Final Four da Taça de Portugal

Final Four da Taça de Portugal
Final Four da Taça de Portugal

1.30.2019

Cartaipense perde em Fanzeres



O Cartaipense sofreu a sétima derrota no nacional da terceira divisão, serie A, após visita ao reduto do Fanzeres, formação que neste momento luta por um dos lugares de promoção.
A equipa da casa foi superior arrecadando com naturalidade, os três pontos com o triunfo por 6-1, desfecho que lhe permite somar vinte e nove pontos, a um ponto do segundo classificado, o HC Marco e a cinco do primeiro, a AD Valongo B.
Em relação ao Cartaipense caiu para o oitavo lugar com quinze pontos, com doze jogos realizados.

Quanto ao jogo, o Fanzeres chegou ao intervalo a vencer por 3-0, tendo no segundo tempo atingido a meia dúzia, com golos de Eduardo Amorim (2), Telmo Ramos (2), Guilherme Poças (1) e Tiago Tavares (1).
O melhor que o Cartaipense conseguiu foi apontar o tento de honra no ultimo minuto por Ricardo Lopes.
Para a próxima jornada, dia 10 de fevereiro, o Fanzeres visita o líder, a AD Valongo B que ainda não perdeu neste campeonato.
O Cartaipense, juntamente com o Marítimo ficam de folga.

Foto: Elsa Lopes / Hóquei Minhoto

Constantino Acevedo do HC Braga chamado à seleção da Argentina



O guarda redes do HC Braga, Constantino Acevedo está entre os doze elementos convocados pela seleção da Argentina para disputar a Taça das Nações que tem o seu inicio marcado para 17 de abril.


Lista completa escalada pelo selecionador José Luis Paez 

Valentin Grimalt (Amatori Lodi – Itália)
Constantino Acevedo (HC Braga – Portugal)
Matías Platero (Sporting CP – Portugal)
Matías Pascual (Barcelona – Espanha)
Reinaldo Garcia (Porto – Portugal)
Gonzalo Romero (Sporting CP– Portugal)
Lucas Ordoñez (Benfica – Portugal)
Carlos Nicolía (Benfica – Portugal)
Ezequiel Mena (Oeiras – Portugal)
Martín Maturano (Social – Argentina)
Fabricio Ciocale (Liceo – Espanha)
Pablo Alvarez (Barcelona – Espanha)

1.29.2019

André Barbosa assume comando técnico do HC Fão



O treinador Carlos Silva deixou o comando técnico do HC Fão, equipa que compete no nacional da terceira divisão, serie A.
Para o seu lugar, a direção fangueira escolheu o experiente jogador, André Barbosa que assim assume o clube até ao final da temporada como treinador/jogador.
Atualmente o HC Fão ao fim da 15ª jornada, encontra-se na sétima posição com quinze pontos, fruto de quatro vitórias e três empates, mas com menos dois jogos realizados.

Foto: AL António Lopes


AP Minho - 14ª Convocatória de Sub 15



Prossegue esta quarta feira dia 30 de janeiro, em São Salvador do Campo, a preparação da seleção da AP Minho de Sub 15 tendo em vista o Torneio de Carnaval.
A concentração dos doze jogadores está marcada para as 19.30H.

FONTE: AP MINHO 

III Gala do Desporto de Viana do Castelo - Presidente da ED Viana condecorado



Presidente da Escola Desportiva de Viana  condecorado na III Gala do Desporto de Viana do Castelo.

A Câmara Municipal de Viana do Castelo, na III Gala do Desporto, condecorou Rui Silva, Presidente da Escola Desportiva de Viana, com o galardão Dirigente do Ano, pelo seu desempenho desportivo na época 2017/2018. 
Prestou ainda homenagem à Escola Desportiva de Viana, pelo seu desempenho desportivo no decorrer da mesma época.
Ao longo da noite da passada sexta-feira, 25 de janeiro, foram ainda homenageados nesta III Gala, 1 campeão do mundo, 5 campeões europeus, 101 campeões nacionais, 12 campeões universitários e 36 campeões do desporto escolar, para além de outras distinções/condecorações.
Na cerimónia de atribuição dos galardões referentes à época desportiva 2017/2018, marcou presença, pela primeira vez, o futebolista vianense Tiago Mendes e o ministro da educação Tiago Brandão Rodrigues.

Fonte: ED Viana
Foto: Rádio Geice 

1.28.2019

AP Minho - 1ª Convocatória de Sub 13



Decorre no próximo dia 3 de fevereiro no pavilhão de Vila Praia de Ancora, a primeira observação de atletas do escalão de sub 13.
Os vinte atletas selecionados são os seguintes: 


FONTE: AP MINHO 

AD Limianos volta às vitorias



A AD Limianos recebeu o CRPF Lavra e venceu por 5-3, regressando assim aos triunfos, situação que não acontecia desde a 6ª jornada em novembro, quando ultrapassou também em casa a AA Coimbra, curiosamente pelo mesmo resultado.

No jogo da primeira jornada da segunda volta, os minhotos somaram de novo os três pontos, tal como na visita a Lavra.
Em Ponte de Lima, Tiago Crespo no primeiro minuto fez o único golo da primeira parte, levando os minhotos em vantagem para o descanso.
A lutar também pela manutenção, o CRPF Lavra entrou muito forte na segunda parte, " virando " o jogo e o marcador a seu favor para 1-2 por André Ferreira e Joaquim Dias.
O conjunto limiano reagiu e Tiago Crespo empatou, mas a formação visitante de livre direto por André Ferreira voltou a ganhar vantagem.
Aos 21' começou a recuperação no marcador por parte da AD Limianos que empatou por Zé Pedro Carvalho e no ultimo minuto fez o 5-3 final por Tiago Crespo e Tiago Faria.
Apesar da conquista dos três pontos, a AD Limianos continua em zona de descida, somando agora dezasseis pontos, enquanto que o CRPF Lavra manteve o penultimo lugar com onze pontos.
Na próxima ronda, a AD Limianos joga em Valença e o CRPF Lavra recebe o lider, a AD Sanjoanense.

1.27.2019

Riba d'Ave e OC Barcelos voltam a empatar


No pavilhão das Tílias, o derbi minhoto entre Riba d'Ave e OC Barcelos voltou a terminar empatado, tal como tinha acontecido na primeira volta em Barcelos, mas desta vez a cinco bolas.

