HÓQUEI MINHOTO

HÓQUEI MINHOTO
HÓQUEI MINHOTO

6.30.2016

Escalões de formação minhota presentes em Torneios de fim de época




São quatro os torneios que se realizam este fim de semana com a presença de equipas do Minho.
No " Torneio Inter Regional Ola Mouriz " participam três equipas do Minho, Riba d'Ave ( benjamins e iniciados ), ED Viana ( benjamins, escolares e iniciados  ) e ADB Campo ( escolares ).


Em Ponte de Lima disputa-se o 4º Torneio escalões de formação com a presença dos sub 20 da equipa da casa, a AD Limianos.

Também o Cartaipense em Escolares está em ação em Gaia, no Torneio Adriano Silva 2016.

Por fim em Aveiro joga-se o 2º Torneio "Aguas de Sal " com a presença dos juvenis do OC Barcelos.


6.29.2016

Francisco Veludo apresentado no HC Braga


O antigo guarda redes da Juventude de Viana, Francisco Veludo foi apresentado como reforço do HC Braga para a próxima época, onde os bracarenses vao disputar o nacional da 2ª divisão, norte

Na apresentação do guarda-redes, o presidente Luís Botelho assumiu que o HC BRAGA/SABSEG irá lutar para voltar à 1ª Divisão e que o jogador já era um desejo antigo do clube, dando-lhe as boas vindas.
Veludo assumiu que tudo irá fazer para que o clube volte à divisão maior do hóquei patinado e que está muito feliz por assinar contrato com o HC BRAGA/SABSEG.

FONTE: HC BRAGA

6.28.2016

" Elite Cup " coloca em risco X Torneio Jorge Coutinho



A recente prova organizada, ainda que sem apresentação oficial pela ANACP, Associação Nacional de Clubes de Hóquei em Patins que coloca em pista os oito primeiros classificados da primeira divisão está a colocar em risco a realização do prestigiado Torneio Jorge Coutinho.
Tudo porque nesses oito primeiros estão duas equipas minhotas, o OC Barcelos e a Juventude de Viana respectivamente quinto e sétimo classificados da divisão maior.
Duas equipas que habitualmente participam no Torneio Jorge Coutinho e onde a Juventude de Viana é atual detentora do troféu depois de vencer na edição anterior na final o Riba d'Ave.
Se por parte do OC Barcelos o problema pode ser resolvido com a participação como fez no ano passado com a equipa B, já os vianenses o cenário é diferente.
A prova " Elite Cup " está em principio agendada para os dias 15 a 18 de setembro segundo os cartazes afixados ( ver foto ) nas tabelas em Ponte de Lima a quando da Final Four da Taça de 
Portugal.

Normalmente nessa semana disputa-se o Torneio Jorge Coutinho, prova que permite a todas as equipas do Minho fazerem os seus jogos, pelo que com a participação de duas formações minhotas pode o esse mesmo torneio não se realizar.
Na edição anterior a competição começou no dia 9 e terminou no dia 20 de setembro.
Um evento que chama a si a homenagem a um grande dirigente desportivo, Jorge Coutinho.
Acrescente-se que o Torneio Jorge Coutinho nos últimos anos tem perdido interesse com os clubes do Minho a privilegiarem os seus próprios torneios e em outras situações a jogarem com as equipas B ou mesmo com elementos de escalão júnior.
Perante esta situação resta saber como a AP Minho e a ANACP vão encontrar datas disponíveis para as duas provas.
No planeamento para a próxima época apenas duas semanas estão disponíveis, mas como o Torneio Jorge Coutinho dura duas semanas, resta aguardar por um entendimento entre a ANACP e a AP Minho para o agendamento das duas provas.
De salutar esta iniciativa da ANACP que acima de tudo permite que a modalidade seja uma vez mais dignificada, mas ao mesmo tempo respeitar o que já existe, neste caso o prestigiado Torneio Jorge Coutinho.
.

Cartaipense avança para tribunal

FONTE: CARTAIPENSE

HC Fão corta relações com a ADB Campo



O HC Fão fez chegar ao Hoquei Minhoto, um comunicado onde refere que cortou relações com a ADB Campo por alegada utilização de atletas ainda vinculas com clube fangueiro.


HCF corta relações com a Associação Desportiva de Barcelos/Campo

No passado dia 26 de Junho de 2016, 3 atletas com vínculo efectivo ao HCF, nomeadamente Luís Daniel Pereira Ramalho titular da licença n. 56959, Gonçalo Vitor Silva Azevedo titular da licença n.54987, e ainda David Alexandre Silva Dias Hipolito, titular da licença n. 63529, jogaram representando o ADB/Campo em dois torneios distintos, jogando um deles na parte da manha, torneio esse organizado pelo Infante Sagres no Porto, e os restantes da parte da tarde, no torneio organizado pelo Desportivo da Povoa na Povoa de Varzim.
Estas situações que se vem sucedendo, demonstram o desrespeito pelos clubes que tanto investem e apostam na formação dos seus jogadores;
É lamentável que após um longo trabalho de preparação e treinos, venham aliciar jogadores e os levem a custo zero, utilizando-os em torneios quando os mesmos têm ainda um vínculo efectivo com o HCF.

Não é de todo desta forma que se valoriza o Hóquei em patins, e são atitudes lamentáveis como esta, tida pelo ADB Campo que lamentavelmente suja o tão conceituado e prestigiado nome do Hóquei em patins, bem como todo o espírito de desportivismo e ética entre jogadores e clubes.
O HCF não é de todo conivente com este tipo de situações, nem apologista de tão falta de carácter e ética desportiva, pelo que, tudo irá fazer para que a ADB Campo seja punida de acordo com os regulamentos da Federação Portuguesa de patinagem, entendendo assim o HCF cortar unilateralmente, a partir do dia de hoje, qualquer relação com o ADB Campo.

Fao, 27 Junho de 2016
A direcção,

Perante esta situação o Hoquei Minhoto falou com Joaquim Gomes responsável pela ADB Campo que lamentou esta posição do HC Fão.
" Depois dos campeonatos acabarem qualquer equipa pode preparar a próxima temporada. É apenas isso que a ADB Campo está a fazer".


