Saudações desportivas a todos os dirigentes, atletas e amantes da modalidade. Por motivos extra ao

Saudações desportivas a todos os dirigentes, atletas e amantes da modalidade. Por motivos extra ao
Saudações desportivas a todos os dirigentes, atletas e amantes da modalidade. Por motivos extra ao Hóquei Minhoto, o facebook do Hóquei Minhoto foi bloqueado sem razão aparente, estando inactivo desde o dia 27 de novembro de 2017. Só se encontram TRÊS razões para este tipo de atitude em bloquear o facebook do Hóquei Minhoto. INVEJA, MALDADE E COBARDIA. Visto que esse bloqueio ainda não está completamente ultrapassado nem se sabe se o mesmo será desbloqueado, o responsável do Hóquei minhoto juntamente com os seus colaboradores decidiu abrir esta pagina para poder fazer chegar a todos a habitual informação. Agradecemos a todos os que acompanhavam o facebook do Hóquei Minhoto que se juntem a esta pagina. Ficamos muito tristes com este tipo de atitudes em tentar por várias maneiras silenciar o Hóquei Minhoto. Podem continuar...a tentar. HÓQUEI MINHOTO

3.31.2016

II Divisão - Duelo minhoto entre Valença e Cartaipense


Após sofrer na ultima jornada a sua primeira derrota na prova em Espinho, o Valença que com esse resultado desceu para o terceiro lugar recebe o aflito Cartaipense.
Um jogo onde um resultado positivo é objectivo comum às duas equipas, uma para subir e outra para não descer de divisão e de preferência os três pontos.
Para o Valença só a vitoria interessa para manter a perseguição ao Riba d'Ave e ao Espinho na luta pelos primeiros lugares.
Do outro lado ao Cartaipense que empatou na anterior jornada em casa com o Infante Sagres, também quer o triunfo para fugir à zona de despromoção.
A equipa de Orlando Ribeiro soma vinte pontos, os mesmos que a Juventude Pacense e Lavra, mas num lugar acima das posições de descida.
Em Valença só CD Povoa, Infante Sagres e Espinho pontuaram com a divisão do resultado.
Fora o Cartaipense venceu em Lavra e na Escola Livre e empatou em Paços de Ferreira.
Na primeira volta o Valença venceu nas Taipas por 6-2.

foto: cartaz Valença


II Divisão - Parque das Tílias recebe derbi entre Riba d'Ave e Famalicense



Este sabado às 18.30h o parque das Tílias é palco do encontro da 21ª jornada entre vizinhos para o nacional da segunda divisão zona norte.
O segundo classificado, o Riba d'Ave de Diogo Pereira defronta o vizinho Famalicense que ocupa o sexto lugar, com dezasseis pontos a separar as duas formações.
Com objectivos bem distinto nesta fase da prova, o Riba d'Ave que subiu na jornada anterior ao segundo lugar vai procurar somar mais um triunfo para continuar a lutar pelos lugares de subida.
Do outro lado o Famalicense que soma mais oito pontos em relação à zona de descida tem como propósito alcançar um resultado que lhe permita manter a tranquilidade na classificação.
Nas Tílias apenas duas equipas pontuaram, o CH Carvalhos que venceu por 8-7 e o Valença com um empate a duas bolas.
Por parte da turma de Fernando Almeida fora de portas conseguiu um triunfo nos Carvalhos por 3-1 e empatou três vezes em Lavra, em Paços de Ferreira e em Barcelos.
Recorde-se que na primeira volta o Riba d'Ave foi a Famalicão vencer por expressivos 8-1.

foto/cartaz: Riba d'Ave



Presidente do OC Barcelos " Pelos adeptos, pela cidade, a final four em Barcelos é mais que merecida..."



Pelo segundo ano consecutivo o OC Barcelos está presente na final four da Taça Cers.
Depois de no ano passado ter disputado a prova em Igualada, Espanha, o comité do CERH atribuiu ao clube minhoto a organização da Final Four.
A candidatura do clube minhoto ultrapassou as outras duas apresentadas pelo Sporting CP e Vilafranca de Espanha. O outro finalista, o Matera de Itália não chegou a propor algo para a sua realização em território italiano.

Para o presidente do OC Barcelos, Francisco Dias da Silva a final four em Barcelos é mais que merecida, conforme declarações proferidas ao Jornal Barcelos Popular.
" Eu não considero uma vitória. Fizemos, realmente, um esforço grande para que conseguíssemos que a Final-Four se realizasse em Barcelos mas, pela forma como a modalidade é apoiada, quer pelos adeptos, quer pela própria cidade, foi mais que merecida. Afinal de contas, Barcelos é a catedral do hóquei em patins. Vamos procurar criar um ambiente de forma a que Barcelos e o Óquei de Barcelos não saiam mal desta situação".

Barcelos vai provar mais uma vez que sabe organizar eventos importantes?
" Sim, principalmente os adeptos do Óquei de Barcelos e a Kaos. Acho que é mais que justo termos feito este esforço para se realizar cá porque o apoio deles tem sido incansável. Quer os barcelenses, mas principalmente os adeptos e a claque, apoiam-nos em tudo quanto é sítio. Têm-me surpreendido. Tem sido fantásticos, inclusive a nível das competições europeias. Não é fácil a deslocação mas eles aparecem em todo o lado onde o Óquei de Barcelos estiver presente."

O clube é um caso especial na forma como os seus adeptos estão sempre presentes?
" Claro que sim e é reconhecido, quer a nível nacional, quer internacional. Ainda na última eliminatória, em Itália, quando perguntávamos onde seria o local dos nossos adeptos, as pessoas ficavam surpreendidas porque, realmente, não é muito normal, hoje, nesta modalidade, o apoio que o Óquei de Barcelos tem".

Certamente não terá sido fácil trazer a competição para Barcelos.
Há, naturalmente, os custos inerentes mas, para isso, contamos com o apoio da Câmara que tem tido uma forma correcta. Estão sempre disponíveis, nomeadamente o vereador do Desporto, dr. Carlos Brito e o vice presidente, Dr. Domingos Pereira. Tem sido o apoio possível embora não seja, naturalmente, aquele que eu entendo. Acho que devia ser superior a todos os níveis. Pela função do Óquei de Barcelos, a nível desportivo e social, tenho consciência que hoje o clube é importante na cidade. A forma como as pessoas estão a viver o clube é referenciado pelos nossos adversários que, realmente, perguntam-nos como é que é possível o Óquei ter, na maior parte dos jogos, o pavilhão cheio o que não é normal noutras localidades. A resposta é simples: é da forma como as pessoas encaram a modalidade".

O facto da Final-Four coincidir com a Festa das Cruzes será prejudicial?
O coincidir com a Festa das Cruzes vai criar algumas dificuldades a vários níveis, possivelmente em termos de hotéis, a nível do condicionamento do trânsito para a deslocação das equipas. Mas espero que tudo seja coordenado com o clube, Câmara e Polícia para não haver constrangimentos de maior. Serão dois dias de lotação esgotada.