Uma igualdade que penaliza a turma do Riba d'Ave que não conseguiu segurar a vantagem, principalmente quando esteve  a vencer por 4-0 e 5-1.
A divisão de pontos premeia o OC Barcelos pela segunda parte produzida, onde chegou a empatar o jogo.

A equipa da casa entrou com grande velocidade e logo aos 4' abriu o marcador por Hugo Azevedo que aos 11' elevou para 2-0.
Algo perdida no jogo, o OC Barcelos não conseguiu reagir, acabando por sofrer mais um golo antes do descanso por Diogo Seixas.
O segundo tempo abriu com o Riba d'Ave a elevar para 4-0 por Nuno Pereira logo aos 3'.
De livre direto aos 6' Rúben Sousa fez o primeiro golo do OC Barcelos, mas ao 12' na recarga a uma grande penalidade, Tomás Pereira obteve o 5-1.
A partir dos 15' começou a recuperar no marcador por parte do OC Barcelos com Rúben Sousa a obter o 5-2 e o 5-3 em lances de bola parada.
O 5-4 apareceu aos 19' por Alvarinho e o golo do empate a escassos doze segundos do final por Hugo Costa.

Destaque para a exibição dos dois guarda redes que anularam vários e decisivos lances de bola parada, tendo Diogo Fernandes defendido quatro e Ricardo Silva três.
A divisão de pontos permitiu ao OC Barcelos manter o quinto lugar, agora a seis pontos do quarto lugar ocupado pelo Benfica.
Quanto ao Riba d'Ave aumentou a distancia no sexto lugar, somando vinte pontos.
Para a próximo ronda o Riba d'Ave joga no João Rocha com o Sporting CP e o OC Barcelos recebe a AD Valongo.

Foto: José Gomes / Hóquei Minhoto

Erros de arbitragem facilitam vitória da Oliveirense em Viana do Castelo



Foi por pouco que a Oliveirense não perdeu pontos em Viana do Castelo. A equipa orientada por Renato Garrido teve que suar muito para inverter um resultado desfavorável (2-0), para uma vitória à tangente (2-3).

Em partida eletrizante da 14ª jornada do campeonato nacional de hóquei em patins da 1ª divisão, os minhotos rubricaram uma excelente exibição deixando os pupilos de Renato Garrido à nora durante quase todo o jogo. A Juventude Viana, logo nos primeiros segundos, adiantou-se no marcador (1-0) por Gustavo Lima, apanhando a equipa de Oliveira de Azeméis desprevenida.

O golo madrugador da equipa de Viana do Castelo atarantou os jogadores da Oliveirense, que nunca conseguiram entrar no jogo como o seu técnico pretenderia.
A 6 minutos do intervalo Francisco Silva não conseguiu converter uma grande penalidade, que poderia ter levado a equipa da casa para o descanso mais tranquila.

Na segunda parte, a candidata Oliveirense continuava sem conseguir impor o seu jogo, que se mantinha controlado pela Juventude Viana.

Aos cinco minutos do segundo tempo, os minhotos ampliam a vantagem (2-0) no marcador, depois de um lance de insistência de Gustavo Lima.

Completamente perdida na pista, a Oliveirense atacava mal e não conseguia bater Jorge Correia, até que lhe caiu do Céu uma grande penalidade, só vista pelo arbitro Paulo Almeida, que Jordi Bargalló converteu (2-1) em golo.

Pouco depois, a boa organização defensiva da turma vianense voltou a ser penalizada por mais um erro de arbitragem. Em cima do lance, o outro arbitro, Júlio Teixeira, não viu Jorge Silva tirar o stik a Nuno Santos, que ficou impossibilitado de fazer o corte, acabando por tirar partido da situação para empatar (2-2) o jogo.

Essas incidências provocadas pela equipa de arbitragem afetaram os minhotos, que a três minutos do final da partida acabaram por sofrer o terceiro golo. Marc Torra bateu Jorge Correia e consumou a reviravolta (2-3).

Num grande jogo de hóquei em patins a Juventude Viana foi melhor, mas acabou penalizada por erros de arbitragem.

Apesar da derrota, os minhotos mantém o 7 lugar com 17 pontos.

Fonte e foto: Radio Geice

IID Norte - Famalicense vence na Maia



Jogo muito vivo proporcionaram Maia e Famalicense, formações que antes do inicio estavam empatadas na classificação e próximos dos lugares de descida.
O triunfo pertenceu ao Famalicense por 6-3, mas o mesmo apenas foi garantido nos últimos minutos do encontro.
A equipa do HC Maia procurou beneficiar do fator casa, mas César Carvalhos " Chumbinho " deu vantagem aos minhotos.
Antes do descanso os maiatos empataram por André Matos, tendo Rui Silva " Folhetas " levado o Famalicense em vantagem para os balneários por 2-1.
No segundo tempo o HC Maia acreditou e deu a volta ao resultado por João Truta aos 5' e Pedro Ferreira aos 11' , este ultimo na recarga a um livre direto.
A maior experiência do Famalicense apareceu com o inspirado César Carvalho " Chumbinho ", que aos 16' empatou e aos 23' deu a volta.
O jogador do Famalicense voltou a dar nas vistas quando aos 24' fez o 3-5.
A poucos segundos do fim, seria a vez de Rui Silva " Folhetas " estabelecer o resultado final em 6-3 a favor do Famalicense.
Um preciso triunfo que permite ao conjunto de Famalicão subir na tabela, ocupando o sétimo lugar com dezanove pontos.
Em relação ao HC Maia, continua acima da zona de descida com dezasseis pontos, mas viu aproximar-se a AD Limianos, primeira equipa abaixo da linha de despromoção, que venceu e soma os mesmos dezasseis pontos.
Para a próxima jornada, o HC Maia desloca-se ao reduto do terceiro classificado, o CH Carvalhos e o Famalicense recebe o quatro classificado, a AA Espinho.

Foto: Bruno Machado / OK Blog Porto

1.26.2019

Luís Viana " Conquistar mais em Viana do Castelo "



LUÍS VIANA: "Conseguir muitas conquistas (...) é o motivo pelo qual regressei a casa"

A Juventude de Viana disputa esta noite, em Monserrate, a 14ª jornada do campeonato nacional da 1ª divisão de hóquei em patins. Depois de uma vitória, a meio da semana, sobre o Tomar, os vianenses recebem a líder Oliveirense.

