Saudações desportivas a todos os dirigentes, atletas e amantes da modalidade. Por motivos extra ao

Saudações desportivas a todos os dirigentes, atletas e amantes da modalidade. Por motivos extra ao
Saudações desportivas a todos os dirigentes, atletas e amantes da modalidade. Por motivos extra ao Hóquei Minhoto, o facebook do Hóquei Minhoto foi bloqueado sem razão aparente, estando inactivo desde o dia 27 de novembro de 2017. Só se encontram TRÊS razões para este tipo de atitude em bloquear o facebook do Hóquei Minhoto. INVEJA, MALDADE E COBARDIA. Visto que esse bloqueio ainda não está completamente ultrapassado nem se sabe se o mesmo será desbloqueado, o responsável do Hóquei minhoto juntamente com os seus colaboradores decidiu abrir esta pagina para poder fazer chegar a todos a habitual informação. Agradecemos a todos os que acompanhavam o facebook do Hóquei Minhoto que se juntem a esta pagina. Ficamos muito tristes com este tipo de atitudes em tentar por várias maneiras silenciar o Hóquei Minhoto. Podem continuar...a tentar. HÓQUEI MINHOTO

1.30.2014

Árbitros e jogos para as equipas do Minho ( 1 e 2 de Fevereiro )



Salvo alterações de ultima hora, os jogos e respectivos árbitros paras as equipas do Minho são os seguintes para sábado dia 1 de Fevereiro e domingo dia 2 de Fevereiro.

Sábado dia 1 de Fevereiro

I Divisão
17.00h HC Braga - UD Oliveirense - Paulo Romão de Lisboa e Paulo Santos do Porto
21.30h Juv Viana - Paço d'Arcos - António Santos e Paulo Almeida de Aveiro
21.30h OC Barcelos - HC Mealhada - Jorge ventura de Lisboa e Manuel Oliveira de Aveiro

II Divisão
18.00h Cartaipense - Fanzeres - Paulo Rainha do Minho e Sofia Ferreira do Porto
19.00h Famalicense - Riba d'Ave - António Rodrigues e António Teixeira do Minho

Domingo dia 2 de Fevereiro

III Divisão
17.45h Academico - Ancorense  - Joaquim Pinto do Porto
19.00h HC Fão - Penafiel - Florindo Cardoso do Minho

1.29.2014

Jogo em atraso. Cartaipense perde em casa com o Cucujães por 3-2



Partida de 12 de Outubro de 2013 jogou-se a 29 de janeiro de 2014.

Com a segunda volta a decorrer realizou esta quarta feira nas Taipas o jogo da segunda jornada do nacional da segunda divisão entre o Cartaipense e o Cucujães.
Um jogo atrasado em mais de três meses devido à contestação " ganha " por parte do Cartaipense em relação ao policiamento dos jogos de modalidades amadoras.
Em pouco mais de cinco dias as duas equipas defrontaram na prova. Tudo porque no passado sábado encontraram-se em Cucujães mas referente à segunda volta onde a turma de Carlos Gonçalves venceu por 5-4.
Nas Caldas das Taipas, numa noite fria, com trinta pessoas presentes no pavilhão entre elas o Presidente da AP Minho, a partida que começou atrasada ( 21h06m ) mostrou um ascendente dos minhotos contrariado pelo contra ataque do Cucujães.
Durante os primeiros minutos a figura do encontro foi o guarda redes do Cucujães, José Martins que por mais que uma vez negou o golo ao Cartaipense.
Foi exactamente após defender dois lances de golo que surgiu o primeiro tento do encontro em jogada de contra ataque finalizada por Pedro Costa aos 13'.
Procurou reagir o Cart mas a ansiedade dificultava a sua acção ofensiva com muito passes errados, mesmo depois do seu treinador Orlando Ribeiro ter efectuado duas alterações com as entradas de Nelson Silva e Luís Martins, mas ate ao intervalo o marcador não sofreu alteração.
A perder o Cartaipense arriscou logo nos primeiro minutos tendo dado a volta ao marcador aos 6' e 7' em dois remates de meia distancia de João Pedro.
Não se "aterrorizou " o Cucujães que respondeu aos 10' com a igualdade por André Silva.
O empate galvanizou as duas equipas que mostram sempre ter a mesma vontade, ganhar o jogo, com as oportunidades de golo a serem negadas pelas excelentes defesas dos dois guarda redes.
O triunfo apareceu quando todos pensavam no empate a escassos dezanove segundos do fim. Uma bola perdida pela defesa do Cartaipense que foi aproveitada da melhor forma por Miguel Oliveira que assim deu os três pontos à sua equipa.
O Cucujães voltou assim a vencer os minhotos e distanciou-se na tabela classificativa agora na décima posição com dezanove pontos.
A turma do cartaipense manteve o décimo segundo lugar com catorze pontos, uma posição acima da zona de descida com mais um ponto que o Fanzeres.
Na próxima jornada o Cartaipense recebe o Fanzeres. O Cucujães joga em Lavra.


Ficha técnica
Pavilhão das Caldas das Taipas
Árbitros: Jerónimo Moura e Nuno Sequeira do Porto
Ao intervalo: 0-1

Cartaipense 2
Fernando Coutinho, Bruno Carvalho, Berto Martinho, Ricardo Guimarães e João Pedro
Suplentes: Hugo Fernando gr, Pedro Gonçalves, Luís Martins, Eduardo Marques e Nelson Silva
Treinador: Orlando Ribeiro

Cucujães 3
José Martins, Gabriel Teixeira, Duarte Resende, Pedro Costa e João Teles
Suplentes: Pedro Sérgio gr, Josué Monteiro, Miguel Oliveira e André Silva
Treinador: Carlos Gonçalves

1.28.2014

AP Minho muda jogo de juniores - Seniores do Cartaipense jogam dia 29 de janeiro com o Cucujães




Depois de marcados dois jogos em escalões diferentes por parte da FPP e da AP Minho, esta ultima alterou a partida de juniores entre o Cartaipense e o Valença que deverá ser realizado até ao dia 7 de Fevereiro, visto o que o resultado da mesma partida não irá ter qualquer influencia na classificação.
Sendo assim esta quarta feira dia 29 de janeiro às 21.00h o Cartaipense recebe o Cucujães em partida atrasada da segunda jornada do nacional da segunda divisão zona norte.
O Cartaipense é actualmente 12º classificado com catorze pontos, atrás precisamente do Cucujães que soma dezasseis pontos.
As duas equipas encontram-se no passado fim de semana em jogo ja da segunda volta com o Cucujães a vencer por 4-3.

1.27.2014

29 de janeiro de 2014 - Cartaipense tem dois jogos no mesmo dia e à mesma hora. Seniores e juniores...




A Federação Portuguesa de Patinagem marcou em definitivo os dois jogos não realizados por parte do Cartaipense frente ao Cucujães e Juv Pacense.
No entanto em devida altura a direcção do clube minhoto deu conhecimento para a existência no dia 29 de janeiro de um jogo de juniores entre o Cartaipense e o Valença, este organizado pela Associação de patinagem do Minho.
Uma situação que deixa a formação das Taipas com um problema, ou seja dois jogos marcados para o mesmo dia, um de seniores e um de juniores...
Corre-se o risco de nesse dia estarem à mesma hora quatro equipas, mais os árbitros para disputarem os respectivos encontros.
Em nada a modalidade fica dignificada com este tipo de situações.

Campeonato nacional da 2ª divisão - Zona Norte
2ª jornada
Cartaipense - Cucujães, dia 29 de janeiro às 21.00h
5ª Jornada
Cartaipense - Juventude Pacense , dia 5 de Fevereiro às 21.00h

1.26.2014

III D - Ancorense deixa dois pontos no Boavista (1-1)



Com o ringue muito difícil em Alfena para a pratica do hóquei em patins devido à inúmera humidade, a igualdade a uma bola demonstra a dificuldade sentida pelas duas formações em jogar.
Ao intervalo a turma do Boavista vencia por 1-0 com golo de Zé Luís. A perder o Ancorense conseguiu chegar ao empate por intermedio de Rafael Almeida.
Apesar do empate o Ancorense mantêm a segunda posição com dezassete pontos, mas agora a sete pontos do líder, o vizinho Valença.
Para os boavisteiros foi o primeiro ponto alcançado esta temporada ao fim de nove jornadas.
Na próxima jornada o Ancorense volta a jogar fora desta vez no Acadêmico do Porto. O Boavista recebe o HC Ponta Delgada.

