HÓQUEI MINHOTO

HÓQUEI MINHOTO
HÓQUEI MINHOTO

11.30.2013

I D - OC Barcelos vence CH Carvalhos por 5-2


Na recepção ao ultimo classificado, o OC Barcelos venceu o CH Carvalhos por 5-2, somando a primeira vitoria em casa e a sua segunda na prova.
O triunfo começou cedo a desenhar-se quando aos 2' Luís Querido inaugurou o marcador de grande penalidade.
Sempre com maior posse de bola  mesmo sem grande velocidade os barcelenses ampliaram para 2-0 aos 10' por Zé Pedro.
A partida entrou numa fase menos interessante com as duas equipas a falharem muitos passes e sem grande ideias no ataque pelo que ate ao intervalo o resultado manteve-se inalterável.
Na segunda parte os Carvalhos entraram mais atrevidos e depois de várias ameaças chegaram ao golo aos 6' por Rúben Sousa.
Os barcelenses sentiram o golo e enervaram-se permitindo que os visitantes colocassem em sentido a defesa minhota, valendo Ricardo Silva a evitar males piores.
Numa recuperação de bola a meio ringue aos 13' de João Candeias, este combinou com Luís Querido fazendo o 3-1.
Logo a seguir os Carvalhos podiam ter reduzido mas Ricardo Silva não deixou que Rúben Sousa concretiza-se um livre direto na décima falta da equipa barcelense. Em igual situação aos 15' Zé Pedro não perdoou fazendo o 4-1.
Os Carvalhos "abanaram" um pouco sendo com naturalidade que Pedro Mendes aumenta-se aos 17' para 5-1
Com o jogo praticamente decidido as faltas começaram a surgir e numa dessa a décima quinta, o CH Carvalhos fez o 5-2 por João Guimarães.
Ate ao fim os visitantes nunca baixaram os braços obrigando Ricardo Silva a trabalho eficaz.
No ultimo minuto os Carvalhos fizeram a décima quinta falta, tendo João Candeias desperdiçado de forma atabalhoada.
Com o triunfo os minhotos somam agora sete pontos e na próxima ronda jogam em Turquel. O CH Carvalhos continua na ultima posição sem pontos recebendo na sete jornada o Candelária.

Pavilhão Municipal de Barcelos
Árbitros: Vítor Roxo e Manuel Oliveira
Ao intervalo: 2-0
Faltas OCB 17 CHC 15

OC Barcelos 5
Ricardo Silva, Luís Querido, Zé Pedro, João Candeias e Hugo Costa
Jogaram ainda: João Marques, Pedro Mendes
Treinador: Paulo Freitas

CH Carvalhos  2
Mário Mata, João Guimarães, Gustavo Vidal, Bruno Pinto e Rui Vidal
Jogaram ainda: Rúben Sousa, André Matos, Sebastião Sousa
Treinador: Rui Silva

II Divisão - Lider Sanjoanense vence Cartaipense por 5-3



Na recepção ao líder da prova, o Cartaipense não conseguiu contrariar a forte equipa da Sanjoanense perdendo por 5-3, apesar de ter feito tudo para pontuar. A finalização minhota podia ter sido melhor na parte final do encontro, onde dois livres directos podiam ter dado o empate
A vantagem de quatro golos sem resposta em tempo de intervalo diz tudo perante as dificuldades encontradas pelos minhotos na primeira parte.
O triunfo da Sanjoanense começou aos 9' com João Oliveira a fazer o 1-0. Antes do descanso um bis de Tiago Ferraz e um tento de Alfredo Nogueira davam a tranquilidade necessário à turma de São João da Madeira.
Na etapa final, a meio desta, Alfredo Nogueira fez o 5-0, mas o Cartaipense reduziu para 3-5 com tentos de  Bruno Carvalho, Luís Martins e Diogo Sá, animando assim o jogo a seis minutos do fim.
Nesse período de tempo a Sanjoanense podia ter elevado mas falhou um livre direto, como o Cartaipense podia ter empatado mas Diogo Sá desperdiçou dois livre directos.
A vitoria da Sanjoanense permite manter-se na frente da prova. O Cartaipense baixou para a 14ª posição com sete pontos mas tem dois jogos por realizar,.
Na próxima jornada a Sanjoanense recebe o Fanzeres. O Cartaipense joga em Lavra

foto: DR

II Divisão - Famalicense derrotado no Infante Sagres por 5-4


A turma de Fernando Almeida vendeu "cara" a derrota sofrida no Infante Sagres por 5-4, principalmente pela excelente exibição produzida no segundo tempo.
Os minhotos deram ao Infante uma vantagem de três golos ainda na primeira parte com dezasseis minutos decorridos. Apesar disso reagiram antes do intervalo para a diferença mínima com golos de André Ferreira e João Pinheiro de livre direto.
Moralizados com a recuperação o Famalicense chegou ao empate aos aos 5' do segundo tempo por Pedro Pinto.
Aos 12' Renato Castanheira voltou a dar vantagem ao Infante, mas João Pinheiro aos 13' igualou de novo o encontro e novamente de livre direto.
O triunfo do Infante Sagres apareceu a dois minutos do fim por intermedio de António Cruz, numa altura em que a turma minhota jogava com menos um jogador
Uma derrota imerecida dos minhotos que tudo fizeram para pontuar . A sorte esteve do lado do Infante Sagres que mesmo a jogar em casa só nos instantes finais garantiu a vitoria.
Acrescente-se que o Famalicense neste jogo com o Infante não contou com os serviços dos irmão João Sousa e Francisco Sousa que deixaram o clube por motivos profissionais.

I Divisão - HC Braga perde em casa com o Turquel por 3-2



Depois de conquistar a sua primeira vitoria na prova na passada quarta feira nos Carvalhos, o HC Braga recebeu nas Goladas o HC Turquel perdendo por 3-2.
Um encontro animado especialmente na segunda parte, altura em que apareceram os golos com a turma de Turquel a inaugurar o marcador aos 9' por Vasco Luís. Volvidos três minutos surgiu o empate por intermedio de Frederico Saraiva.
Os golos animaram a partida com os dois guarda redes a evidenciarem-se com grandes defesas. Também as faltas aumentaram pelo que aos 16' a equipa do Turquel cometeu a décima infracção que foi aproveitada de livre direto pelo HC Braga para dar a volta ao marcador por Frederico Saraiva. Durou pouco a vantagem com o Turquel a igualar por Vasco Luís. Logo a seguir o HC Braga podia ter ganho de novo vantagem mas Ricardo Ramos falhou uma grande penalidade. Quem aproveitou para marcar foi Tiago Rafael aos 23'. Segundos depois o HC Braga foi castigado com um livre direto que foi defendido por Guilherme Silva.
Até ao fim os minhotos arriscaram na procura do empate jogando sem guarda redes mas o Turquel segurou o triunfo.
Ao fim de seis jornadas o HC Braga soma apenas três pontos deslocando-se na próxima ronda a Viana do castelo para o derby minhoto com a Juventude de Viana.
Em relação ao HC Turquel o triunfo permite somar agora sete pontos, jogando na próxima jornada em casa com outra equipa do Minho, o OC Barcelos.

11.28.2013

Árbitros e jogos para as equipas do Minho ( 30/11/2013 a 1/12/2013 )



Salvo alteração de ultima hora os jogos e árbitros das equipas do Minho são os seguinte para sábado dia 30 de Novembro e domingo dia 1 de Dezembro.

Sábado dia 30 de Novembro

I Divisão
17.00h HC Braga - HC Turquel - João Rodrigues e Florindo Cardoso do Minho
21.30h OC Barcelos - CH Carvalhos - Vítor Roxo de Leiria e Manuel Oliveira de Aveiro

II Divisão
16.30h Infante Sagres - Famalicense - António Santos e Paulo Almeida de Aveiro
18.00h Cartaipense - AD Sanjoanense - José Pinto e Joaquim Pinto do Porto
18.00h Riba d'Ave - Lavra - Paulo Rainha e Cláudia Rego do Minho

Domingo dia 1 de Dezembro

I Divisão
15.00h AD Valongo - Juv Viana - Joaquim Pinto e José Pinto do Porto

III Divisão
17.45h Académico - Valença HC - Domingos Carvalho do Porto
19.30h HC Fão - Vila Boa Bispo - Rui Torres do Minho
CCD Ancorense folga na jornada


