FINAL FOUR DA TAÇA CERS

FINAL FOUR DA TAÇA CERS
HÓQUEI MINHOTO EM VIAREGGIO

5.31.2013

Lima Pereira novo presidente do Cartaipense


Realizou-se ontem quinta feira dia 30 de maio, a assembleia geral eleitoral do CART para o biénio 2013/2015. A única lista apresentada a sufrágio (lista A) foi eleita com 100% dos votos. Assim Lima Pereira volta ao cargo de presidente, substituindo Ricardo Mota que por motivos pessoais não se candidata a novo mandato, mas faz parte desta nova direcção com Secretario Geral. Nos restantes órgãos do clube mantém-se os mesmos elementos. Os objectivos para o biénio 2013/14 passa por manter o rumo que o clube vem traçando nos últimos anos.

ASS.GERAL
Presidente: António Joaquim Azevedo Oliveira, n.º 3
1.º Secretário: Delfim Alves Duarte, n.º 5
2.º Secretário: José Maria Cunha de Deus, nº 46

DIRECÇÃO
Presidente: António Alberto Lima Pereira, n.º 57
V. Presidente: Rui Manuel Azevedo Silva, n.º 182
Secret. Geral: Ricardo Francisco da Silva Mota, n.º 91
Tesoureiro: Miguel Alberto Ferreira Neves Ribeiro, n.º 134
Vogal: José Eduardo da Silva Alves Duarte, n.º 131
Vogal: Mauro Filipe Gonçalves Pereira, n.º 87
Vogal: António Jorge da Silva Matos, n.º 28
Vogal: Joaquim Salgado Freitas, n.º 135
Vogal: Nuno Miguel Machado Pereira Silvério, n.º 43

C. FISCAL
Presidente: Jorge Joaquim das Neves Ribeiro,n.º 50
Secretário: Marco Paulo Vilela Gonçalves, n.º 163
Relator: Francisco Manuel Ribeiro Castro, n.º 138

Fonte: http://cart-taipas.blogspot.pt/

Hélder Nunes e Luís Viana, minhotos à conquista da Liga Europeia de Clubes




Realiza-se este fim de semana no Dragão Caixa a Final Four da Liga Europeia de Clubes, com a presença de dois atletas do Minho, Hélder Nunes natural de Barcelos e Luís Viana de Viana do Castelo.
O Blog Hoquei Minhoto estará presente na cidade invicta para acompanhar de perto a prestação dos dois atletas da região minhota.

O primeiro a entrar em pista é Luís Viana que com a sua equipa o Benfica , defronta o Barcelona a partir das 15h. Às 18h é a vez da prestação de Hélder Nunes que com o FC Porto mede forças com os italianos do Valdagno.
Na pista do Dragão Caixa vão estar também atletas que já vestiram a camisola de equipas do Minho, casos de Cláudio Filho (OC Barcelos ), Sérgio Silva ( OC Barcelos ), Ricardo Oliveira "Caio" ( OC Barcelos ) e Ricardo Silva ( AJ Viana).

O Blog Hoquei Minhoto tentou obter declarações dos atletas minhotos, mas tal não foi possível devido aos dois clubes, terem escolhido os seus elementos para fazerem a antevisão da prova

5.30.2013

Fernando Almeida - " Queremos um Famalicense mais competitivo".


Assumiu como treinador do Famalicense em finais de Fevereiro substituindo o até então responsável Carlos Novais, numa altura em que os minhotos estavam a seis pontos da zona de descida, na décima primeira posição com dezasseis pontos.
O seu primeiro jogo no comando técnico foi para a Taça de Portugal onde em Famalicão, foi afastado pela Sanjoanense por 5-4.
Para o campeonato, estreou-se em março na vigésima jornada também em casa  com uma derrota perante o Povoa por 6-4, Segui-se uma deslocação a Viana com pesada derrota por 10-3
Foi com Fernando Almeida que os minhotos obtiveram o primeiro triunfo em casa na recepção ao Infante Sagres por 6-3 na 21ª jornada.
Feitas as contas a uma jornada do final do nacional onde recebe o Paço de Rei, Fernando Almeida somou em nove partidas, onze pontos, com três vitorias, dois empates e quatro derrotas.
O objectivo pedido pela direção Famalicense está cumprido. Os minhotos estão salvo da descida.

Perante os resultados Fernando Almeida ao blog Hoquei Minhoto fez um balanço positivo.
" Olhando para os resultados o balanço é positivo.  Nesta casa que já conhecia foi bem tratado e todos deram as mãos para conseguirmos o nosso objectivo.Podíamos ter feito mais pontos mas mesmo assim estou satisfeito com a prestação dos jogadores. A equipa tem qualidade mas precisa de ganhar um pouco mais de maturidade. Precisa de ser mais competitiva. Numa segunda divisão qualquer equipa tem de ser mais organizada para vencer mais jogos. Ao longo deste tempo em que estive tentei e consegui que o grupo fosse mais solidário e unido. Talvez tenha sido esse o segredo para estarmos tranquilos na classificação".

Com a permanecia assegurada a próxima época já está a ser trabalhada.
" Existe de ambas as partes um dialogo para a época seguinte. Em relação ao plantel vão existir mexidas por motivos de opção de vida de alguns jogadores. Vamos procurar perante o mercado reforçar o grupo para colocarmos o Famalicense mais competitivo. Queremos uma equipa que na segunda divisão tenha animo e garra em todos os jogos. A base da equipa vai manter-se, mas queremos ser ambiciosos. O clube, a cidade e os seus adeptos merecem uma equipa não digo para lutar pelos lugares de subida , mas para andar muito acima do meio da tabela."