É um jogo de dificuldade máxima para os comandados de André Azevedo que vêm moralizados da vitória caseira. Sabem, no entanto, que a Oliveirense também não pode perder pontos, se quer continuar na liderança deste campeonato. Para Luís Viana, muito habituado a estes jogos ao mais alto nível, este é, "sem dúvida que é um fator de motivação extra para a Oliveirense, mas pode ser para nós também."

As emoções vão estar ao rubro no inferno de Monserrate e, por isso, Luís Viana salienta que é "um jogo difícil contra uma equipa recheada de bons jogadores".

Ainda assim, frisa que a Juventude de Viana "tem argumentos para discutir o jogo contra qualquer equipa que venha jogar na nossa casa".

Apesar de disputar três jogos numa semana, a motivação dos vianenses está intacta e com a mesma vontade de responder positivamente ao desafio desta noite. " Estamos a preparar da mesma forma que preparamos os anteriores, claro com alguns ajustes devido aos três jogos que temos esta semana, mas isto é transversal a quem joga as competições europeias. Este é um problema que eu desejava muito que se tivesse prolongado até ao final", referindo-se ao afastamento da Juventude da WS Europe Cup.

Para levar de vencido este desafio a equipa minhota conta o apoio sempre essencial dos adeptos. "O público em Viana sempre foi parte importante dos nossos sucessos, o seu apoio e paixão pela equipa é a força extra que ajuda muitas vezes a superarmo-nos e a alcançar feitos que, à partida, parecem intangíveis".

Sobre o regresso a Viana do Castelo, sublinhou que "tudo na vida está sempre em constante mudança, mas o mais importante não só num clube, num grupo ou na vida é ter uma matriz que tenha como base o caráter, a justiça, a resiliência, o verdadeiro espírito de grupo e, acima de tudo, a coragem de enfrentar os desafios com a convicção de que, se estes elementos estiverem presentes, estaremos mais perto de conseguir muitas conquistas, que é aquilo que desejo e o motivo pelo qual regressei a casa".

A Juventude de Viana parte para o encontro desta noite com 17 pontos e no 7º lugar, já a Oliveirense é líder com 32 pontos, mais um que o FC Porto, 2º classificado.

Fonte: Juventude de Viana

Veteranos do OC Barcelos mostram títulos conquistados



No intervalo do jogo entre o OC Barcelos e o Sporting CP, as equipas de veteranos do clube minhoto receberam as medalhas e taças de campeões nacionais de veteranos + 35 e + 50, bem como a de campeão da Evricup de 2018.
Os capitães de + 35 Miguel Pereira e + 50 Serginho, fizeram questão de entregar ao presidente do OC Barcelos, Francisco Dias da Silva, os três respetivos troféus.
Alguns não esconderam a emoção, em voltar a sentir as calorosas palmas vindas da bancada, na altura em que entraram em rinque para mostrar as taças diante o publico barcelense.

Foto: Pedro Costa ( facebook do OC Barcelos )

1.25.2019

AP Minho - Estatuto do Estudante Atleta aprovado



Estatuto do Estudante Atleta aprovado !!

A Associação de Patinagem do Minho congratula-se por mais uma conquista no desporto português.

Este Decreto-Lei estabelece um quadro legal e regulamentar, que promove o apoio a estudantes atletas, contribuindo para a melhoria da conciliação dos planos de estudo, de treino e de competição de jovens que pretendam um envolvimento em prática desportiva no quadro da organização do desporto no ensino superior.
Definindo os requisitos de elegibilidade e o quadro-base de direitos correspondentes, o estatuto criado:
- Consagra direitos mínimos - tais como relevação de faltas, alteração de datas de exames, a prioridade na escolha de horários e a possibilidade de requerer a realização de exames para além dos já consagrados legalmente - que terão que passar a ser assegurados por todas as instituições de Ensino Superior;
- Representa um estímulo, sem precedentes, para o envolvimento dos estudantes em atividades desportivas em representação das suas instituições de Ensino Superior;
- Promove um aumento efetivo do número de estudantes envolvidos na representação das suas instituições de Ensino Superior e da dignificação dos quadros competitivos da Federação Académica de Desporto Universitário.
No quadro de autonomia pelo qual as instituições do Ensino Superior se regem, o Governo incentiva, deste modo, medidas de apoio à carreira dual, quer para atletas universitários, quer para atletas de alto rendimento e seleções nacionais.
Consubstancia-se a prioridade na articulação e compatibilização da atividade desportiva com a escola, reconhecendo-se a atividade física e desportiva como parte fundamental integrante na formação do estudante, enraizando hábitos saudáveis ao longo da vida.
O Estatuto foi trabalhado em conjunto entre a área governativa da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e a área governativa da Educação, com tutela do desporto, com o Instituto Português do Desporto e da Juventude no acompanhamento e caracterização dos universos desportivos. Foram ouvidos o Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP) e o Conselho de Reitores das Universidades Portugueses (CRUP).

Fonte: AP Minho 

Noite de Francisco Silva garante triunfo da Juventude de Viana



Depois das competições europeias, a Juventude Viana voltou a jogar para o campeonato nacional da 1ª divisão. Esta quarta-feira, no Pavilhão de Monserrate, os minhotos defrontaram o Sporting Clube de Tomar, em jogo correspondente à 13ª jornada, passaram por um mau bocado, mas acabaram por vencer (3-5), com Francisco Silva a realizar uma exibição magistral.

Com duas partes completamente distintas, o Tomar foi superior na primeira metade e com naturalidade saiu a vencer (0-3) para o descanso. Os minhotos apresentaram-se muito apáticos e deram meia parte de avanço ao seu adversário, que sem surpresa chegou a uma vantagem confortável com golos de Candeias, Guilherme Silva e Sardo.

Na segunda parte a historia foi bem diferente. A Juventude Viana entrou determinada, intensa e com muita vontade de inverter o resultado. Em dez minutos os minhotos empataram (3-3) a partida com dois golos de Francisco Silva, o homem do jogo e um de Luís Viana.

Com um inicio de segunda parte muito forte, a equipa de André Azevedo colocou em sentido os pupilos de Jorge Godinho e a reviravolta no marcador era uma questão de tempo.

A cinco minutos do final do desafio, Francisco Silva, de penalti, fez a remontada (4-3) e de livre direto, Luís Viana fechou as contas do jogo a favor dos vianenses (5-3).

Com esta vitória, a Juventude Viana ultrapassa o HC Braga na classificação, subindo ao 7º lugar com 17 pontos.