Juventude de Viana goleada em casa pelo FC Porto por 8-1



Depois do inicio de prova onde conquistou três vitorias seguidas, a Juventude de Viana sofreu a sua segunda derrota "gorda" com o FC Porto por 8-1 depois da visita ao Benfica onde perdeu por 10-4.
Frente ao campeão nacional os vianenses que uma vez mais sem o contributo de João Pinto e André Centeno que estão em Angola a disputar o campeonato angola não encontraram argumentos para surpreender o seu adversário.
O FC Porto marcou logo no inicio dois golos por Caio e Pedro Moreira. A Juventude ainda reduziu por Luís Viana, mas ate ao descanso os portista fizeram mais dois golos por Pedro Moreira e Vítor Hugo.
Na segunda parte os minhotos tentaram mas quem acabou por dilatar o resultado foi o FC Porto com mais dois golos de Vítor Hugo e um cada de Pedro Moreira e Ricardo Barreiros.
A Juventude de Viana lutou com as armas que tem neste momento perante um FC Porto muito forte mesmo sem o lesionado Reinaldo Ventura.
Os reforços angolanos estão fora ao abrigo do protocolo com Angola e só devem regressar em principio no fim deste ano para assim reforçarem de Pedro Sampaio.
A derrota fez com que os vianenses descessem para o sétimo lugar. Com o triunfo o FC Porto lidera em igualdade pontual com a AD Valongo ambos com o pleno, cinco jogos, cinco vitorias, quinze pontos.
Na próxima jornada a Juventude de Viana joga em Valongo dia 1 de Dezembro. O FC Porto recebe o Sp. Tomar

foto: José Domingos Ribeiro

11.27.2013

HC Braga conquista primeira vitória vencendo nos Carvalhos por 3-2



Na deslocação ao ringue sempre complicado dos Carvalhos o HC Braga somou o seu primeiro triunfo, consequente os primeiros pontos no campeonato após superar os locais por 3-2.
O capitão Luís Filipe deu o "mote" para a vitoria inaugurando o marcador logo aos três minutos. Marcou ao inicio e ao fim da primeira parte desta vez por Rodrigo Sousa fazendo o 2-0.
Na segunda parte o CH Carvalhos entrou no jogo reduzindo aos 6' por Rúben Sousa de grande penalidade.
Volvidos dois minutos Ricardo Piolho colocou de novo o HC Braga com uma vantagem de dois golos.
A meio da etapa final Rui Vidal marcou o 2-3 trazendo enorme emoção ao resto do encontro.
Os minhotos podiam ter resolvido mais cedo o jogo a seu favor quando a quatro minutos do fim Frederico Saraiva desperdiçou um livre direto que daria nova vantagem de dois golos.
Até ao fim o HC Braga soube suster a avalanche de remates da turma da casa, conseguindo assim a sua primeira vitoria na prova.
O triunfo coloca os bracarense no 13º lugar enquanto que o CH Carvalhos ocupa a ultima posição.
Na próxima ronda O HC Braga recebe o Turquel e o CH Carvalhos joga em Barcelos.

foto: facebook do HC Braga

OC Barcelos empata a dois com o Candelária




Noite muito fria em Barcelos com pouco mais de duzentas pessoas a assistir ao duelo de equipas europeias.
Numa partida equilibrada a iniciativa de jogo pertenceu aos minhotos enquanto que os açorianos espreitavam o contra ataque.
O primeiro golo surgiu aos 13' e para o Barcelos apontado por Zé Pedro de livre direto a castigar cartão azul a  Mauro Fernandez. A vantagem durou meio minuto porque na resposta Tiago Resende empatou.
Estes golos animaram um pouco o jogo com as situações de perigo a surgirem junto de ambas as balizas, valendo a boa exibição dos dois guarda redes, especialmente João Miguel que fechava a sete chaves mesmo de livre direto como aconteceu aos 23' defendendo o remate de Zé Pedro. O OC Barcelos a jogar com mais um elemento não conseguiu aproveitar devido a cartão azul exibido a Pedro Afonso.
Na segunda parte o ritmo de jogo foi mais vivo mas o marcador só funcionou aos 19' e para o Candelária por intermedio de Mauro Fernandez de grande penalidade.
Logo a seguir Alan Fernandez isolado permitiu a defesa a Ricardo Silva. Na resposta aos 20', Zé Pedro em jogada individual igualou de novo o encontro.
Os minutos finais foram bastante animados com as duas equipas a procurarem o tento da vitória. O Candelária teve esse tento na ponta do stick de Mauro Fernandes a dois segundos do fim, mas Ricardo Silva defendeu a grande penalidade do jogador açoriano.

Pavilhão Municipal de Barcelos
Árbitros: Cristiano Jardim e Júlio Teixeira do Minho
ao intervalo : 1-1
Cartões azuis: Pedro Afonso, Mauro Fernandez

OC Barcelos 2
Ricardo Silva, Luís Querido, Zé Pedro, Hugo Costa e Pedro Mendes.
jogaram ainda: João Candeias e João Marques
Treinador: Paulo Freitas

Candelária 2
João Miguel, Tiago Resende, Pedro Afonso, Miguel Dantas e Mauro Fernandez
Jogaram ainda: Alan Fernandez
Treinador: Luís Garcia

11.26.2013

Cartaipense não considera encerrado o assunto sobre o policiamento...


O clube minhoto não deixa cair o assunto sobre o policiamento e mostra em carta aberta toda a situação com toda a troca de documentação entre as partes intervenientes


CAR TAIPENSE NÃO DÁ O ASSUNTO POR ENCERRADO
"AS ILEGALIDADES CONTINUAM...!!!"
CARTA ABERTA COMO NOVO ELEMENTO DE
RECLAMAÇÃO NO PROCESSO "POLICIAMENTO"

Ao abrigo da Lei da Imprensa, nomeadamente dos seus Artigos 1º, 2º, 3º e 4º (do Capítulo I)
 e 9º (do Capítulo III) , e a pedido da entidade acima designada como CART - Centro de
Actividades Recreativas Taipense, o hoqueipatins.pt publica um histórico de ocorrências,
seguido da abaixo "Carta Aberta" e finalmente de alguns documentos do processo.

Clica no link

http://hoqueipatins.pt/2013-14/act_nacional/policiamento_2013-14_2.htm

I Divisão - Equipas minhotas acertam calendário da 5ª jornada esta quarta feira


As equipas minhotas do OC Barcelos e HC Braga jogam esta quarta feira a quinta jornada do nacional da primeira divisão após os compromissos positivos na Taça Cers. Também a Juventude de Viana joga recebendo o campeão nacional o FC Porto.
Em Barcelos encontram-se duas equipas que tiveram destinos diferentes na competição europeia. Até podiam defrontar-se na próxima eliminatória mas os açorianos foram eliminados pelo Breganze de Itália que vai ser adversário dos barcelenses.
Na prova nacional o OC Barcelos soma apenas uma vitória que foi conquistada na anterior jornada no reduto do vizinho de Braga.
Em relação ao Candelária soma nove pontos tendo apenas perdido em Valongo.
No quer diz respeito ao HC Braga ainda não somou qualquer ponto e jogo no ringue sempre complicado dos Carvalhos que também estão a zero de pontos.
Por fim tarefa mais difícil tem a Juventude de Viana que recebe um dos lideres da prova o FC Porto.
A turma de Viana do Castelo soma apenas uma derrota na deslocação ao Benfica.
Para alem das equipas do Minho, a Oliveirernse joga em Cambra e o Benfica em Tomar

Árbitros e jogos

21.00h Juventude de Viana - FC Porto - Porfirio Fernandes e Paulo Santos do Porto
21.00h CH Carvalhos - HC Braga - Nuno Sequeira e Jerónimo Moura do Porto
21.00h OC Barcelos - Candelária - António Teixeira e Cristiano Jardim do Minho
21.00h HA Cambra - UD Oliveirense - Paulo Rainha e José Monteiro do Minho
21.00h Sp. Tomar - Benfica - Paulo Romão e João Duarte de Lisboa.


11.25.2013

III Divisão - "Salamandra " açoriana derrota HC Fão


HC Fão deu-se mal com os ares da Ilha Açoriana

Não foi feliz a deslocação do HC Fão à Ilha de São Miguel nos Açores onde perdeu com o HC Ponta Delgada por 6-3 em partida a contar para a terceira jornada do nacional da terceira divisão.
Os fangueiros que se apresentaram na ilha sem João Figueiredo sentiram a falta do nos lances de golo nomeadamente de livres direto e grandes penalidades. No decorrer do encontro os minhotos não aproveitaram esse tipo de lances, situação que originou e contribuiu para a derrota.
A jogar em casa os açorianos contaram com a inspiração de Miguel Salamandra que apontou cinco dos seis golos da sua equipa . Foi a segunda vitoria na prova e continuam ao fim de três jornadas sem perder somando sete pontos.
O HC Fão soma três pontos com o triunfo obtido em Penafiel. Marcaram os golos dos minhoto Nuno Mata, Pedro Mata e Rui Silva.
Na próxima ronda o HC Fão recebe um dos primeiros classificados o Vila Boa Bispo. Em relação ao HC Ponta Delgada joga em Penafiel.