Quem não vier ao pavilhão poderá ver na televisão?
Vamos fazer um acordo com o canal que irá transmitir os jogos para o território nacional e também para África. Iremos fazer algumas campanhas publicitárias embora, em termos de assistência, não tenho dúvidas que vamos ter todo o apoio dos barcelenses para ajudarem a nossa equipa a fazer o melhor trabalho possível.

A jogar em casa o Óquei de Barcelos é favorito?
O Óquei já tem o grande mérito de dois anos consecutivos chegar à Final Four, portanto, isto é mérito da equipa técnica, do grupo de trabalho, dos jogadores que fizeram, quer a época passada quer esta, um trabalho competente. Para estar lá, como dizem algumas pessoas, é preciso chegar lá e para isso é preciso eliminar os adversários que também têm o seu valor e qualidade. A equipa vai, ainda mais perante os seus adeptos, fazer tudo para conseguir os melhores resultados. Agora, não tem mais responsabilidade por estar a jogar em casa. Podia, até, ser um factor que não fosse positivo pelo facto de acusar a pressão.

O clube ganhou, ao longo dos anos, a credibilidade e grandeza que tinha perdido. Isso deve-se a quê?
Foi um trabalho de todos. Naturalmente que a direcção teve o seu papel, assim como toda a gente que colabora desde a formação até aos adeptos. Todos são importantes. Referindo-me essencialmente à parte técnica e aos jogadores, todos têm vindo a crescer. Têm conseguido um trabalho que eu acho que é muito meritório. Algumas pessoas acham que sou sempre uma pessoa insatisfeita e que exijo, que quero mais. E quero. Não temos feito tudo bem mas também temos feito coisas. Gostava que se fizessem sempre bem mas não é possível.

No início disse que não queria defraudar as expectativas das pessoas. Isso foi conseguido?
O importante era criar condições para que o clube não voltasse a passar mais nenhuma fase como aquela que passou. Acho que não merece. Um clube que tem este apoio, que tem uma cidade que respira hóquei, seria uma pena se alguma vez passasse por aquilo que passou há uns tempos. O importante é criar condições de forma a que se faça um trabalho competente, esteja quem estiver. O menos importante neste caso tem que ser o presidente. É uma estrutura que tem de funcionar, tem de atingir resultados e tem de fazer a sua função.

Arrepende-se de alguma coisa?
Não tenho com o que me arrepender, não é minha forma de estar nas coisas. Encaro tudo de uma forma positiva acreditando sempre nas coisas e é por isso que, felizmente, quando trato dessas coisas, elas resultam porque temos de acreditar naquilo que fazemos, no trabalho que projectamos. Por isso é que tem acontecido, felizmente.

A passagem dos jogos para as 21h30 terá sido uma aposta ganha?
Sim, tem resultado. Acho que a medida terá sido certa em termos de horários. Tem-se visto o apoio que a equipa tem e o número de adeptos tem crescido. Já tivemos jogos em que o pavilhão esteve completamente lotado e, portanto, isso é para nós e para toda a gente que envolve o Óquei de Barcelos um motivo de orgulho.

Regressar ao anterior horário ou outro não está em cima da mesa?
As coisas têm sido mais ou menos bem feitas. Cheguei a pensar fazer uma experiência e já há dois anos que ando a falar nisto. Um ou outro jogo poderá realizar-se ao domingo ao fim da manhã. Gostava um dia de fazer essa experiência. Sabendo nós que a modalidade rainha é o futebol e as vezes acontecem jogos à mesma hora e com transmissão televisiva, o que cria alguma dificuldade às pessoas. Notasse, às vezes, que alguns adeptos estão à espera que acabe um jogo de futebol para virem em cima da hora. Não deixam de vir, chegam é com o jogo a decorrer. Mas isso só acontece, se calhar, quando participam os chamados clubes grandes.

Quer deixar algum agradecimento?
A palavra que deixo aos barcelenses é de agradecimento antecipado. Da forma como têm apoiado não tenho dúvidas que vão estar presentes nesta jornada que é importantíssima a nível das competições europeias que já há muitos anos não se realizava em Barcelos. Uma palavra de agradecimento especial à Kaos Barcelenses que tem sido fantástica e a todos os patrocinadores que nos têm acompanhado estes anos.

FONTE: JORNAL BARCELOS POPULAR

Nacional de Juvenis - HC Braga próximo do apuramento




A verdade é como o azeite... apanha-se mais depressa um mentiroso que um coxo

Erradamente foi mencionado que o HC Braga apenas precisava de uma vitoria para seguir em frente na competição de juvenis.
Na realidade aos bracarenses faltam quatro pontos para esse objectivo ser atingido.
Por isso na corrida continua para alem do Braga a outra equipa do Minho, a ADB Campo.
As desculpas aos visados e aos que copiam as noticas do Hóquei Minhoto que lhes sirva de lição.
Nesta noticia do jogo HC Braga - OC Barcelos toda a informação foi do Hóquei Minhoto.

A sétima jornada do nacional de juvenis, grupo A, zona norte ficou completa com o derbi minhoto disputado nas Goladas entre o HC Braga e o OC Barcelos.
O conjunto bracarense venceu por 4-0 e precisa apenas de quatro pontos para se apurar para a fase seguinte, onde já se encontra a AD Valongo. 
Até ao fim da prova o HC Braga com nove pontos em disputa, joga fora no arredado FC Porto/DF, recebe o líder a AD Valongo e termina a prova na ADB Campo, atual terceiro classificado a seis pontos dos bracarenses.
Para além da AD Valongo, apurado está no grupo B, a AD Sanjoanense. Quanto ao resto a luta continua também a sul onde está tudo por decidir nas ultimas três jornadas.

Em relação ao jogo, valeram os golos de Gonçalo Neto, Rodrigo Botelho e António Trabulo para uma vantagem confortável aos bracarenses em tempo de intervalo.
Na etapa final o HC Braga em ritmo mais calmo apenas conseguiu fazer o 4-0 por António Trabulo.
O jogo terminou com bastantes faltas, dez para o Braga e dezoito para o Barcelos.

Classificação atual
1º AD Valongo 21p
2º HC Braga 18p
3º ADB Campo 12p
4º FC Porto/DF 9p
5º AD Penafiel 1p
6º OC Barcelos 1p

Próxima jornada
FC Porto/DF - HC Braga
AD Valongo - ADB Campo
Penafiel - OC Barcelos

3.30.2016

Minhota Maria Sofia Silva de novo chamada agora ao 2º treino da seleção



FONTE:  FPP
Para o Centro de Treino Nacional nº 2.
De acordo com o Plano Anual das Selecções Nacionais, a Federação de Patinagem de Portugal vai levar a efeito o Centro de Treinos Nacional Nº 2 da Selecção Nacional de Seniores Femininos de Hóquei em Patins.
Este Centro de Treino vai ter lugar nos dias 4 e 5 de Abril de 2016 na vila do Luso, tendo em vista a preparação desta Selecção Nacional para o Campeonato do Mundo que decorre este ano em Iquique, no Chile.
O seleccionador nacional Carlos Pires chamou as atletas abaixo indicadas.