III D - Valença imparável vence Vila Boa Bispo por 9-3



Continua imparável a campanha do Valença HC no ano de regresso aos nacionais.
Em jogo da 9ª jornada a turma minhota somou mais uma vitoria.
Alias o Valença só sabe ganhar neste campeonato oito jogos, outras tantas vitorias.
Outra nota de superioridade é o melhor ataque e a melhor defesa.
Neste momento o Valença marcou 58 e sofreu 16 golos!!!
A "vitima" este domingo foi o Vila Boa Bispo que perdeu em Valença por 9-3.
Os golos minhotos foram apontados,quatro por Tomba, três de Hélder Martins e um cada de Diogo Sá e Pedro Conde.
A vitória permitiu ao Valença manter a primeira posição agora com vinte e quatro pontos.
Na próxima jornada, a primeira da segunda volta o Valença fica de folga.

II D - Riba d'Ave salva honra minhota. Famalicense e Cartaipense perdem



Das três equipas do Minho na segunda divisão apenas o Riba d'Ave venceu na 17ª jornada.
A jogar em casa a turma de Horácio Ferreira não encontrou dificuldades em ultrapassar o Fanzeres vencendo por cinco golos sem resposta. Os tentos foram da autoria de Raul Meca e Ricardo Lopes dois e um de Jorge Maceda.
O Famalicense visitou Espinho e perdeu pela diferença mínima, 3-2 diante a turma da casa.
Ao intervalo as duas equipas estavam empatadas a zero bola. No entanto o Espinho entrou forte e rapidamente chegou ao 3-0. Com enorme entrega os minhotos reduziram para 3-2 com tentos de André Ferreira e Celso Silva, insuficiente para evitar uma derrota algo imerecida.
Por fim o Cartaipense jogou em Cucujães perdendo por 4-3.
Em tempo de descanso o Cucujães vencia por 2-1.
Na segunda parte o Cart chegou por duas vezes ao empate , a duas e as três bolas. O ultimo minuto foi fatal para a turma de Orlando Ribeiro que viu o seu adversário chegar ao triunfo. Marcaram para o Cartaipense João Pedro, Bruno Carvalho e Ricardo Guimarães.
Perante este resultados o Riba d'Ave mantêm a terceira posição agora com trinta e oito pontos. O famalicense segurou apesar da derrota o quinto lugar com vinte e nove pontos. Em relação ao Cartaipense baixou com a derrota em Cucujães para o décimo segundo lugar com catorze pontos. No entanto a turma das Taipas tem menos dois jogos realizados.
Na próxima ronda teremos um derby minhoto á moda de Famalicão com o Riba d'Ave a visitar o Municipal de Famalicão. O Cartaipense joga em casa diante o Fanzeres.

Juv Viana vence em Cambra e segura 5º lugar



A turma vianense deslocou-se a Vale de Cambra tendo vencido por 8-4. Os minhotos ao intervalo venciam por 3-1. O triunfo coloca a Juv Viana na quinta posição com vinte e cinco pontos, mais dois que o Turquel.
O internacional Luís Viana abriu o marcador aos 5' através de uma grande penalidade concretizada. O HA Cambra chegou ao empate aos 10' por Bruno Fernandes, mas no minuto seguinte Luís Viana fez o 2-1.
Antes do descanso a Juv Viana aumentou para 3-1 por intermedio de Joel Coelho.
O inicio da segunda parte foi animado com a turma da casa a reduzir por Tomas castanheira aos 4'.
Volvidos seis minutos Luís Viana fez o 4-2. A seguir os cambrenses voltaram a encurtar por Carrais,mas Nuno Félix com dois golos fez o 6-3.
Ainda ganhou alguma esperança o HA Cambra com o 6-4 por Carrais. Essa esperança acabou com o endiabrado Luís Viana e André Centeno a sentenciarem o jogo com mais dois golos , fixando o 8-4 final.
Na próxima jornada a Juv Viana recebe o Paço d'Arcos. O HA Cambra que se encontra na zona de descida joga em Tomar.



HC Braga empata a três com o HC Mealhada


A turma do HC Braga viu interrompida a bonita serie de três jogos consecutivos sempre a ganhar após empatar na Mealhada a três golos.
Na visita ao reduto do penúltimo classificado os bracarenses foram surpreendidos pela equipa local que marcou logo aos 5' por Pedro Coelho.
Ainda festejavam os adeptos da casa e já Luís Filipe repunha a igualdade, resultado com que se chegou ao intervalo.
Se os golos apareceram no inicio da primeira parte o mesmo se sucedeu na etapa final, mas desta vez com Ângelo Fernandes a colocar o HC Braga em vantagem aos 2'.
O Mealhada  acreditou e voltou a empatar na recarga a um livre direto por Filipe Almeida quando estavam decorridos 9'.
Logo a seguir David Ribeiro voltou a colocar o Mealhada em vantagem desta vez por 3-2.
Com muito tempo para se jogar os minhotos carregaram e conseguiram chegar de novo ao empate a dois minutos do fim por Miguel Vieira.
Esta divisão de pontos permite ao HC Braga somar dezanove pontos, ocupando o nono lugar. O Mealhada esse continua na penúltima
posição agora com nove pontos.
Na próxima ronda o HC Braga recebe a Oliveirense e o Mealhada joga em Barcelos

OC Barcelos vence Sporting CP por 5-4



Longe vão os tempos em que Sporting CP e OC Barcelos lutavam pelos primeiros lugares. No passado sábado estes dois emblemas encontraram-se em Loures em partida da 13ª jornada, numa situação completamente inversa, ou seja na luta pela manutenção com dois pontos a separar as duas equipas.
A jogar em casa o Sporting CP chegou à vantagem mesmo em cima do intervalo por Ricardo Figueira na transformação de um livre direto.
Na segunda parte o OC Barcelos entrou forte e deu a volta ao resultado com golos de Zé Braga e Hugo Costa. A vantagem foi aumentada aos 13' por Hugo Costa. O Sporting tentava reagir mas seria o conjunto minhoto a elevar para 4-1 desta vez por José Braga. Antes Zé Pedro desperdiçou um livre direto a favor do OC Barcelos.
Com mais de dez minutos para se jogar o Sporting arriscou e reduziu para 4-3 com tentos de Filipe Bernardino.
A resposta do OC Barcelos surgiu por José Braga fazendo o 5-3. Num ultimo esforço os "leões" ainda reduziram para 5-4 Mário Rodrigues.
No ultimo minuto o OC Barcelos ainda podia ter feito o sexto golo mas José Braga desperdiçou um livre direto.
O resultado final coloca o OC Barcelos com 17p mais distante da zona de "liguilha " somando agora cinco pontos de vantagem exactamente sobre o Sporting CP.
Na próxima jornada o OC Barcelos recebe o HC Mealhada. O Sporting CP viaja ao ringue dos Carvalhos.

Foto:Hoqueifotos


Resultados das equipas do Minho ( sábado dia 25 de janeiro )


sábado dia 25 de janeiro

1 Divisão - 13ª Jornada
18.00H  Mealhada 3 HC Braga 3
18.00H  HA Cambra 4 Juv Viana 8
21.00H  Sporting CP 4 OC Barcelos 5

2 Divisão - 17ª Jornada
18.00H  Riba d'Ave 5 Fanzeres 0
18.00H  Cucujães 4 Cartaipense 3
18.30H  AA Espinho 3 Famalicense 2

Domingo dia 26 de janeiro

3 Divisão - 9ª Jornada
17.00H Valença - Vila Boa Bispo - Rui Torres do Minho
21.00H Boavista - Ancorense - José Pinto do Porto

1.24.2014

Direção do Cartaipense estupefacta e indignada com a FPP sobre a marcação dos jogos atrasados...




Para conhecimento publico, os clubes não chegaram a acordo para a data da realização dos jogos que não se realizaram!

A federação chamou a si a marcação dos mesmos!