Em relação a saídas tudo aponta para Diogo Lemos e Alexandre por motivos profissionais. Também Jonathan Oliveira pode abandonar mas pela opção de estudos. Outra duvida que persiste é a de Nuno Branco que ponderá neste momento se joga ou não mais uma temporada.
Sendo assim estão previstas três ou quatro entradas no máximo no grupo do Famalicense


5.29.2013

Juniores - HC Braga vence no FC Porto por 7-4



Em partida a contar para a quarta jornada do nacional de juniores  o HC Braga deslocou-se ao FC Porto e arrancou um precioso resultado, uma vitoria por claros 7-4, num jogo decisivo para continuar a lutar por um dos lugares que dão direito a marcar presença na final four da categoria.
Os minhotos ao intervalo já dominavam o marcador, vencendo por 3-1.
Com esta vitoria o HC Braga subiu ao primeiro lugar com sete pontos, mais um que o Valongo que ainda tem de jogar com a AA Espinho. O FC Porto passou para o quinto lugar com cinco pontos.
Este triunfo permite aos minhotos em caso de igualdade pontual no final da prova terem vantagem no confronto direto com os portistas, visto que ganharam no Porto e empatado em Braga
Na próxima jornada o HC Braga recebe a AD Valongo.
Fica em atraso a partida entre o Valongo e a AA Espinho marcada para o próximo fim de semana.

HC Fão define equipa para a próxima época


Ainda não sabendo se joga na segunda ou terceira divisão nacional, a equipa fangueira, o HC Fão já começou a definir o grupo de trabalho para a próxima temporada.
Depois de ter falhado o objectivo de subir de divisão na derradeira jornada da prova nas Caldas das Taipas, os minhotos para já asseguraram a permanência de sete atletas.
São eles, Adolfo Pereira, Nuno Mata, João Lazera, Pedro Mata, Rui Silva, Rui Martins e Nuno Carreira.
Em relação a Telmo Fernandes, Rafael Almeida, Hugo Branco, João Figueiredo, Vítor Marques, José Valente, são jogadores que ainda não decidiram a sua continuidade na equipa.
No que diz respeito a Paulo Carreira tudo indica que deixe a modalidade.
Caso algum destes jogadores abandone o clube, a direção está já a estudar a possibilidade de reforçar não esquecendo o plantel juniores, como alternativa.
O treinador para a próxima época continua a ser Hugo Nora.

Árbitros e jogos das equipas do Minho ( 29 de maio e 1 e 2 de junho )

Salvo alterações possíveis de ultima hora, os jogos e árbitros para as equipas do Minho são os seguintes para 29 de maio e 1 e 2 de junho.

Quarta feira dia 29 de maio
Nacional de juniores
4ª Jornada
21.00h FC Porto - HC Braga - António Santos de Aveiro

sábado dia 1 de junho
Nacional da 1ª divisão
29ª Jornada

18.00h Gulpilhares - OC Barcelos - António Santos e Paulo Almeida de Aveiro
21.30h HC Braga - AD Limianos - António Teixeira e Rui Torres do Minho

Nacional da 2ª divisão Norte
29ª Jornada

18.00h Inf Sagres - Juv Viana- Cláudia Rego do Minho e Sílvia Coelho do Porto
18.00h Famalicense - Paço de Rei - Fernando Cabaço e Thierry Francisco de Lisboa
18.00h HC Marco - Riba d'Ave - José Monteiro do Minho e Manuel Santos do Porto

Nacional de Infantis
4ª Jornada
15.00h ADB Campo - Oliveirense - António Rodrigues do Minho

Domingo dia 2 de junho

Nacional de Iniciados
4ª jornada

15.00h ADB Campo - Oliveirense - Rego Lamela do Minho
15.00h Sanjoanense - HC Braga - Sofia Ferreira do Porto

Jogo HC Braga / AD Limianos joga-se sábado às 21.30h



Inicialmente marcado para o próximo sábado às 17h,  o derby minhoto  referente à 29ª jornada, entre o HC Braga e a AD Limianos joga-se nesse dia mas a partir das 21.30h.
Uma jornada com muitas alterações devido à final four da liga dos campeões onde participam as equipas portuguesas do FC Porto e do Benfica.
Muitos são os amantes da modalidade que optaram por alterar os jogos para poderem marcar presença no Dragão Caixa para assistirem ao vivo à prestação portuguesa contra o Barcelona e Valdagno.

Alterações da 29ª Jornada
Oliveirense 5 FC Porto 6 ( Já realizado )

Física - AD Valongo ( hoje quarta feira dia 29 de maio )

sábado dia 1 de junho
18.00h Gulpilhares - OC Barcelos
18.00h Tigres -Espinho
18.00h Paço d'Arcos - Candelária
21.00h Turquel - HA Cambra
21.30h HC Braga - AD Limianos

quarta feira dia 5 de junho
21.00h Benfica - Sporting

5.28.2013

José Querido honrado com o convite da AP Minho




O actual treinador do OC Barcelos, José Querido aceitou o convite endereçado pela AP Minho para dirigir a seleção minhota na categoria de seniores que irá participar na homenagem ao árbitro Rego Lamela a ter lugar em Barcelos, no pavilhão municipal dia 30 de junho.
A seleção minhota será composta por jogadores que alinham nos clubes do Minho e medirá forças com o novo campeão nacional, o FC Porto.
O seleccionador minhoto sentiu-se muito honrado com o convite
" Foi com muito prazer e com muita satisfação que aceitei o convite. É com imensa honra que irei fazer parte de uma grande homenagem a um grande senhor do hóquei em patins, Rego Lamela. Para mim é um enorme orgulho ser eleito pelos membros da AP Minho para ser o responsável pela escolha dos jogadores. Um orgulho e um prazer imenso pois penso que é o reconhecimento do trabalho que tenho feito por esta maravilhosa modalidade"
O lugar de seleccionador não é uma novidade para José Querido.
" Ser seleccionador é um papel ao qual eu já estou habituado. Fui seleccionador nacional e também fiz o esse lugar em vários eventos internacionais. Neste cargo estive com diversas seleções a níveis de divulgação da modalidade como festas do hóquei em patins em Barcelona a representar a Reno e Selecções Mundiais".