6.27.2016

Nacional de Juniores - OC Barcelos continua 1º


Perante o triunfo por 11-4 sobre a AA Coimbra na 10ª jornada, a equipa de juniores do OC Barcelos manteve o primeiro lugar isolado do nacional de juniores, com mais três pontos que Benfica e Sporting CP.

Um jogo dominado pelos barcelenses que chegaram ao primeiro golo por Miguel Vieira, depois de Joca Guimarães ter desperdiçado um livre direto.
Ainda nos primeiros minutos, Miguel Vieira fez mais dois golos, seguido de Pedro Silva elevando para 4-0.
Perante a vantagem no marcador o OC Barcelos baixou o ritmo e após falhar um livre direto por Rui Silva a castigar cartão azul a Francisco Paulo, permitiu que a AA Coimbra reduzi-se aos 18' minutos por Nuno Dias.
Seguiu-se Joca Guimarães a fazer o 5-1, para nos últimos minutos da primeira parte Pedro Silva de livre direto aumentar para 6-1, Gonçalo Flores o 6-2 e em cima do apito Joca Guimarães o 7-2.
Na segunda parte o mesmo Joca aumentou para 8-2, tendo a AA Coimbra feito o 8-3 por Gonçalo Flores.
Sempre com o jogo controlado os minhotos chegaram ao 11-3 com tentos, dois de Joca Guimarães e um de Rui Silva.
O resultado final de 11-4  foi estabelecido no ultimo minuto pela AA Coimbra através de Nuno Dias.
Assim o OC Barcelos ocupa o primeiro lugar com vinte e cinco pontos, seguido de Benfica e Sporting CP com vinte e dois.
A quatro jornadas do final da prova a decisão do titulo está entregue a esta três equipas, após a AD Valongo ter perdido o " comboio " da frente com a derrota no Benfica por 8-2 e o FC Porto ter sido derrotado no Sporting CP.por 7-2.
Para a próxima ronda dois clubes da frente jogam em casa com OC Barcelos receber a AD Sanjoanense e o Sporting CP a medir forças com a AA Coimbra. O Benfica joga fora em Sintra com a equipa local.

I DIVISÃO - Riba d'Ave já tem donos para a baliza



Os guarda-redes João Gomes Ferreira e João Aurélio Costa renovaram o seu vínculo com o clube por mais uma temporada e vestirão a camisola do Riba d' Ave Hóquei Clube na próxima edição do Campeonato Nacional da 1ª Divisão de Hóquei em Patins.

FONTE: RIBA D'AVE




6.26.2016

Nacional de Juvenis - AD Valongo sucede ao HC Braga como campeão


Este fim de semana a AD Valongo com os resultados obtidos nos dois jogos e como a "ajuda" do HC Braga sucedeu aos minhotos como novo campeão nacional de juvenis.
A AD Valongo somou 12 pontos, Benfica 11 pontos, Paço d'Arcos e HC Braga 5 pontos.

Para isso muito contribuiu o empate nas Goladas a quatro bolas entre o Braga e o Benfica.
Esta igualdade permitiu ao Valongo festejar o titulo após fazer o que lhe competia ou seja vencer o Paço d'Arcos.
No seu ultimo jogo da prova os bracarenses mostraram toda a sua qualidade chegando ao intervalo empatados a duas bolas, depois de estarem a vencer por 2-0 graças aos golos, dois de Gonçalo Neto.
Para a segunda parte foi a vez de Gonçalo Botelho com um bis colocar o Braga de novo na frente agora por 4-2.
O Benfica arriscou, mas o melhor que conseguiu foi igualar a quatro bolas, resultado que permitiu ao Valongo que derrotou o Paço d'Arcos por 5-1 festejar o titulo de campeão nacional de sub 17.
A turma do HC Braga terminou com apenas cinco pontos e no ultimo lugar em igualdade com o Paço d'Arcos.
Uma campanha minhota aquém das expectativas, mas que desde cedo ficou comprometida a ambição do tri campeão com a derrota por 6-5 logo na primeira jornada em Paço d'Arcos.
Ao longo da prova o HC Braga apenas pontuou em casa com um triunfo sobre a AD Valongo e dois empates, 4-4 com o Benfica e 2-2 com o Paço d'Arcos.

6.25.2016

André Ferreira renova pelo Famalicense



André Ferreira vai representar o Famalicense Atlético Clube na temporada 2016-2017. 
O plantel do FAC será composto por: André Barbosa, Luís Filipe, Chumbinho, Diogo Fernandes, Miguel Freitas, Tiago Azevedo, Gabi Silva, Diogo Silva, Bruno Costa e André Ferreira que transitam da temporada passada e pelos reforços Álvaro Pinto (ex - HA Cambra) e Diogo Sá (ex - Valença HC).

fonte: Famalicense

6.24.2016

Tiago Ferraz ex AD Sanjoanense reforça Valença HC



E o quarto reforço do Valença HC é Tiago Ferraz que na época passada representou a AD Sanjoanense.
O jogador junta-se assim a Gil Vicente também ex AD Sanjoanense, Tiago Pereira "Bolinhas " ex HC Fão e ao guarda redes Rodolfo Sobral ex HC Braga.
Na temporada passada foi um dos pilares da AD Sanjoanense que conseguiu a manutenção na primeira divisão.
Ao Hoquei Minhoto, Tiago Ferraz explicou os motivos porque aceitou mudar-se para Valença.

" O que me levou até Valença, foi o projecto que me foi apresentado, a maneira como a direção e o seu treinador me transmitiram as coisas, há cerca do que queriam e o que desejavam. 
Depois também o que eles próprios pretendiam de mim e para o que ia.  
Logo desde a primeira abordagem fiquei extremamente fascinado com o projecto.
O que prometo aos adeptos do Valença, é que vou para ajudar o clube a alcança os seus objectivos, 
Serei mais um para ajudar e prometo sempre empenho e trabalho pela camisola.
Espero que eles estejam sempre ao nosso lado a apoiar e sejam mais um elemento para ajudar nos objectivos ".

Qual o teu percurso como jogador ?