Nesta jornada a Oliveirense, que joga no próximo sábado em Viana do Castelo, venceu (0-1) com muito dificuldade em Oeiras e continua a liderar o campeonato com 32 pontos.

Resultados da 13ª jornada:

Valongo – HC Braga, 7-4
Riba D´Ave – Marinhense, 4-3
Paço de Arcos – Benfica, 4-6
Turquel – FC Porto, 1-7
Oeiras – Oliveirense, 0-1
Juventude Viana – Sp. Tomar, 5-3
OC Barcelos-Sporting, 2-2

Fonte: Radio Geice 

1.24.2019

Sporting CP empata em Barcelos


Mesmo com um horário pouco habitual para os amantes da modalidade, o municipal não deixou de apresentar uma grande moldura humana para assistir ao intenso OC Barcelos e o Sporting CP, que terminou empatado a duas bolas.

O OC Barcelos lutou muito mesmo sem o contributo de Alvarinho e Gonçalo Nunes emprestados pelos verde e brancos, empenho que obrigou o Sporting a suar para conquistar pelo menos o empate. 

Com toda a sua " carga máxima " em rinque e no banco, o Sporting adiantou no marcador aos 8' pelo inevitável Pedro Gil.
A turma minhota não acusou e empatou aos 10' num belíssimo tento de João Almeida.
Perto do intervalo, Joca Guimarães viu o cartão azul, mas Ferran Font permitiu a defesa de Ricardo Silva.
A jogar com menos um jogador o Sporting conseguiu desfazer o empate pelo próprio Ferran Font.

No segundo tempo depois de varias oportunidades desperdiçadas pelas duas equipas, Ruben Sousa empatou aos 15' de livre direto a punir azul a Henrique Magalhães.
Antes aos 6' também de livre direto por azul exibido a Raul Marin, Joca Guimarães falhou igual lance.
O Sporting imprimiu ainda mais velocidade, pressionado o Barcelos que também não deixou de atacar.
Nos últimos minutos foi a loucura, com a bola a rondar as duas balizas, mas quer Ricardo Silva, quer Ângelo Girão impediram que uma das equipas chega-se ao golo.

Foto: Pedro Costa- Hóquei Minhoto 

1.22.2019

OC Barcelos campeão regional de sub 13



OC Barcelos Campeão Regional de Infantis.
A equipa de Infantis do OCB é campeã regional quando ainda faltam duas jornadas para terminar o campeonato.
É assim mais um titulo de campeão regional, depois dos Iniciados e dos Juvenis.
Em relação aos juniores foram vice campeões, terminando a prova com os mesmos pontos do primeiro, o HC Braga, perdendo apenas no confronto direto.

PARABÉNS A TODOS
OCB SEMPRE

Foto: Pedro Miguel Miranda
Fonte: OC Barcelos 

Bruno Guia - " O apoio dos nossos adeptos é a nossa motivação "



BRUNO GUIA: "Temos o apoio dos nossos adeptos o que nos motiva ainda mais"
As emoções do hóquei em patins estão de regresso ao Pavilhão de Monserrate. Esta Quarta-feira, dia 23, às 21h30, a Juventude de Viana recebe o SC Tomar na jornada que fecha a primeira volta do campeonato, a 13ª.
A equipa de Viana do Castelo parte com uma vantagem de três pontos face ao adversário desta ronda e, em caso de vitória, pode até subir alguns lugares na tabela classificativa e deixar a 8ª posição.
Na antevisão desta partida, o guarda-redes vianense Bruno Guia salientou que a equipa espera "um jogo bastante competitivo. Sabemos que o Tomar quer vencer, mas nós também queremos e nada melhor que uma vitória em casa diante dos nossos adeptos para terminarmos bem esta primeira volta do campeonato".
Apesar de o fator casa ser muito importante, o jovem atleta alerta que "não há jogos fáceis. Estamos no melhor campeonato do mundo e sabemos que qualquer equipa tem muito valor. Vai ser um jogo que não vai fugir à regra onde sabemos que vai ser preciso deixar tudo em campo para conseguirmos vencer. Claro que, ao jogar em casa, sabemos que temos o apoio dos nossos adeptos o que nos motiva ainda mais. São um fator importantíssimo para nós".
A Juventude vem de uma eliminação da WS Europe Cup que não abala, porém, as ambições dos comandados de André Azevedo. "Somos um grupo muito unido e dedicado. Independentemente da nossa eliminação das provas europeias continuamos focados e ambiciosos. Apoiamo-nos muito uns aos outros, o que vai ser determinante na nossa prestação de quarta feira frente ao Tomar. Acho que esta derrota veio trazer um sentido de responsabilidade e vontade de vencer ainda maior".
A terminar a primeira ronda, Guia analisa: "Tivemos um início de campeonato menos positivo onde passamos uma fase menos boa, mas penso que, jornada a jornada, temos mostrado o que queremos. Claro que em alguns jogos queríamos ter feito mais, no entanto acho que também nos faltou um pouco de sorte. Temos agora um jogo para tentar acabar bem a primeira volta".

Fonte: Juventude de Viana

1.21.2019

OC Barcelos - Sporting CP joga-se 5ª feira


O jogo da 13ª jornada entre o OC Barcelos e o Sporting CP que foi adiado devido à participação do clube verde e branco na Liga Europeia disputa-se no municipal de Barcelos na quinta feira a partir das 19.45H.
Por acordo dos clubes, o mesmo passou de quarta para quinta feira e será transmitido pela TVI 24.
Para este encontro foram designados os árbitros Florindo Cardoso e Carlos Correia do Minho.

A 13ª jornada começa esta terça feira com o Paço d'Arcos a receber o Benfica a partir das 21.00H.
Na quarta feira jogam em Viana do Castelo, a Juventude de Viana recebe o Tomar às 21.30H.
Antes às 21.00H jogam o Oeiras em casa com a Oliveirense e na Aldeia do Hóquei , o Turquel defronta o FC Porto.

Foto/Cartaz: OC Barcelos

Em jornada dupla AD Barcelos/Campo não consegue pontuar


A dupla jornada do nacional da terceira divisão, serie A, para o Marítimo da Madeira começou com um triunfo no Minho diante a AD Barcelos/Campo no sabado e uma derrota no domingo em Marco de Canaveses.
Também dupla a jornada para a AD Barcelos esta foi negativa com duas derrotas, com os madeirenses e com a AD Valongo B.