O CART enviou à federação um email em tempo útil, dando conta das datas disponíveis para a realização dos jogos uma vez que o pavilhão do CART tem uma taxa de ocupação de 100%

"...As datas que propusemos para os jogos são as disponibilizações que conseguimos para a realização dos mesmos,pedimos que a FPP tenha isso em consideração, caso contrário e perante alguma imposição da FPP iremos agir para sermos ressarcidos dos prejuízos que resultarem dessa imposição!..."

"...O CART nunca recusou efectuar os jogos em causa, o CART quer realizar os jogos em causa, prova disso mesmo é que só o CART se mostrou interessado em que a FPP tomasse a decisão o mais rápido possível, no entanto só o pode fazer mediante disponibilidade de pavilhão e tem essa disponibilidade nos dias e horários a seguir relembrados!..."

No entanto a Federação ignorou tudo aquilo que foi escrito e comunicado pelo CART!
Com uma forma de posso, quero, e mando a Federação marcou um dos jogos para o dia 29 de janeiro de 2014,pelas 21h. a saber
CART/Superinertes x Cucujães
e o outro CART/Superinertes x Juventude Pacense para o dia 5 de Fevereiro de 2014 pelas 21h.

A direcção do CART está estupefacta com esta decisão da Federação!

O CART não pode jogar na imposição da FPP!

No dia 29 de janeiro de 2014 às 21h o CART tem um jogo oficial marcado!
CART x Valença HC em juniores!!!

E agora?
O CART avisou a Federação dos dias disponíveis!!! A Federação não quis saber, marcou os jogos para datas que o CART não indicou e agora o CART tem 2 jogos no mesmo dia, à mesma hora e no mesmo pavilhão!!!

Quem vai descalçar esta bota?
Custava muito auscultar o CART sobre outras datas disponíveis?

Imediatamente o CART deu conta desta situação por email à Federação, mas até à data não obtivemos qualquer resposta!

Não é assim que se tratam os clubes, o CART merece respeito, e a Federação não está a respeitar o CART!

Estaremos nós a pagar a factura da nossa persistência em repor a legalidade na nossa FPP?

Assim não vamos lá!

Lima Pereira.

1.23.2014

Jogos e árbitros para as equipas do Minho ( 25 e 26 de janeiro )



Salvo alterações de ultima hora os jogos e árbitros das equipas do Minho são os seguintes para sábado dia 25 de janeiro e domingo dia 26 de janeiro.

sábado dia 25 de janeiro

1 Divisão - 13ª Jornada
18.00H  Mealhada - HC Braga - Jerónimo Moura e Nuno Sequeira do Porto
18.00H  HA Cambra - Juv Viana - Paulo Santos e Porfirio Fernandes do Porto
21.00H  Sporting CP - OC Barcelos - Miguel Guilherme e Luís Peixoto de Lisboa

2 Divisão - 17ª Jornada
18.00H  Riba d'Ave - Fanzeres - Paulo Sousa do Porto e Cláudia Rego do Minho
18.00H  Cucujães - Cartaipense - Manuel Fernandes e Jorge Machado do Porto
18.30H  AA Espinho - Famalicense - Manuel Oliveira de Aveiro e Vítor Roxo de Leiria

Domingo dia 26 de janeiro

3 Divisão - 9ª Jornada
17.00H Valença - Vila Boa Bispo - Rui Torres do Minho
21.00H Boavista - Ancorense - José Pinto do Porto

1.22.2014

HC Braga vence Sporting CP por 4-2



Na ressaca da eliminação da Taça Cers, o HC Braga derrotou o Sporting CP por 4-2 em pleno pavilhão das Goladas.
Apesar de andar na primeira parte atrás do resultado e no inicio da etapa final, os minhotos souberam encontrar o caminho do triunfo na ponta final.
Foi o Sporting o primeiro a marcar por Ricardo Figueira, tendo Ricardo Ramos "Piolho" estabelecido o empate, resultado com que se chegou ao intervalo.
Na etapa final Ricardo Figueira ameaçou o golo mas falhou um livre direto. O mesmo não aconteceu com Filipe Bernardino que de grande penalidade voltou a colocar o Sporting em vantagem.
Os minhotos a perderam arregaçaram as mangas e foram à procura dos golos. O empate a duas bolas surgiu por Rodrigo Sousa de livre direto e a cambalhota no marcador por Frederico Saraiva obtendo o 3-2.
O Sporting não baixou os braços e podia ter feito de novo a igualdade mas Ricardo Figueira desperdiçou um livre direto.
Quem não marca sofre e Frederico Saraiva de livre direto não desperdiçou garantindo o triunfo aos minhotos fazendo o 4-2.
Com a vitoria o HC Braga sobe ao sétimo lugar somando dezoito pontos. O Sporting manteve os os doze pontos mas baixou para lugar de " liguilha ".
Na próxima jornada o HC Braga joga na Mealhada e o Sporting CP recebe o OC Barcelos.

OC Barcelos vence Física por 3-2




Depois da jornada europeia onde foi eliminado da Taça Cers diante o Breganze de Itália, o OC Barcelos recebeu o Física de Torres Vedras.
O jogo começou numa toada muito calma com as duas equipas a estudarem-se o esquema de cada uma, pelo que as situações de golo foram escassas.
Aos catorze minutos surgiu o primeiro golo e para o OC Barcelos por Hugo Costa a concluir de forma eficaz uma jogada de contra ataque.
A perder o Física subiu na pista e podia ter empatado aos 19' mas Tiago Jorge desperdiçou um livre direto ao rematar para a tabela de fundo a castigar a décima falta dos minhotos.
Até ao intervalo o marcador não sofreu mais alteração muito por culpa das intervenções dos dois guarda redes, Ricardo Silva e André Azevedo.
A segunda parte começou praticamente com o golo do empate do Física logo aos vinte segundos por Tiago Jorge, aproveitando uma desatenção completa da defesa barcelense.
Os visitantes podiam ter efectuado a reviravolta no resultado aos 6' mas Ricardo Silva defendeu uma grande penalidade de Carlitos.
Com o domínio de bola o OC Barcelos procurou voltar a marcar enquanto que o Física explorava o contra ataque.
Aos 14' o OC Barcelos podia ter desfeito a igualdade mas Luís Querido falhou um livre direto pela décima falta da equipa de Torres Vedras.
Segundos depois o capitão minhoto não falhou e de grande penalidade fez o 2-1. Com os festejos um dos árbitros entendeu que o capitão barcelense exagerou e mostrou o cartão azul.
A suposta infracção motivou que o OC Barcelos joga-se com menos um jogador tendo o Física carregado mas o guarda redes Ricardo Silva mostrou-se atento.
Na melhor e mais emotiva parte do encontro o Física a jogar com menos um jogador arrancou duas faltas originando numa delas a décima quinta situação que Carlos Godinho não aproveitou graças à boa defesa de Ricardo Silva.
Ainda com mais um jogador o OC Barcelos marcou por Luís Querido aos 20' num remate fortíssimo de meia distancia sem hipótese para André Azevedo.
O jogo ainda não tinha acabado quando André Pereira aos 23' reduziu para 3-2.
A seguir o Física cometeu a décima quinta falta mas José Braga falhou o livre direto. Logo de imediato os visitantes ficaram com menos um jogador por cartão azul mostrado a Samuel Lima. Essa situação originou uma grande penalidade que Luís Querido não concretizou.
O triunfo permite ao OC Barcelos subir na tabela ocupando agora o nono lugar com catorze pontos tendo ultrapassado inclusive o seu adversário de Torres Vedras.
Na próxima ronda os minhotos jogam fora com o Sporting CP e o Física recebe os Carvalhos

Ficha técnica
Pavilhão Municipal de Barcelos
Árbitros: Paulo Santos e Porfirio Fernandes do Porto
Ao intervalo: 1-0

OC Barcelos 3
Ricardo Silva, Luís Querido, Zé Pedro, Hugo Costa e José Braga
Jogaram ainda: Pedro Mendes, João Marques, João Candeias.
Treinador: Paulo Freitas

Física de Torres Vedras 2
André Azevedo, Carlos Garrancho, Carlos Godinho, Samuel Lima e João Lima
Jogaram ainda: Carlitos, Tiago Jorge,

1.20.2014

Resultados do fim semana das equipas do Minho


Taça Cers
Oitavos de final - 2ª mão
HC Braga 0 Noia 1 ( HC Braga eliminado da prova )
Breganze 6 OC Barcelos 4 ( OC Barcelos eliminado da prova )