" Fui formado no hóquei clube da Mealhada, até juvenil de 1 ano. 
Depois o Gulpilhares veio buscar-me em juvenil de segundo ano e estive em Gaia nove anos,resto da formação e depois sénior!  
A seguir saí para o Cambra onde tive um ano, de onde dei o salto para a Oliveirense onde ganhei a taça de Portugal, estive um ano! 
Depois sai para Sanjoanense onde estive quatro anos, subi o clube e mantive na 1ª estes dois últimos anos! Tenho também conquistado uma taça latina sub-23 e campeão da Europa em juniores - Santander ".

6.23.2016

AD Limianos pode voltar a ter seniores



Ao que o Hoquei Minhoto apurou, o hóquei em patins na região do Minho pode ter mais uma equipa seniores a disputar o nacional, neste caso a terceira divisão zona norte já na próxima época.
É ela a AD Limianos que deixou de ter seniores em 2013.
O atual responsável pela secção de hóquei em Ponte de Lima, Adriano Martins questionado pelo Hoquei Minhoto, confirmou essa possibilidade adiantando que várias são as pessoas que estão a trabalhar nesse sentido.
Para já estão previstas reuniões para analisar essa possibilidade, que durante a final four da Taça de Portugal que se realizou em Ponte de Lima foi bastante falada.


Hugo Azevedo ex AD Valongo reforça Riba d'Ave


Hugo Azevedo é reforço do plantel sénior do Riba d' Ave HC que irá disputar o Campeonato Nacional da 1ª Divisão na próxima temporada.   

Mesmo à distância, o Hugo fez sempre questão de prestigiar o Riba d' Ave HC nos seus sucessos desportivos, facto que muito nos honra e que demonstra bem algumas das suas qualidades! 
Como atleta construiu "a pulso" um percurso de excelência, almejando um título de Campeão Nacional da 1ª Divisão e uma Supertaça António Livramento ao serviço da Associação Desportiva de Valongo. 
Além disso, traçou também um percurso de grande sucesso como treinador de formação, sagrando-se Campeão Nacional de Sub-15 e Sub-13 na AD Valongo.   Além de todo o valor que irá acrescentar enquanto atleta, Hugo Azevedo terá também um papel de grande relevo nos escalões de formação, nomeadamente, no comando técnico de algumas das nossas equipas mais jovens, facto que será oportunamente anunciado.   
Formado no Riba d' Ave HC, Hugo Azevedo, representou os seguintes clubes enquanto jogador sénior: - 


2015/16     AD Valongo - Seniores
2014/15     AD Valongo - Seniores
2013/14     AD Valongo - Seniores
2012/13     AD Valongo - Seniores
2011/12     AD Valongo - Seniores
2010/11     AD Valongo - Seniores
2009/10     AD Valongo - Seniores
2008/09     OC Barcelos - Seniores
2007/08     AD Valongo - Seniores
2006/07     AD Valongo - Seniores
2005/06     Riba D'Ave HC - Seniores
2004/05     Riba D'Ave HC - Seniores
2003/04     Riba D'Ave HC - Seniores

FONTE:  Riba d'Ave

6.22.2016

Pedro Mendes fala da saída do OC Barcelos rumo à AD Valongo



Três anos passados de ter ingressado no OC Barcelos, Pedro Mendes está de volta à AD Valongo.
Pela passagem como sénior no OC Barcelos  ( clube onde se formou ), Pedro Mendes conseguiu estar em duas finais da Taça de Portugal e em outras duas da Taça Cers, onde na ultima conquistou o troféu.
O seu ultimo jogo vestido com as cores do OC Barcelos foi em Ponte de Lima para a Taça de Portugal, onde os minhotos perderam por 5-2.
No campeonato nacional da 1ª divisão apontou um dos quatro golos com que o OC Barcelos empatou com o HC Turquel na ultima jornada

Sobre o regresso a Valongo, Pedro Mendes abordou ao Hoquei Minhoto a mudança

" O regresso a Valongo deve-se a ter recebido uma proposta mais aliciante em diversos aspectos.
Face a objectivos pessoais que tenho, penso ser a aposta mais acertada, aliada a um clube por onde já passei e onde fui bem tratado. Em Valongo sempre fui muito bem recebido. Por isso é o clube certo perante vários factores para continuar a jogar hóquei, Vou dar o meu melhor como sempre o fiz.
Volto a Valongo com a mesma vontade, ou seja de ajudar o clube a atingir os seus objectivos ".

Na hora de deixar o OC Barcelos, Pedro Mendes fez questão de agradecer a todos

" A minha passagem pelo OC Barcelos foi muito positiva em termos colectivos e individuais que culminou com a conquista da Taça Cers e na qual penso ter estado a um bom nível.
Quero aproveitar para agradecer a toda a estrutura do clube, ao presidente, elementos da direção, equipa técnica, colegas de equipa e restante staff.
Um especial obrigado aos adeptos do OC Barcelos e em especial à Kaos Barcelense por todo o apoio dado durante a época.
Sendo o clube onde me formei como atleta e pelo qual nutro um carinho especial, isto não é um adeus, é um ate já..."

Guarda redes Telmo Fernandes renova pela Juventude de Viana



A Associação JUVENTUDE VIANA comunica a todos os sócios, adeptos e demais interessados que renovou a sua ligação por mais uma temporada com o Guarda-redes, Telmo Fernandes
A direção do nosso clube deseja as maiores felicidades ao atleta e que a época 2016/2017 seja de pleno sucesso.


FONTE: JUVENTUDE DE VIANA 

Comunicado do HC Fão " Que se cumpram apenas os regulamentos "



Hóquei Clube de Fão 
 Rua Chico Glória, Pavilhão Gimnodesportivo 4740-321 Fão. 