Resta agora esperar pelos elementos escolhidos que irão compor a seleção do Minho na homenagem a Rego Lamela dia 30 de junho.

Juniores - HC Braga vence AA Espinho por 7-2



A turma do HC Braga em partida da terceira jornada da fase de apuramento para a final four recebeu e venceu a AA Espinho por claros 7-2.
Foi a primeira vitoria bracarense no seu segundo em casa depois do empate frente ao FC Porto.
Os minhotos conscientes da importância de conseguir um triunfo,  não quiserem ser surpreendidos pela equipa da Costa Verde que no seu ultimo jogo tinham empatado a dez golos no recinto do FC Porto.
Os sete golos do HC Braga foram da autoria de André Ferreira dois e um cada de Zé Pedro, Gabi Silva, Miguel Castro, João Campos e Miguel Vieira,
Sendo assim o HC Braga soma quatro pontos, ocupando a terceira posição, atrás do FC Porto que tem cinco e do líder a AD Valongo que soma seis pontos. O ultimo lugar é da AA Espinho com apenas um ponto conquistado.
Num grupo equilibrado a próxima jornada no domingo às 17h, coloca o HC Braga no ringue do FC Porto enquanto que a AD Valongo recebe a AA Espinho.
A Sul o equilíbrio ainda é maior com três das quatro equipas a somarem seis pontos, Benfica, Paço d'Arcos e Turquel. Apenas o Tomar soma por derrotas os três jogos disputados.
Na próxima jornada o Benfica joga em Turquel, enquanto o Tomar recebe o Paço d'Arcos.

5.27.2013

Iniciados - ADB Campo empata a uma bola com a Sanjoanense




A ADB Campo somou novo empate na segunda deslocação fora de casa, agora no reduto da Sanjoanense e pelo mesmo resultado, ou seja a uma bola tal como tinha acontecido em Oliveira de Azeméis.
O jogo foi equilibrado como traduz o resultado final. Ao intervalo registava-se um nulo no marcador.
Na etapa final a Sanjoanense podia ter marcado mas desperdiçou uma grande penalidade. Não marcaram os locais, adiantou-se a ADB Campo aos 7' por Elói Martins.
Ate ao fim a equipa da casa pressionou e conseguiu o empate aos 12' por Tiago Almeida.
Com este desfecho a ADB Campo soma dois pontos ocupando a terceira posição, atrás da Sanjoanense que tem cinco e do HC Braga que soma sete pontos.
Para os minhotos segue-se a recepção à Oliveirense onde só o triunfo interessa para continuar a lutar pela final four.
Na primeira volta empatou na Oliveirense a uma bola.

Iniciados - HC Braga vence Oliveirense por 3-2


O HC Braga encontra-se bem posicionado para garantir a presença na final four de iniciados após receber e ultrapassar a aguerrida equipa da Oliveirense por 3-2.
Ao fim das três primeiras jornadas os bracarenses somam sete pontos com duas vitórias e um empate.
Contra a Oliveirense, Rodrigo Botelho deu vantagem aos minhotos até ao intervalo.
Na segunda parte o mesmo Rodrigo Botelho aumentou para 2-0, seguido de um grande golo da André estabelecendo o 3-0.
Os visitantes não baixaram os braços e colocaram em sentido os bracarenses chegando mesmo a reduzir para 3-2. No período onde o Braga podia ter aumentado e a Oliveirense empatado valeu a exibição dos dois guarda redes para que não acontecessem mais golos.
na próxima ronda o HC Braga desloca-se à Sanjoanense, equipa que empatou no Minho a quatro bolas no inicio da prova.

A prestação dos dois guarda redes foi enaltecido pelo treinador minhoto Filipe Carneiro.
" Sabíamos que tínhamos pela frente um adversário difícil, porque nesta fase não existem jogos fáceis. Penso que o resultado não mostra a nossa superioridade dentro do ringue. Tivemos muitas oportunidades para marcar mas o guarda redes da Oliveirense esteve muito bem. Também o nosso Gabriel Costa disse presente quando foi preciso segurar a vitória. Acabamos por sofrer um pouco mas nem isso tira o mérito do nosso triunfo.Estou satisfeito com a atitude e a vontade dos meus jogadores".

foto: facebook da Oliveirense

Infantis - ADB Campo vence na Mealhada


Em jogo referente à terceira jornada de apuramento para a final four a formação de infantis da ADB Campo deslocou-se à Mealhada tendo vencido por 3-1.
Os minhotos ganharam vantagem no marcador com o tento de Cândido.
Até ao apito final a incerteza dominou o jogo, apesar de Rúben ter feito o 2-0 para os minhotos na transformação de uma grande penalidade. Os locais reduziram para 1-2, mantendo essa emoção. O resultado final só foi decidido a três segundos do fim novamente por Rúben desta vez de livre direto. Referencia para a insatisfação por parte do Mealhada em relação à arbitragem de Cristiano Jardim do Minho.
Mais uma vez se questiona porque são nomeados árbitros da mesma associação de uma das equipas em jogo. Assim há sempre motivos para que ninguém esteja satisfeito...
Esta vitoria coloca a ADB Campo na segunda posição com seis pontos, atrás do líder o Valongo que tem nove pontos e após vencer a Oliveirense por 4-1.
Na próxima jornada a ADB Campo recebe a Oliveirense, formação que venceu na primeira volta por 3-2. A AD Valongo desloca-se ao ringue do HC Mealhada.
Na zona sul o Sporting venceu o Paço d'Arcos por 5-4 enquanto que o Alenquer superou o Tomar por 3-2.  A sul comanda o Sporting com sete pontos, Paço d'Arcos seis , Alenquer quatro e na ultima posição o Tomar com nenhum ponto conquistado.