I Divisão
Juv Viana 6 Sp. Tomar 2

II Divisão
Cartaipense 0 Riba d'Ave 5
Famalicense 4 HC Marco 9 

III Divisão
HC Ponta Delgada 2 Valença HC 5
Ancorense 7 Juv Pacense B 5
HC Fão 7 Académico 1

1.19.2014

Resultados das equipas do Minho de sábado dia 18 de janeiro


Taça Cers
Oitavos de final - 2ª mão
HC Braga 0 Noia 1 ( HC Braga eliminado da prova )
Breganze 6 OC Barcelos 4 ( OC Barcelos eliminado da prova )

I Divisão
Juv Viana 6 Sp. Tomar 2

II Divisão
Cartaipense 0 Riba d'Ave 5
Famalicense 4 HC Marco 9 

III Divisão
HC Ponta Delgada 2 Valença HC 5

DOMINGO DIA 19 DE JANEIRO

III Divisão

18.00h Ancorense - Juv Pacense B - Cristiano Jardim do Minho
19.30h HC Fão - Académico - António Rodrigues do Minho

1.18.2014

Taça Cers - OC Barcelos perde em Breganze e é afastado da competição



Perante o segundo classificado do campeonato italiano, o OC Barcelos obrigou o Breganze a mostrar a sua experiência para seguir em frente na Taça Cers. O Breganze venceu por 6-4.
Depois de desperdiçar um golo feito por João Candeias, o OC Barcelos inaugurou o marcador aos 6' por Luís Querido num remate cruzado. Procurou reagir a formação italiana mas seria o conjunto minhoto a aumentar para dois a zero por Zé Braga aos 13'.
A jogar perante o seu publico o Breganze reduziu por Mattia Coco aos 16', colocando de novo os italianos na frente da eliminatória.
Numa partida onde a entrega foi enorme com os jogadores a disputarem cada bola como se fosse a ultima surgiram também as faltas. Aos 20' o OC Barcelos beneficiou de um livre direto pela 10ª falta da equipa italiana mas Zé Pedro não concretizou.
Na resposta o Breganze empatou com um remate cruzado de Sérgio Silva. Ate ao descanso o resultado não sofreu mais alteração.
No inicio da segunda parte o Breganze beneficiou de um livre direto mas Cacau não concluiu na 10ª falta da equipa portuguesa.
Respondeu da melhor maneira o OC Barcelos com Zé Braga a colocar de novo os minhotos na frente. Numa segunda parte muito vivida, jogada a grande velocidade o Breganze chegou de novo à igualdade desta vez por Cacau.
O OC Barcelos nunca baixou os braços mas a finalização de Zé Braga aos 9' não foi a melhor de livre direto. A seguir novo lance desta vez de grande penalidade onde Luís Querido não falhou fazendo o 4-3 a favor dos minhotos.
Seria também de grande penalidade que o Breganze voltou a igualar o marcador desta vez Sérgio Silva.
Não fossem os ferros da baliza de Juan Oviedo, os remates de Zé Pedro e João Candeias, o OC Barcelos podia ter marcado de novo.
Do outro lado Ricardo Silva evitou o golo italiano ao defender um livre direto a castigar a décima quinta falta da equipa do Breganze.
Por parte do guarda redes da casa Juan Oviedo não ficou atrás já que aos 23' defendeu um livre direto de João Candeias
Nos ultimos minutos o Breganze sentenciou a eliminatória com golos de Gaston e Sergio Silva.
Pelo segundo ano consecutivo os minhotos ficam fora da Taça Cers diante um clube italiano



1.16.2014

Taça Cers - OC Barcelos em Breganze com dois golos de desvantagem



A tarefa de continuar na Taça Cers não é impossível mas também não é fácil para o OC Barcelos depois de perder em casa na primeira mão com o Breganze por 5-3.
Diante do actual segundo classificado do campeonato italiano onde jogam Sérgio Silva e Claudio Filho, os minhotos tem de puxar pelos seus argumentos para anularem a desvantagem sofrida em Barcelos.
Para isso o reforço de inverno, Zé Braga pode ser uma peça importante nesse sentido.
Ambas as equipas entram em ringue motivadas pelos triunfo nos seus campeonato, o OC Barcelos venceu em Paço d'Arcos e o Breganze foi vencer fora no ringue do Viareggio
A partida tem inicio às 20h de Portugal e será apitado pelos árbitros espanhóis, Luís Delfa e German Sadoval.
O jogo pode ser seguido em direto no site do CERH
link: http://www.cerh.eu



Taça Cers - HC Braga acredita na passagem depois da derrota por 4-3 em Espanha



A vontade de ganhar e eliminar a experiente equipa espanhola do Noia é um objectivo possível para a equipa do HC Braga.
O resultado apesar de negativo trazido de Espanha e a boa exibição realizada no ringue do Noia fazem com que a turma minhota sonhe com a passagem à próxima eliminatória.
A partida realiza-se em Fão por castigo e terá inicio às 18h.
Para este jogo o treinador André Torres já pode contar com Eduardo Brás após cumprir os três jogos de castigo.
Uma eliminatória totalmente em aberto como referiu o treinador André Torres após o jogo em Espanha.
" Este resultado permite ao HC Braga discutir a passagem diante os nossos adeptos. Vamos jogar com a mesma atitude, determinação e inteligência. Continuamos a acreditar que podemos seguir em frente depois do excelente jogo feito em Espanha".
Os juízes para o jogo no gimnodesportivo de Fão são italianos, Franco Ferrari e Rossano Rotelli.
O jogo pode ser visto em direto no site do CERH
link  http://www.cerh.eu
  

Árbitros e jogos para as equipas do Minho ( nacional e internacional ) 18/19 janeiro



Salvo alterações de ultima hora os jogos e árbitros para as equipas do Minho são os seguintes para sábado e domingo nas provas nacionais e na Taça Cers.

SÁBADO DIA 18 DE JANEIRO

Taça Cers
Oitavos de final - 2ª mão
18.00h HC Braga - Noia - Franco Ferrari e Rossano Rotelli de Italia
20.00h Breganze - OC Barcelos - Luís Delfa e German Sadoval de Espanha

I Divisão
21.30h Juv Viana - Sp. Tomar - João Rodrigues e Florindo Cardoso do Minho

II Divisão
18.00h Cartaipense - Riba d'Ave - Ricardo Sousa e António Bastos do Minho
21.00h Famalicense - HC Marco - José Monteiro do Minho e Porfirio Fernandes do Porto

DOMINGO DIA 19 DE JANEIRO

III Divisão

18.00h Ancorense - Juv Pacense B - Cristiano Jardim do Minho
19.30h HC Fão - Académico - António Rodrigues do Minho



1.15.2014

III D - Valença vence em Penafiel por 9-1 e é cada vez mais lider


O Valença HC reforçou a sua liderança no nacional da terceira divisão, zona norte após obter mais um triunfo na prova desta vez no recinto do Penafiel por 9-1 em partida atrasada da 6ª jornada.
Ao intervalo os minhotos sem qualquer dificuldade já venciam por 3-0.
Os golos do Valença foram apontados por Diogo Sá três, Toma e Hélder Martins dois cada e um de Miguel Fernandes e Pedro Conde.
Foi a sexta vitória em outros tantos jogos, sequência que lhe permite somar dezoito pontos e liderar confortavelmente a prova com mais cinco pontos que o dueto, Ancorense e Vila Boa Bispo.
O Penafiel continua com seis pontos somados com o seu golo de ontem a ser obtido por Paulo Pinto.
Na próxima ronda o Valença joga com o HC Ponta Delgada enquanto que o Penafiel recebe o Boavista.

Sub 20 - Miguel Vieira do HC Braga convocado. Minhoto Nuno Pereira da AD Valongo também selecionado



O atleta do HC Braga, Miguel Vieira faz parte das escolhas do seleccionador de sub 20,  Luís Duarte para o primeiro estágio nos dias 27 e 28 de janeiro com vista à preparação do campeonato da Europa deste ano.
Quem também faz parte desta convocatória é o minhoto Nuno Pereira "Micoli" antigo jogador do OC Barcelos que em Dezembro se transferiu para a AD Valongo.