                                                                    COMUNICADO 

O Hóquei Clube de Fão após leitura da decisão do Conselho de Disciplina da Federação de Patinagem de Portugal, relativamente ao processo de inquérito nº.2139/16 referente ao jogo ACD Gulpilhares – CART vem declarar o seguinte: 
1º- O HCF questionou o Comité Técnico e Desportivo do Hóquei em Patins da FPP no dia 21/09/2015 sobre o jogo nº. 558 ACD Gulpilhares – HC Fão marcado no calendário oficial para o dia 2/10/2015 ás 21.30 horas, referindo que para o jogo se realizar nesse dia teria que haver acordo entre os clubes conforme Artº. 69 do Regulamento Geral de Hóquei em Patins, o qual tomamos a liberdade de transcrever: 
“1. Nos Campeonatos Nacionais de Hóquei em Patins, todos os jogos da última jornada de cada prova, fase ou poule terão, obrigatoriamente, de se efectuar no mesmo dia e hora que forem estabelecidos no respectivo calendário oficial. 
1.1 Exceptuam-se desta obrigatoriedade os jogos em que intervenham equipas das Regiões Autónomas, cujos horários deverão estar de acordo com a disponibilidade de voos, e os que forem especificamente autorizados pela direcção da FPP para permitir a sua transmissão televisiva em directo, cujo horário apenas poderá ser antecipado. 
2. Não são permitidas quaisquer alterações das datas dos jogos relativas a jornadas duplas previstas em calendário oficial, embora possa ser aceites alterações de horários, atento o disposto no ponto seguinte. 
3. Ressalvando o disposto nos pontos anteriores deste artigo, as datas e/ou horas previstas nos calendários oficiais dos jogos de Hóquei em Patins, só poderão ser alteradas desde que cumpridas e verificadas as seguintes condicionantes: 
3.1. Alteração efectuada por iniciativa da Entidade Organizadora, em decisão fundamentada, a qual tem de assegurar - com um mínimo de setenta e duas horas de antecedência, relativamente à hora inicialmente fixada para realização do jogo – a competente comunicação oficial aos clubes intervenientes, aos Árbitros e Delegado Técnico designados para o jogo, bem como à Comunicação Social, seja por via postal registada, telegráfica, fax, e-mail ou ainda por via telefónica com posterior confirmação escrita. 
3.2 Alteração devidamente autorizada pela Entidade organizadora, desde que o pedido de alteração seja apresentado pelo clube interessado, de acordo com as seguintes condições: 

 Hóquei Clube de Fão Rua Chico Glória, Pavilhão Gimnodesportivo 4740-321 Fão. 

 3.2.1 Haver um acordo formal e firmado por escrito entre os dois clubes intervenientes no jogo – do qual terá sempre de ser dado conhecimento às Associações de Patinagem de filiação dos clubes em questão – e no qual o clube que solicita a alteração assumirá explicitamente que assume a responsabilidade do pagamento de quaisquer despesas adicionais que possam estar relacionadas com a alteração em questão, designadamente no que respeita a : a) Clube adversário, se este declarar especificamente no acordo em questão, qual o valor do acréscimo de despesas por si incorridas e exigidas para aceitar a referida alteração; b) Entidade organizadora, relativamente à sobretaxa de arbitragem - se a nova data do jogo ocorrer em dia útil - bem como ao eventual acréscimo das despesas com a deslocação do Delegado Técnico e dos Árbitros designados para o jogo. 
3.2.2 Os pedidos de alteração dos jogos do calendário oficial têm que dar entrada na secretaria da FPP, relativamente à nova data proposta, sempre acompanhados do valor das taxas referidas nas alíneas seguintes: a) 10% (dez por cento) do salário mínimo nacional, se o pedido de alteração der entrada na secretaria da FPP com, pelo menos, quinze dias úteis de antecedência relativamente à data estabelecida. b) 20% (vinte por cento) do salário mínimo nacional, se o pedido de alteração der entrada na secretaria da FPP depois do prazo indicado na alínea anterior mas com, pelo menos, cinco dias úteis de antecedência relativamente à data estabelecida. c) 30% (trinta por cento) do salário mínimo nacional, se o pedido de alteração der entrada na secretaria da FPP com menos de 5 dias de antecedência relativamente à data estabelecida. 4. As alterações previstas no ponto 3. deste artigo podem ser efectuadas, por antecipação ou por adiamento da data inicialmente calendarizada, mas em nenhuma situação a nova data do jogo poderá ultrapassar a data da realização das duas jornadas seguintes da prova em questão, atento a ordenação estabelecida no calendário oficial da prova. 

5. Quaisquer alterações do local de realização do jogo – utilização de recinto de jogo alternativo - seja em razão da livre decisão do clube visitado, seja em razão da interdição do seu recinto de jogo oficial, implicará sempre que o clube visitado tenha de assegurar o pagamento dos acréscimos de despesas que daí possam resultar e que estejam directamente relacionadas com a alteração do local do jogo, designadamente: 5.1 Pagamento do acréscimo de despesas suportadas pelo clube visitante; 5.2 Pagamento do acréscimo de despesas com a deslocação do Delegado Técnico e dos Árbitros designados para o jogo. 
6. Se qualquer jogo for realizado em data e/ou hora distintas do estabelecido no calendário, sem que tenha sido dado cumprimento às disposições do ponto 3 deste artigo, será averbada 