Em São Salvador do Campo os madeirenses em partida antecipada da 17ª jornada venceram por 4-3, com o golo do triunfo a surgir a quinze segundos do fim por Mário Brazão.
Antes a AD Barcelos/Campo esteve a vencer por 2-1 e 3-2, mas os insulares conseguiram sempre reagir.
Marcaram pelos minhotos, Francisco Costa (2) e Alex Azevedo (1) enquanto que pelo Marítimo apontaram Mário Brazão(2), David Costa(1) e Pedro Moniz (1).

No domingo para a 14ª jornada, a AD Barcelos foi ao reduto do líder da prova, a AD Valongo B e perdeu por 7-4 enquanto que o Marítimo foi derrotado pelo HC Marco por 5-3.
Com estes resultados, o Marítimo subiu ao sexto lugar com dezasseis pontos, enquanto que a AD Barcelos/Campo manteve o 10º lugar com dez pontos.


Para a próxima jornada, a AD Barcelos/Campo recebe o HC Marco, segundo classificado e o Marítimo joga na Ilha da Madeira com a ED Viana.

Foto: Sara Ferreira / Hóquei Minhoto

Crise de resultados em Ponte de Lima com mais uma derrota



A AD Limianos somou na passada jornada a sua sétima derrota consecutiva na receção ao CH Carvalhos por 3-2.
O ultimo triunfo alcançado pelos minhotos foi em novembro de 2018, em casa diante a AA Coimbra por 5-3.
A partir daí a AD Limianos não consegue vencer, perdendo os jogos quase sempre pela diferença mínima.
Foi o que aconteceu diante o CH Carvalhos apesar de ter começado o encontro a vencer com o golo de Miguel Castro.
O conjunto dos Carvalhos que mantêm a perseguição aos dois primeiro classificados antes do descanso deu a volta por Ricardo Ramos e Diogo Silva.
No segundo tempo os minhotos empataram por José Pedro Carvalho, mas o CH Carvalhos acabou por vencer o jogo quando aos 13' fez o 3-2 por Márcio Fonseca.



Ao contrario do clico negativo da AD Limianos, está o CH Carvalhos que somou o seu quarto jogo sem perder pontos.
Este ultimo jogo da primeira volta permite ao CH Carvalhos continuar em terceiro lugar a dois pontos do HA Cambra e a quatro do lider, a Sanjoanense.
Por seu lado a AD Limianos continua na zona de descida com treze pontos.
Para a próxima jornada, a primeira da segunda volta, a AD Limianos recebe o CRPF Lavra e o CH Carvalhos tem um teste difícil, com deslocação a São João da Madeira.
Na primeira volta a AD Limianos venceu em Lavra e o CH Carvalhos empatou em casa a quatro bolas com a Sanjoanense.

Foto: facebook da AD Limianos e Mário Castro Correia 

1.20.2019

Campanha Solidária em Riba d'Ave superou todas as expectativas



Foi este o resultado do vosso extraordinário gesto de solidariedade na campanha feita pelo clube no jogo de sabado com o SC Marinhense, onde franqueamos a entrada no pavilhão a todos os quantos trouxessem um bem alimentar em favor dos mais desfavorecidos da nossa comunidade.

O nosso sincero obrigado a todos! Bem hajam!

Mais se informa, que o clube entregou os bens alimentares à Junta de Freguesia de Riba de Ave, que terá agora a responsabilidade de encaminhar os géneros alimentares para os mais necessitados.

Fonte: Riba d'Ave

Famalicense perde em São João da Madeira.



A AD Sanjoanense mostrou toda a sua superioridade e a razão da liderança isolada do nacional da segunda divisão, zona norte ao derrotar o Famalicense por 7-2.
Apesar de uma primeira parte equilibrada com o intervalo a chegar empatado a uma bola, o segundo tempo foi totalmente dominado pela Sanjoanense com eficácia nas oportunidades criadas
O Famalicense por seu lado foi bastante perdulária em especial nos lances de bola parada, tendo desperdiçado duas grandes penalidades e dois livres diretos.
Marcaram pela Sanjoanense, Alex Mount (2), Pedro Cerqueira (2), Xavi Cardoso (1), José Almeida (1) e José Santos (1), com Rui Silva (1) e Luís Filipe a apontarem pelo Famalicense.
A turma de São João da Madeira continua na frente do campeonato com vinte e nove pontos, mais dois que o HA Cambra e mais quatro em relação ao CH Carvalhos.
No que diz respeito ao Famalicense manteve o 9º lugar com dezasseis pontos, mais três que a AD Limianos, primeira formação em zona de despromoção.
A próxima jornada, a primeira da segunda volta,  promete com a Sanjoanense a receber o CH Carvalhos com quem perdeu por 4-1.
O Famalicense joga de novo fora, agora na Maia, clube que na primeira volta perdeu em Famalicão por 4-2 e que tem os mesmos pontos na classificação.

Foto: António Anacleto

1.19.2019

Juventude de Viana fora da WS Europe Cup



Após o empate a duas bolas em Monserrate na primeira mão, a Juventude de Viana foi a Voltregà lutar pela passagem aos quartos de final da WS Europe Cup, mas acabou por perder por 4-2.
A formação espanhola apoiada pelo seu publico complicou a tarefa dos minhotos ao chegar ao 2-0 por Pol Gallifa.
Mesmo assim a Juventude de Viana não baixou os braços e reduziu por Gonçalo Suissas antes do intervalo.
Para a segunda parte o Voltregà voltou a colocar dois golos de diferença no marcador por Adria Ballart.
Uma vez mais a Juventude de Viana arriscou e fez o 3-2 por Francisco Silva, mas um livre direto apontado por Aleix Molas ditou o resultado final em 4-2 e consequente afastamento das competições europeias dos minhotos.
Nos quartos de final o Voltregà vai medir forças com o Wolfurt que nem precisou de jogar a segunda mão por eliminação dos franceses do Merignac.