Atletas convocados

Hóquei Clube de Braga ( AP Minho ) - Miguel Carlos Vieira

Futebol Clube do Porto ( AP Porto ) - João Miguel Almeida, Diogo Miguel Seixas 

Associação Desportiva de Valongo ( AP Porto ) - Pedro Miguel Freitas, Xavier Carvalho Cardoso, Álvaro António Morais, Nuno Edgar Pereira

Hóquei Clube de Turquel ( AP Leiria ) - Eduardo Jorge Leitão, David Miguel Costa 

Sport Lisboa e Benfica ( AP Lisboa ) - Diogo Alves Fernandes, João Rodrigo Campelo, João Roma Sardo

Clube Desportivo Paço de Arcos ( AP Lisboa ) - André Costa Gaspar

fonte: FPP

Sub 17 - Minhotos Gonçalo Meira, Gabriel Costa e Pedro Silva convocados



Os atletas Gonçalo Meira e Gabriel Costa do HC Braga ( em cima ) e Pedro Silva da ADB Campo ( Foto da direita ) fazem parte das escolhas seleccionador nacional de sub-17 Luís Moreira para o 1º estagio a realizar nos dias 27 e 28 de janeiro com vista à preparação para o campeonato da Europa deste ano.

De acordo com o Plano Anual das Selecções Nacionais, a Federação de Patinagem de Portugal vai levar a efeito o 1º Centro de Treinos da Selecção Nacional Sub-17 de Hóquei em Patins, o qual vai ter lugar nos dias 27 e 28 de Janeiro de 2014 na vila do Luso, tendo em vista a preparação desta Selecção para o Campeonato da Europa que vai decorrer no corrente ano.
         
Hóquei Clube de Braga ( AP Minho ) - Gonçalo Meira Pereira, Gabriel Fernandes Costa

Associação Desportiva de Barcelos ( AP Minho ) - Pedro Miguel Silva

Associação Desportiva de Valongo ( AP Porto ) - Hugo Miguel Barata

Dragon Force Futebol Clube ( AP Porto ) - João Bernardo Lima, Joaquim Fernando Ferreira

Associação Desportiva Sanjoanense ( AP Aveiro ) - Marcelo Neves Silva, Tiago Henrique Almeida

União Desportiva Oliveirense ( AP Aveiro ) - Tiago Carvalho Rodrigues

Hóquei Clube de Turquel ( AP Leiria ) - Francisco Honório Santos, Paulo Xavier Duro

Sport Lisboa e Benfica ( AP Lisboa ) - Gonçalo Fonseca Nunes
Sporting Clube de Portugal ( AP Lisboa ) - Frederico Miguel Neves

fonte: FPP

1.14.2014

Ranking Mundial - Juv Viana ( 18º ), OC Barcelos ( 37º ) e HC Braga ( 66º ) as melhores equipas do Minho




No habitual mas contestado ranking mundial de clubes ( 779 formações ) publicado no inicio de 2014 e elaborado pelo site http://rink-hockey.net a Juventude de Viana é a melhor equipa do Minho ocupando a 18ª posição. Seguem-se o OC Barcelos em 37º e o HC Braga em 66º.
Os dois primeiros lugares são ocupados por duas equipas portuguesas, FC Porto em primeiro seguido do Benfica, ambas à frente do Barcelona.
Esta tabela com 779 equipas incorpora equipas que disputam o nacional e distrital da modalidade, inclusive até as formações denominadas, equipas "B".


Classificação das equipas do Minho

18º Juv Viana  2278 pontos
37º OC Barcelos 2156 pontos
66º HC Braga 2068 pontos

100º Riba d'Ave 1984 pontos
111º Famalicense 1961 pontos
152º Valença HC 1866 pontos

157º CCD Ancorense 1854 pontos
188º Cartaipense 1802 pontos
286º HC Fão 1664 pontos

1.13.2014

Cartaipense " Será que vamos jogar com o Cucujães e Juv Pacense sem realizar os jogos da 1ª Volta..."



A direcção do Cartaipense enviou no passado dia 8 de janeiro um email à Federação Portuguesa de patinagem a solicitar datas para a realização dos jogos não realizados por decisão das duplas de arbitragem com o Cucujães e com a Juventude Pacense.
Segundo o presidente do clube minhoto Lima Pereira a sua preocupação deve-se ao facto de a segunda volta estar a começar.
" Perante total ausência na decisão desta situação corremos o risco de jogar com as duas equipas sem realizar o jogo da primeira volta. Já passaram dois meses e ate agora nada. Procuramos com o envio deste email mostrar a nossa preocupação perante total e inexistente resposta por parte da FPP. Na próxima quarta feira deverá realizar-se a reunião de direcção na federação pelo que esperamos uma resposta. Como não sabemos a quem cabe a responsabilidade da decisão, este email serve de alerta para que se resolva o mais rápido possível e se possam realizar os dois jogos. O Cart cumpriu a lei... ".


Abaixo o email enviado à FPP

Exmos. Senhores.
Os nossos respeitosos cumprimentos.
A direcção do CART vem por este meio e perante a total ausência de decisão, perguntar à FPP o que pensa fazer relativamente aos jogos que não se realizaram por decisão da dupla de arbitragem:

Jogo n.º 251 de 13-10-2013 às 18H00 entre o  CART/Superinertes CD CUCUJÃES 
Jogo n.º 276 de 02-11-2013 às 18H00 entre o CART/Superinertes CDC JUV PACENSE

Relembramos V/ Exias que o CART cumpriu escrupulosamente a lei que rege o desporto português (prova disso mesmo foi a recente alteração dos regulamentos da FPP) e como tal não aceita que lhe seja imputada qualquer responsabilidade pela não realização dos jogos.
Exigimos uma decisão rápida, que no nosso entender já deveria ter sido tomada e do nosso conhecimento, pois já se passaram mais de 2 meses e a 2.ª volta está prestes a iniciar-se.

Na expectativa de uma resposta o mais célere possível.
P'la direcção.
Lima Pereira


Nota:
como não sabemos a quem cabe a responsabilidade da decisão tomamos a liberdade de enviar o email para vários órgãos da FPP na expectativa de receber alguma resposta.

1.12.2014

III D - Valença vence vizinho Ancorense por 5-2 e consolida 1º lugar


Na recepção ao vizinho Ancorense, o Valença venceu por 5-2 segurando assim o primeiro lugar agora com quinze pontos. Um pleno da equipa de Valença que em cinco jogos soma outras tantas vitórias ao qual se junta o melhor ataque e a melhor defesa ( 35-10)
Em relação ao jogo a turma valenciana entrou a dominar pelo que ao intervalo vencia por 2-0, primeiro por Tomba e depois por Miguel Fernandes.
O Ancorense reagiu na segunda parte reduzindo por César Pinheiro mas o Valença " disparou " o resultado para 5-1 com Miguel Fernandes por duas vezes e um de Hélder Martins. Ate ao fim o Ancorense ainda marcou o segundo golo por Rui Araújo.
O triunfo coloca o Valença isolado na primeira posição com quinze pontos, seguido do Ancorense e Vila Boa Bispo com treze pontos.
Nota para as partidas realizadas pelas equipas. O Valença tem cinco, o Ancorense seis e o Vila Boa Bispo sete encontros.
Na próxima ronda o Valença desloca-se aos Açores para defrontar o HC Ponta Delgada. O Ancorense joga em casa recebendo a Juventude Pacense B.