Uma falta de comparência e a correspondente derrota às duas equipas em questão, sendo ambas sancionadas de acordo com as disposições estabelecidas no artigo 79º deste Regulamento. 
2º- O HC Fão obteve uma resposta por parte do CTDHP a informar que para haver alteração ao jogo teria que haver acordo entre os clubes e ser preenchido um formulário próprio (Formulario de pedido de alteração de jogo), formulário esse que nunca foi preenchido ou assinado pelo HCF, mesmo assim e contra todos os regulamentos o jogo manteve-se marcado para o dia 02/10/2015 (sexta feira) às 21.30 horas. 
3º- O Hóquei Clube de Fão apresentou-se referido jogo no dia 2/10/2015 às 21.30 horas por imposição do CTDHP pois nunca alterou o calendário mantendo o jogo no referido dia e hora, não tendo outra alternativa, pois podia ser sancionado com Falta de comparência e derrota por 10-0. 
4º- Apresentou-se no dia 02/10/2015 para jogar apesar de não ter ido na máxima força, pois alguns jogadores saíram do trabalho às 20.30 e apos oito horas de trabalho e foram ter ao pavilhão do ACD Gulpilhares para a correr se equiparem e jogarem um jogo às 21.30 sem se alimentarem à mais de 10 horas. Será isto verdade desportiva???? 
5º-No acórdão do processo/inquérito do CD da FPP nº2139/16 pode ler-se que o HC Fão não concordou com a realização dos jogos do ACD Gulpilhares como equipa visitada às sextas feiras, mas mesmo assim o CTDHP manteve o jogo para o dia 02/10/2015 sexta feira. 
6º- Não se compreende como foi possível a ACD Gulpilhares não aceitar jogar com o CS Maritimo na sexta feira alegando indisponibilidade de pavilhão, interessava mais jogar no domingo para ser apos o CART-SC Maritimo de Sábado. Onde está a verdade desportiva?????? 
7º-Comunicado numero 35/2015 na sua alínea diz o seguinte: 1.8 - FORMULÁRIO – PEDIDO DE ALTERAÇÃO DE JOGO – ÉPOCA 2015/2016 Informa-se os clubes participantes nos Campeonatos Nacionais, que na época 2015/2016 que as alterações de jogos tem de ser solicitadas no formulário próprio que foi enviado pela FPP aos clubes. Este ficheiro serve exclusivamente para as alterações respeitantes aos campeonatos Nacionais. “1.10 - CAMPEONATO NACIONAL DA III DIVISÃO DE SENIORES MASCULINOS A Direcção da FPP, mantém as várias alterações no Campeonato Nacional da 3ª Divisão de Seniores Masculinos, de forma a responder à actual conjuntura económica do País, que consequentemente afecta os clubes que participam nesta prova, revitalizando a mesma e tornando-a mais acessível a quem nela pretende participar. As medidas adoptadas, são: Isenção de pagamento de Taxa de Organização de Jogo 
 Ficando estabelecido o valor de 70,00 € Os jogos do Campeonato nacional da 3ª Divisão, terão que se realizar obrigatoriamente ao Domingo. Dessa forma os custos com arbitragem conseguem ser suportados pelo valor pago pelos clubes. Caso os jogos sejam marcados ao Sábado, haverá um agravamento de100 % no valor a pagar de Taxa de Arbitragem
.” Onde está a verdade deportiva?????????????????? 

8º-A FPP no seu comunicado 37/2015 de 17 de Setembro publica os calendários para a época 2015/2016, o Campeonato Nacional da Terceira Divisão começou a 26/09/2015, mais uma vez o RGHP diz o seguinte: (Provas oficias de Hóquei em Patins – divulgação do calendário dos jogos) Com um mínimo de 10 (dez) dias de antecedência da data de início de cada competição, a Entidade organizadora terá de divulgar junto dos clubes concorrentes e da Comunicação Social os resultados do respectivo sorteio e calendarização dos jogos de Hóquei em Patins, com referência às datas, horas e locais da sua realização. 
O Hóquei Clube de Fão pretende com este comunicado apenas que seja reposta a verdade desportiva deste campeonato, que o CD da FPP apenas e tão só faça cumprir os regulamentos pois estes não são omissos e que caso haja omissões do CTDHP da FPP para com o CD da FPP sejam demitidos todos os membros do CTDHP da FPP. 

Fão, 22 de Junho de 2016 

A direcção

Diogo Sá ex Valença HC reforça Famalicense



Diogo Sá é o segundo reforço do Famalicense Atlético Clube para a temporada 2016-2017. Diogo é defesa e representou o Valença HC, que brilhantemente conquistou a subida à primeira divisão nacional. Diogo regressa a uma casa que bem conhece, pois já representou o FAC na época 2006/2007.
Diogo Sá fez a sua formação no OC Barcelos e depois do FAC, jogou na AD Limianos, CD Póvoa e Valença HC. Tem no seu curriculum três subidas à primeira divisão: duas com a AD Limianos e uma com o Valença HC, assim como uma subida à segunda pelo mesmo Valença HC. Nas primeiras palavras como atleta FAC, salientou que ficou "muito feliz pelo convite e pelo projecto apresentado".

FONTE: FAMALICENSE

6.21.2016

Torneio de Encerramento da AP MINHO já tem calendario


Valença HC organiza convívio para festejar temporada


O Valença HC leva a efeito no próximo sabado dia 25 de junho um convívio no parque das Merendas em Gondomil,  que tem como finalidade comemorar com todos os adeptos, jogadores, directores, sócios, familiares e patrocinadores a magnifica temporada que culminou com a subida à primeira divisão nacional.

Taça Nacional de Sub 20 - HC Braga soma 8ª vitoria



A equipa do HC Braga continua sua participação na Taça Nacional de Sub 20 com mais um triunfo, o oitavo consecutivo.
Desta vez nas Goladas os minhotos derrotaram o Infante Sagres por 10-6.
A veia goleadora de Gonçalo Meira fez a diferença, com o jogador minhoto só à sua conta sete golos.
Os outros pertenceram a André Silva, Duarte Machado e Guilherme Ferreira.
Com esta vitoria o HC Braga com menos um jogo, lidera confortavelmente com vinte e quatro pontos, mais seis que o segundo classificado, a Juventude Pacense e mais doze que Infante Sagres e Oliveirense.
Para a próxima jornada os bracarenses ficam de folga.

Saiba quem fica na Juventude de Viana para a próxima época



A Associação JUVENTUDE VIANA comunica a todos os sócios, adeptos e demais interessados que renovou a sua ligação por mais uma temporada com os seguintes atletas:
Jorge Correia, Gustavo Lima, Diogo Fernandes, Nuno Félix, André Azevedo, Tó Silva, Nelson Pereira. Francisco Silva e Gonçalo Suissas.

A direção do nosso clube deseja as maiores felicidades a todos e que a época 2016/2017 seja de pleno sucesso.


FONTE: JUVENTUDE DE VIANA 

6.20.2016

Tiago Pereira " Bolinhas " ex HC Fão é reforço do Valença HC



Após os ingressos de Rodolfo Sobral ex HC Braga e de Gil Vicente ex AD Sanjoanense, o Valença HC pescou no Minho em Fão, Tiago Pereira mais conhecido por " Bolinhas ".
Mais um jovem que tem como principal característica, marcar golos, como provam os cinquenta e nove tentos apontados esta temporada no HC Fão.