Foto: Juventude de Viana

HC Braga perde em Valongo


No ultimo jogo da primeira volta, a AD Valongo derrotou o HC Braga por 7-4, voltando assim aos triunfos, resultado que não conhecia desde que em novembro de 2018 venceu o Turquel em casa.
Uma vitoria apenas construída na segunda parte, depois do equilíbrio evidenciado no marcador com o intervalo a chegar empatado a três bolas.
O HC Braga esteve a vencer por 2-0 com golos de Juan Lopez e Ângelo Fernandes, mas a AD Valongo deu a volta por Gonçalo Pinto a bisar e Diogo Fernandes. 
Mesmo em cima do apito para o descanso Ângelo Fernandes igualou.
Na segunda parte a AD Valongo fez o 5-3 por Nuno Araújo e Diogo Fernandes, mas o Braga respondeu com Pedro Delgado " Bekas " reduzindo para 5-4, numa altura em que os minhotos jogavam com menos um jogador por cartão vermelho mostrado ao diretor bracarense José Marques.
Tentou o Braga o empate mas as dificuldades em inferioridade numérica foram aproveitadas pelo Valongo que alcançou o 6-4 por Gonçalo Pinto.
O resultado final surgiu nos últimos segundos por João Pedro.
Uma vitoria que permite à AD Valongo subir ao 9º lugar com doze pontos, enquanto que o HC Braga manteve o 7º posto com quinze pontos.
Para a próxima jornada, a AD Valongo recebe o Marinhense e o HC Braga desloca-se a Turquel.

Foto: Ricardo Dias / Hóquei Minhoto  

Riba d'Ave supera Marinhense



O Riba d'Ave somou três importantes mas difíceis pontos após derrotar o Marinhense por 4-3, em pleno pavilhão da Tílias no ultimo jogo da primeira volta do campeonato.

A grande exibição do guarda redes da turma da Marinha Grande foi o principal obstáculo para os minhotos ao longo de todo o encontro.
Os minhotos abriram o marcador por Nuno Pereira aos 5', mas o Marinhense deu a volta por Nico Carmona e Dário Santo, resultado com que se atingiu o intervalo.
Na segunda parte, muito viva e intensa, o Riba d'Ave de grande penalidade empatou por Tomas Pereira.
O mesmo jogador deu a volta e colocou o Riba d'Ave a vencer por 3-2 aos 17', mas no minuto seguinte Nico Carmona empatou.
Seria o treinador/jogador Hugo Azevedo a dar a vitoria ao clube de Riba d'Ave a escassos três minutos do fim, fazendo o 4-3 final.

Uma vitoria que permite ao Riba d'Ave manter ao sexto lugar, agora com dezanove pontos, aumentando a distancia para  o HC Braga que perdeu em Valongo.
Quanto ao Marinhense está no ultimo lugar com sete pontos, apesar de nas Tílias ter apresentado argumentos que podem contrariar a posição que ocupa.
Para a próxima jornada, o Riba d'Ave começa a segunda volta do campeonato recebendo o OC Barcelos e o Marinhense joga em Valongo.

Foto: José Gomes / Hóquei Minhoto

1.18.2019

Torneio de Carnaval da AP Minho pode ser em Fão



Tudo indica que o Pavilhão de Fão, vai ser o palco da edição de 2019 do Torneio de Carnaval de sub 15 nos dias 2 e 3 de março, onde participam como é habitual, as seleções da AP Minho, AP Porto, AP Aveiro e da seleção da Galiza.
Recorde-se que o Torneio de Natal foi organizado pela AP Aveiro e decorreu em Oliveira de Azeméis e Cucujães e o Torneio de Reis pela AP Porto foi disputado em Valongo.
Esta prova será para as seleções distritais, o ultimo ensaio para o Inter Regiões, prova que no ano passado aconteceu em Bragança.
Nos últimos dias, várias foram as reuniões entre ambas as partes, de modo a serem definidos pormenores em relação à organização da prova.

Bilheteira Solidária no jogo Riba d'Ave / Marinhense



O Riba d'Ave promove no jogo deste sabado uma campanha solidária na receção ao Marinhense no Pavilhão das Tílias.

" O Riba d’Ave Hóquei Clube informa que este Sábado, dia 19 de Janeiro 2019, no jogo a disputar com o SC Marinhense, pelas 18:30, no Pavilhão das Tílias, irá realizar uma “BILHETEIRA SOLIDÁRIA”.
Todas as pessoas estarão isentas de pagamento do bilhete, seja "sócio" ou "não sócio".
No entanto, a entrada "livre" no Pavilhão estará dependente da entrega, à porta do mesmo, de bens alimentares para, oportunamente, serem distribuídos por famílias carenciadas.
Obviamente, que os sócios com quota total de jogos de época são excepção. 
Contudo, a Direcção do clube apela à melhor generosidade dos mesmos para que esta campanha possa ser um sucesso!

TODOS devemos contribuir!
O RAHC, desde já, agradece a colaboração dos seus associados e simpatizantes! Muito obrigado!

Fonte: Riba d'Ave HC 

WS Europe Cup - Arnau Xaus " Estamos motivados para seguir em frente "




ARNAU XAUS: "Sabemos da importância de passar para a próxima fase e isso dá uma motivação extra"

A Juventude de Viana vai até Espanha decidir a passagem a passagem aos quartos de final da World Skate Europe Cup. 
Os vianenses defrontam o CP Voltregà, este Sábado às 19h45 portuguesas.
Na primeira mão, realizada em Viana, as duas equipas empataram a duas bolas o que obriga uma das formações a vencer. De antemão, o vencedor sabe que vai defrontar os austríacos do RHC Wolfurt que ganharam na secretaria.
Com certeza vai ser uma partida difícil para a Juventude de Viana que o diga o espanhol Arnau Xaus (ex-Noia), atualmente a jogar em Portugal, mas conhecedor profundo da equipa adversária.
Xaus afirma que a Juventude de Viana " vai encontrar uma equipa muito bem trabalhada defensivamente e com uma saída muito rápida em contra ataque. No plantel conta com jogadores com muita experiência, outros mais jovens e tem ainda a favor o seu público, que incentivam sempre muito a equipa ".
Apesar disso, a Juventude de Viana sabe " da importância de poder passar para a próxima fase nesta competição e isso dá uma motivação extra. Nós preparamos bem o jogo nos treinos. 
Partimos conscientes que eles vão defender muito bem e sair muito rapidamente para o contra ataque, aproveitando os seus ataques longos. Nós temos de ser pacientes na defesa para os neutralizar ".

Confrontado com as diferenças de jogo de Portugal para Espanha Xaus explicou também que " a maior diferença é que na liga espanhola as equipas têm mais posse de bola o que faz com que eles façam ataques mais demorados. Aqui Portugal o jogo é mais direto e pode ser visto mais um contra um ".
Sobre favoritos, deixa tudo em aberto. " Num jogo de hóquei pode acontecer muita coisa. É muito difícil dizer quem vai ganhar, além disso com duas equipas muito equilibradas, como foi visto aqui em Viana. Certamente será um jogo muito complicado em que esperamos alcançar o objetivo de nos classificarmos para a próxima fase ", rematou.