11.24.2013

Resultados finais das equipas do Minho ( nacional e internacional ) 23/24 de novembro


Taça Cers
HC Braga 4 Dornbirn 1 - HC Braga defronta a seguir o Noia de Espanha
OC Barcelos 10 RHC Uri 1 - OC Barcelos defronta a seguir o Breganze de Itália

II Divisão
Sanjoanense 6 Riba d'Ave 2
Povoa 3 Famalicense 1
Paço de Rei 5 Cartaipense 5

III Divisão
HC Ponta Delgada 6 HC Fão 3
Ancorense 6 Penafiel 4
Valença 9 Boavista 3

Taça Cers - OC Barcelos apurado. Breganze de Itália é o próximo adversario


Depois de vencer na Suiça o Uri por 7-1, o OC Barcelos tornou a ganhar na recepção aos helvéticos agora por 10-1 seguindo para a próxima eliminatória onde vai defrontar o Breganze de Itália, equipa onde jogou dois jogadores bem conhecidos dos adeptos portugueses, especialmente em Barcelos casos de Sérgio Silva e o brasileiro Cláudio Filho.
Ao intervalo os minhotos venciam por 3-0 com Pedro Mendes a fazer o primeiro tempo no segundo minuto de jogo. Ate ao descanso João Candeias e Zé Pedro fizeram o resto. O resultado podia ter sido mais desnivelado se Luís Querido tivesse aproveitado duas grandes penalidades e Zé Pedro um livre direto. Valeu a boa exibição do guarda redes do Uri Ricardo Figueiredo.
Na segunda parte os cerca de setenta adeptos da equipa Suiça tiveram o seu momento de gloria com Pol Carriga a fazer o 3-1.
Com um jogo totalmente aberto o OC Barcelos foi aumentado o resultado com golos, dois de Riveros e João Marques e um de Hugo Costa, Ponce e Pedro Mendes.
Também o Uri podia ter feito mais golos mas falhou dois livres directos.
Agora a competição regressa dia 14 de Dezembro com a recepção ao Breganze de Itália.

11.23.2013

II Divisão - Famalicense perde na Povoa por 3-1

A turma de Fernando Almeida deslocou-se à Povoa de Varzim e foi derrota pela formação da casa por 3-1.
Ao intervalo o Famalicense já perdia por 1-0, tendo na segunda parte sofrido o segundo golo local logo aos 6'. Ainda acreditou num resultado positivo quando João Pinheiro aos 14' fez o 2-1.
Antes André Ferreira tinha desperdiçado um livre direto.
O Povoa só sossegou no marcador no ultimo minuto altura em que fez o 3-1 definitivo.
A equipa poveira segue com o triunfo na segunda posição com vite e um pontos. O Famalicense continua na quarta posição com quinze pontos.
Na próxima jornada o Famalicense volta a jogar fora desta vez no Infante Sagres. O Povoa desloca-se a Paços de Ferreira.

II Divisão - Riba d'Ave perde em São João da Madeira por 6-2



Na deslocação ao primeiro classificado o Riba d'Ave ainda sonhou com um resultado positivo quando aos 6' Jorge Maceda deu vantagem no marcador à sua equipa. Melhor podia ter acontecido se "Xixa" logo a seguir tivesse concretizado um livre direto.
Não aproveitaram os minhotos, o contrario aconteceu à Sanjoanense que deu a volta ao marcador com tentos de Chico Barreiras e Hugo Santos.
Reagiu o Riba d'Ave por Raul Meca empatando, mas até ao descanso seria a turma da casa a ganhar vantagem por Chico Barreira.
Na segunda parte o domínio do jogo foi da Sanjoanense perante um Riba d'Ave que cometeu diversos erros defensivos situação que foi aproveitada pela formação da casa.
O 4-2 apareceu logo aos 3' por Alfredo Nogueira, para a ameio da etapa final e a jogar com menos um jogador sofrer o 5-2 por Chico Barreira e o 6-2 por Hugo Santos.
Até ao fim os minhotos podiam ter reduzido mas Raul Meca falhou um livre direto.
Sendo assim a Sanjoanense continua na liderança agora com vinte e dois pontos. O Riba d'Ave mantêm os treze pontos.
Na próxima ronda o Riba d'Ave recebe o Lavra enquanto que a Sanjoanense viaja às Caldas das Taipas

foto: DR

Taça Cers - HC Braga vence Dornbirn por 4-1 e segue para os oitavos de final



O interesse em divulgar a modalidade é enorme.
Um jogo internacional que apenas contou com a presença informativa do Blog Hoquei Minhoto...

O HC Braga recebeu em casa emprestada, em Vila Praia de Ancora os austríacos do Dornbirn repetindo o triunfo desta por 4-1 ao contrario da goleada imposta na Áustria por 11-3

Um jogo que em nada dignificou a modalidade não por culpa nem do HC Braga nem do Dornbirn mas sim por quem manda no hóquei em patins internacional.
Pouco mais de trinta pessoas assistiram à partida, grande parte pertencendo ao clube CCD Ancorense que disputa a terceira divisão nacional.

Numa partida internacional até se permitiu por distracção dos juízes que o relógio estivesse em contagem crescente a partir dos vinte e cinco minutos tendo depois de comum acordo inserido correctamente com 20.08 como tempo oficial.
Para a turma minhota tratou-se mais de um treino do que propriamente de um jogo.
A resistência austríaca durou nove minutos altura em que Luís Filipe fez o primeiro golo. Logo a seguir Ricardo Piolho aumentou para 2-0.
O Dornbirn tentava de meia distancia marcar. o Melhor que conseguiu fazer foi enviar o esférico ao poste aos 17' por Kaul.
Antes do descanso Frederico Saraiva fixou em 3-0 o resultado.
Na segunda parte os bracarenses continuaram a ter mais posse de bola mas na baliza austríaca o espanhol Angel Mirantes e depois Andreas Kunz brilhavam.
Aos 14' o HC Braga beneficiou de um livre direto mas Ricardo Piolho falhou. A jogar com mais um jogador os minhotos viram o Dornbirn reduzir por Michael Hammerer.
A festa foi enorme para a turma austríaca que conseguiu marcar o golo e mais por se encontrar em inferioridade numérica.
Segundos depois o HC Braga fez a décima de equipa mas Dominique Kaul falhou. Nota para a distracção completa do arbitro inglês que ordenou a marcação sem que o esférico estivesse no local certo. Foi preciso o alerta do banco português para que o local fosse corrigido...
Num autentico festival de golos desperdiçados o HC Braga podia ter feito o quarto mas Miguel Vieira falhou um grande penalidade.
Esse só aconteceu aos 23' por Miguel Vieira fazendo o 4-1 final


Nota final
Com a eliminatória resolvida porque razão houve a necessidade de se trazer um arbitro inglês, muito fraco, para auxiliar a experiente juíza espanhola Teresa Martinez.
Seria preferível dois árbitros galegos que naturalmente ficavam mais baratos em termos de custos...

11.21.2013

Jogos e árbitros para as equipas do Minho ( nacional e internacional )



Salvo alterações de ultima hora os juízes e jogos das equipas do Minho são os seguintes nas provas nacionais e competições europeias

sábado dia 23 de Novembro

Taça Cers
16.00h HC Braga - Dornbirn - Bruno Sosa (Ingh)-Teresa Martinez (Sp) 
21.30h OC Barcelos - RHC Uri - Juan Prades-Joaquim Lopez (Sp) 

II Divisão zona norte

16.45 Povoa - Famalicense - Claudia Rego do Minho e Profirio Fernandes do Porto
18.00h Paço de Rei - Cartaipense - Carlos Miguel e Paulo Oliveira de Aveiro
18.00h Sanjoanense - Riba d'Ave - Orlando Panza e Domingos Carvalho do Porto

III Divisão - zona norte
20.00h HC Ponta Delgada - HC Fão - Rui Jorge de Ponta Delgada

Domingo dia 24 de Novembro

III Divisão - Zona Norte

17.00h Valença - Boavista - Paulo Rainha do Minho
18.00h Ancorense - Penafiel - João Rodrigues do Minho


11.20.2013

III Divisão - HC Fão vence em Penafiel por 7-5



João Figueiredo (na foto) apontou três golos na vitoria da sua equipa

O HC Fão cumpriu o seu jogo da primeira jornada que tinha sido adiado vencendo em Penafiel a turma local por 7-5, conquistando assim o seu primeiro triunfo na prova depois da derrota em casa frente ao Ancorense.
Os fangueiros foram os primeiros a marcar por Pedro Carvalho, mas permitiram que o Penafiel desse a volta ao resultado. Antes do intervalo João Figueiredo e Nuno Mata levaram os minhotos em vantagem para o descanso.
Na segunda parte a turma de Hugo Nora dominou o encontro, mantendo sempre a liderança no marcador com tentos de João Figueiredo dois, Pedro Carvalho, Rui Silva e Nuno Mata.
Com o triunfo o HC Fão subiu ao quinto lugar com três pontos em dois jogos enquanto que o Penafiel perdeu no único jogo realizado ate ao momento no campeonato.
Na próxima jornada o HC Fão joga nos Açores frente ao HC Ponta Delgada.