Atletas Convocadas

Associação Académica de Coimbra (AP Coimbra)

Alice Coelho Vicente
Ana Catarina Jesus Ferreira
Beatriz Maria Campos Figueiredo

Ass. Cult. Desp. Casa Povo V. Boa Bispo (AP Porto)

Marta Isabel Sá Monteiro Vieira
Renata Duarte Alves dos Reis Pires Balonas

Clube Hóquei dos Carvalhos (AP Porto)

Maria Sofia Pinheiro Silva

Hóquei Clube de Turquel (AP Leiria)

Cláudia Susano Vicente
Inês Susano Vicente
Margarida Maria Ferreira António

Sport Lisboa e Benfica (AP Lisboa)

Maria Celeste Gomes Silva Santos Vieira
Marlene Teixeira Sousa
Rita Tereso Lopes
Rute Tereso Lopes

3.29.2016

Nacional de Juniores - OC Barcelos goleia Academico


Realizaram-se duas partida referentes à sétima jornada do nacional de juniores, grupo A, zona norte com o OC Barcelos a derrotar fora o Académico por 14-1 e o Valongo em casa a Juv Pacense por 6-2.

Em relação ao desafio entre o Académico e o OC Barcelos os minhotos não tiveram dificuldades como mostra o desfecho final que quase foi igual ao da primeira volta onde venceram por 12-1.
A superioridade era uma realidade quando se chegou ao intervalo com os barcelenses a vencerem por 5-0.
Os tentos minhotos foram apontados Rui Silva quatro, Pedro Silva e Joca Guimarães três, Afonso Lima e Rúben Araújo dois cada.
O golo de honra do Académico foi da autoria de Bernardo Oliveira.
Quem também venceu e continua na luta por um lugar na fase seguinte foi o Valongo na recepção à Juventude Pacense por 6-2.

A três jornadas do fim são três as equipas que vão disputar as duas vagas, OC Barcelos, AD Valongo e HC Braga.
Neste momento o OC Barcelos soma dezoito pontos, a AD Valongo quinze pontos e o HC Braga também quinze mas com menos um jogo.
Para a próxima ronda o OC Barcelos recebe o HC Ponta Delgada, o HC Braga nas Goladas com a Juventude Pacense e a AD Valongo joga em casa com o Académico.

Classificação atual

1º OC Barcelos 18p
2º HC Braga 15p ( - 1 jogo )
3º AD Valongo 15p
4º Juv Pacense 6p ( -1 jogo )
5º Académico 3p
6º HC Ponta Delgada 0p  ( - 2 jogos )

foto: DR

HC Braga e AD Limianos brilharam no Torneio de Pascoa em Turquel.



Com a presença de duas formações minhotas, HC Braga e AD Limianos realizou-se o XXVIII Torneio de Pascoa na "Aldeia do Hóquei " em Turquel.
O HC Braga apresentou várias equipas, tendo alcançado dois primeiros lugares em iniciados e juvenis, um segundo em juniores e um terceiro lugar em infantis.
Ao longo da prova os infantis perderam os dois jogos, pelo mesmo resultado 6-1 com a AD Valongo A e HC Turquel.
Em iniciados venceram o FC Porto por 4-3 e o HC Turquel por 2-1.
Nos juvenis, triunfos sobre o HA Cambra por 9-2 e diante o HC Turquel por 6-4.
Por fim em juniores o mesmo resultado, 6-5 mas com triunfo sobre o HA Cambra e derrota com o Turquel.

Em relação à AD Limianos com apenas uma equipa a de infantis não deu hipóteses aos seus adversários conquistando o primeiro lugares graças ás vitorias sobre o HC Turquel 5-e  e AD Valongo por 6-2.

FOTOS: DR

Guarda redes Veludo da Juv Viana muda-se para Tomar no final da época




Francisco Veludo, considerado pela crítica como um dos 5 melhores guarda-redes a atuar em Portugal, que esta época defende a baliza da equipa de primeira divisão Juventude de Viana, será o primeiro reforço do Sporting Clube de Tomar para a próxima época 2016/2017.
Natural de Oeiras, titular pela selecção nacional de Angola, tem 26 anos, tendo sido formado na Académica da Amadora e no HC Sintra. Jogou, no seu percurso de sénior, na AD Oeiras, HC Tigres de Almeirim e Juventude de Viana.
No momento da apresentação, Ivo Santos, Presidente da Direção, realçou o carácter humano do atleta, condição fundamental para poder integrar o grupo actual, bem como o seu espírito de ganhador nato.
Francisco Veludo respondeu positivamente ao convite da direcção nabantina, sobretudo por poder associar a sua carreira desportiva à de estudante do ensino superior, no Instituto Politécnico de Tomar.
Aumentando as opções da equipa técnica, com jogadores que acrescentem valor ao plantel actual, a experiência de Francisco Veludo tornará o Sporting Clube de Tomar ainda mais ambicioso.

Inf. Paulo Pereira
FOTO: DR

3.28.2016

Nacional de Juvenis - ADB Campo sobe ao 3º lugar



A ADB Campo subiu ao terceiro lugar do nacional de juvenis, zona norte, grupo A, após derrotar o OC Barcelos por 5-2 em jogo da 6ª jornada.
Os golos do OC Barcelos que chegou a estar a vencer por 1-0 foram apontados por Pedro Freitas e Rúben Araújo. Por parte da ADB Campo marcaram Luís Martins e Edgar Barbosa ambos com dois e um de Cândido Oliveira.
Ao intervalo a ADB Campo vencia por 4-1.
Depois de ter vencido o FC Porto/DF na passada quinta feira por 5-1, resultado que arredou os portistas da luta pelos primeiros lugares, a turma da ADB Campo a três jornadas do fim da prova ainda pode chegar matematicamente ao apuramento.
Até ao final do campeonato, a ADB Campo joga em Valongo e em Penafiel e recebe o HC Braga na ultima ronda.
Neste momento o Valongo já garantiu o apuramento soma vinte e um pontos, restando um lugar que está a ser disputado pelo HC Braga quem tem quinze pontos e pela ADB Campo doze pontos.
Acrescente-se que o HC Braga tem menos um jogo diante o OC Barcelos marcado para quarta feira nas Goladas.
Tudo pode ficar decidido na próxima jornada com os quatro primeiros a jogarem, o Valongo a receber a ADB Campo, o HC Braga fora com o FC Porto/DF.
Na luta pelos últimos lugares medem forças em Penafiel, o Óquei e o Penafiel ambos com apenas um ponto conquistado.

Classificação atual

1º AD Valongo 21p
2º HC Braga 15p ( -1 jogo )
3 ADB Campo 12p
4º FC Porto/DF 9p
5 AD Penafiel 1p
6º OC Barcelos 1p




3.26.2016

Portugal limpa Taça Latina com mais um " hat trik " de Hélder Nunes


A seleção de Portugal conquistou a 14ª Taça Latina, prova que se realizou em Follonica, Itália.
Com um percurso 100% vitorioso, Portugal chegou à ultima jornada diante a França já com o titulo no bolso depois de vencer Espanha e Itália.
Destaque para o minhoto Hélder Nunes que conseguiu nos três jogos fazer nove golos, três a cada seleção.
Foram três vitorias justíssimas, 4-2 a Itália, 5-1 a Espanha e a França.
Parabéns a Portugal e tal como Luís Sénica referiu à comunicação social, devemos olhar para estes jovens talentos com atenção.


