ilegalidade.Disse ainda que o CART não apresentou qualquer protesto ao jogo em causa.
Contactado o OC Barcelos, este pela voz do Coordenador das Camadas Jovens, Nelson Araújo apenas referiu que é nos sítios certos não é na comunicação social que se tratam este tipo de situações.
O HC Fão também tem duvidas sobre este tipo de utilização e quer uma clarificação sobre o assunto ate porque joga com a equipa B do OC Barcelos este domingo para o nacional da terceira divisão
Perante toda esta situação, o vice presidente da federação Portuguesa de Patinagem, Paulo Rodrigues em declarações ao Hóquei Minhoto sossegou e referiu
" Perante este tipo de interrogações foi pedido um parecer ao conselho de justiça. Esse parecer já está decidido e será tornado publico em breve".
Resta então esperar pelo parecer do Conselho de Justiça para que esta situação fique definida de uma vez por todas e se acabe com as duvidas em relação à utilização de jogadores das equipas B, porque sendo jogadores de sub 20 o tempo é de 15h.

Cidade de Barcelos recebe XII Torneio de Carnaval em sub 15




Depois de Mealhada e Penafiel terem acolhido os torneio de Natal e Reis, agora cabe à cidade de Barcelos receber o XII Torneio de Carnaval na categoria de Sub 15.
O evento organizado pela AP Minho terá lugar nos dias 14 e 15 de fevereiro no pavilhão municipal de Barcelos.
Para alem da formação da AP Minho, participam como é habitual neste tipo de eventos a AP Porto, AP Aveiro e a Selecção da Galiza.
Será mais um torneio de preparação para o inter regiões, prova rainha de selecções jovens.
Recorde-se que nos torneio de Natal e Reis o vencedor foi a AP Porto, seguida sempre da AP Minho, AP Aveiro e Selecção da Galiza.

foto: conhecer Portugal

OC Barcelos joga em São João da Madeira




Realiza-se nesta quarta feira a partida entre a Sanjoanense e o OC Barcelos referente à 15ª jornada.
Um jogo que foi adiado devido à participação dos minhotos no fim de semana passado na Taça Cers onde jogaram na Alemanha diante o Cronenberg.
Aguarda-se uma partida interessante entre as duas equipas que lutam por diferentes objectivos.
A Sanjoanense penúltima classificada com oito pontos já mostrou que em casa é um adversário incomodo na sua luta pela manutenção onde inclusive venceu o Sporting CP por 2-1, o Turquel por 7-4 e empatou com a Juventude de Viana a três bolas.
Em relação ao OC Barcelos que ocupa a sexta posição vai tentar obter um resultado que lhe permita manter esse lugar.
Fora de portas os barcelenses venceram três vezes e empataram duas. Apenas perderam no Sporting CP por 4-2.
O equilíbrio foi a nota registada no jogo da primeira volta onde em Barcelos a equipa de Pedro Freitas venceu pela margem mínima, 3-2.
Para este jogo a começar às 21.00 foram designados os árbitros Paulo Almeida de Aveiro e António Teixeira do Minho.

Foto: cartaz ADS

Juventude de Viana acerta nacional recebendo HC Turquel.


                                       Em Turquel a vitoria sorriu aos locais por 8-7

Depois de vencer os italianos do Forte dei Marmi no passado sábado para a Liga Europeia, a Juventude de Viana volta a jogar esta quarta feira em casa desta vez para o nacional diante o HC Turquel.
O encontro faz parte da segunda jornada da segunda volta do campeonato.
Moralizados com o triunfo europeu, os minhotos querem diante o Turquel somar mais três pontos para não se atrasarem na luta pelo quarto lugar.
Do outro lado a formação da "Aldeia do Hóquei" também quer somar um resultado positivo para se aproximar exactamente dos vianenses.
As duas equipas estão separadas por três pontos com a Juventude de Viana a somar vinte e dois pontos.
Recorde-se que na primeira volta o Turquel venceu em casa os minhotos por 8-7.
Para este encontro a ter inicio ás 21.30h foram nomeados os juízes João Rodrigues e Florindo Cardoso do Minho.

foto: Hélder Martins


1.19.2015

Taça de Portugal - Sortes diferentes para as equipas do Minho



Sortes diferentes tiveram as cinco equipas do Minho presentes nos 16/avos de final da Taça de Portugal.
A tarefa mais complicada saiu ao Valença que recebe o campeão nacional o Valongo. Em relação à Juventude de Viana mede forças com uma equipa também da primeira divisão, o Paço d'Arcos com o jogo a disputar-se na linha de Cascais.
Ao OC Barcelos saiu do segundo escalão a formação do Cucujães.
Por parte do Braga recebe o Carvalhos da primeira divisão.
Em duelo de equipas das terceira divisão o Ancorense joga em casa com o Tojal.