Fonte: Juventude de Viana

Aleix Molas - " Viana adversário forte, mas a decisão é em nossa casa..."


O jogador do Voltregà, Aleix Molas está consciente das dificuldades em relação ao jogo da segunda mão com a Juventude de Viana para a WS Europe Cup.
Ao Hóquei Minhoto falou da forma como este decisivo jogo está a ser vivido em Voltregà.

" Vai ser um jogo muito complicado contra um adversário também forte e que tal como nós quer seguir em frente. Vamos procurar jogar concentrados e aproveitar ben as nossas oportunidades
O Voltregà depois do empate em Viana, vai contar com o apoio dos seus adeptos. Em nossa casa somos muito fortes com eles.
O empate fora foi bom mas agora só vencendo é que seguimos em frente. Está tudo em aberto ".
Para este jogo o Voltrgà já não conta com Xavier Crespo que se transferiu para o Vendreel, tendo entrado o junior Gerard Rovira.

WS Europe Cup - Voltregà e Juv Viana prometem emoção



A Juventude de Viana joga este sabado em Espanha, o acesso aos quartos de final da WS Europe Cup, depois de em Monserrate na 1ª mão, diante o Voltregà ter empatado a duas bolas.
Nesse jogo marcaram Gustavo Lima e Tó Silva para os vianenses e Xavi Crespo para os espanhóis. 
Entretanto Xavi Crespo já não joga no Voltregá, tendo saído para o Vendrell no principio do ano.

Perante o 9º classificado da OK Liga, a equipa minhota vai lutar com todas as suas forças pela passagem.
A Juventude de Viana vai encontrar um Voltregà muito moralizado depois de ter ganho no passado dia 12 de janeiro ao terceiro classificado, o Réus em casa por 2-1, quebrando uma serie de três partidas a perder.
Os espanhóis diante os seus adeptos tanto fazem grandes resultados, como sofrem derrotas inesperadas, tendo obtidos nos oito jogos, três vitorias ( Reus, Vendrell e Nóia ) um empate com Alcoy e quatro derrotas ( Corunha, Lloret, Calafell e Caldes ).

Também a Juventude de Viana se apresenta em Espanha confiante apesar da derrota sofrida na ultima jornada na Luz com o Benfica.
Diante o Benfica, a Juventude de Viana perdeu por 5-3, mas a exibição foi bastante elogiada por todos.

Assim estão reunidas todas as condições, para que a partida entre o Voltregà e a Juventude de Viana seja emotiva, onde quem errar menos, pode ser decisivo, para definir o adversário do Wolfurt.

O jogo terá lugar no Pavellò Municipal Oliveras de la Riva a partir das 19.45h e será apitado pela dupla italiana, Claudio Ferraro e Matteo Galoppi. 


1.17.2019

WS Europe Cup - Regulamento afasta de imediato Merignac



Após as eliminações do OC Barcelos e Dornbirn da WS Europe Cup, agora é a vez dos franceses do Merignac ficarem pelo caminho onde nem realizam o jogo da segunda mão diante o Wolfurt.
Tudo porque no jogo da primeira mão, o Merignac já tinha sido punido com falta de comparência por não ter apresentado um dos elementos obrigatórios, neste caso treinador, o órgão máximo decidiu desde já afastar o Merignac.
Segundo o Regulamento Disciplinar do World Skate Europe é atribuída a eliminação imediata a uma equipa que faça falta de comparência em qualquer um dos jogos da eliminatória...
Por isso o jogo agendado para este sabado em França entre o Merignac e o Wolfurf foi cancelado por decisão da WS Europe.
Assim o Wolfurt irá jogar com o vencedor do encontro a ser definido pelo Voltregá ou Juventude de Viana.

Perante outras situações ocorridas, existe em termos de sanções, dois pesos e duas medidas.

1.16.2019

Masters + 35 - OC Barcelos afasta Alcobacense da Taça de Portugal nos últimos segundos



Disputou-se em Barcelos a pré eliminatória da Taça de Portugal, Masters + 35, com o OC Barcelos a seguir em frente na prova após vencer o Alcobacense por 4-3.
Um jogo muito equilibrado, com o golo do triunfo barcelense a surgir a escassos quatro segundos do final, depois de o Alcobacense ter estado a vencer por 3-1 ao intervalo.

Foto: OC Barcelos 

1.15.2019

Sub 15 - AP Minho prepara Torneio de Carnaval



Esta quarta feira a seleção de Sub 15 da AP Minho começa a sua preparação para o Torneio de Carnaval, edição que habitualmente  será organizada pela associação minhota.
Os doze jogadores convocados são os seguintes, para presença marcada às 19.30h em São Salvador do Campo.



III D - ED Viana perde em Marco de Canaveses



O HC Marco venceu a ED Viana por 8-2 e subiu ao terceiro lugar do campeonato nacional da terceira divisão, serie A.
O triunfo dos locais e a derrota do Fanzeres, permitiu ao HC Marco manter-se colado ao Paredes II na perseguição ao líder, a AD Valongo B.
Diante os vianenses que ainda equilibraram o marcador na primeira parte, que chegou empatada a duas bolas, o HC Marco foi mais eficaz na etapa final apontando seis golos sem resposta.
Destaque para o três golos decisivos  de Pedro Campanha que contou também com a pontaria de Bruno Guimarães, Juliano Ribeiro, Ivan Silva, Bruno Dinis e Manuel Pinheiro, enquanto que para a ED Viana Nuno Midões bisou.
O HC Marco soma assim vinte e quatro pontos, os mesmos do Paredes II, a quatro de distancia da AD Valongo B.
Para a próxima jornada, o HC Marco recebe o Marítimo, enquanto que a ED Viana que se encontra no quinto lugar fica de " Folga " tal como o Paredes II.

Foto : AL António Lopes.

1.13.2019

III D - Cartaipense vence AD Barcelos/Campo



No derbi minhoto da 13ª jornada do nacional da terceira divisão, serie A, o Cartaipense derrotou a AD Barcelos/Campo por 6-3.
Com as duas equipas a iniciarem o jogo separadas por apenas um ponto, o clube das Taipas conseguiu ultrapassar os barcelenses na classificação, graças ao triunfo alcançado.