3.25.2016

Taça Latina - Portugal vence prova com minhoto Hélder Nunes em destaque



A uma jornada do fim da Taça Latina, Portugal já festeja a conquista da prova depois de vencer a Espanha por 5-1 aliada à derrota da França com a Itália por 4-1.
O conjunto português derrotou a Itália por 4-2 e a Espanha por 5-1, pelo que o jogo deste domingo serve apenas para cumprir calendário e para Portugal se consagrar o grande triunfador da Taça Latina.
Nos dois jogos destaque para a enorme entrega de todos os jogadores nacionais, em especial o minhoto Hélder Nunes que foi a grande figura ao apontar seis dos nove tentos obtidos.
Diante a Itália fez três e contra Espanha apontou outros três.
A seleção de Portugal volta a renovar o titulo da Taça Latina depois de o ter conquistado em Viana do Castelo

Resultados
Portugal 4 Itália 2
Espanha 3 França 2

Portugal 5 Espanha 1
Italia 4 França 1

Ultima jornada
Portugal - França
Espanha - Itália

Classificação
Portugal 6p
Itália 3p
Espanha 3p
França 0p


III Divisão - Vila Praia com um patim na 2ª divisão



A ADJ Vila Praia está em excelente posição para subir ao segundo escalão da modalidade após vencer o Gulpilhares por 4-2.
Neste momento a turma de Rui Neto que continua sem perder,tem quinze pontos sobre o terceiro classificado o HC Fão e doze sobre o segundo, o Gulpilhares, quando faltam disputar vinte e um pontos.
Acrescente-se que o Vila Praia tem vantagem no confronto direto com a turma de Gaia após vencer os dois encontros.

No jogo grande da 22ª jornada do nacional da 3ª divisão, zona norte, no Minho defrontaram primeiro e segundo classificados da prova, separados por nove pontos.
Uma partida que decidia e muito para as duas equipas a subida de divisão, por isso foi muito o publico que assistiu ao encontro.

Com uma vantagem pontual de nove pontos, a ADJ Vila Praia procurou marcar primeiro e conseguiu esse objectivo aos 8' por César Pinheiro.
Em desvantagem a turma do Gulpilhares subiu e chegou ao empate por André Teixeira.
A igualdade originou que o jogo se torna-se mais agressivo e faltoso ate ao intervalo, onde se registava um empate em faltas com oito para cada lado.
Para a segunda parte a disposição ofensiva não abrandou com as oportunidades de golo a serem uma constante.
Primeiro foi Eduardo Amorim a falhar um livre direto, com o Gulpilhares a ameaçar a reviravolta no marcador com um livre direto que André Teixeira que também não aproveitou.
Isso acabou por aparecer aos 8' por Luís Gomes a dar a vantagem à equipa de Gaia, mas a festa durou pouco tempo, porque no minuto seguinte César Pinheiro empatou.
Aos 10' novo lance de golo para o Gulpilhares mas João Pires desperdiçou um livre direto por azul mostrado a Rafael Almeida.
Num jogo de nervos o Vila Praia depois de César Pinheiro ter falhado um livre direto, passou para a frente do resultado pelo mesmo jogador.
O triunfo foi estabelecido por Telmo Ramos no ultimo minuto de livre direto.
Os minhotos estão a sim com um patim na segunda divisão, tendo sete jogos ate ao final da prova, recebendo em casa o Boavista e o Estrela Vigorosa e jogando fora nas Taipas, Penafiel, Ola Mouriz, Paço de Rei e na ultima ronda na Ilha da Madeira com o Marítimo.

3.24.2016

III Divisão - HC Fão vence Cart B e aproxima-se do 2º lugar



A turma do HC Fão venceu a jovem equipa do Cartaipense B por e aproximou-se do segundo lugar ocupado pelo Gulpilhares que joga esta sexta feira fora em Vila Praia.
Com a vitoria os fangueiros estão agora a apenas três pontos do segundo lugar, aguardando com expectativa o jogo entre o Vila Praia e o Gulpilhares.

Um triunfo muito difícil dos fangueiros, bastante valorizado pela jovem equipa do Cartaipense num derbi minhoto disputado ate ao ultimo segundo.

Quanto ao jogo nada melhor para o Fão que marcar nos primeiro segundos por Carlos Mata.
O Cartaipense equilibrou mas foi o Fão novamente a finalizar por Hugo Barbosa aos 10'.
Aos 14' o Cartaipense desperdiçou uma grande penalidade por José Silva, mas aos 16' Diogo Antunes reduziu para 2-1.
Na parte final da primeira parte o bis de Pedro Carvalho colocou o Fão a vencer por 4-1, com Carlos Rodrigues nos últimos segundos a obter o 4-2 em tempo de intervalo.
A segunda parte foi mais "viva" apesar de o golo só ter aparecido aos 8' e para o Fão em superioridade numérica por Tiago Bolinhas, depois deste ter desperdiçado um livre direto por azul mostrado a Pedro Gonçalves.
O Cartaipense B não acusou e aos poucos foi crescendo no jogo com Diogo Antunes de livre direto aos 13' e Carlos Rodrigues aos 16' a reduzirem para 5-4. Pelo meio Diogo Antunes ainda falhou um livre direto.
Embalado o Cartaipense ameaçou o empate que chegou aos 16' por Carlos Rodrigues.
Um minuto depois o Fão beneficiou de uma grande penalidade muito protestada pela turma das Taipas mas Joni Lazera falhou. Nesses protestos Pedro Gonçalves do Cart viu o cartão azul.
A jogar com mais um elemento o Fão aproveitou e voltou de novo para a frente do marcador por Carlos Mata aos 19'.
No ultimo minuto Carlos Silvério viu o cartão azul mas Tiago Bolinhas desperdiçou o livre direto.
Ate ao fim o Cartaipense arriscou na procura da igualdade, obrigando o HC Fão a sofrer bastante para segurar os três pontos.


3.23.2016

HC Fão recebe Cartaipense B - Rui Pereira " Acredita ate ao fim..."


Mesmo sabendo que não depende apenas do HC Fão para ainda chegar ao segundo lugar, o treinador dos fangueiros Rui Pereira ainda acredita nessa posição.
Esta quinta feira às 21.30h há derbi minhoto entre o HC Fão e a jovem equipa do Cartaipense B em jogo relativo à 21ª jornada do nacional da terceira divisão, zona norte.
Com seis pontos de atraso para o segundo classificado, neste momento o Gulpilhares que joga sexta feira em Vila Praia,  o HC Fão está obrigado a ganhar para continuar a acalentar a esperança na promoção.

 O treinador Rui Pereira sabe da  importância deste jogo
" O nosso objectivo é somar os três pontos. Se queremos manter as esperanças de pressionar o segundo classificado, não resta outra hipótese senão vencer o Cart. 
Respeitamos muito a jovem equipa do Cartaipense que tem o seu valor e já o provou neste campeonato. O HC Fão vai fazer o seu jogo porque o grupo acredita ate ao fim. Ainda faltam algumas jornadas e tudo é possível".