Marcadores dos golos do HC Fão
João Figueiredo = 3
Pedro Carvalho = 2
Nuno Mata = 1
Rui Silva = 1

Juventude de Viana perde na Luz com o Benfica por 10-4


Luís Viana marcou duas vezes mas não festejou no regresso à Luz

Depois do empate para o nacional em Turquel, o Benfica recebeu e venceu a Juventude de Viana que não contou com João Pinto e André Centeno por se  encontrarem a disputar o campeonato angolano, face ao protocolo estabelecido com a Federação de Angola.
As duas equipas jogaram a meio da semana devido à participação dos encarnados na taça Intercontinental.
Para quem assistiu ate ao intervalo nada fazia prever o desfecho final desnivelado com que terminou o jogo, 10-4 a favor do Benfica.
Num inicio de jogo equilibrado, mas com algum ascendente do Benfica, a Juventude de Viana foi a primeira a marcar aos 18' por Gustavo Lima.
A vantagem durou apenas alguns segundos com Carlos Lopez a empatar para dois minutos depois Miguel Rocha colocar os encarnados na frente.
Os ultimos minutos da primeira parte foram férteis em golos, com Marc Coy a fazer o 3-2, Luís Viana de grande penalidade a empatar a três, Miguel Rocha em contra ataque a estabelecer o 4-2 e Luís Viana a fixar o 4-3 em tempo de descanso.
Na segunda parte a Juventude de Viana tentou entrar na luta pelo resultado mas Diogo Rafael fez o 5-3 logo no quarto minuto.
A entrada forte dos encarnados foi fatal para as aspirações dos minhotos que viram o Benfica chegar ao 8-3 aos quinze  minutos com tentos de Marc Coy,  Diogo Rafael e João Rodrigues. Pelo meio o Benfica Miguel Rocha falhou uma grande penalidade.
Os minhotos quebraram animicamente tendo o Benfica aproveitado para aos poucos elevar o marcador por Carlos Lopez fez o 9-3 aos 19' para segundos de pois João Rodrigues obter o 10-3.
Mesmo em cima do apito final a Juventude de Viana estabeleceu o marcador final com Diogo Fernandes a apontar o quarto golo minhoto.
Para a formação de Viana do Castelo foi a primeira derrota na prova, mantendo os mesmo nove pontos, enquanto que o Benfica subiu ao terceiro lugar agora com dez pontos.
Na próxima ronda a Juv Viana recebe o FC Porto. O Benfica joga em Tomar para o nacional.


Pavilhão Fidelidade na Luz
Árbitro: José Nave e Jorge Ventura de Lisboa
Ao intervalo: 4-3

Benfica 10
Guillen Trabal, Valter Neves, Tuco Abalos, Carlos Lopez e João Rodrigues
Jogaram ainda: Miguel Rocha, Marc Coy, Diogo Rafael e Diogo Neves
Treinador: Pedro Nunes

Juv Viana 4
Jorge Correia, Joel Coelho, Luís Viana, Nuno Félix e Diogo Fernandes
jogaram ainda: Gustavo Lima, Jorge Vieira
Treinador: Pedro Sampaio.

11.19.2013

Guarda redes Vítor Salgado é baixa na baliza do Cartaipense.





O guarda redes Vítor Salgado foi este terça submetido a uma cirurgia ao joelho devido a lesão do menisco e rotura de ligamentos cruzados anterior.
A operação correu da melhor maneira encontrando-se o atleta já em repouso, esperando agora uma longa recuperação.
Assim e afim de colmatar a ausência do até aqui titular da baliza o Cartaipense pondera contratar um guarda redes.
Caso exista alguém com disponibilidade e pretenda vestir a camisola da formação do Minho pode entrar em contacto com o presidente da direcção, Lima Pereira 919618951.

11.18.2013

Reacções ao derby minhoto: Hugo Nora ( HC Fão ) e Luciano Amorim ( Ancorense )


Realizou-se em Fão o primeiro derby minhoto da terceira divisão nacional.
A vitoria sorriu ao conjunto do Ancorense por 5-2.

No final o treinador do HC Fão, Hugo Nora lamentou os erros defensivos da sua equipa.
" Entramos muito bem jogo onde fizemos dois golos de vantagem. Depois foi o que se viu. Cometemos erros graves, autênticos brindes que o nosso adversário aproveitou. Na segunda parte pressionamos o ancorenses mas eles souberam concretizar as oportunidades criadas. Parabéns por isso. O nosso objectivo na prova é ganhar o máximo de jogos possível. Estamos a trabalhar muito condicionados depois da saída de jogadores importantes, caso dos dois guarda redes.Vamos procurar melhorar. Sentimos um pouco a responsabilidade de ser o nosso primeiro jogo no campeonato".

Satisfeito estava com o triunfo o treinador do Ancorense, Luciano Amorim.
" O Fão entrou melhor enquanto que os meus jogadores começaram ansiosos e nervosos. Depois de estarmos a perder por 2-0, corrigimos os nossos erros, mostramos atitude e melhoramos até dar a volta ao marcador. Tivemos garra e mais poder físico que o nosso adversário. O Fão valorizou muito o nosso triunfo. A nossa meta neste campeonato é jogo a jogo. É sempre bom ganhar logo nas primeiras jornadas. No final fazemos as contas"

11.17.2013

Valença vence na estreia na terceira divisão




O Valença HC deslocou-se a Paços de Ferreira tendo vencido a formação da Juventude Pacense B por 7-1, com destaque para os cinco golos apontado por Leonardo Tomba.
Os outros dois tentos foram da autoria de Pedro Conde e Micha Fernandes.
Ao intervalo os minhotos já venciam por 3-1.
Na segunda parte o Valença dominou por completo o jogo aumentando aos poucos o resultado.
Foi a melhor estreia da formação minhota neste regresso à modalidade em seniores.
Somando os três pontos, o Valença recebe na próxima jornada o Boavista.

III Divisão - Ancorense venceu em Fão por 5-2



Ancorense soma segunda vitoria no campeonato

Quase uma centena de pessoas assistiu ao primeiro derby minhoto da terceira divisão nacional com a turma do HC Fão a receber o Ancorense
O desfecho final foi favorável à turma de Vila Praia de Ancorense que soube aproveitar " os brindes " do seu adversário, após os fangueiros chegarem a estar a vencer por 2-0 com dois golos de João Figueiredo.
A reacção do Ancorense surgiu aos 16' com César Pinheiro e fazer o 2-1 após uma bola perdida no meio ringue por parte dos locais.
O HC Fão podia ter ampliado mas João Lazera atirou ao lado da baliza de Vasco Oliveira na transformação de uma grande penalidade.
Aos 20' e 23' o Ancorense aproveitou mais dois brindes do seu adversário para dar a cambalhota no marcador antes do intervalo por intermedio de Duda.
Na segunda parte o HC Fão pressionou mas Vasco Oliveira foi defendendo evitando o golo por varias situações.
Aos 15' Rafael Almeida ex atleta do Fão fez o quatro golo, para aos 17' Ruizinho elevar para 2-5.
Até ao fim registe-se dois livres directos falhado, um para cada lado por João Figueiredo e Caça.
Um triunfo da equipa que menos erros cometeu e que se mostrou mais forte fisicamente.
O HC Fão mostrou-se bastante ansioso pela estreia no campeonato e denotou ainda alguma falta de entrosamento dos seus jogadores perante a saída de cinco elementos da época passada.
Na próxima ronda o HC Fão joga nos Açores. Antes cumpre na quarta feira em Penafiel a primeira jornada.
O CCD Ancorense recebe domingo o Penafiel.

Ficha técnica
Pavilhão do HC Fão
Árbitro: Cristiano Jardim do Minho
Ao intervalo: 2-3
Faltas:10-10

HC Fão 2
Adolfo Pereira, Rui Silva, Pedro Mata, João Figueiredo (2g) e Nuno Mata
Jogaram ainda: Joni, Rui Martins, Tiago Carvalho e Pedro Barbosa
Treinador: Hugo Nora

CCD Ancorense 5
Vasco Oliveira, Rafael Almeida (1g), Cesar Pinheiro (1g), Rodi e Vianinha
Jogaram ainda: Caça, Hugo Branco, Duda (2g) e Ruizinho (1g)
Treinador: Luciano Amorim

11.16.2013

Famalicense vence Juv Pacense por 4-3 e sobe ao quarto lugar



O Famalicense recebeu a Juventude pacense vencendo por 4-3. Este resultado permite à formação de Fernando Almeida subir ao quarto lugar com quinze pontos em igualdade pontual com o terceiro classificado a AA Espinho.
A vitoria começou a ser desenhada aos 7' pelo capitão André Barbosa. O conjunto de Paços de Ferreira procurou o empate mas seria Tiago Crespo a elevar apara 2-0 aos 19'.
Ainda na primeira parte mais dois golos , um para cada lado com Duarte Dias a fazer o 2-1 e de novo André Barbosa a obter o 3-1, resultado com que as equipas foram para o descanso.
No segundo tempo a emoção foi enorme com Marcelo Ribeiro a reduzir aos 4' para 3-2.
Os golos só voltaram a aparecer na parte final do encontro com Tiago Crespo aos 18' a fazer o 4-2. Num ultimo forcing  a Juventude Pacense reduziu para 4-3 aos 21' por Nelson Gomes.
Ate ao fim o famalicense segurou a preciosa vantagem num jogo bem disputado.
Ao fim da quina jornada o Famalicense soma quinze pontos e a Juventude Pacense oito.
Na próxima ronda o Famalicense joga na Povoa actual segundo classificado.