O triunfo da ADB Campo não foi fácil segundo palavras do treinador João Fonseca
" Tivemos de sofrer muito. Depois de termos feito o 1-0, demoramos muito tempo para marcarmos o segundo golo. O Mealhada que possui jogadores com alguma diferença física em relação ao nossos dificultou muito a nossa tarefa.O mais importante foi ganhar depois da derrota em casa com o Valongo. Vencer fora nesta fase é muito importante. Penso que vencemos de forma justa".

Foto gentilmente cedida pelo HC Mealhada

Resultados da 3ª Jornada
HC Mealhada 1 ADB Campo 3
AD Valongo 4 UD Oliveirense 1

Classificação
AD Valongo 9p
ADB Campo 6p
UD Oliveirense 3p
HC Mealhada 0p

Próxima ronda
ADB Campo - UD Oliveirense
HC Mealhada - AD Valongo

Juventude de Viana goleia Pessegueiro de Vouga



Continua a festa em Viana do Castelo.

Na recepção ao ultimo classificado a Juventude de Viana  em ritmo festivo e de total descompressão conquistou mais três pontos, procurando assim atingir o pleno de terminar a segunda volta da prova apenas com vitórias. Uma partida onde os jogadores menos utilizados, casos de Duda, Gustavo e Celso tiveram a oportunidades de jogar e desfrutar do momento alegre que se vive na Juventude de Viana.
Foi um jogo sem historia tal domínio dos minhotos, perante uma formação do Pessegueiro de Vouga que apesar da derrota procurou jogar o jogo pelo jogo,  não se remetendo à defesa.
A Juventude de Viana chegou a estar a vencer por oito golos sem resposta altura em que os visitantes conseguiram apontar o seu e merecido tento de honra.
Os treze golos dos minhotos foram obtidos, Jorge Vieira quatro, Nuno Félix e Duda três, Gustavo dois e Joel Coelho um.
Resta esperar pela ultima ronda com a Juventude de Viana a visitar o Infante Sagres. Curiosamente a turma  portuense foi a ultima equipa a ganhar aos vianenses para o campeonato.

Riba d'Ave despede-se dos seus adeptos com derrota

No ultimo jogo do campeonato perante os seus associados e adeptos, o Riba d'Ave recebeu e perdeu com a Sanjoanense por 8-2.
Para os minhotos a derrota não altera a sua classificação final a uma jornada do final da prova, ficando em definitivo na quarta posição.
Em relação à Sanjoanense o triunfo foi amargo porque já não consegue a subida de escalão. A turma de São João da Madeira tinha como fez de vencer e esperar por uma derrota que não aconteceu dos Carvalhos em Paços de Ferreira.
Estão assim encontrados os dois clubes da zona norte que sobem à primeira divisão, a Juventude de Viana e o CH Carvalhos.
No parque das Tílias desde muito cedo a Sanjoanense garantiu vantagem no resultado, limitando-se depois a seguir as informações que chegavam de Paços de Ferreira. Ao intervalo eram já três os golos de vantagem para os visitantes por intermédio de João Oliveira, Xavier Pinho e Tiago Ferraz.
No inicio da etapa final Ricardo Lopes reduziu de livre direto, mas a Sanjoanense voltou a adiantar-se com dois golos de Rui Lopes estabelecendo o 1-5.
Aos 10' o Riba d'Ave voltou a marcar desde vez por Diogo Machado, mas até ao fim apenas deu Sanjoanense que apontou mais três golos por Chico Barreira dois e um de Alfredo Nogueira.
Não foi a melhor despedida por parte do Riba d'Ave , mas ficou cumprido nesta prova o principal objectivo traçado no inicio da época, a manutenção, com a obtenção de um honroso quarto lugar, atrás apenas da Juv Viana, Carvalhos e Sanjoanense.
O inverso estava estampado nos rostos dos elementos da formação de São João da Madeira.
Tudo porque a uma jornada do fim já não podem subir. Inclusive podem terminar com os mesmos pontos do segundo classificado, mas a vantagem no confronto direto com os Carvalhos é lhes desfavorável.
Na derradeira jornada o Riba d'Ave joga em marco de Canaveses.

Famalicense perde em Lavra por 4-3


O Blog Hoquei Minhoto assistiu ao vivo a todas as emoções deste jogo.