Nacional de Juvenis - HC Braga vence ADB Campo


Em jogo relativo à quinta jornada do nacional de juvenis, o pavilhão das Goladas recebeu o derbi minhoto entre o HC Braga e a ADB Campo, com a vitoria por 3-1 a pertencer ao Braga.
Os bracarenses venceram e mantiveram o segundo lugar da classificação agora com quinze pontos, a três do primeiro a AD Valongo e com mais seis pontos que o FC Porto/DF.

Com dois golos de António Trabulo o Braga ganhou vantagem no marcador mas antes do descanso Luís Martins marcou para a ADB Campo fazendo o 2-1.
Na segunda parte o conjunto de São Salvador do Campo tentou chegar ao empate, mas acabou por ser o HC Braga a fazer o 3-1 por Rodrigo Botelho.
Ate ao fim o marcador podia ter sido mais curto mas Eloi Martins desperdiçou um livre direto pela décima falta da equipa do Braga.

Com esta vitória o HC Braga é segundo classificado com quinze pontos, fugindo ao FC Porto/DF na luta por um lugar na próxima fase do nacional de juvenis.
Para a próxima jornada o HC Braga recebe o OC Barcelos, o FC Porto/DF joga em Campo e a AD Valongo desloca-se a Penafiel.

Classificação

1º AD Valongo 18p
2º HC Braga 15p

3º FC Porto/DF 09p
4º ADB Campo 06p ( -1 jogo )
5º AD Penafiel 1p
6º OC Barcelos 1p ( - 1 jogo )



ADJ Vila Praia recebe Gulpilhares - Rui Neto " Não vamos facilitar..."



FOTO: Liliana Silva 

Os dois primeiros classificados da terceira divisão, zona norte encontram-se sexta feira ao final da tarde a partidas das 18.00h em Vila Praia de Ancora.
A turma de Rui Neto recebe o Gulpilhares que está a uma distancia de nove pontos no segundo posto.
Será mais um teste à invencibilidade da ADJ Vila Praia na competição.
Em casa o conjunto do Minho venceu dez dos onze jogos disputados, cedendo apenas um empate diante o Marítimo a cinco bolas.
Em relação ao Gulpilhares fora de Gaia, venceu sete, empatou um em Paço de Rei e foi derrotado por duas vezes em Sobreira e em Penafiel.
Apesar de a pontuação garantir alguma tranquilidade, o treinador da ADJ Vila Parai não quer facilidades.

" Uma partida de grau de dificuldade enorme ou não estivessem em pista duas equipas que querem ganhar.
Ambas as equipas querem subir e muito desse objectivo pode passar por este jogo. Ao Vila Praia a diferença pontual dá algum conforto, mas não vamos facilitar.
Jogamos em casa onde temos a responsabilidade de diante os nossos adeptos a obrigação de vencer.
Espero um pavilhão cheio onde o apoio das bancadas vai tornar a nossa missão mais fácil. Eles merecem porque tem sido incansáveis. Sem eles nada do que fizemos ate hoje seria possível."

Em caso de triunfo a ADJ Vila Praia dá um passo muito importante para garantir a subida de divisão.




3.22.2016

Quarteto minhoto participa no 3º Coelhinho da Pascoa nos Carvalhos



O Minho estará representado no 3º Torneio " Coelhinho da Pascoa " evento organizado pelo CH Carvalhos com as equipas da ADB Campo, Famalicense, Riba d'Ave e ED Viana.
Ao logo dos três dias para alem das equipas minhotas, participam a AD Valongo, AA Espinho, Fanzeres, CRPF Lavra, Gulpilhares, Oliveirense e a Seleção de Inglaterra.
Destaque para o jogo de estrelas entre o CH Carvalhos e a UD Oliveirense.
Do cartaz faz parte também a partida para o nacional feminino entre o CH Carvalhos e o HC Turquel.

fonte: CH Carvalhos (facebook)

Torneio de Pascoa em Turquel com HC Braga e AD Limianos presentes


O XXVIII Torneio de Pascoa organizado pelo HC Turquel nos dias 24, 25 e 26 de março contará com a presença de duas equipas minhotas.
O HC Braga leva até à " Aldeia do Hóquei " todos os escalões, Infantis, Iniciados, Juvenis e Juniores, enquanto que a AD Limianos se fará representar apenas no escalão de Infantis.
Para alem das formações minhotas, participam a equipa da casa, o HC Turquel, a AD Valongo, HC Lourinhã, e o Biblioteca IR .
O evento contará também com jogos femininos entre o HC Turquel, HC Mealhada e a AP Lisboa.
Será uma jornada onde estarão em pista escalões desde Benjamins ate aos Juniores.

Consulte o calendario

http://www.hct.pt/


Nacional de Juniores - HC Braga goleia nos Açores por 24-1 !!!


FOTO: HP TV

Muda aos 12, acaba aos 24 !!!

Jogo de sentido único como prova o resultado final de 24-1 a favor do HC Braga perante a esforçada equipa açoriana do HC Ponta Delgada.
Ao fim da primeira parte os minhotos venciam de forma confortável por 12-0.
Na segunda parte mais doze golos para o HC Braga.
Marcaram para o HC Braga, Carlos Loureiro oito, Duarte Machado quatro, Gonçalo Meira cinco, André Silva sete. 
O tento de honra dos açorianos foi obtido em cima do apito final por Carlos Bicudo.
Com o triunfo o HC Braga junta-se ao OC Barcelos no primeiro lugar com quinze pontos, mais três que o Valongo terceiro.
Na próxima ronda o HC Braga recebe a Juventude Pacense, o OC Barcelos o HC Ponta Delgada e o Valongo em casa com o Académico.

3.21.2016

Nacional de Juniores - OC Barcelos vence AD Valongo


Na primeira ronda da segunda volta do nacional de juniores, grupo A, o OC Barcelos recebeu a AD Valongo, vencendo por 7-6.
Na primeira volta recorde-se o Valongo venceu por 3-2.

Depois de uma fase equilibrada e de estudo mutuo, o OC Barcelos assumiu as despesas do encontro e inaugurou o marcador aos 8' por Rui Silva.
Volvidos dois minutos Pedro Silva aumentou para 2-0.
Dominando por completo os barcelenses podiam ter ampliado a vantagem por duas vezes mas Afonso Lima desperdiçou dois livres direto.
Em cima do apito da mesa Zé Pedro num remate de meia distancia surpreendeu o guarda redes do Barcelos reduzindo para 2-1.
A segunda parte jogada nos minutos iniciais a grande velocidade foi um festival de golos falhados e concretizados.
Com apenas 6' ja o marcador registava 5-3 a favor do OC Barcelos com golos de Serafim Silva e Pedro Silva dois, um de grande penalidade com o Valongo a marcar por duas vezes por Pedro Pacheco.
Aos 9' o Valongo beneficiou de um livre direto pela décima falta minhota mas Luís Melo não conseguiu superar Miguel Silva.
Seguiu-se um período em que o OC Barcelos a jogar com mais um jogador por duas vezes não conseguiu aproveitar essa vantagem para marcar
Ate que aos 16' Serafim Silva de grande penalidade aumentou para 6-3, mas Luís Melo no minuto seguinte fez o 6-4.
Com o OC Barcelos a desperdiçar oportunidades atrás de oportunidades para marcar, acabou por ser o Valongo aos 22' a fazer o 6-5 por Luís Melo na recarga a uma grande penalidade.
Aos 23' o Barcelos voltou a marcar por Afonso Lima de grande penalidade com Tozé a encurtar para 7-6 .
O Valongo podia ter empatado com o marcador já a zero mas Miguel Silva defendeu o livre direto de Pedro Pacheco evitando assim a divisão do resultado.