Riba d'Ave vence Paço de Rei por 4-2



A turma de Horácio Ferreira somou o seu segundo triunfo consecutivo na prova após receber e vencer o Paço de Rei por 4-2.
Os golos da equipa do Minho foram obtidos por André Alves, Jorge Maceda, Vítor Hugo e Hugo Oliveira.
A conquista dos três pontos fez com que subi-se na classificação ocupando neste momento o quinto lugar com treze pontos.
Na próxima ronda o Riba d'Ave joga no ringue do líder da tabela classificativa , a Sanjoanense que soma dezanove pontos.

Cartaipense vence Inf Sagres por 6-5 no seu primeiro jogo em casa



Depois da tempestade e a vitoria sobre o policiamento nos jogos, chegou a bonança e o triunfo às Caldas das Taipas.
O Cartaipense efectuou o primeiro jogo em casa derrotando o Infante Sagres por 6-5.
Foi um triunfo sofrido principalmente na parte final. Os minhotos estiverem sempre em vantagem chegando a estar a vencer por 4-1 em tempo de descanso.
Na segunda parte o Infante reduziu para 4-3, mas a turma de orlando Ribeiro fez o 5-3. O Infante tentou entrar no jogo obtendo 5-4. Respondeu o Cart com o 6-4, para nos ultimos segundos o Infante fixar o 6-5 final.
Os golos do triunfo minhoto foram de Alberto Martinho três e um cada de Diogo Sá, Pedro Rúben e Luís Martins
Referencia para a boa exibição do guarda redes do Cartaipense Vitinha que defendeu dois livres direto e uma grande penalidade que assim contribuiu e muito para a obtenção dos três pontos minhotos.
A vitoria permite ao Cartaipense subir ao décimo lugar com seis pontos e com menos duas jornadas realizadas. As duas partidas em casa com o Cucujães e com a Juv Pacense que não se cumpriram pela "Luta" sobre o policiamento levada a cabo pelo clube minhoto.
Na próxima ronda o Cartaipense desloca-se a Paço de Rei.

OC Barcelos vence "derby minhoto" em Braga por 7-5



No primeiro confronto da primeira divisão entre equipas do Minho, o OC Barcelos visitou o Pavilhão das Goladas e averbou os primeiros pontos na prova após superar o HC Braga por 7-5.
Em ringue apresentaram-se duas formações que ainda não tinham somando qualquer ponto no campeonato, por isso era de esperar um bom espectáculo com emoção e muitos golos.
Referencia para a ausência por castigo do guarda redes do OC Barcelos Ricardo Silva, que assim atribuiu a titularidade a Ginho. Os guarda redes do Barcelos, Ginho e o júnior João Peixoto estiveram em plano de destaque ao longo do jogo.
O OC Barcelos entrou no jogo a marcar o seu primeiro golo logo ao minuto e meio por Luís Querido de grande penalidade, para aos  10' Luís Querido em nova grande penalidade fazer o 2-0.
No minuto seguinte Ginho fez falta e viu o cartão azul originado um livre direto que Miguel Vieira desperdiçou atirando à barra da baliza defendida pelo júnior barcelense.
A joga com menos um jogador o OC Barcelos acabaria por sofrer o primeiro golo por intermedio de Frederico Saraiva. Empolgados os bracarenses empataram aos 16' por Rodrigo Sousa.
Com o perigo a rondar as duas balizas os golos podiam acontecer a qualquer instante. Aos 20' João Candeias fez o 2-3 para o OC Barcelos. A seguir o mesmo jogador viu o cartão azul mas Ricardo Piolho atirou ao lado em lance de grande penalidade. O atleta do HC Braga redimiu-se a catorze segundos do intervalo fazendo o empate a três golos em situação favorável aos bracarenses de power play.
Com a igualdade o jogo prometia ainda mais emoção para a etapa final.
Logo aos 4' Ginho viu pela segunda vez o cartão azul originado uma grande penalidade que João Peixoto defendeu após remate de Ângelo Fernandes.
O jogo parecia ser dedicado aos guarda redes do OC Barcelos, tudo porque aos 9' foi a vez de João Peixoto ver o cartão dessa cor. Na constante troca de guarda redes no banco do Barcelos , entrou Ginho que acabou por defender a grande penalidade de Frederico Saraiva.
No minuto seguinte o OC Barcelos voltou a ganhar vantagem no marcador primeiro por João Candeias aos 10' e por Pedro Mendes aos 15'.
Voltou a reagir o HC Braga que sempre atrás do resultado nunca desistiu chegando de novo ao empate agora a cinco bolas por Luís Filipe e Ricardo ramos, este ultimo a cinco minutos do fim.
Os bracarenses podiam ter ganho vantagem mas Ginho defendeu um livre direto de Fred a castigar a décima falta do OC Barcelos.
Aos 22' João Marques voltou a desempatar o resultado para a Luís Querido no ultimo segundo fixar o 7-5 a favor dos barcelenses de livre direto.
Foi um derby minhoto com emoção e incerteza em relação ao vencedor perante as muitas alternâncias no resultado.
Nota final para a arbitragem de Luís Peixoto e Joaquim Carpelho que sendo internacionais conseguiram complicar e enervar as equipas e o publico com decisões muito duvidosas.
A vitoria do OC Barcelos permite somar os seus primeiros pontos enquanto que o HC Braga continua sem conquistar após quatro jornadas realizadas.
Na próxima jornada o HC Braga desloca-se aos Carvalhos enquanto que o OC Barcelos recebe o Candelária.


11.15.2013

Ultima hora: Cartaipense vence luta sobre policiamento nos jogos




As pretensões e a luta do clube minhoto, o Cartaipense deu efeito com a posição sobre o policiamento dos jogos.
A FPP decidiu que o policiamento deixa de ser obrigatória nos jogos da primeira e segunda divisão nacional, a exemplo do que já estava a ser aplicado na terceira divisão.
No entanto os jogos considerados de alto risco irão merecer uma atenção especial.

Consulte aqui o comunicado da FPP
http://fpp.pt/index.php/component/content/article/84/4048

11.14.2013

Árbitros e jogos das equipas do Minho ( 16/17 de Novembro )



Salvo alteração de ultima hora os jogos e árbitros das equipas do Minho são os seguintes para o próximo fim de semana.

sábado dia 16 de Novembro

1ª Divisão

15.00h HC Braga - OC Barcelos - Luís Peixoto de Lisboa e Joaquim Carpelho de Setúbal
Benfica - Juv Viana realiza-se dia 20 de Novembro às 21h
( Jorge Ventura e José Nave de Lisboa )

2ª Divisão - Zona Norte

sabado dia 16 de Novembro
18.00h Cartaipense - Inf. Sagres - Sofia Ferreira e Sílvia Coelho do Porto
19.00h Famalicense - Juv Pacense - Carlos Miguel e Paulo Oliveira de Aveiro
19.00h Riba d'Ave -  Paço de Rei - António Machado e Paulo Cruz de Coimbra


Domingo dia 17 de Novembro

3ª Divisão - Zona Norte
18.00h Juv Pacense B - Valença - Porfirio Fernandes do Porto
19.30h HC Fão - Ancorense - Cristiano Jardim do Minho

Juv Viana vence Oliveirense por 8-6 num grande jogo de hóquei em patins




Surpresa só para quem não viu.

Num jogo onde a Oliveirense partia como favorita, a equipa vianense contrariou essa perspectiva vencendo por 8-6, num grande jogo de hóquei em patins.
Com este triunfo a turma de Viana do Castelo lidera a prova com nove pontos em igualdade com o FC Porto e a AD Valongo.
Dentro da pista a Oliveirense teve mais posse de bola, tendo optado pelos remates de meia distancia na tentativa de surpreender a defesa minhota. A Juventude acabou por ser mais eficaz em frente à baliza de Diogo Almeida.
O primeiro golo surgiu logo nos instantes iniciais por Diogo Fernandes. A Oliveirense reagiu e empatou aos 6' por Tó Silva. O avançado visitante voltou a marcar dois minutos depois dando a reviravolta no marcador.
A seguir coube à Juventude de Viana efectuar a cambalhota no placard com tentos de Luís Viana e Gustavo Lima. Como não há duas sem três a Oliveirense "virou" a seu favor por Gonçalo Alves e Gonçalo Suissas. Em cima do descanso a Juventude fixou o empate a quatro bolas.
Se a primeira parte tinha sido emocionante, a segunda não ficou atrás para delírio de todos os presentes no Monserrate em Viana do Castelo.
Os minhotos voltaram a liderar o marcador por Nuno Félix fazendo o 5-4, para aos 9' Gonçalo Alves empatar de novo agora a cinco tentos.
A meio da etapa final a Juventude disparou para a vitoria com Nuno Félix e Gustavo Lima a fazerem o 7-5. Ainda encurtou Tó Silva para 7-6, mas Diogo Fernandes aos 24' fez o 8-6 garantindo assim o terceiro triunfo consecutivo da sua equipa na prova.
O triunfo dos vianenses permite somar nove pontos enquanto que a Oliveirense com a primeira derrota sofrida fica com seis.
Na próxima ronda a Juventude de Viana joga no Benfica. A Oliveirense defronta em casa o Tomar.