Apesar de outros convites, o do Valença HC foi impossível de recusar como referiu ao Hóquei Minhoto.
" A minha ida para o Valença HC foi muito bem ponderada. Mesmo com várias propostas de outros clubes, o projecto do Valença era impossível de rejeitar. Oportunidades de mostrar o nosso valor ao mais alto nível não aparecem todos os dias.
É uma mudança muito grande. Felizmente ainda há clubes de primeira que olham para jogadores de terceira divisão. 
Se me contrataram é porque acreditam no meu valor. Por isso irei fazer de tudo não só para jogar como ajudar o Valença HC a atingir os seus objectivos.
A primeira divisão é muito exigente. Fácil não será para mim, mas conto com a ajuda dos meus colegas mais experientes neste tipo de competição. 
Quero agradecer em especial ao meu pai por tudo o que fez por mim e por todas as palavras que me deu.
Aos adeptos e a toda a estrutura do HC Fão, muito obrigado pelo carinho e pela possibilidade que me deram a fazer uma grande época.
Para os adeptos do Valença" vou com tudo " para que as alegrias sejam muitas ao longo da temporada ".

Tiago Pereira "Bolinhas " natural da Povoa de Varzim, começou a marcar os primeiros golos no CD Povoa, seguindo para Fão durante duas épocas em juvenis, regressando de novo ao CD Povoa.
Antes de novo regresso ao CD Povoa esteve na AD Valongo.
Por fim fez a ultima temporada no HC Fão.

O plantel do Valença HC é o seguinte neste momento

GUARDA REDES
Paulo Matos
Rodolfo Sobral ex HC Braga

JOGADORES DE CAMPO
Miguel Fernandes
Hélder Martins
Ziga Campos
Zé Braga
Gil Vicente ex AD Sanjoanense
Tiago Pereira " Bolinhas " ex HC Fão

Treinador: Paulo Morais

Saídas
Diogo Sá
Leonardo " Tomba " - Terminou carreira

Cartaipense apresenta provas para contrariar decisão da FPP

www.cart.pt


COMUNICADO DO CARTAIPENSE

Que, na sequencia da decisão do Conselho de Disciplina da F.P.P. proferida no processo de inquérito nº2139/16 acerca do jogo A.C.D. Gulpilhares – C.A.R.T., entende dever proferir.

A direção do CART, apresenta provas como nunca se remeteu ao silêncio pelo qual foi condenado pelo Conselho de Disciplina.
Por duas vezes o CART denunciou o horário de jogo do Gulpilhares ao Comité de Hóquei em Patins.
O Comité de Hóquei em Patins omitiu ao Conselho de Disciplina os 2 emails do CART, omissão grave, e esta omissão deliberada levou o Conselho de Disciplina a condenar o CART pelo silêncio que nunca teve.

VI Torneio Mini Hóquei voltou a ser um EXITO agora em Viana do Castelo



Decorreu no dia 18 de junho em Viana do Castelo no pavilhão da Meadela, o VI Torneio Mini Hóquei, desta vez organizado pela Escola Desportiva de Viana.
Uma vez o êxito foi enorme em mais uma grande jornada de convívio entre todos os atletas, responsáveis, encarregados de educação e publico.
As palavras são poucas para definir este tipo de eventos que permitem aos mais "pequenos" sentirem a alegria de jogar hóquei em patins, de gritarem golo, de ajudarem um colega ou um adversário a levantar-se.

Recorde-se que antes o Torneio passou por Braga, Ponte de Lima, Taipas, Vila Praia de Ancora e Valença 
Participaram nesta VI as seguintes equipas distribuídas por Bambis e Benjamins, a ED Viana, Valença HC, ADJ Vila Praia, HC Braga, Cartaipense, Riba d'Ave, ADB Campo e OC Barcelos.

Com: Luciano Amorim 

Nacional de Juvenis - HC Braga arredado da luta pelo titulo nacional



FOTO: PEDRO BENTO 

A formação de juvenis do HC Braga alcançou domingo o seu primeiro triunfo no mini campeonato para atribuição do titulo nacional da categoria.
Depois de no sabado ter perdido em Valongo por 2-1, resultado que acabou com as esperanças de chegar ao titulo, os minhotos não baixaram os braços e de orgulho ferido venceram nas Goladas a AD Valongo por 3-2.
A duas jornadas do final da competição o HC Braga é ultimo classificado com três pontos, a um do Paço d'Arcos, a seis da AD Valongo e a sete do Benfica, líder da prova.
Resta agora aos ainda bi-campeões nacionais de juvenis honrarem ate ao fim o nome do clube nos jogos com o Paço d'Arcos e com o Benfica, ambos em casa.
Cai assim por "terra" o objectivo de alcançar o tri-campeonato nacional de juvenis por parte do HC Braga.
Para as derradeiras jornadas o Benfica depende apenas de si para conquistar o titulo nos jogos em Valongo e em Braga. Caso empate em Valongo pode festejar desde logo esse troféu.

6.19.2016

Gil Vicente ex AD Sanjoanense é reforço do Valença HC



Um dos melhores marcadores do nacional da primeira divisão que agora terminou, Gil Vicente é o segundo reforço do Valença HC, depois do guarda redes ex HC Braga, Rodolfo Sobral.
O avançado Gil Vicente  que apontou vinte e nove, dos oitenta a três golos da AD Sanjoanense é assim mais uma opção para a turma de Valença que recorde-se deixou de contar com o experiente artilheiro Leonardo "Tomba".
Nas vinte e seis jornadas, Gil Vicente apenas não marcou em dez, tendo feito uma vez cinco tentos num jogo, um "póker" e três "hat trick".
O jogador de vinte e seis anos começou e fez em grande parte a sua formação nas escolas do GDC Fanzeres, passando também pelo GD Entre-Cancelas e na AD Valongo.
Já no escalão de juniores Gil Vicente foi opção no plantel sénior do Fanzeres, seguindo-se o Gulpilhares e Juventude Pacense.. 
A sua qualidade não passou despercebida primeiro à AD Sanjoanense e agora ao Valença HC 
Um salto enorme da terceira para a primeira divisão em pouco tempo conforme fez questão nas suas primeiras palavras como valenciano

" Essa mudança transformou por completo a minha carreira. Vou para Valença com ambição de fazer ainda mais e melhor que nas anteriores épocas. Como avançado o meu papel é marcar golos a nível individual. Verdadeiramente quero ajudar e muito o Valença HC a atingir os seus objectivos.
Aceitei o convite do Valença HC porque quero jogar ao mais alto nível na melhor liga do mundo de hóquei em patins. Apesar de ter chegado este ano à primeira divisão, o Valença HC tem enorme potencial para atingir a manutenção. É um clube que se identifica com o meu estilo de jogar. Pela minha parte tudo irei fazer para agradecer a quem confiou no meu valor ".