Com a manutenção assegurada o Famalicense deslocou-se a Matosinhos e visitou pela ultima vez o pavilhão do Lavra perdendo por 4-3.
Foi o ultimo jogo de seniores disputado neste pavilhão, ficando assim para a história como sendo uma equipa do Minho a marcar a despedida do velhinho recinto, apelidado de "San Siro".
Os minhotos apresentam-se desfalcados do treinador Fernando Almeida castigado e do atleta  João Pinheiro suspenso por três jogos.
Diante de um adversário que luta arduamente pela manutenção o Famalicense jogou tranquilo procurando pautar o ritmo de jogo.
O Lavra conhecedor do resultado do Académico da Feira tentou pressionar os minhotos, porque perante a vitoria da equipa de Santa Maria da Feira só tinha um desfecho que lhe interessa, a conquista dos três pontos.
A equipa da casa arregaçou as mangas e inaugurou o marcador aos 6' por Bruno Pinho. O Famalicense logo a seguir podia ter feito a igualdade mas André Barbosa desperdiçou um livre direto por cartão azul mostrado a um elemento da equipa da casa. Falhado o livre direto a equipa da casa jogou com menos um jogador situação que não foi aproveitada pelo Famalicense para empatar.
A igualdade acabou por surgir aos 18' por João Sousa, fixando o resultado em tempo de descanso.
Na segunda parte a equipa do Lavra sabendo que o empate ditava automaticamente a despromoção, voltou a carregar e ganhou vantagem aos 2' novamente por Bruno Pinho. O Famalicense voltou a empatar aos 12' por João Sousa num remate do meio ringue que contou com a ajuda de um defesa da casa.. O ritmo e emoção tomou conta do jogo com as situações de golo a surgirem nas duas balizas. Aos 15' o lavra voltou a a adiantar-se com mais um golo de Bruno Pinho fazendo o 3-2. Volvidos três minutos o Fac cometeu a décima falta mas Nuno Roque não aproveitou o livre direto. No lance seguinte o conjunto de Famalicão igualou a três bolas por Nuno Branco.
No desespero que voltar a ter a vantagem no marcador o Lavra carregou tendo a sorte do seu lado. Depois de ver o famalicense desperdiçar oportunidades flagrantes de golo, marcou o tento do triunfo por Nuno Roque aos 22'.
O triunfo permitiu ao Lavra continuar a depender de si para se manter na segunda divisão. Para isso terá de vencer o Académico da Feira para atingir esse objectivo. Na ultima jornada teremos então esse escaldante Académico da Feira / Lavra com as duas equipas separadas por dois pontos, com vantagem para a formação da Santa Maria da Feira que soma vinte e cinco contra os vinte e três do Lavra.
Em relação ao Famalicense a derrota não altera a sua posição na classificação, décimo segundo com vinte e oito pontos. A despedida da prova está marcada para Famalicão com a recepção ao Paço de Rei.

No final Fernando Almeida queixou-se da finalização da sua equipa
" Por vezes é difícil jogar contra equipas que ainda lutam pela permanência. O Famalicense procurou ganhar mas não conseguimos aproveitar as situações de golo que tivemos. Sendo assim só ganha quem marca e por maior numero. Num ringue com estas caracterisiticas a falta de dois elementos no banco também complicou a nossa forma de jogar. O Famalicense atingiu os seus objectivos que passavam pela permanência. Podíamos já ter essa manutenção mais cedo"

( Brevemente grande entrevista no Blog Hoquei Minhoto a Fernando Almeida )

Ficha técnica
Pavilhão do Lavra
Árbitros: José Pinto e José Monteiro
Ao intervalo: 1-1

Lavra 4
Nuno Costa, Bruno Pinho, Nuno Roque, Marcelo Leite, Carlos Campos, António Peixoto, António Mota, Jorge Coelho, Gonçalo Ouro e Vítor Lapa

Famalicense 3
Diogo Lemos, André Barbosa, Nuno Branco, João Sousa, Nuno Dias, Francisco Sousa, Bruno Costa, Jonathan Oliveira, Tiago Crespo e Rafael Pereira.

5.26.2013

Resultados finais das equipas do Minho ( 25/26 de maio)

Sábado dia 25 de maio

2ª divisão - Zona Norte
29ª Jornada

Riba d'Ave 2 Sanjoanense 8
Lavra 4 Famalicense 3
Juv Viana 13 Pesseg Vouga 1

Nacional de Infantis
3ª Jornada
HC Mealhada 1 ADB Campo 3

Domingo dia 26 de maio

Nacional de Juniores
3ª Jornada
HC Braga 7 AA Espinho 2

Nacional de Iniciados
3ª Jornada
Sanjoanense 1 ADB Campo 1
HC Braga 3 UD Oliveirense 2

5.25.2013

Juv Viana - Nuno Almeida e João Pedro também continuam




Mais duas renovações concretizadas na Juventude de Viana, com a continuidade de Nuno Almeida e João Pedro. Ao todo estão garantidos sete elementos do presente plantel para a próxima época na primeira divisão nacional.
Resta esperar pela decisão de Duda e Gustavo, onde caso nao fiquem podem abrir a porta a duas ou três aquisições.
Elas podem vir com um  jogador de primeira divisão e outro da segunda divisão nacional
O treinador continua a ser Pedro Sampaio

Renovações:
Guarda redes
Jorge Correia e Leonardo Pais

Jogadores de ringue
Nuno Felix, Nuno Almeida, Jorge Vieira, Joel Coelho, Diogo Fernandes e João Pedro

5.24.2013

Extremos da classificação jogam em Viana do Castelo


São cinquenta e quatro pontos a diferença que separa as duas equipas que entram em ringue este sábado às 21.30h no pavilhão de Monserrate em Viana do Castelo.
O líder Juventude de Viana com o titulo de campeão da segunda divisão zona norte e com a promoção já assegurada recebe o ultimo classificado a formação do Pessegueiro de Vouga.
Para os minhotos será o ultimo jogo diante os seus adeptos para o campeonato. Até ao fim da época desportiva a Juventude ainda joga em casa para atribuição do titulo da segunda divisão nacional.
Olhando ao desnível pontual o favoritismo é total para os minhotos.
A equipa do Pessegueiro de Vouga ultima classificada com apenas catorze pontos, nos treze jogos realizados fora apenas conseguiu uma vitoria e dois empates.
Na primeira volta a Juventude venceu no reduto do Pessegueiro por claros 11-5.
Para este jogo foram nomeados Rui Torres e António Teixeira do Minho.