Candelária vence em Braga por 4-0


Açorianos vence em Braga por 4-0

Nas Goladas estiveram duas equipas que no fim de semana passado cumpriram a primeira mão da primeira eliminatória da Taça Cers com a obtenção de resultados diferentes.
O HC Braga venceu na Áustria enquanto que o Candelária perdeu em Itália.
Depois de uma primeira parte equilibrada como prova o 0-0 ao intervalo, a segunda parte foi mais interessante.
Os açorianos entram logo a inaugurar o marcador aos 3' por Mauro Fernandez. O mesmo jogador aumentou aos 7' para 2-0.
Aos 15' o HC Braga podia ter reduzido mas Ricardo Piolho falhou uma grande penalidade. No minuto seguinte nova situação de golo para os bracarenses mas Frederico Saraiva não aproveitou um livre direto. Quem não marca arrisca-se a sofrer e Mauro Fernandez fez o 3-0.
O resultado final ficou obtido aos 18' por Miguel Dantas.
Com esta derrota o HC Braga ocupa as ultimas posições ainda sem pontuar.
Na próxima jornada recebe o vizinho OC Barcelos que também ainda não alcançou qualquer ponto.
O jogo está marcado para as 15h de sábado nas Goladas.

Valongo vence em Barcelos por 8-2


Depois da ronda europeia, o Valongo na Liga Europa e o OC Barcelos na Taça Cers, as duas encontraram-se para acertar o calendário do nacional da primeira divisão com o Valongo a vencer por 8-2.
Foi uma partida de reencontro de jogadores com as suas anteriores equipas, especialmente de João Marques e Pedro Mendes agora no Barcelos e de Rafa e Henrique Magalhães que rumaram a Valongo do Minho que levou bastante publico ao Municipal de Barcelos apesar de ser uma quarta feira à noite.
O jogo começou equilibrado com ambas as formações a tentarem rematar no momento certo.
A primeira grande oportunidade de golo surgiu para o Valongo aos 14' mas Miguel Viterbo desperdiçou uma grande penalidade.
Os golos acabaram por aparecer nos últimos minutos, dois de João Souto o ultimo de livre direto a castigar a décima falta de equipa do OC Barcelos e um de Nuno Araújo.
Na segunda parte o OC Barcelos tentou entrar na discussão do resultado mas o Valongo fez o 4-0 por Nuno Rodrigues.
Aos 5' os barcelenses podiam ter reduzido mas Zé Pedro falhou um livre direto na décima falta do Valongo, aos 10' Riveros desperdiçou uma grande penalidade.
O momento do jogo aconteceu aos 11' altura em que o guarda redes do OC Barcelos viu o cartão vermelho, situação que obrigou os minhotos a jogarem com apenas dois jogadores já que ainda estava a cumprir azul João Candeias.
A partida chegou a ter dois jogadores de ringue do Barcelos contra quatro do Valongo. A inferioridade foi aproveitada pelos valonguenses para obterem o 5-0 por Rafa.
O Valongo não baixou o ritmo e João Souto fez o 6-0 aos 14'. O mesmo jogador aos 16'  falhou um livre direto já com Ginho na baliza.
Os minhotos aos 17' finalmente conseguiram marcar por Ponce de livre direto na décima quinta falta dos valonguenses. segundos depois novo golo barcelenses desta vez apontado por Zé Pedro.
Com pouco mais de sete minutos para o fim do encontro o Valongo marcou mais dois golos por Rafa e Hugo Azevedo. Pelo meio o OC Barcelos falhou um livre direto por Ponce e o Valongo por Nuno Araújo.
Com este resultado o Valongo junta-se ao FC Porto e Juv Viana como as três equipas no topo da classificação ambas com nove pontos.
Em relação ao OC Barcelos encontra-se na cauda da tabela ainda sem qualquer pontos acompanhado do Cambra, Carvalhos e HC Braga.
Na próxima ronda há um derby minhoto entre o HC Braga que recebe o OC Barcelos sábado ás 15h no pavilhão das Goladas.

Pavilhão Municipal de Barcelos
Árbitros: Paulo Almeida e António Santos de Aveiro
Ao intervalo: 0-3
cartões azuis: João Candeias, Riveros, Telmo Pinto e Henrique Magalhães
cartão vermelho: Ricardo Silva
Faltas finais 20 Barcelos 18 AD Valongo

OC Barcelos 2
cinco inicial: Ricardo Silva. Luís Querido, João Candeias, João Marques e Zé Pedro (1g)
Jogaram ainda: Ginho gr, Hugo Costa, Pedro Mendes, Riveros e Ponce (1g)
Treinador: Paulo Freitas

AD Valongo
Ângelo Girão, Miguel Viterbo, Hugo Azevedo (1g), José Costa (2g) e Henrique Magalhães
Jogaram ainda: João Souto (3g), Nuno Araujo (1g), Telmo Pinto e Nuno Rodrigues (1g)
Treinador: Paulo Pereira

11.12.2013

1 Divisão - Equipas do Minho depois da Europa, esta quarta feira à noite acertam calendario do nacional



Depois da ronda europeia as três equipas do Minho acertam o nacional da primeira divisão com jogos referente à terceira jornada.
O HC Braga depois de vencer na Áustria por 11-3 para a Taça Cers recebe nas Goladas a partir das 21h a formação açoriana do Candelária que também, jogou para a Cers tendo perdido em Itália com o Breganze.
Os bracarenses ainda não venceram na prova depois dos jogos com o FC Porto e com o Valongo enquanto que o Candelária ganhou nos Açores ao Paço d'Arcos e perdeu em Valongo.
Em Viana do Castelo também às 21h a equipa vianense joga com a Oliveirense, formação que esteve envolvida na Liga Europeia onde perdeu em Itália com o Valdagno. Para o nacional a Juventude de Viana venceu as duas partidas que realizou com o Sporting CP e com o Mealhada.
Por fim o OC Barcelos recebe a AD Valongo com o jogo a ter inicio às 21.30h. Um duelo de equipas que estiveram nas provas europeias. O OC Barcelos ganhou na Suiça por 7-1 enquanto que o Valongo para a Liga Europa derrotou em casa os franceses do St Omer por 8-0.
Os barcelenses ainda nao ganharam na prova com as derrotas com o Benfica e FC Porto. A AD Valongo soma por vitorias os dois jogos realizados sobre o Candelária e HC Braga.
Para alem dos jogos das equipas minhotas jogam o Benfica a visitar Turquel e o FC Porto com uma deslocação curta ao recinto dos Carvalhos.

Jogos e árbitros

quarta feira dia 13 de Novembro

21.00h HC Braga - Candelária - Paulo Santos e Porfírio Fernandes do Porto
21.00h Juv Viana - Oliveirense - José Pinto e Joaquim Pinto do Porto
21.300h OC Barcelos - AD Valongo - Paulo Almeida e António Santos de Aveiro



11.11.2013

Taça Cers - HC Braga com eliminatória resolvida...



Após vencer na Áustria o Dornbirn por 11-3 a equipa do HC Braga que apresentou apenas oito elementos tem a próxima eliminatória no bolso.
Com o pavilhão a rebentar pelas costuras os bracarenses mostraram todo o seu valor perante um adversário que não se remeteu a defender tento feito a festa com os três golos que alcançou.
O grande destaque vai para Miguel Vieira que apontou quatro dos onze tentos da sua equipa
Os Restantes tentos foram da autoria de Ângelo Fernandes, Chumbinho, Ricardo Ramos dois cada e um de Rodrigo Sousa.
A segunda partida está agendada para o dia 23 de Novembro em casa emprestada. os minhotos jogam em Vila Praia de Ancora por motivo de interdição por dois jogos.
Em relação ao possível adversário na próxima ronda o Noia de Espanha esta em vantagem após vencer em casa os franceses do Lyon por 4-3. Neste aspecto tudo em aberto para o segundo jogo a realizar-se em França.

Foto: http://www.rhc-dornbirn.at/ 

Cartaipense vai continuar a respeitar a lei. Próximo jogo terá segurança privada...