1.11.2014

Resultados das equipas do Minho de sábado dia 11 de janeiro de 2014



I Divisão

Paço d'Arcos 2 OC Barcelos 3
Física 3 HC Braga 4
Candelária 3 Juventude Viana 3 

II Divisão
Riba d'Ave 8 Cucujães 3
Cartaipense 4 Espinho 5
Famalicense 4 Gulpilhares 4

II D - Riba d'Ave vence Cucujães por 8-3



O Riba d'Ave recebeu no seu ringue o Cucujães somando mais um triunfo e mantendo a terceira posição agora com trinta e dois pontos.
A partida começou com os minhotos a dominarem por completo as despesas e o ritmo do jogo.
Depois do poste ter evitado o primeiro golo a remates de Raul Meca e André Alves, seria este a inaugurar o marcador aos 4'.
O Cucujães respondeu no minuto seguinte com o empate por Tiago Oliveira. A igualdade durou poucos segundos porque a seguir Jorge Maceda fez o 2-1, aos 5'. A vantagem seria alargada aos 9' por Raul Meca. No entanto o Cucujães voltou a reduzir por Duarte Resende.
A dez minutos do intervalo o infortúnio apareceu para o guarda redes do Cucujães Pedro Serena que foi obrigado a abandonar a partida por lesão sendo substituído por José Martins.
Diga-se que o guarda redes do Cucujães entrou muito bem no jogo defendendo com boas intervenções a sua baliza pelo que não foi de estranhar que ao intervalo o resultado não tivesse sofrido mais alteração.
A segunda parte começou com a turma de Horácio Ferreira a pressionar muito o ultimo reduto visitante. Perante a enorme pressão aos 2' Miguel Oliveira atleta do Cucujães viu o cartão azul originado um livre direto que Ricardo Lopes não aproveitou.
A jogar com mais um jogador o Riba d'Ave aproveitou essa situação e fez o 4-2 por Diogo Machado.
O Cucujães abriu o seu jogo mas quem acabou por marcar foi o Riba d'Ave por André Alves aos 11'.
O resultado voltou a funcionar para 6-2 por Vítor Moreira em nova situação de "power play " por azul mostrado a Duarte Resende. Antes Raul Meca tinha falhado o respectivo livre direto.
Com quatro golos de vantagem os minhotos abrandaram e o Cucujães reagiu fazendo o 6-3 aos 17' por André Silva. A resposta do Riba d'Ave foi imediata com Raul Meca segundos depois a obter o 7-3.
Nos ultimos cinco minutos a turma minhota esteve particularmente desastrada na finalização, mesmo a jogar com mais um elemento. Primeiro falhou um livre direto e depois uma grande penalidade. Sendo assim o marcador manteve-se em 8-3.
Vitoria justa do Riba d'Ave perante um Cucujães que valorizou o jogo a quem se deslocou ao Parque das Tílias.
Na próxima ronda o Riba d'Ave tem uma viagem curta ao vizinho Cartaipense.

Pavilhão das Tilias em Riba d'Ave
Árbitros: Domingos Carvalho e Orlando Panza do Porto
Ao intervalo: 3-2
Faltas: Riba d'Ave 8 Cucujães 7

Riba d'Ave 8
Filipe Miranda, André Alves, Jorge Maceda, Raul Meca e Diogo Machado
Suplentes: João Costa, Ricardo Lopes, Hugo Oliveira, Bruno Castro e Vítor Moreira
Treinador: Horácio Ferreira

Cucujães 3
Pedro Serena, Marcelo Santos, Gabriel Ferreira, Duarte Resende e Tiago Oliveira
Suplentes: José Martins, Miguel Oliveira, Pedro Costa, André Silva e João Teles
Treinador: Carlos Gonçalves

1.08.2014

Árbitros e jogos para as equipas do Minho ( 11, 12 e 15 de janeiro )

Salvo alterações de ultima horas os jogos e árbitros para as equipas do Minho são os seguintes para os dias 11, 12 e 15 de janeiro.

sábado dia 11 de janeiro
I Divisão
18.00h Paço d'Arcos - OC Barcelos - Jerónimo Moura e Nuno Sequeira do Porto
18.30h Física - HC Braga - António Santos e Paulo Almeida de Aveiro
21.30h Candelaria - Juv Viana - Jorge Ventura e José Nave de Lisboa

II divisão - Zona Norte
18.00h Riba d'Ave - Cucujães - Domingos Carvalho e Orlando Panza do Porto
18.00h Cartaipense -  Espinho - Paulo Santos e Porfirio Fernandes do Porto
19.00h Famalicense - Gulpilhares - Nuno Lucas de Aveiro e Bruno Antão de Coimbra

Domingo dia 12 de janeiro
III Divisão - Zona Norte

17.00h Valença - Ancorense - Florindo Cardoso do Minho

Quarta feira dia 15 de janeiro
III Divisão - Zona Norte
21.30h Penafiel - Valença - Nuno Sequeira do Porto

II D - Riba d'Ave vence em Espinho por 4-3 e sobe ao 3º lugar




Em partida atrasada da 14ª jornada, o Riba d'Ave jogou em Espinho e obteve uma preciosa vitoria pela margem mínima, diante a equipa da casa por 4-3. Nota para a excelente exibição do guarda redes do Riba d'Ave Filipe Miranda e para a enorme união dos colegas, principalmente quando estiveram a jogar apenas com dois elementos de ringue.
O triunfo começou a ser construído aos 10' graças a um desvio de Álvaro Pinto para a sua baliza após remate de Jorge Maceda. O mesmo jogador marcou mas desta vez na baliza de Filipe Miranda fazendo o empate aos 17'.
A seguir os minhotos podiam ter ganho nova vantagem mas Vítor Hugo não concretizou um livre direto. Quem não perdoou foi Afonso Santos que aos 21' fez o 2-1 a favor da sua equipa estabelecendo o resultado em tempo de intervalo.
Na segunda parte de grande penalidade aos 5' o Riba d'Ave fez o empate por Bruno Castro para logo a seguir Afonso Santos voltar a dar vantagem aos espinhenses.
Numa segunda parte mais emotiva o empate surgiu aos 7' por Raul Meca. Depois apareceu o desperdício dos minhotos em lances de bola parada, com Jorge Maceda e Ricardo Lopes a não concretizarem dois livres direto e Bruno Castro uma grande penalidade. A formação de  Espinho também podia ter marcado mas André Pinto desperdiçou um livre direto.
O golo da vitoria minhota apareceu aos 19' por intermedio de Ricardo Lopes.
Ate ao fim a equipa da casa podia ter empatado mas a grande exibição de Filipe Miranda evitou esse objectivo ao defender uma grande penalidade e um livre direto.
Com a vitória o Riba d'Ave sobe ao terceiro lugar agora com vinte e nove pontos, ultrapassando o adversário desta noite a AA Espinho.
Na próxima jornada os minhotos recebem o Cucujães. O Espinho joga no Minho nas Caldas das Taipas.

Hoquei Minhoto atinge as 200.000 visitas. Obrigado a todos




Criado em Outubro de 2011 o Blog Hoquei Minhoto atingiu esta quarta feira o magnifico numero das 200 mil visualizações.
Um espaço que pretende continuar a ser uma marca de referencia no hóquei em patins especialmente no Minho na sua divulgação.
Este numero de visitas só é possível graças à credibilidade do seu conteúdo. A presença em vários pavilhões prova isso mesmo com os clubes a reconheceram a importância do Hoquei Minhoto.
Procuramos estar sempre presentes e não vivemos de press release como muitos o fazem, inclusive copiando o que o Hoquei Minhoto publica. Somos uma fonte de informação para muitos órgãos de comunicação social local, regional e nacional. O mesmo acontece a nível internacional.
Onde o Hoquei Minhoto não está presente os dirigentes, treinadores e jogadores dos clubes nunca deixam de enviar as informações.
Tudo isto não era verdade se os " amigos " do Hoquei Minhoto não acreditassem neste projecto.
Pelo facto agradecemos a todos os que apoiam este espaço.
Obrigado a todos por continuarem a acreditar no Hóquei Minhoto

VIVA O HÓQUEI EM PATINS

1.07.2014

Diogo Sá ex Cartaipense ruma ao Valença HC



O antigo jogador do Cartaipense da segunda divisão zona norte, Diogo Sá é reforço do Valença HC , formação minhota que disputa o nacional da terceira divisão.
Esta foi a opção tomada pelo atleta que anteriormente tinha deixado em aberto após a " pausa " efectuada durante o mês de Dezembro ao serviço do Taipas.
Para Diogo Sá formado no OC Barcelos, será mais uma "aventura " minhota depois de passar pelo Famalicense, AD Limianos e Cartaipense ao qual se junta também uma passagem pelo Povoa.
O Valença HC tem assim ao seu dispor mais um elemento com experiência para lutar por um objectivo de subir. Neste momento os valencianos ocupam a segunda posição com doze pontos, a um dos vizinhos de Vila Praia de Ancora.
Curiosamente a sua estreia pode acontecer já no próximo domingo no derby exactamente contra o Ancorense em partida a realizar em Valença.