Famalicense joga tranquilo no aflito CRPF Lavra

Com a manutenção assegurada na segunda divisão, o Famalicense desloca-se a Matosinhos para defrontar o aflito Lavra.
A turma da casa que ocupa o primeiro lugar na zoa de descida com vinte pontos, joga frente aos minhotos uma cartada decisiva na luta pela permanência.
Em caso de vitória do Famalicense e de um triunfo em Oliveira de Azeméis do Acad da Feira, a formação de Lavra desce automaticamente de escalão.
Se Lavra e Acad. da Feira perderem os seus jogos tudo se decide na ultima ronda no encontro entre ambos em Santa Maria da Feira, visto serem dois os pontos que separam as duas equipas.
Em relação ao Famalicense que assegurou matematicamente a permanência na ronda anterior a partida servirá para tentar ainda chegar ao nono lugar da classificação.
Na primeira volta em Famalicão registou-se uma igualdade a quatro tentos
O jogo tem inicio às 21.00h e será apitado por Joaquim Pinto do Porto e José Monteiro do Minho.

Riba d'Ave recebe Sanjoanense

A duas jornadas do fim e a três pontos do segundo lugar a Sanjoanense desloca-se ao Minho, onde no Parque das Tílias defronta o Riba d'Ave.
A equipa do Minho tem o seu quarto lugar definido na prova independentemente dos resultados que alcançar ate ao fim do campeonato, pelo que tentará despedir-se dos seus adeptos com um bom resultado.
Depois de muitas jornadas a "morder" os lugares de subida a equipa do Riba d'Ave claudicou em alguns jogos perdendo essa oportunidade. No entanto para a direção minhota o objectivo inicial da temporada sempre foi a manutenção.
O adversário, a Sanjoanense não é fácil, ainda mais por estar na luta pela subida de divisão encontrando-se neste momento a três pontos do segundo lugar ocupado pelos Carvalhos. A tarefa para a equipa de São João da Madeira é difícil porque não depende apenas do seu jogo. Terá de esperar por uma derrota dos Carvalhos e deixar a decisão final para a ultima jornada. Acrescente-se que no confronto direto a equipa do CH Carvalhos tem vantagem sobre a Sanjoanense, com a vitoria em casa por 8-4 e empate a três bolas no ringue de São João da Madeira. Por isso basta aos Carvalhos vencer na visita a Paços de Ferreira para acompanhar a Juventude de Viana na subida à primeira divisão nacional.
O jogo tem inicio às 18.30h sendo apitado por José Pinto e Paulo Santos do Porto.

Experiência continua na Juv Viana - Nuno Félix e Jorge Vieira renovam


Seis já renovaram com a Juventude de Viana

A experiência continua em Viana do Castelo na formação da Juventude, com mais duas renovações, desta vez Nuno Félix (na foto) e Jorge Vieira. Estes atletas juntam-se aos que já decidiram continuar de emblema minhoto vestido., casos dos guarda redes Jorge Correia e Leonardo Pais, de Joel Coelho e Diogo Fernandes. Falta apenas saber a decisão em relação a Nuno Almeida, Gustavo, Duda e Celso.
O treinador mantêm-se Pedro Sampaio.

5.23.2013

Juv Viana - Mais duas renovações ( Leonardo Pais e Diogo Fernandes )



Tal como referiu o presidente da Juventude de Viana, Rui Natário que em equipa ganhadora quase não se mexe, mais dois atletas renovaram o vinculo com o emblema de Viana do Castelo.
Depois do guarda redes Jorge Correia e de Joel Coelho, agora seguem a mesma situação, Diogo Fernandes e o outro guarda redes Leonardo Pais. A este se junta também a continuidade do treinador Pedro Sampaio.
Uma certeza para já esta definida. A baliza da Juventude de Viana continuará entregue aos dois guarda redes que defendem atualmente a baliza minhota.
Resta aguardar pela decisão em relação aos restantes jogadores,  Nuno Almeida, Nuno Félix, Jorge Vieira, Gustavo, Duda e Celso.
São esperadas duas ou três aquisições para trazer mais qualidade ao grupo, desejo o presidente Rui Natário.

5.22.2013

AP Minho homenageia árbitro minhoto Rego Lamela a 30 de junho em Barcelos



A Associação de Patinagem do Minho irá homenagear no próximo dia 30 de Junho o árbitro minhoto, Rego Lamela que deixará os ringues por motivos de a idade regulamentar das competições não lhe permitir prosseguir a sua carreira quer nacional, quer internacional.
Este ponto final do juiz de Barcelos, não foi esquecido pela AP Minho que resolveu não deixar passar esta data conforme referiu António Emílio Lopes, presidente da associação minhota.
" É um dos árbitros mais credenciados da nossa região. O seu trabalho em prol da modalidade merece o seu reconhecimento pela AP Minho e pelos seus filiados não esquecendo todos os que gostam de hóquei em patins. É o único árbitro que com a nova lei da idade apitou mais jogos seguidos. São mais de trinta anos a dirigir jogos"
O evento contará com a presença da equipa sênior do FC Porto que defrontará uma seleção sênior do Minho, com as escolhas a serem da responsabilidade de José Querido.