A recepção na próxima jornada frente ao Infante Sagres por parte do clube minhoto, o Cartaipense será efeituada da mesma forma relativamente aos jogos diante o Cucujães e a Juventude Pacense.
Recorde-se que nessas duas partidas mesmo com segurança privada, a dupla de arbitragem respeitou o regulamento da FPP ao contrário do Cartaipense que respeitou a lei portuguesa, negando-se a realizar os desafios. Um braço de ferro que leva a que o Cart volte a optar por segurança privada.
Para o presidente minhoto, Lima Pereira esta situação desagradável de não se realizarem os jogos está inclusive a interferir no rendimento da equipa.
" O Cartaipense está a cumprir a lei conforme publicada em diário da republica. No próximo jogo em casa vamos uma vez mais ter segurança privada. Estamos a lutar pela verdade. Nas competições não profissionais não é obrigatório ter elementos da PSP ou GNR. Tudo isto está a ter reflexos na produção da equipa que apesar de treinar durante toda a semana já não joga seguido de forma seguida. Andamos a jogar de quinze em quinze dias e naturalmente que isso afeta os nossos jogadores."
O jogo frente ao Infante Sagres está agendado para sábado às 18h nas Caldas das Taipas



11.10.2013

III Divisão - Ancorense " goleia " na estreia o Académico por 11-4



No regresso do escalão sênior ao nacional da modalidade, a terceira divisão a estreia não podia ter sido melhor com uma vitoria e um robusto resultado de 11-4 sobre o Academico FC.
A equipa orientada por Luciano amorim chegou tranquilamente ao 3-0, permitindo depois uma reação ao seu adversário para 3-1.
este golo sofrido funcionou para que o Ancorense arranca-se para uma vitoria folgada chegando a estar a vencer por 7-1, altura em que o Academico fez o 7-2. Logo a seguir mais três golos minhotos perante o terceiro da equipa dos arredores do Porto.
Nos instantes finais surgiu um golo para cada lado fixando o desfecho em 11-4.
Os tentos do Ancorense foram da autoria de Duda Chavarria  e Rafael Almeida com três, dois de Marco Viana e um cada de Rodrigo Viana, Rui Caçador e Cesar Pinheiro. Por parte do Academico marcaram Tiago Gomes, André Vendeira, João Couto e Daniel Dias.
Na primeira jornada da terceira divisão, apenas do Minho jogou o Ancorense. O Valença HC folgou e o HC Fão apenas joga dia 20 de novembro.

Resultados da 1ª Jornada
III Divisão
CCD Ancorense 11 Académico 4
Vila Boa Bispo 3 Juv Pacense B 2
HC Ponta Delgada 4 Boavista 2

Penfiel - HC Fão adiado para dia 20 de novembro
Valença HC folgou

Taça Cers - OC Barcelos garante seis golos de vantagem na Suiça



O Blog Hoquei Minhoto esteve em terras helvéticas, mais precisamente em Uri, junto aos Alpes onde acompanhou ao vivo o desafio entre o RHC Uri e o OC Barcelos na primeira mão da primeira eliminatória da Taça Cers.
O pavilhão do RHC Uri pequeno ainda mais se tornou com a enorme avalanche de portugueses que lotaram por completo todo o espaço disponível para se poder ver a partida.
O jogo contou com o clube minhoto a assumir as despesas do jogo até aos 9' altura em que inaugurou o marcador por João Candeias. O mesmo jogador antes do intervalo fez mais um golo juntamente com Zé Pedro dando assim uma vantagem de três golos.
Na segunda parte o OC Barcelos marcou mais quatro golos por João Candeias mais dois, Zé Pedro mais um e a estreia de Ponce com a camisola barcelense a fazer o gosto ao stick.
Pelo meio o RHC Uri orientado pelo português e minhoto José Marinho fez o seu tento de honra por Greimel.
Dentro de quinze dias a segunda mão com o OC Barcelos a jogar em casa com uma vantagem de seis golos.
O possível adversário da próxima ronda tudo indica seja o Breganze de Itália que venceu em casa os açorianos do candelária por 6-2.
O Blog Hoquei Minhoto agradece toda a atenção dispensada pelos responsáveis do clube suíço, bem como envia um enorme abraço ao minhoto de Abade de Neiva, Manuel Eduardo Pereira Mendes que nunca deixou a reportagem do Minhoto até este regressar a Portugal.
Agradecimentos para todos aqueles que colaboraram para que fosse possível a presença em Uri.
Obrigado
Ao longo da semana mais reportagem sobre a deslocação do OC Barcelos a Uri.

Resultados de sabado das equipas do Minho ( Nacional e Cers )


Taça Cers
RHC Uri 1 OC Barcelos 7
RHC Dornbirn 3 HC Braga 11

Nacional da segunda divisão

Inf Sagres 4 Riba d'Ave 5
Povoa 7 Cartaipense 3
Famalicense 4 Cucujães 2



11.08.2013

Cartaipense não desiste da sua razão sobre o policiamento dos jogos




Para aqueles que duvidam e estão "em casa" à espera que o sol brilhe:

Dispõe o artigo 4º dos ESTATUTOS DA FEDERAÇÃO DE PATINAGEM DE PORTUGAL, que a FPP - Federação de Patinagem de Portugal, rege-se pela LEGISLAÇÃO VIGENTE, pelos estatutos e pelos regulamentos...

Tudo o que havia a dizer foi dito, escrevemos a quem devíamos escrever, responsabilizamos quem devíamos de responsabilizar.

Conforme demonstra a fotografia, não vamos esmorecer o nosso protesto para repor a legalidade na nossa FPP.
Somos únicos, (somos o CART), estamos sozinhos nesta batalha, a ANACP, que devia zelar pelos interesses dos clubes, nada diz, nada faz! Pediu pareceres jurídicos mas nada sabemos desses pareceres! Devem ser tipo FPP, ainda estão à espera da resposta. Só esperamos que não demore um ano! É caso para dizer: "farinha do mesmo saco".

Vamos à frente com a "bandeira" e quando olhamos para trás nada vemos, mas quando a "guerra" for ganha, vamos estar cá para ver quem dela vai beneficiar!!!

Depois de mais reuniões e comunicados da FPP, continuamos a ser IGNORADOS AO MAIS ALTO NÍVEL!!!

Contem connosco, vamos até ao fim, assumiremos todas as consequências e alguém há-de ser responsabilizado.

Agora resta esperar calmamente que surja fumo branco da cadeira do poder da nossa FPP.

Até um dia destes num pavilhão perto de vós, ou não!!!
Lima Pereira - presidente deste pequenino, mas GRANDE CLUBE.


11.07.2013

CCD Ancorense quer vencer na estreia no nacional da 3ª divisão este domingo



O Minho está representado esta temporada no nacional da terceira divisão por três equipas, HC Fão, Valença HC e o CCD Ancorense.
Será a equipa de Vila Praia de Ancora a primeira a entrar em acção recebendo no domingo às 18 horas a formação do Académico FC.
Para o treinador, Luciano Amorim a sua equipa não vai entrar em loucuras, esperando vencer o primeiro jogo.
" Os jogadores estão com muita vontade em começar a prova neste regresso com a equipa de seniores. É natural. Vamos procurar entrar bem no campeonato vencendo o jogo. Ganhar em casa é a nossa obrigação. Vai ser um campeonato muito equilibrado com vários derbys minhotos que vão trazer muita emoção à prova. também o duelo com as equipas da zona do porto vai ser muito interessante.O nosso objectivo no campeonato é vencer jogo a jogo ou seja subir um degrau de cada vez.  Para isso contamos com o apoio dos nossos adeptos que convido desde já a estarem presentes domingo junto dos jogadores para ajudarem a conquistar a vitoria".
O jogo tem inicio às 18h e será apitado por Paulo Rainha do Minho

Foto: Torneio Jorge Coutinho 2013



Árbitros e jogos para as equipas do Minho ( 1ª, 2ª e 3ª divisão ) e ( taça cers )



Salvo alterações de ultima hora os árbitros e jogos das equipas minhotas são os seguintes nas provas nacionais e nas competições europeias.