II DIVISÃO - Famalicense volta a perder com o CH Carvalhos


Depois de se terem encontrado para a Taça de Portugal em Janeiro, Famalicense e CH Carvalhos mediram forças novamente em Famalicão mas para o nacional da segunda divisão, zona norte.
A vitoria sorriu uma vez mais à equipa dos arredores do Porto, agora pela diferença mínima, 4-3, com os minhotos a não conseguirem repetir o triunfo da 1ª volta fora por 3-1.
O CH Carvalhos marcou primeiro por Rui Vidal aos 10', mas André Barbosa de livre direto igualou aos 15'.
Recorde-se que a turma minhota não contou com o lesionado César Carvalho "Chumbinho".
Ainda na primeira parte Rui Vidal podia ter levado a sua equipa em vantagem para os balneários mas desperdiçou uma grande penalidade.
Na segunda parte aos 8' de livre direto por João Almeida colocou o CH Carvalhos a vencer.
Respondeu na mesma "moeda" o Famalicense por André Barbosa aos 13'.
A igualdade foi desfeita com dois tentos de João Almeida com Gabi Silva a reduzir no ultimo minuto, fazendo assim o resultado final em 4-3 a favor do CH Carvalhos.
Apesar da derrota o Famalicense mantêm o sexto lugar com vinte e oito pontos, deslocando na próxima ronda ao vizinho Riba d'Ave dia 2 de abril.
Por parte do CH Carvalhos tranquilo na classificação, quinto classificado recebe o líder a AA Espinho.

3.20.2016

INTER REGIÕES - Rodrigo Martins feliz pela presença no cinco ideal


A seleção da AP Minho terminou na terceira posição do 40º Torneio Inter Regiões e colocou um dos seus atletas no cinco ideal da prova e foi o melhor marcador da prova com onze tentos
O jogador do HC Braga ao Hoquei Minhoto, manifestou o seu agrado pela presença no cinco ideal

" A AP Minho veio aos Açores com o objectivo de chegar às meias finais. Foi isso que conseguimos . Depois tudo fizemos para chegar à final mas não foi possível. No jogo para o terceiro lugar contra a AP Leiria encaramos com grande atitude porque queríamos ficar no terceiro lugar 
A nível individual foi muito positivo, mas tudo graças aos meus colegas que ajudaram e muito em ser o melhor marcador e estar no cinco ideal. Partilho com eles estes dois prémios"


INTER REGIÕES - Minhoto Diogo Abreu vence pela AP Porto


O atleta minhoto Diogo Abreu conquistou o Inter Regiões ao serviço da AP Porto.
Diogo Abreu foi formado no Riba d'Ave, tendo jogado sempre em Riba d'Ave ate ao seu primeiro ano de iniciados, saindo esta temporada para a AD Valongo.
Na anterior edição do Inter Regiões foi um dos eleitos para o cinco ideal pela AP Minho.

Ao Hoquei Minhoto transmitiu a sua alegria
" Estou muito feliz pela conquista. Foi uma prova muito competitiva com equipas muito equilibradas.

O nosso objectivo era fazer o melhor e o melhor foi ganhar. 

Adorei o convívio com todos os jogadores de todas as selecções. 

Quero dedicar este titulo a toda a minha família, aos meus colegas da AP Porto, não esquecendo claro o meu clube atual o Valongo e principalmente as minhas raízes minhotas, à AP Minho  e ao clube que me formou o Riba d'Ave"





Minhoto Rodrigo Martins no cinco ideal do 40º Torneio Inter Regiões


Parabéns Rodrigo Martins

III Divisão - ADJ Vila Praia aumenta diferença pontual para o 2º


O líder da terceira divisão, zona norte, a ADJ Vila Praia deslocou-se ao Infante Sagres B e venceu por 3-1. 
Este resultado permitiu aumentar a diferença para o segundo classificado, o Gulpilhares que empatou fora em Paço de Rei a seis bolas.
A subida directa pode ficar praticamente definida na próxima jornada, sexta feira dia 25 de março com a ADJ Vila Praia a receber o Gulpilhares.

A primeira parte apesar de algum ascendente minhoto o resultado chegou ao descanso sem qualquer golo.
No segundo tempo o Infante surpreendeu adiantando-se no marcador por Pedro Félix aos 7'.
A ADJ Vila Praia procurou o empate que surgiu aos 13' de grande penalidade por Eduardo Amorim e deu a volta ao marcador aos 22' por César Pinheiro.
Em cima do apito final Duda fez o 3-1 com que terminou o jogo.
Com nove jornadas por disputar e nove pontos de avançam para o segundo e quinze para os terceiros HC Fão e Marítimo ( - 2 jogos ) o Vila Praia pode festejar em breve a subida à segunda divisão.


40º INTER REGIÕES - AP Minho em 3º lugar . AP Porto vencedora


A AP Porto conquistou o 40º Torneio Inter Regiões que se realizou no Açores após vencer a AP Lisboa no desempate das grandes penalidades por 7-6.
No tempo regulamentar e prolongamento registava-se uma igualdade a três golos.

Em relação à AP Minho obteve o terceiro lugar depois de derrotar a AP Leiria por 4-2 num jogo também decidido nas grandes penalidades.
Depois de uma primeira parte sem golos, foram os leirienses a abrir o marcador Lucas Santos logo aos 2' do segundo tempo.
A igualdade surgiu no minuto seguinte através de Francisco Soares, mas de grande penalidade a AP Leiria voltou a ganhar vantagem por Igor Marques.
No entanto a AP Minho acreditou e voltou a empatar por Rodrigo Martins de grande penalidade.
O prolongamento foi cauteloso levando a decisão para os penaltis. 
No entanto a grande situação no tempo extra pertenceu à AP Leiria de livre direto.
Neste capitulo a finalização foi melhor para a AP Minho que marcou por duas vezes por Rodrigo Martins e Diogo Silva.
Destaque para o guarda redes minhoto Pedro Cruz que esteve impecável na baliza defendendo as quatro grandes penalidades

APOIO. EQUIPA DO SITE HOQUEIPATINS.PT





II Divisão - Cartaipense empata com Infante Sagres


Não foi a vitoria que desejava, mas foi um empate e um ponto que o Cartaipense alcançou diante o Infante Sagres que lhe permite sair da zona de despromoção agora com vinte pontos.
Diante o Infante Sagres que está a fazer um campeonato aquém das expectativas traçadas no inicio da época de andar nos lugares cimeiros, o Cartaipense chegou ao intervalo a perder por 1-0.
Na segunda parte a turma minhota deu a volta ao resultado com golos de Tiago Barbosa e Berto Martinho, mas na parte final acabou por permitir o empate ao Infante Sagres.
O Cartaipense parte para a próxima jornada onde joga em Valença com vinte pontos, os mesmos que Juventude Pacense e Lavra, equipas em posição de descida. 
Prevê-se assim uma luta a três por apenas um lugar de permanência, onde o CD Povoa com vinte e quatro não pode estar descansado.