Sorteio completo:
Cucujães - OC Barcelos
Sobreira - Alcobacense
Cambra - Os Tigres
Oliveirense - FC Porto
HC Braga - Carvalhos
Paço de Arcos - Juv. Viana
Marco - Sesimbra
SP. Tomar - Sanjoanense
Vasco da Gama - Benfica
Alenquer - CD Póvoa
Sintra - Candelária
Marítimo - J. Pacense
Ancorense - Tojal
Escola Livre - Sporting
Valença - Valongo
Física - Turquel

AP Minho com duas novidades no treino nº 10 da selecção de Sub 15 para o XII Torneio de Carnaval



Para mais um treino da Selecção de sub 15 de AP Minho, o seleccionador Paulo Machado voltou a chamar os quinze jogadores. para a sua participação no XII Torneio de Carnaval nos dias 14 e 15 de fevereiro.
Novidades no grupo para o guarda redes Alexandre Pereira do Cartaipense e Francisco Soares do HC Braga. Saíram da concentração o guarda redes Rafael Gomes e João Gonçalo ambos do Famalicense.

A concentração está agendada para quarta feira dia 21 de janeiro em São Salvador do Campo.


Guarda redes
Vasco Alves - ADB Campo
José Pereira - OC Barcelos
Alexandre Oliveira - Cartaipense
Cândido Quintela, Rúben Araújo e Carlos Oliveira - ADB Campo
Fábio Ramos, Francisco Soares e Afonso Ferreira - HC Braga
Diogo Silva e Pedro Freitas - OC Barcelos
Diogo Silva e Miguel Lopes - ED Viana

Gonçalo Antunes - Cartaipense
Diogo Abreu - Riba d'Ave

fonte: AP MINHO

Taça de Portugal - Conheças os possíveis adversários das cinco equipas do Minho


Realiza-se esta segunda feira dia 19 de janeiro o sorteio dos 16/avos de final da Taça de Portugal em hóquei em patins.
Para esta eliminatória estarão presentes cinco equipas do Minho, visto entrarem as equipas da primeira divisão nacional.
Da anterior ronda conseguiram o apuramento, o Braga ( tinha ficado isento ) e o Valença HC da segunda divisão e o CCD Ancorense do terceiro escalão.
A estas três equipas juntam-se a OC Barcelos e Juventude de Viana da primeira divisão.
De fora ficaram o HC Fão e o Riba d'Ave que foram afastados pelo Cucujães e Escola Livre. O Famalicense que ja tinha sido afastado na segunda eliminatória pelo HC Braga. Também o Cartaipense esta de fora depois de na segunda eliminatória ter sido eliminado pelo Mealhada.




1.17.2015

Da Alemanha, o OC Barcelos trás três golos de vantagem para a 2ª mão




O OC Barcelos viajou à Alemanha onde no ringue do Cronenberg conquistou uma vantagem de três golos para a segunda mão em Portugal.

A tarefa dos minhotos não foi fácil nomeadamente na primeira parte onde esta chegou ao descanso com uma igualdade a duas bolas.
Marcou primeiro o OC Barcelos por Hugo Costa, mas Marco Bernadowitz empatou.
Com alguma ansiedade o Barcelos permitiu ao Cronenberg incomodar e de que maneira o guarda redes Ricardo Silva mas este mostrou serviço de grande qualidade.
Aos poucos os barcelenses acalmaram e voltaram a ganhar vantagem por Miguel Vieira.
O empate chegou a treze segundos do descanso por Benjamin Nusch.
A segunda parte foi quase toda do OC Barcelos que no entanto pelo meio apanhou um enorme susto mas Ricardo Silva defendeu um livre direto que na altura podia ter dado a vantagem ao Cronenberg.
Com um hóquei rápido o OC Barcelos começou a construir o seu triunfo com tentos de Luís Querido e um bis de Hugo Costa.
Vitoria justa da equipa de Barcelos que assim em sua casa pode carimbar a presença nos quartos de final da Taça Cers.
O adversário poderá ser a equipa do St Omer que venceu no duelo de formações francesas o Lyon.