Árbitros e jogos para as equipas do Minho ( 25/26 de maio )



Salvo alteração de nomeações e horários de ultima circunstância, os juízes para os jogos das equipas do Minho são os seguintes para o fim de semana ( 25 e 26 de maio )


Sábado dia 25 de maio

2ª divisão - Zona Norte
29ª Jornada

18.30h Riba d'Ave - Sanjoanense - José Pinto do Porto e Paulo Santos do Porto
21.00h Lavra - Famalicense - Joaquim Pinto do Porto e José Monteiro do Minho
21.30h Juv Viana - Pesseg Vouga - Rui Torres e António Teixeira do Minho

Nacional de Infantis
3ª Jornada
15.00h HC Mealhada - ADB Campo - Cristiano Jardim do Minho

Domingo dia 26 de maio

Nacional de Juniores
3ª Jornada
17.00h HC Braga - AA Espinho - Manuel Fernandes do Porto

Nacional de Iniciados
3ª Jornada
15.00h Sanjoanense - ADB Campo - Jerónimo Moura do Porto
15.00h HC Braga - UD Oliveirense - Domingos Carvalho do Porto

5.21.2013

Juventude de Viana - Rui Natário " Em equipa ganhadora quase não se mexe..."





" Em que equipa ganhadora quase não se mexe..."

São estas as palavras do presidente da Juventude de Viana, Rui Natário após a sua equipa ter garantido no passado sábado o titulo de campeão da segunda divisão zona norte e consequente subida ao escalão maior da modalidade na próxima temporada.
como não ha duas sem três, o clube minhoto vai tentar juntar o titulo de campeão nacional da segunda divisão onde medirá forças com o Sp Tomar ou HC Mealhada.
A direção vianense já trabalha com vista a formar uma equipa que lhe garanta estabilidade na primeira divisão e que se proponha a garantir o mais rápido possível a manutenção.
Grande parte da equipa continuará ao serviço da Juventude de Viana, o mesmo acontecendo com o treinador Pedro Sampaio.
Para já Jorge Correia guarda redes e Joel Coelho estão confirmados para a próxima temporada.

" Estamos a preparar a equipa da próxima época com muita calma. O nosso desejo e penso que será concretizado é manter a espinha dorsal deste ano para a primeira divisão. Não faz sentido destruir como se diz que em equipa que ganha não se mexe. No entanto iremos fazer alguns ajustes para trazer ainda mais qualidade à equipa para podermos atingir o mais rápido possível a manutenção. Podem entrar dois ou três jogadores para aumentar essa qualidade, situação que pode ficar resolvidos nos próximos dias. A atual conjuntura socioeconômica não nos permite loucuras. Temos um rigoroso orçamento e é assim que vamos trabalhar. Queremos ficar na primeira divisão que é o lugar que a Juventude de Viana merece estar. Trabalhamos para evitar o sobe e desce".

Mesmo a trabalhar para a próxima, Rui Natário quer terminar em beleza esta temporada.
" O campeonato ainda não terminou com a subida e com o titulo da zona norte. Queremos que a Juventude de Viana conquiste o titulo de campeão nacional da segunda divisão. Respeitamos todos os adversários  mas ninguém nos pode tirar esse desejo. O clube, a cidade e os seus adeptos que foram incansáveis ao longo da época merecem que esse titulo venha para Viana do Castelo".


Juniores - HC Braga perde em Valongo por 7-6



Depois do empate caseiro com o FC Porto a zero bolas na primeira jornada da fase de apuramento para a final four, os juniores do HC Braga deslocaram-se a Valongo, onde perderam pela margem mínima, apesar de terem chegado ao descanso a vencerem por 5-3.
Uma partida onde os minhotos jogaram condicionados pelos cartão azuis mostrados por Jerónimo Moura a Gabriel, Miguel Vieira e até o guarda redes Rodolfo Sobral.
O Valongo só alcançou o tento do triunfo a dezasseis segundos do fim numa altura em que o Braga jogava com menos um elemento.
Os golos da equipa bracarense foram apontados Miguel Castro três, Miguel Vieira dois e um de André Ferreira.
Amanha realiza-se o outro jogo do grupo com o FC Porto a receber a AA Espinho.
Na próxima jornada o HC Braga joga em casa com a turma de Espinho, domingo às 17h, enquanto que o FC Porto também no seu ringue defronta o Valongo.

5.20.2013

HC Braga vence e atira AA Espinho para a 2ª divisão



Emoções diferentes viveram-se no sábado passado em Espinho com a vitória dos minhotos diante da AA Espinho por 6-3.
Para a equipa de André Torres foram mais três pontos e mais uma boa exibição. Do outro lado a derrota ditou a descida à segunda divisão. Um cenário esperado face ao somatório de pontos por parte da formação da Costa Verde.
A equipa de Espinho tinha de vencer o HC Braga e esperar que o Tigres e o Sporting perdessem os seus jogos para continuar a sonhar com a manutenção. No entanto os Tigres perderam mas o Sporting venceu o Turquel e a duas jornadas do fim os espinhenses desceram matematicamente à segunda divisão nacional.
Em relação ao jogo e devido à sua importância a equipa da casa entrou melhor chegado a estar a vencer por 2-0, com tentos de Álvaro Pinto e Filipe Sousa, tendo antes do intervalo o Braga reduzido para 2-1.
Na segunda parte O HC Braga reagiu e deu a volta para esclarecedores 2-5. Ate ao fim o Espinho fez o 3-5 por André Pinto. A seis segundos do fim o Braga fixou em 3-6 o placard final. Pelos minhotos marcaram , Rúben Pereira quatro, Frederico Saraiva e Eduardo Brás um cada.
Sendo assim o Braga soma agora trinta e cinco pontos perseguindo os vizinhos do OC Barcelos a três de distância. O Espinho disse adeus à primeira divisão.
Na próxima ronda o HC Braga recebe a AD Limianos. A AA Espinho joga em Almeirim.