Por onde passou deixou a marca em termos de golos. 

No Gulpilhares nas duas épocas apontou 26 tentos na primeira e 76 na segunda temporada, onde foi o segundo marcador da prova. 
Em Paços de Ferreira voltou a mostrar os seus créditos com 58 golos marcados.
Por fim na AD Sanjoanense apontou 29 golos.

FC Porto vence Taça de Portugal com minhotos em destaque


A época de seniores terminou no Minho com a final four da Taça de Portugal em Ponte de Lima a consagrar o FC Porto que derrotou na final o Benfica por 4-2.
Uma conquista com sabor "minhoto" graças à enorme exibição dos três atletas da região, Hélder Nunes, Gonçalo Alves e Rafa Costa.
Acrescente-se que os quatro golos do FC Porto foram obtidos por dois jogadores minhotos, Hélder Nunes e Gonçalo Alves, dois cada.
Uma final recheada de emoção onde o FC Porto inaugurou o resultado aos 18' por Hélder Nunes que concretizou de forma exemplar um livre direto.
Mesmo em cima do descanso Gonçalo Alves fez o 2-0 numa altura em que o Benfica jogava com menos dois jogadores.
Para a segunda parte Hélder Nunes fez o 3-0, tendo o Benfica reagido com dois golos de Miguel Rocha.
Mas no ultimo minuto Gonçalo Alves fez o 4-2 final.
Um jogo marcado pelos nervos e pelo desperdício com o Benfica a não aproveitar duas grandes penalidades e um livre direto.
O FC Porto também falhou dois livres diretos por Hélder Nunes.

O Hoquei Minhoto felicita os seus três minhotos pela conquista da Taça de Portugal.

Nacional de Juniores - OC Barcelos vence Sporting CP



No jogo grande da jornada que colocava em pista os dois primeiros da tabela do nacional de juniores, o OC Barcelos recebeu o Sporting CP vencendo por 7-6.

A equipa de Barcelos desde cedo assumiu o jogo pelo que aos 5' Pedro Silva abriu o marcador.
Sem abrandar o ritmo forte imposto os minhotos voltaram a marcar, primeiro aos 6' por Joca Guimarães e aos 7' por Rui Silva.
A avalanche barcelense continuou e aos 9' Joca Guimarães na recarga a uma grande penalidade aumentou para 4-0.
O Sporting aproveitou o relaxamento do Barcelos e reduziu aos 18' por Zé Costa.
Antes do descanso o OC Barcelos podia ter marcado mas Miguel Vieira desperdiçou um livre direto.
Na segunda parte aos 6' o Sporting de livre direto a castigar a décima falta do Barcelos encurtou por Manuel Coimbra.
No minuto seguinte a turma verde e branca fez a sua décima falta mas Vieirinha falhou a infracção.
De novo com o jogo animado o Sporting voltou a marcar por Manuel Coimbra fazendo o 4-3, mas 9' Joca Guimarães fez o 5-3.
O mesmo jogador ainda no mesmo minuto fez o 6-3, depois de Miguel Vieira ter falhado uma grande penalidade.
A partida cresceu de emoção com as duas equipas a tentarem golos, factor importante em caso de desempate na tabela classificativa.
O Sporting sabendo dessa importância reduziu aos 17' por Tomás Moreira de grande penalidade, mas Joca Guimarães segundo depois fez o 7-4.
Com o perigo a rondar as duas balizas o golo voltou a surgir aos 19' e de novo para o Sporting por Manuel Coimbra de livre direto.
O Barcelos também podia ter marcado logo a seguir mas Afonso Lima desperdiçou um livre direto.
Ate ao fim ambas as equipas podiam ter marcado, num grande , enorme jogo de hóquei em patins.
Com este triunfo o OC Barcelos passa para a frente da prova com mais três pontos que o Sporting.
No entanto em caso de igualdade pontual no fim o Sporting CP ganha vantagem porque venceu em casa por 5-3 e perdeu em Barcelos por 7-6

Da Marinha Grande, ADJ Vila Praia traz derrota, agressões e lesões.



Uma autentica vergonha foi o que se passou no jogo entre o Marinhense e a ADJ Vila Praia a contar para a segunda jornada de apuramento do campeão nacional da terceira divisão.
Por isso o Hóquei Minhoto recusa-se a descrever o jogo para assim não dar importância a quem não a merece.

Só dois pontos são relatos:

A equipa minhota foi de forma escandalosa derrotada por 7-5, tendo jogado perante uma arbitragem que verdadeiramente deixa a modalidade incrédula, tantos foram os erros, tantas foram as asneiras que nem um estagiário as comete.
Foi permitido tudo, ate uma agressão que passou sem sanção disciplinar do guarda redes que não tem espaço para mencionar o seu nome a Eduardo João que originou a fratura do pulso direito.
Enquanto foi possível a ADJ Vila Praia lutou pela vitoria. Chegou a estar a vencer por 5-4 aos 11' da segunda parte.
Depois o que aconteceu foi um escândalo, onde se incluiu por exemplo a vergonha atitude de punir a Eduardo João que já lesionado e quando esperava pela ambulância foi punido com cartão azul.
Mau demais...