1.15.2015

Mais uma reportagem internacional - Hóquei Minhoto acompanha OC Barcelos na Alemanha.

Auto - Acessorios Formigosa
https://www.facebook.com/pages/Auto-Acessorios-Formigosa/165697703470927?fref=ts
Edificio Paraiso, Arcozelo - Barcelos
https://www.facebook.com/profile.php?id=100007510997195&fref=ts
O Hóquei Minhoto está este fim de semana em Wupertall, onde sábado às 19h de Portugal acompanhará a participação da equipa minhota, o OC Barcelos diante os alemães do Cronenberg em jogo dos oitavos de final a Taça Cers.
Por esse motivo, a publicação dos outros jogos das equipas minhotas estará condicionado, mas será assegurado pelos colaboradores do Hóquei Minhoto.
Toda a deslocação só é possível com a colaboração de grandes amigos do "MINHOTO"
Muito obrigado a todos.

Restaurante Celta Endovélico
Rua do Bonjardim, 680 Porto
 www.facebook.com/RestauranteCeltaEndovelico
Esteves Alves e Carvalho
Rua Alexandre Herculano, 80
4750-107 Arcozelo - Barcelos Portugal
Tel: +351 253 814 911 www.estevesalvescarvalho.pt/

Prados do Pedro
Comercio de sementes ldª
Avenida da Liberdade, Barcelos
telefone 253 825 817 

Taça Cers - Marc Berenbeck e Paulo Freitas fazem o lançamento do jogo.



Respeito domina o discurso de portugueses e alemães em relação ao jogo da primeira mão dos oitavos de final da Taça cers entre OC Barcelos e Cronenberg na Alemanha

Fazer uma antevisão ao jogo foi difícil para o treinador do Óquei de Barcelos, Paulo Freitas.
" As equipas alemães não são pêra doce. São sempre complicadas. Falar do Cronenberg é complicado porque apenas conheço as fotos dos jogadores. Vamos entrar em ringue tal como fizemos em Noia. Primeiro queremos passar esta eliminatória e depois pensarmos no passo seguinte. Queremos ganhar e dignificar ainda mais o nome do clube e da cidade a nível internacional ".

Em relação ao treinador do Cronenberg, Marc Berenbeck, o Óquei de Barcelos é uma formação muito forte.
" Vai ser difícil porque o Barcelos é uma equipa de profissionais. São a décima equipa do Mundo, ao nível do Porto e Benfica. Vamos fazer um jogo de modo a agradar a todos os presentes ".

Taça Cers - Saiba quem é o Cronenberg, adversário do OC Barcelos


                                                  ( foto arquivo de Miguel Bastos )

11 anos volvidos o Óquei de Barcelos volta a Cronenberg 

O Óquei de Barcelos joga este sábado ás 19 horas de Portugal, na Alemanha no reduto do Cronenberg em partida dos oitavos de final da Taça Cers, após ter afastado o atual detentor da prova, o Noia de Espanha.
A equipa barcelenses volta a defrontar o Cronenberg para as competições europeias após o ultimo embate na época 2003/2004 na altura para a Liga dos Campeões.
Nos dois jogos realizados o Óquei de Barcelos venceu ambos, em casa por 14-0 e fora por 6-1. Nessa altura faziam parte da equipa minhota entre outros, Pedro Alves ( na foto em cima ) Luís Viana, Sérgio Silva, Paulo Almeida. Do atual plantel apenas o guarda redes Ginho resta da ultima viagem a Cronenberg.

Em relação ao Cronenberg neste momento ocupa a quarta posição no campeonato alemão com dezoito pontos, a oito do primeiro, o Herringen que recorde-se é adversário da Juventude de Viana na Liga Europeia.
Ao todo em onze jogos realizados, venceu seis e perdeu cinco, sendo três as derrotas somadas em casa.

A nível internacional merece destaque na anterior ronda da Taça Cers o apuramento graças a uma reviravolta após perder na Suiça por 5-2 com o Uttigen. No jogo da segunda mão os alemães foram superiores vencendo por 7-2.

foto: Arquivo Miguel Bastos