Sábado dia 9 de Novembro

Taça Cers - 1ª Eliminatória
Hora de Portugal
18.00h RHC Uri ( Suiça ) - OC Barcelos - Rossano Rotelli e Giuseppe Bonuccelli de Italia
19.00h RHC Dornbirn ( Áustria ) - HC Braga - Torsten Flossel e Frank Schafer da Alemanha

Campeonato nacional da 2ª Divisão

sábado dia 9 de Novembro
16.30h Inf Sagres - Riba d'Ave - Carlos Miguel e Paulo Oliveira de Aveiro
18.00h Povoa - Cartaipense - Luís Silva e Joaquim Ribeiro do Porto
19.00h Famalicense - Cucujães - Orlando Panza e Domingos Carvalho do Porto

quarta feira dia 13 de Novembro
21.00h OC Barcelos - AD Valongo - Paulo Almeida e António Santos de Aveiro
21.00h HC Braga - Candelária - Paulo Santos e Porfirio Fernandes do Porto
21.00h Juv Viana - Oliveirense - José Pinto e Joaquim Pinto do Porto

Domingo dia 10 de Novembro
Campeonato Nacional da 3ª Divisão

18.00h CCD Ancorense - Académico FC - Paulo Rainha do Minho
Penafiel - HC Fão - joga-se dia 20 de Novembro às 21h
Valença HC folga


11.06.2013

Taça Cers - Conheça o RHC Uri da Suíça adversário do OC Barcelos




Tal como na época passada o OC Barcelos inicia a Taça Cers defrontando uma equipa Suiça, sendo que desta vez joga primeiro em terras helvéticas.
Depois de ter visitado no ano anterior o RSC Utiigen segue-se no próximo sábado a deslocação ao ringue do RHC Uri.
O clube suíço fica no cantão alemão, pertencendo à cidade de Altdorf.
Será um jogo de emoções fortes muito por culpa dos enormes laços que ligam o treinador do clube suíço, o minhoto José Marinho, natural de Famalicão e que esteve vários anos radicado em Barcelos.
Para alem de José Marinho, o clube suíço tem no seu plantel outro portugueses, o guarda redes Ricardo Figueiredo.
O RHC Uri disputa o principal campeonato suíço ocupando neste momento o sétimo lugar com três pontos, numa prova disputada por dez equipas. No seu ringue perdeu com o Diessbach por 4-3 e fora ganhou ao Biasca por 5-4 e foi derrotado pelo Uttigen por 6-4.
Na edição anterior da Taça Cers o RHC Uri chegou aos oitavos de final após eliminar o Herne Bay da Inglaterra. A seguir não conseguiu superar os espanhóis do Vilanova.
No que diz respeito ao OC Barcelos a ultima viagem à Suíça não é de boas memorias ja que perdeu com o Uttigen por 5-4 depois de ter ganho em Barcelos por 8-0.

11.05.2013

Taça Cers - Conheça o RHC Dornbirn adversário do HC Braga



No próximo fim de semana começam as competições europeias de hóquei em patins com o HC Braga a deslocar-se à Áustria para defrontar o RHC Dornbirn.
Dornbirn é a décima cidade da Áustria composta por mais de quarenta mil habitantes
A nível desportivo Dornbirn é um conjunto completamente desconhecido, jogando actualmente na NLB/LNB da Suiça, correspondeste à segunda divisão portuguesa, num campeonato disputado por apenas cinco equipa entre elas a conhecida Wolfurt a quem ganhou por 5-2.


Na época passada os austríacos estiveram presentes na Taça Cers onde acabaram por ficar pelo caminho logo na pré eliminatória afastado pelo Forte dei Marmi no total por 13-1.
Em relação ao HC Braga na anterior edição foi afastado pelos franceses do La Vendeenne com uma derrota em Braga por 7-4 e um triunfo em terras gaulesas insuficiente por 4-3.
Este duelo da época especialmente a partida em Braga originou uma suspensão de dois jogos e uma multa de dois mil e quinhentos euros, situação que obriga a recepção ao Dornbirn dia 23 de Novembro em Vila Praia de Ancora.

11.03.2013

Presidente do Cartaipense apresenta novos argumentos sobre policiamento



Não houve jogo uma vez mais nas Caldas das Taipas. Depois da recepção ao Cucujães, no passado sábado foi a vez de não se jogar com a Juv Pacense.
Os árbitros argumentaram que sem policiamento não se realiza qualquer jogo perante o regulamento da FPP para a segunda divisão nacional

O presidente do Cartaipense volta a apresentar argumentos que lhe permitem considerar que a sua interpretação está correta no que diz respeito á segurança em recintos desportivos nomeadamente das competições amadoras.

veja o video neste link
http://www.youtube.com/watch?v=KqtFT-Dy3zw&feature=youtu.be

HC Braga termina no 9º lugar na Liga dos campeões de Sub 15. Sporting CP vice campeão



A formação minhota do HC Braga concluiu a sua participação na Liga dos Campeões de Sub 15 no 9º lugar após vencer o Villejuif por 6-3.
Os bracarenses ao longo da prova apenas perderam um jogo no tempo regulamentar frente ao Alcobendas.
No desafio frente ao Modena na fase de grupos o empate a duas bolas apenas foi resolvido de forma favorável aos italianos nos livre directos.
Foram três as equipas portuguesas presentes na prova com o Paço d'Arcos a ser eliminado no quartos de final e com o Sporting a chegar à final mas acabou por apenas ser vice campeão após perder com o Réus por 3-2
Foi uma excelente campanha para a modalidade com enorme "fair play" de todos os elementos dos vários clubes presentes em Barcelona.



11.02.2013

Resultados das equipas do Minho ( 1ª e 2ª Divisão ) - Cartaipense /Juv Pacense não se realizou


Foto: Cartaipense não se realiza por falta de policiamento

1ª Divisão
FC Porto 6 OC Barcelos 4
AD Valongo 6 HC Braga 4
HC Mealhada 2 Juv Viana 6

2ª Divisão
Fanzeres 3 Famalicense 6
Riba d'Ave 3 Povoa 8
Cartaipense - Juv Pacense ( Não se realizou por falta de policiamento )

Liga dos Campeões de sub 15 - HC Braga joga com o Villejuif para o 9º lugar



A turma do HC Braga joga este domingo às oito horas de Portugal, a decisão do nono e décimo lugar na prova defrontando os franceses do Villejuif.
Será um jogo entre  duas equipas que se encontraram na fase de grupos, com os minhotos a vencerem por 7-2.
Para disputar a posição na Liga os bracarenses derrotaram os italianos do Prato por 4-3.

OC Barcelos faz FC Porto suar. Portistas vencem por 6-4




Na deslocação ao recinto do campeão nacional o FC Porto a turma de Barcelos fez sofrer o conjunto de Tó Neves.
O FC Porto venceu por 6-4, com os golos da vitoria a serem apontados nos ultimos trinta segundos.

Com a partida nos primeiros minutos a mostrar um Porto ofensivo e uma boa organização defensiva dos barcelenses o ritmo não foi muito elevado.
O primeiro golo apareceu aos 8' por Reinaldo Ventura de grande penalidade após corte com o patins dentro da área barcelense por parte de Luís Querido.
A resposta dos minhotos podia ter sido coroada com o empate segundos depois mas o remate de Hugo Costa bateu no poste direito da baliza de Edo Bosch.
Numa partida correta a primeira falta de jogo apareceu aos 10' o que demonstra a entrega das duas equipas em jogarem apenas hóquei.
Aos 14' o FC Porto aumentou por Caio para 2-0. Sem nunca baixar os braços o OC Barcelos reagiu e antes do descanso reduziu para 2-1 com golo de João Candeias, fazendo o resultado em tempo de intervalo.
Se foi o Barcelos a marcar no fim, acabou por ser o FC Porto a mexer no marcador logo no inicio da segunda parte por Ricardo Barreiros. Ainda festejam os adeptos do Porto quando o OC Barcelos encurtou novamente por João Candeias.
Aos 5' os minhotos chegaram ao empate a três bolas por Luís Querido na marcação de uma grande penalidade.
Este golo acordou o FC Porto para o jogo começando  a pressionar o ultimo reduto barcelense, obrigando Ricardo Silva a boas intervenções.
A turma de Tó Neves depois de muito rematar colocou-se de novo em vantagem aos 13' por Tiago Losna.
Com o Barcelos a procurar o empate o FC Porto podia ter elevado o marcador mas Reinaldo Ventura obrigou Ricardo Silva a defender uma grande penalidade.
Do outro lado brilhou Edo Bosch aos 20'  evitando o golo do empate a livre direto de João Candeias após cartão azul mostrado a Caio.
A jogar com menos um jogador seria o Porto a ter uma enorme oportunidade para marcar mas Ricardo Barreiros não superou o enorme Ricardo Silva na marcação de um livre direto.
A incerteza durou nos ultimos minutos e ainda mais se verificou quando Zé Pedro fez o empate a dois minutos do fim de livre direto.
Mas a experiência do Porto apareceu e nos ultimos trinta segundos fez dois golos por Reinaldo Ventura ambos de livre direto, garantindo assim a vitoria.


Liga dos Campeões de Sub 15 - HC Braga vence Uttigen por 9-6





Arredada dos quartos do final a equipa minhota do HC Braga mostrou esta manha a sua qualidade ao superar os suíços do Uttigen por 8-7. Marcaram para os bracarenses, António Trabulo cinco, Rodrigo Botelho três e um de Luís Vila
Segue-se às 15h de Portugal o jogo para nono e décimo frente aos Italianos do Prato.
Em relação às outras equipas portuguesas, o Sporting CP joga as meias finais, enquanto que o Paço d'Arcos vai definir e lutar pela quinta posição.