O Cartaipense foi mais forte na primeira parte, tendo obtido uma vantagem de três golos sem resposta da AD Barcelos/Campo em tempo de intervalo por Pedro Batista, Ricardo Lopes e Berto Martinho.
No segundo tempo, mais equilibrado, o Cartaipense fez uma gestão no marcador, sempre que a AD Barcelos/Campo conseguia marcar.
Após ter feito o 4-0 por Pedro Gonçalves, os barcelenses reduziram para 4-2 Rúben Batista e Luís Martins.
Mesmo assim até ao final, mais três golos, Hélder Gomes e Carlos Rodrigues para o Cartaipense e Francisco Costa para a AD Barcelos/Campo.

Este resultado mantém as equipas minhotas muito abaixo das espetativas traçadas no inicio da temporada.
O Cartaipense é agora 8º com doze pontos e a AD Barcelos/Campo 10º com dez pontos.
Na próxima jornada, o Cartaipense mede forças com o Académico FC e a AD Barcelos/Campo visita a AD Valongo B.

Foto: Sara Ferreira / Hóquei Minhoto 

1.12.2019

OC Barcelos vence na Marinha Grande



Uma grande e eficaz primeira parte do OC Barcelos foi determinante para sair da Marinha Grande com os três pontos após derrotar o Marinhense por 5-3, com 5-0 ao intervalo.

Ainda muitos adeptos procuravam lugar e já o OC Barcelos aos seis segundos fazia o primeiro golo por Gonçalo Nunes.
Tentou o Marinhense o empate mas foi o OC Barcelos de forma eficaz e letal a apontar mais quatro golos antes do intervalo por Gonçalo Nunes dois e um cada de Alvarinho e Zé Pedro.

No segundo tempo foi a vez do Marinhense entrar muito forte, com João Lomba e Filipe Vaz, este de livre direto a reduzirem aos 3' para 5-2.
Aos 10' novo golo da turma da Marinha Grande por Filipe Vaz.
Com muito tempo para se jogar o Marinhense empurrou os minhotos para a sua defesa, mas Ricardo Silva mostrou-se seguro, tendo inclusive defendido um livre direto no ultimo minuto de Filipe Vaz.
Esta vitoria do Barcelos permitiu manter o quinto lugar agora com vinte e dois pontos e aumentar a distancia para Riba d'Ave em seis pontos.
Por parte do Marinhense, a derrota originou que continue a segurar a lanterna vermelha da competição.

Na próxima jornada o OC Barcelos recebe o Sporting e o Marinhense joga nas Tílias com o Riba d'Ave.

Foto: Barcelos Popular


HC Braga e Riba d'Ave dividem derbi minhoto




HC Braga 3 Riba d'Ave 3

O HC Braga voltou a sentir mais um derbi minhoto em 2019, depois de ter jogado em Barcelos, desta vez recebeu nas Goladas, o Riba d'Ave, tendo se registado um empate a três bolas.

Duas equipas minhotas a ocuparem lugares tranquilos, o espetaculo foi emotivo, principalmente na segunda parte.
O HC Braga foi a primeira a marcar por Pedro Delgado " Bekas ", mas de grande penalidade, Bruno Serodio empatou.
Antes do intervalo foi a equipa de Hugo Azevedo que esteve perto de desfazer a igualdade, mas Daniel Pinheiro falhou um livre direto a punir a décima falta bracarense.

No segundo tempo, o Riba d'Ave antes dos dez minutos colocou-se em vantagem por 3-1, graças aos tentos de Diogo Casanova e Hugo Azevedo.
A reação do HC Braga surgiu primeiro por António Trabulo e depois por Pedro Delgado " Bekas ", fazendo nova igualdade.
Para a parte final, ambos os conjuntos procuraram o triunfo, mas o empate não sofreu alteração, apesar de o HC Braga ter falhado um livre direto aos 21' por Pedro Delgado " Bekas ".
Uma divisão de pontos que não agradou a nenhuma equipa, mas que premeia a forma intensa como lutaram por um resultado positivo.
Na classificação, os clubes minhotos continuam separados por um ponto, com o Riba d'Ave a ter dezasseis e o HC Braga quinze pontos obtidos.
Para a próxima jornada, o HC Braga joga em Valongo e o Riba d'Ave recebe o Marinhense.

Foto: Riba d'Ave

Benfica vence Juventude de Viana



O Benfica na estreia do seu novo treinador, o espanhol, Alejandro Domínguez, recebeu a Juventude de Viana no seu primeiro jogo de 2019, vencendo os minhotos por 5-3
Um resultado que podia ter sido bem diferente se a Juventude de Viana tivesse aproveitado melhor os lances de bola parada, tendo aqui o mérito também o guarda redes Pedro Henriques.
Recorde-se que a ultima partida do Benfica em dezembro de 2018, ditou um empate em Oeiras e consequente saída do treinador Pedro Nunes.

Contra a Juventude de Viana, o Benfica abriu o marcador cedo, aos 4' de grande penalidade por Albert Casanovas.
Os vianenses responderam e aos 9' fizeram o empate por Gonçalo Suissas.
Com maior posse de bola, o Benfica chegou ao 2-1 aos 19' por Jordi Adroher e fez o 3-1 aos 24' por Carlos Nicolia.
O resultado podia ter sido outro ao intervalo, mas Jorge Correia defendeu uma grande penalidade de Jordi Adroher.

Para o segundo tempo, a Juventude de Viana entrou com forte disposição em reduzir o marcador, que acabou por ser realidade quando aos 4' Remi Herman fez o 3-2 na recarga a uma grande penalidade.
A alegria durou poucos segundos porque o Benfica a seguir fez o 4-2 por Lucas Ordoñez.
Aos 7' a formação do minho podia ter marcado mas desperdiçou um livre direto por Francisco Silva após azul mostrado a Diogo Rafael.
Sem nunca desistir, os vianenses finalmente conseguiram reduzir aos 9' por Francisco Silva de grande penalidade.
Com um ritmo muito rápido no jogo, o Benfica ampliou aos 10' para 5-3 por Jordi Adroher.
Até ao fim, em lances de bola parada, a Juventude de Viana voltou a não aproveitar para marcar, desta vez aos 13' por Gustavo Lima de livre direto e aos 14' por Francisco Silva de grande penalidade.

Foto: Juventude de Viana