II Divisão - OC Barcelos B foge da zona de descida


Importante foi o triunfo obteve a equipa do OC Barcelos B no reduto do ultimo classificado por 3-2 na luta pela manutenção no nacional da segunda divisão, zona norte.
Após a conclusão da 20ª jornada a jovem equipa minhota dispõem de sete pontos de vantagem sobre o primeiro clube em zona de descida, a Juventude Pacense.
Para o Cucujães a derrota e com apenas sete pontos no fundo da tabela, a manutenção é cada vez mais uma missão quase impossível quando estão ainda em disputa dezoito pontos e tem de diferença treze para o Cartaipense, clube acima da zona de descida.
Os golos do encontro foram de Pedro Silva dois e  Rui Silva para o OC Barcelos B e para o Cucujães bisou Miguel Oliveira.
Para a próxima o OC Barcelos B recebe o HC Marco que tem os mesmos vinte e sete pontos enquanto que o Cucujães joga no Infante Sagres

FOTO: FRANK ARAUJO

OC Barcelos realiza Final Four da Taça Cers


O OC Barcelos vai organizar a final four da Taça Cers.

A proposta minhota foi a mais vantajosa pelo que o Minho e Barcelos voltam a receber mais um importante evento europeu da modalidade
Para a sua realização Sporting CP e Vilafranca também concorreram mas a proposta minhota foi a melhor.

Jogos
dia 30 de abril
Sporting CP - Vilafranca
OC Barcelos - Matera

dia 1 de maio
final

II Divisão - Riba d'Ave salta para o 2º lugar



Graças ao triunfo em Paços de Ferreira diante a Juventude Pacense por 5-4 e beneficiando da derrota do Valença HC em Espinho, o Riba d'Ave ocupa agora a segunda posição do nacional da segunda divisão, zona norte a dois pontos do primeiro classificado.
O jogo para os minhotos não foi fácil diante uma equipa que luta pela manutenção.
De forma emotiva a marcha do marcador foi uma constante com a Juventude Pacense a abrir o marcador mas antes do intervalo o Riba d'Ave deu a volta e chegou ao 3-1 com golos de Raul Meca dois e um de Bruno Serôdio.
Na segunda parte a formação local reagiu e deu nova reviravolta no marcador passando a vencer por 4-3 a quinze minutos do fim.
Como se diz " não há duas sem três ", o Riba d'Ave operou mais uma cambalhota, desta vez decisiva para a obtenção dos três pontos com tentos, dois de Nuno Micoli e um cada de Vitor Hugo e Bruno Serôdio.
Com o preciso triunfo o Riba d'Ave sobe ao segundo lugar com quarenta e quatro pontos, a dois do líder a AA Espinho e mais um que o terceiro o Valença HC.
Para a próximo ronda, derbi minhoto à moda de Famalicão nas Tílias com o Riba d'Ave a receber o vizinho Famalicense.

INTER REGIÕES - AP Minho joga para o bronze com a AP Leiria



A seleção da AP Minho vai disputar o terceiro lugar do 40º Inter Regiões com a AP Leiria, após ter perdido a meia final com a AP Lisboa por 5-2.
Na outra meia final a AP Porto derrotou a AP Leiria por 3-0.

Em relação ao jogo da meia final da AP Minho jogou bem, especialmente na primeira parte onde abriu o marcador por Rodrigo Martins.
A fortíssima formação de Lisboa antes do descanso empatou por Afonso Severino.
Com a igualdade a segunda parte foi mais emotiva com os minhotos a ganharem de novo vantagem aos 9' por Afonso Ferreira.
Mas a pressão lisboeta acentuou-se e num espaço de dois minutos passou a vencer por 4-2.
Tentou a AP Minho reduzir mas foi a AP Lisboa a estabelecer o resultado final em 5-2.

Sendo assim Minho e Leiria discutem o bronze às 17.15H, enquanto Porto e Lisboa medem forças pelo titulo com inicio às 18.30H de Portugal continental.

APOIO: EQUIPA DO SITE HOQUEIPATINS.PT


INTER REGIÕES - AP Minho defronta AP Lisboa nas meias finais



Graças ao triunfo por 6-0 sobre a AP Aveiro, o primeiro lugar do grupo A ficou por conta da AP Minho que assim segue para as meias finais em conjunto com a AP Leiria.
As meias finais estão assim escaladas com a AP Minho a jogar com a AP Lisboa às 10.30h e a AP Porto com a AP Leiria às 11.30h, hora de Portugal continental

Numa excelente exibição a turma de Pedro Mendes a quem o empate bastava não arriscou jogar para isso e ao intervalo vencia por 2-0 com dois golos de Rodrigo Martins.
Na segunda parte com apenas três minutos cumpridos e os minhotos ampliavam para 4-0 graças a Fábio Ramos e Rodrigo Martins.
Tentou reagir a AP Aveiro mas o guarda redes Manuel Silva mostrou-se intransponível ao defender duas grandes penalidades.
Na ponta final mais dois golos minhotos por Rodrigo Martins e Diogo Silva, este de livre direto.


APOIO: EQUIPA DO SITE HOQUEIPATINS.PT



3.19.2016

II Divisão - AA Espinho foge ao Valença HC na luta pelo 1º lugar





Perante uma grande moldura humana graças aos cerca de setenta adeptos do Valença no pavilhão da Associação Académica de Espinho, defrontaram-se os dois primeiros classificados da segunda divisão. zona norte.
A vitoria sorriu ao conjunto da casa por 6-4 que assim aplicou também a primeira derrota dos minhotos no nacional.

Desde cedo se percebeu que ambas as equipas estavam dispostas a lutar pela vitoria.
A primeira situação de golo pertenceu à equipa da casa numa grande penalidade mas Pedro Silva permitiu a defesa do guarda redes do Valença, Paulo Matos.
O marcador sofreu a primeira alteração aos 10' e para o Valença num remate de Miguel Fernandes.
Ate ao intervalo a AA Espinho tentou especialmente de meia distancia o empate mas sem êxito.
A recolha aos balneários fez bem às duas equipas especialmente à turma da casa que entrou a pressionar bastante.
No entanto foi do Valença a ter a hipótese de fazer o segundo golo mas Zé Braga aos 5' falhou um livre direto pela décima falta da equipa local.
Na resposta a AA Espinho empatou por Bruno Fernandes, tento que galvanizou e muito as hostes de Espinho.
Aos 9' reviravolta no marcador por Frederico Saraiva de livre direto. 
Embalados Frederico Saraiva fez o 3-1 segundos depois.
Não tremeu o Valença que aos 11' reduziu por Diogo Sá animando ainda mais o jogo.
A igualdade surgiu aos 14' por Zé Braga numa altura em que a equipa da casa jogava com menos um elemento por azul mostrado a André Pinto.
A disposição de ganhar continua a ser dominante para as duas equipas, pelo que aos 17' o Espinho voltou para a frente do marcador por Pedro Silva de grande penalidade.
Logo a seguir Zé Braga podia ter feito o empate mas desperdiçou um livre direto a Tibério Carvalho.
Seria mesmo o Espinho com menos um jogador a ampliar para 5-3 por Frederico Saraiva.
Respondeu o Valença com Zé Braga a reduzir aos 20' para 5-4 com Frederico Saraiva a imitar o avançado minhoto colocando o marcador em 6-4.
Aos 23' Zé Braga voltou a desperdiçar um livre direto por azul a Frederico Saraiva.