Foto: arquivo


1.06.2014

Taça de Portugal - Conheça os adversários das equipas do Minho ( 1ª Eliminatória )



Realizou-se esta segunda feira na sede da Federação Portuguesa de patinagem o sorteio da primeira eliminatória da Taça de Portugal, ainda somente com equipas da segunda e terceira divisão nacional.
Isento do Minho ficou a formação do Famalicense, tendo o sorteio ditado um derby minhoto com o Ancorense a receber o Riba d'Ave.

1ª eliminatória a realizar-se a 8 de Fevereiro
Isentos
Famalicense AC
Sanjoanense
Juv Pacense

Jogos
Ancorense - Riba d'Ave
Académico FC - Cartaipense
Valença - HC Marco
HC Fão - Juventude Ouriense
Marinhense - Inf Sagres
Pesseg Vouga - AA Espinho
Paço rei - Sobreira
Penafiel - Acad Feira
Lavra - Povoa
Boavista - Gulpilhares
Marítimo - Fanzeres
Oliv Hospital - Cucujães
Vila Boa Bispo - H Ponta Delgada

1.05.2014

III D - HC Fão vence no Boavista por 5-3



Rui Silva apontou três golos

Em partida da sétima jornada a turma do HC Fão visitou o Boavista regressando ao Minho com os três pontos depois de vencer o seu adversário por 5-3.
O jogo começou com a turma do Fão a ganhar vantagem por Rui Silva, ao qual respondeu o Boavista com o empate. No entanto antes do intervalo Tiago Carvalho e Rui Silva colocaram os minhotos em vantagem por 3-1 em tempo de descanso.
Na etapa final o Boavista reagiu e empatou o jogo a três bolas. O equilíbrio no marcador foi desfeito à entrada dos ultimos dez minutos com os golos do Fão apontados por Rui Silva e Rui Martins.
Esta vitoria permite ao HC Fão subir ao terceiro lugar com doze pontos em sete jogos realizados.
O Boavista continua na ultima posição ainda sem qualquer pontos obtido.
Na próxima jornada o HC Fão recebe o Académico enquanto que o Boavista joga em Penafiel.


ID - HC Braga vence Paço d'Arcos por 5-1


Na ultima partida da 10ª jornada o HC Braga recebeu o Paço d'Arcos somando três importantes pontos com o triunfo por 5-1.
Um jogo disputado a boa velocidade com enorme entrega das duas equipas. A turma do Paço d'Arcos apresentou-se em Braga com a intenção de surpreender os minhotos em contra ataque.Por parte dos bracarenses o seu domínio do jogo foi notório. Esse domínio só deu resultado a seis segundos do final da primeira parte com Ângelo Fernandes a fazer o 1-0.
A perder o Paço d'Arcos apareceu mais agressivo obrigando Guilherme Silva a mostrar serviço de qualidade. Aos 15' o guarda redes do HC Braga mostrou-se ao mais alto nível a defender um livre direto de André Pereira a castigar a décima falta da equipa minhota. Na jogada seguinte Eduardo Brás não desperdiçou e fez o 2-0. Animou ainda mais a partida quando o Paço d'Arcos aos 17' reduziu para 2-1 por Rui Ribeiro.
Os sulistas arriscavam no empate mas quem marcou foi o HC Braga aos 22' por Frederico Saraiva  e logo a seguir o mesmo jogador fez o 4-1 de livre direto.
Este quatro golo acabou por completo com as duvidas em relação ao resultado final. O triunfo dos minhotos ainda foi mais esclarecedor com o quinto golo novamente por Frederico Saraiva.
Um importante triunfo para os bracarenses que assim dão um salto na classificação somando agora doze pontos. Em relação ao Paço d'Arcos permanece na penúltima posição com apenas cinco pontos.
Na próxima ronda o Braga joga em Torres Vedras enquanto o Paço d'Arcos recebe o OC Barcelos.


Pavilhão das Goladas em Braga
Árbitros: António Teixeira e António Rodrigues
Ao intervalo: 1-0
Faltas: Braga 13 Paço d'Arcos 14

HC Braga
Guilherme Silva, Miguel Vieira, Luís Filipe, Eduardo Brás e Frederico Saraiva
Jogaram ainda: Ângelo Fernandes, Rodrigo Sousa
Treinador: André Torres

Paço d'Arcos
Carlos Silva, Tiago Roquete, Rui Pereira, André Pereira e Rui Ribeiro
Jogaram ainda: João Alves, Rui Pinheiro, Nelson Ribeiro
Treinador. André Gil

Torneio de Reis - AP Minho vence AP Aveiro por 3-0 e termina na 3ª posição



A partida começou com as equipas bastante niveladas e com o equilíbrio como nota dominante. Esporadicamente, ambas foram tentando surpreender em contra-ataque, visto que as situações de ataque organizado não estavam a surtir efeito e apesar de a AP Aveiro ter criado algumas ocasiões, foi a AP Minho a marcar primeiro, por Gonçalo Neto, que fez o 0-1 a meio do primeiro tempo. Ainda assim o jogo continuou dividido e as ocasiões de golo iam sucedendo em ambas as balizas, com os guarda-redes em bom plano. Só no último minuto do primeiro tempo, depois de um passe falhado por Xavier Pinho, a AP Minho recupera a bola, por Rodrigo Botelho, que sai rápido em contra-ataque e oferece o golo a Gonçalo Neto, que bisa, fechando o resultado neste primeiro tempo em 0-2. 
Na segunda parte, logo a abrir, Rodrigo Botelho faz o 3-0, deitando por terra as esperanças dos Aveirenses e embora tenham ainda havido algumas situações de perigo, não mais se alterou o marcador. De referir que a AP Aveiro durante a segunda parte dispôs de duas ocasiões soberanas para reduzir. Primeiro por André Coimbra, na cobrança de livre direto, a punir a 10.ª falta dos Minhotos, não foi capaz de desfeitear Vasco Alves, depois por Alexandre Breda, já a 2 minutos do final da partida, que dispôs de uma grande penalidade e também não conseguiu converter.

AP Aveiro 0-3 AP Minho
AP Aveiro 5 inicial - Nuno Alves (Gr), Xavier Pinho, Henrique Almeida, André Coimbra, Alexandre Breda. Jogaram ainda Francisco Estrela, Pedro Ferreira, Alexandre Breda e Diogo Almeida (Gr). Não jogou Bruno Caniceiro (lesionado). 
AP Minho 5 inicial - Luís Costa, Gonçalo Neto (2g), António Trabulo, Gonçalo Botelho, Ruben Araújo. Jogaram ainda Rodrigo Botelho (1g), Elói Martins, André Morais, Pedro Freitas e Vasco Alves (Gr).

Resultados:
Sábado
AP Porto 5-3 AP Aveiro
AP Minho 2-1 FP Galiza
AP Porto 6-1 AP Minho
FP Galiza 6-0 AP Aveiro
Domingo
AP Aveiro 0-3 AP Minho
AP Porto 2-4 FP Galiza
Classificação:
1.º FP Galiza – 6 pontos – 11 GM – 4GS (+7)
2.º AP Porto – 6 pontos – 13GM – 8GS (+5)
3.º AP Minho – 6 pontos – 6GM – 7 GS (-1)
4.º AP Aveiro – 0 pontos – 3GM – 14GS (-11)

foto e fonte: Plurisports 

Resultados das equipas do Minho ( sábado dia 4 de janeiro )


I Divisão

HC Turquel 2 Juv Viana 6
Golos da Juv Viana,  Luís Viana 4, João Pinto 1 e Diogo Fernandes 1 )
OC Barcelos 4 HA Cambra 4
Golos do OC Barcelos, Pedro Mendes, João Candeias, José Braga e Hugo Costa )

II Divisão
HC Marco 5 Cartaipense 1
Golo do Cartaipense, Ricardo Guimarães
Sobreira 2 Famalicense 5
Golos do Famalicense, André Barbosa 2, Celso Silva 2 e André Ferreira 1 