O desabafo do treinador da ADJ Vila Praia é bem elucidativo
Não ė meu habito comentar arbitragens de jogos. 
Penso que ate sera a primeira vez e provavelmente a ultima. 
Em 38 anos de competiçao neste desporto tive a oportunidade de presenciar a pior arbitragem que tive. 
Qualquer lance que possa descrever e pura ficçao,surreal. 
Completo desrespeito pela modalidade e pelos intervenientes das duas equipas. 
Qualquer palavra que utilize não consegue descrever o que se assistiu e nao é exagero. 
So quem esteve presente podera descrever ao que se assistiu. E nao é por a minha equipa ter saido derrotada... parabens ao sc marinhense que nao tem qualquer responsabilidade. Resta me agradecer as pessoas que fizeram 270 km para nos apoiar. 
Foram 50 minutos a denegrir esta modalidade "

Querem saber os árbitros ?
Nem o seu nome merece ser divulgado....

6.18.2016

Benfica goleia Sporting CP e está na final da Taça


Na segunda meia final o Benfica passeou por completo após vencer o Sporting CP por expressivos 7-3, garantindo assim a presença na final com o FC Porto.
Um resultado esperado face a um Sporting CP que se apresentou muito limitado em termos de opções, onde no banco de suplentes tinha somente quatro juniores.
Para bem da modalidade esta opção do Sporting CP nada valorizou uma final four que se previa bastante competitiva.

Desde cedo as facilidades ao dispor do Benfica foram evidentes com João Rodrigues aos 2' a abrir o marcador por Marc Torra.
Tentou reagir o Sporting CP mas o perigo criado não chegava para incomodar o guarda redes Trabal.
Apesar de ter equilibrado um pouco o jogo o Sporting CP acabou por voltar a sofrer o 2-0 aos 17' por intermédio de Valter Neves.
No minuto seguinte o 3-0 desta vez por Diogo Rafael e os 21' o 4-0 por Ardoer.
Antes do intervalo o Sporting CP reduziu por Tuco Abalos de livre direto. O jogador verde e branco ainda na primeira parte podia ter feito o segundo golo mas falhou um livre direto.
Para a segunda parte o Benfica com três golos de vantagem impôs o ritmo mais lento, permitindo que o Sporting CP tivesse mais posse de bola mas sem causar grande perigo para Trabal.
Quando o Benfica voltou a impor ritmo surgiu o 5-1 por João Rodrigues aos 16' e o 6-1 por João Rodrigues.
A avalanche encarada continuou e aos 21' Miguel Rocha fez o 7-1, mas no minuto seguinte João Pinto reduziu para 7-2.
Nos segundos finais André Centeno fez o 7-3 final
Uma vitoria justa do Benfica que foi superior em todos os aspectos perante um Sporting CP ja a pensar na próxima temporada.



OC Barcelos fora da final da Taça de Portugal


Na primeira meia final da final four da Taça de Portugal mediram forças as equipas do FC Porto e do OC Barcelos
A turma do FC Porto venceu por 5-2. 
Com os primeiros minutos equilibrados o OC Barcelos aproveitou um contra ataque aos 16' por intermédio de Miguel Vieira.
A perder o FC Porto respondeu mas só aos 20' chegou ao empate por Gonçalo Alves.
Ainda nos últimos minutos da primeira parte o OC Barcelos podia ter marcado mas Luís Querido desperdiçou um livre direito a castigar a décima falta portista.
Em igual situação o FC Porto deu a volta aos 23' por Hélder Nunes, fazendo o 2-1 em tempo de descanso a favor dos portistas.

Para a segunda parte o OC Barcelos entrou com a disposição de empatar mas o remate de Hugo Costa aso 5' bateu no poste da baliza de Edo Bosch.
Na resposta o FC Porto aumentou para 3-1 por Reinaldo Garcia.
O OC Barcelos procurou reduzir mas os remates de meia distancia esbarravam sempre na muralha portista.
Aos 15' o FC Porto voltou a marcar desta vez de grande penalidade por Gonçalo Alves.
O OC Barcelos ainda reagiu por Luís Querido, mas Rafa a três minutos do fim fez o 5-2 final.
Um jogo muito disputado onde se regista as inúmeras faltas de equipas assinaladas.
O OC Barcelos acabou com vinte e o FC Porto com catorze.

6.17.2016

Paulo Freitas " O OC Barcelos também quer a final "


O OC Barcelos volta a marcar presença na final four da Taça de Portugal, onde em Ponte de Lima defronta o FC Porto.
Duas equipas que para o campeonato quando se encontram venceram um jogo cada, o OC Barcelos em sua casa por 5-4 e o FC Porto no Caixa Dragão por 6-1.
Para esta meia final, Paulo Freitas treinador do OC Barcelos afirma que a sua equipa também quer estar na final, contrariando todos aqueles que já afirmam que Benfica e FC Porto são os finalistas.

Ate ao limite das nossas forças, ate à ultima gota de suor, o OC Barcelos vai lutar pela presença na final. Para alguns é a salvação da época. Para o OC Barcelos não.
Toda a gente fala que a final vai ser entre o Benfica e o Porto. Nós OC Barcelos temos a ambição de estar na final. Já defrontamos o Porto este ano duas vezes. Uma ganhamos e a outra perdemos.

Temos as nossas armas perante um adversário que não custa admitir que é mais favorito. Para isso terá de mostrar diante o Barcelos em pista. Conto com o apoio dos nossos adeptos para acreditar que podemos vencer o jogo ".
No cartaz o OC Barcelos começa a final four com o FC Porto ás 15h para às 17h o Benfica defrontar o Sporting CP.

Diogo Machado e "Tó" Costa deixam Riba d'Ave



A formação minhota do Riba d'Ave já começa a arrumar a casa para disputar na próxima época o nacional da 1ª divisão com as anunciadas saídas de Diogo Machado e de "Tó" Costa.
Os dois jogadores estão assim livres de escolherem o seu caminho desportivo.
Na temporada que terminou ambos os jogadores não foram muito utilizados muito por culpa do velho ditado " em equipa que ganha não se mexe ". 
E o Riba d'Ave não perdeu em vinte e um, dos vinte e seis jogos disputados. 
Termina assim a ligação de Diogo Machado que foi formado em Riba d'Ave, enquanto que "Tó" Costa ingressou na equipa minhota após passagem por Valongo.
Quem pode estar de regresso a Riba d'Ave é Hugo Azevedo, avançado da AD Valongo.