Com este resultado a AA Espinho afasta-se do Valença HC na luta pelo primeiro lugar,  somando agora mais três pontos e ganha vantagem no confronto direto em caso de empate.


INTER REGIÕES - AP Minho e AP Aveiro discutem passagem às meias finais



Com o triunfo da AP Minho sobre a RA Açores por 16-0 e o empate a duas bolas entre a AP Leiria e a AP Ribatejo, o acesso às meias finais de um dos dois lugares vai ser decidido entre minhotos e aveirenses.
A formação da AP Leiria já está apurada visto somar oito pontos.
Por isso o duelo entre a AP Minho e a AP Aveiro vai ser emotivo, onde aos minhotos o empate serve para passarem às meias finais.
Por parte da AP Aveiro só o triunfo garante o acesso às meias finais.


Quanto aos jogos a AP Minho não teve dificuldades em vencer a RA Açores com tentos de João Fernando cinco, de Rodrigo Martins quatro, Diogo Silva três e um de Carlos Pinto, João Ferro, Afonso Ferreira e Francisco Soares.
Em relação ao desafio entre a AP Leiria e a AP Ribatejo, valeu o golo dos leirienses a escassos segundos do final através de Ricardo Fernandes para garantir o apuramento para as meias finais.
Sendo assim mais logo às 20h a AP Minho basta empatar enquanto que Aveiro tem de ganhar para umas das equipas seguir para as meias finais.

APOIO: EQUIPA DO SITE HOQUEIPATINS.PT



3.18.2016

INTER REGIÕES - AP Porto e AP Lisboa apurados para as meias finais.


A fechar o segundo dia do 40º Torneio Inter Regiões, a AP Lisboa derrotou a AP Coimbra por 4-1 referente ao Grupo B.
Neste jogo foi a formação de Coimbra a primeira a marcar por Tiago Amaral mas ate ao intervalo, Lisboa deu a volta ate ao 3-1 com tentos de Miguel Fortunato, Paulo Dias e Gustavo Pato.
Na segunda parte a AP Lisboa confirmou o triunfo com o 4-1 através de Duarte Rodrigues.
O resultado podia ter sido diferente mas Lisboa falhou uma grande penalidade e Coimbra um livre direto.

No ultimo jogo a AP Porto mediu forças com a AP Ribatejo sentido inúmeras dificuldades para vencer por 2-0, com golos apenas na segunda metade
Num grande jogo o intervalo chegou empatado sem golos.
Para a segunda parte a AP Porto pressionou e o "minhoto" Diogo Abreu aos 4' abriu o marcador.
O mesmo atleta aos 6' podia ter aumentado mas desperdiçou um livre direto por cartão azul mostrado a Afonso Silva da AP Ribatejo.
O resultado final foi obtido no ultimo minuto com o 2-0 para a AP Porto por João Pereira, tendo a AP Ribatejo desperdiçado nos últimos segundos um livre direto por azul ao guarda redes Juan Edo.

Para este sabado ao inicio da tarde jogam AP Coimbra contra a AP Setúbal enquanto que a AP Lisboa defronta a AP Ribatejo, folgando a AP Porto.
À noite encontram-se AP Setúbal e AP Ribatejo para depois Lisboa e Porto decidirem o primeiro lugar do grupo


APOIO: EQUIPA DO SITE HOQUEIPATINS.PT



INTER REGIÕES - AP Minho empata com AP Leiria



No segundo jogo do 40º Torneio Inter Regiões nos Açores a AP Minho empatou a uma bola com a sua congénere de Leiria.
Depois de vencer a AP Alentejo por 7-0, os pupilos de Pedro Mendes foram surpreendidos ou não pela AP Leiria que já tinha ganho à seleção de Aveiro.
Ao intervalo a AP Leiria vencia com o golo de Daniel Passos, tendo a AP Minho desperdiçado uma grande penalidade por Fábio Ramos.
A perder os minhotos acreditaram e chegaram ao empate de grande penalidade por Rodrigo Martins.
Antes Daniel Passou obrigou a brilhar Manuel Silva guarda redes da AP Minho após este ter defendido um livre direto.
Com esta igualdade a AP Minho parte para as duas ultimas rondas com quatro pontos, atrás da AP Leiria com sete e AP Aveiro com seis.
Este sábado a AP Minho joga às 12h com a RA Açores e às 20h muito possivelmente vai discutir a passagem às meias finais com a AP Aveiro.
Nos outros jogos a AP Leiria joga com a AP Alentejo e ao inicio da noite a RA Açores joga com a AP Alentejo.

Classificação atual
1º AP Leiria 7p
2º AP Aveiro 6p
3º AP Minho 4p ( -1 jogo )
4º AP Alentejo 0p  ( - 1 jogo )
5º RA Açores 0p ( -1 jogo )

APOIO: EQUIPA DO SITE HOQUEIPATINS.PT




INTER REGIÕES - AP Porto e AP Lisboa vencem


Na segunda jornada do grupo B, as selecções favoritas cumpriram vencendo os seus jogos.
Mais complicado foi a vitoria da AP Porto sobre a AP Coimbra pela diferença mínima, 3-2.
Os portistas após estarem a vencer por 3-0, relaxaram na segunda parte permitindo que a formação de Coimbra fosse reduzindo o marcador.
Em relação à AP Lisboa o triunfo sobre a AP Setúbal foi mais descansado por 7-0.
Ao intervalo os lisboeta venciam por 3-0.
Ainda esta sexta feira no grupo B, a AP Lisboa defronta a AP Coimbra e a AP Porto joga com a AP Ribatejo, folgando a AP Setúbal.

APOIO: EQUIPA DO SITE HOQUEIPATINS.PT




INTER REGIÕES - AP MINHO entra a ganhar na prova.

                                 MINHOTOS VENCEM ALENTEJANOS

A Selecção da AP Minho começou da melhor forma a sua participação no 40º Torneio Inter Regiões nos Açores derrotando a AP Alentejo por 7-0, com destaque para quatro golos de Fábio Ramos.
Sempre a dominar o jogo , Fábio Ramos abriu o marcador ao 4', para ainda na primeira parte fazer o segundo aos 13'.
Antes a AP Alentejo podia ter reduzido mas o guarda redes minhoto, Manuel Silva defendeu uma grande penalidade.

Na segunda parte ainda no primeiro minuto Diogo Silva aumentou para 3-0 para a seguir de grande penalidade Fábio Ramos ampliar para 4-0.
Sem abrandar os minhotos ainda fizeram mais três golos por Diogo Silva a bisar e João Fernando.
No outro jogo do grupo a AP Leiria derrotou a AP Aveiro por 2-0.
Mais logo às 19h ( portugal continental ), a AP Minho defronta a AP Leiria e a AP Aveiro mede forças com a RA Açores.

APOIO: EQUIPA DO SITE HOQUEIPATINS.PT