Torneio de Reis - AP Minho perde 6-1 com a AP Porto



2ª Jornada
AP Porto 6 AP Minho 1
Sel Galega 6 AP Aveiro 0

A partida começou muito dividida, com as equipas a prolongarem ao máximo as posses de bola, à procura de explorar os erros do adversário. A 12 minutos do intervalo, João Lima, numa jogada de insistência, conseguiu inaugurar o marcador fazendo o 1-0 para a AP Porto. O equilíbrio continuou durante a primeira parte e só a inspiração de João Lima, que roubou uma bola a meio-campo e finalizou com grande classe, permitiu à AP Porto ampliar a vantagem, com o jovem jogador a bisar e a fazer o 2-0 na partida a 3 minutos do intervalo. Já no último minuto da primeira parte, Joaquim Ferreira assistiu Hugo Santos, que fez o 3-0, resultado com que chegamos ao intervalo. 
Na segunda metade a AP Minho, rodou toda a equipa, entrando com uma equipa mais jovem e naturalmente foi-se notando a superioridade da AP Porto e com naturalidade Joaquim Ferreira faz o 4-0 logo no começo do segundo tempo, sendo notória a falta de soluções dos minhotos que insistiam nos remates de longe. A estratégia não surtia efeito e Tomás Pereira aumentou para 5-0 a 10 minutos do final. Depois de sofrer este golo, a AP Minho voltou a colocar o "quatro" inicial e começou a pressionar a campo inteiro, mas foi a AP Porto a gerir as operações e Joaquim Ferreira bisou, fazendo o 6-0 a 6 minutos do fim, sentenciando a partida. Nos minutos finais ainda houve um penalty para cada lado, mas enquanto Miguel Moura da APP falhou, Gonçalo Neto da APM não facilitou e reduziu para 6-1, fechando o resultado final.

3ª Jornada
Domingo
10.00h AP Minho - AP AVeiro
11.15h AP Porto - Sel Galega

foto e fonte: plurisports 

1.04.2014

OC Barcelos empata a quatro bolas com o Cambra



Ao contrario do que tem acontecido nos ultimos jogos desta vez foi o adversário do OC Barcelos a inaugurar o marcador logo aos 2' por Bruno Fernandes.
A perder o OC Barcelos procurou o golo, mas o seu domínio não chegava para esse objectivo, mesmo com a entrada aos 13' do novo reforço José Braga.
Na ponta final da primeira parte o OC Barcelos podia ter empatado mas Luís Querido por duas vezes falhou. A primeira isolado e a segunda de grande penalidade.
Pressionado pela desvantagem o OC Barcelos entrou na etapa final mais forte e chegou ao empate aos 2' por José Braga. Podia ter ganho vantagem mas Zé Pedro desperdiçou um livre direto pela décima falta do Cambra. Não marcaram os minhotos aproveitou o Cambra para em contra ataque fazer o 1-2 por Tomas Castanheira. Segundos depois de novo o empate agora por João Candeias. O Cambra não vacilou e respondeu no mesmo minuto, o oitavo com o terceiro golo e novamente de contra ataque por Francisco Silva.
O venenoso sistema de jogo do Cambra voltou a fazer estragos na baliza minhota com Vítor Oliveira a aumentar para 4-2.
A ansiedade aumentou nos barcelenses que carregaram mas a finalização não era a melhor. Foi preciso esperar pelo 18' para novo golo e para os minhotos por Hugo Costa reduzindo para 3-4.
Depois apareceram as faltas de equipa com o Cambra a desperdiçar por Tomas Castanheira e o Barcelos por José Braga a seis minutos do final.
A tarefa do Barcelos ficou mais complicada quando Luís Querido viu o cartão azul sendo excluído. Ja no banco protestou e viu novo cartão azul obrigando a que um colega seu sai-se do ringue.
Do livre direto Vítor Oliveira falhou. O jogador do Cambra podia ter resolvido o jogo mas logo a seguir desperdiçou uma grande penalidade.
A jogar só com dois jogadores de campo o Barcelos chegou ao empate aos 23' por Pedro Mendes de grande penalidade.
Ainda a jogar com menos um elemento os minhotos tudo fizeram para marcar mas o Cambra conseguiu aproveitar a superioridade numérica para segurar a igualdade.
Referencia para a dupla de arbitragem que realizou um trabalho que não agradou a ninguém.

Pavilhão Municipal de Barcelos
Árbitros: António Santos e Paulo Almeida de Aveiro
Ao intervalo: 0-1
Cartões azuis: Luis Querido (2)


OC Barcelos
Ricardo Silva, Luís Querido, Hugo Costa, Zé Pedro e João Marques
jogaram ainda: José Braga, João Candeias, Pedro Mendes
Treinador: Paulo Freitas

HA Cambra
Claudio Bessa, António Leal, Bruno Fernandes, Nuno Maia e Vítor Oliveira
Jogaram ainda: Francisco Silva, Tomás Castanheira
Treinador: Ricardo Geitoeira

II D - Cartaipense "marca " passo e perde no HC Marco por 5-1



A turma de Orlando Ribeiro "marcou " passo na sequência de resultados positivos após perder em Marco de Canaveses por 5-1.
O jogo ate começou bem para os minhotos com Ricardo Guimarães a dar vantagem à sua equipa. No entanto antes do descanso o HC Marco fez o empate.
Na segunda parte o equilíbrio foi a nota dominante ate o HC Marco fazer o 2-1. A partir dai o Cartaipense arriscou mas dois livres directos para os HC marco decidiram o vencedor do jogo com o marcador a passar para 4-1. No fim surgiu o quinto golo favorável aos locais.
Com a derrota o Cartaipense foi ultrapassado pelo seu adversário na classificação, somando catorze pontos contra os dezassete dos marcoenses.
Acrescente-se que o conjunto do Minho tem duas partidas por realizar em sua casa com o Cucujães e com a Juventude Pacense.
Na próxima ronda o Cartaipense recebe a AA Espinho enquanto que o HC Marco joga em Fanzeres.

Torneio de Reis - AP Minho vence Sel Galega por 2-1



Começou este sábado em Valongo o tradicional Torneio de Reis com a participação para alem da AP Minho, da AP Porto, AP Aveiro e a Sel. Galega.
Na primeira jornada a selecção minhota venceu a galega por 2-1 com golos de Rodrigo Botelho e Gonçalo Botelho, enquanto no outro jogo a AP Porto derrotou a AP Aveiro por 5-3.
Este sábado a partir das 20.30h jogam a AP Minho defronta a AP Porto e às 21.30 a AP Aveiro mede forças com a Sel. Galega.

AP Minho 2-1 FP Galiza 
AP Minho 5 inicial - Luís Costa, Gonçalo Neto, António Trabulo, Gonçalo Botelho (1g), Ruben Araújo. Jogaram ainda Eloi Martins, Rodrigo Botelho (1g), Pedro Freitas e André Morais. Não jogou Vasco Alves (Gr). 
FP Galiza 5 inicial - Naveira (Gr), Javier, Alex Soto, Bustos, Miguel Lopez (1g). Jogaram ainda Garcia e Fernandez. Não jogaram Del Rio, Rodriguez e Alan Lopez (Gr).

O jogo entre Minhotos e Galegos não podia ter começado de melhor forma. Logo aos 20 segundos de jogo, uma perda de bola dos Galegos, permitiu que num rápido contra-ataque Gonçalo Botelho inaugurasse o marcador e colocasse a AP Minho a vencer por 1-0. Depois deste início prometedor, assistimos a uma primeira parte muito dividida, com as equipas a não conseguirem materializar um golos as ocasiões que iam criando e apesar de a FP Galiza ter tido asmelhores ocasiões, não houve qualquer golo até final do primeiro tempo.
No segundo tempo a história manteve-se, com as oportunidades a surgirem de um lado e do outro, mas com os guarda-redes a superiorizarem-se aos avançados, realizando excelentes intervenções. Ainda assim, foi notório algum ascendente por parte da AP Minho, que conseguiu entretanto chegar ao 2-0 por Rodrigo Botelho, a finalizar um excelente passe de Gonçalo Neto, a 4 minutos do final da partida. Ainda assim a FP Galiza reduziu a 2 minutos do final, por Miguel Lopez, relançando o jogo. A incerteza sobre o vencedor durou mesmo até final, com os guarda-redes a não permitirem que houvesse mais alterações no marcador apesar das inúmeras ocasiões em ambas as balizas.

Foto e fonte: plurisports