AD Limianos perde com o Física 5-4


A AD Limianos recebeu o Física de Torres Vedras tendo perdido por 5-4, num jogo com emoção apesar das duas equipas já terem a sua situação definida. Os minhotos com a descida consumada tentavam somar pontos para saírem do ultimo lugar enquanto que a turma de Vítor Fortunato ocupa tranquilamente o sétimo posto, jogando sem qualquer tipo de pressão.
O jogo marcou a despedida de carlos Fininho do clube após mais de cinco épocas com a camisola da AD Limianos. Na despedida Carlos Fininho foi o capitão da equipa
Na primeira parte a turma de Torres Vedras começou melhor chegando ao 0-2 com tentos de Alan Fernandes e Ricardo Pereira este de livre direto. A AD Limianos não baixou os braços e antes do descanso empatou com golos de Jorge Faria Rato e Diogo Sá. Podia ter sido melhor mas os minhotos desperdiçaram uma grande penalidade e um livre direto.
Para a etapa final o filme foi praticamente o mesmo. A turma de Ponte de Lima voltou a dar dois golos de avanço ao Física de Torres Vedras.
Contra uma equipa experiente esta situação é difícil de contornar.
Ainda assim, Diogo Sá encurtou de grande penalidade para 3-4, mas Ricardo Pereira voltou a fazer estragos obtendo o 3-5.
O jogo estava emotivo e mais ficou quando a equipa de Rui Sérgio Teixeira fez o 4-5 por intermédio de Carlos Fininho a pouco mais de três minutos do fim.
Num ultimo esforço os minhotos tentaram chegar ao empate que mereciam mas a dupla de arbitragem anulou um golo a Nery após corte com a coxa de Godinho a uma recarga a um livre direto de Diogo Sá.
A divisão de pontos seria um prémio para a entrega das duas equipas, mas o facto de andar sempre atrás do resultado provocou alguma ansiedade aos minhotos.
A derrota mantêm a AD Limianos na ultima posição enquanto que o Física com o triunfo distanciou-se do Turquel
Na próxima ronda a turma de Ponte de Lima joga em Braga. O Física recebe a AD Valongo.

Famalicense perde mas garante permanência

O Famalicense perdeu por 7-4, mas festejou matematicamente a manutenção na segunda divisão nacional. O aspecto da descida era real mas só com uma conjugação de resultados é que seria possível. A derrota do Lavra em Marco de Canaveses ajudou os minhotos que assim a duas jornadas do final já não correm qualquer risco de descer. 
Está assim garantido o objectivo de Fernando Almeida que assumiu a equipa com essa finalidade após substituir Carlos Novais.
Na recepção ao Escola Livre o Famalicense realizou uma excelente primeira parte, tendo atingido o descanso a vencer por 2-0 com golos de Crespo e Jonathan.
A etapa final começou com o terceiro golo minhoto apontado por André Barbosa de livre direto. Os forasteiros reagiram e fizeram o 3-1 por  Rui Pinho aos 6'. e o 3-2 por Paulo Jesus aos 9'.
Sentindo a pressão adversário o Famalicense ainda atingiu o 4-2 aos 12' por Nuno Branco.
Para os minhotos o jogo acabou aqui. Ate ao fim o Escola Livre cresceu e empatou a pouco mais de seis minutos do fim com tentos de Paulo Jesus e José Rodrigues.
A reviravolta aconteceu aos 21' por Alexandre Sousa. O Famalicense tentou empatar mas seria a turma de Oliveira de Azeméis a conseguir ampliar e estabelecer o desfecho final em 4-7 com tentos de Sérgio Almeida e Falcon.
Um castigo para os minhotos que não souberam segurar a vantagem de três golos. Um prémio para a Escola Livre que mostrou porque ocupa o tranquilo nono lugar na classificação.
Com duas jornadas para o fim o Famalicense soma vinte e oito pontos. Até ao final joga em Lavra , equipa que luta ainda para não descer e recebe o tranquilo Paço de Rei.

Juventude de Viana campeão da 2ª divisão zona norte



Depois de ter assegurada a promoção, a Juventude de Viana juntou o titulo de campeão nacional da segunda divisão zona norte, após vencer em casa diante os seus adeptos a formação do CD Povoa por 6-1.
A tarefa para conquistar os três pontos só foi possível após o descanso. 
Na etapa inicial o Povoa a defender bem chegou à vantagem aos 5' por Tiago Rocha. Os vianenses depois de muito rematarem chegaram ao empate por Diogo Fernandes aos 13' de livre direto, resultado com que se atingiu o intervalo.
Na segunda parte, a Juventude de Viana entrou forte mas o guarda redes poveiro Joka foi evitando o mais possível o segundo golo minhoto. Este acabou por apareceu aos 7' por intermédio de Diogo Fernandes  Foi o momento chave do jogo. A perder o Povoa aventurou-se mais no ataque, deixando mais espaço para a Juventude atacar. Esse espaço foi aproveitado pela formação de Viana do Castelo para em dois minutos marcar dois golos, ambos por Jorge Vieira. Tentou responder o Povoa mas ate ao fim foi a Juventude de Viana a marcar mais duas vezes , primeiro por Joel Coelho de grande penalidade e por Nuno Almeida em jogada de contra ataque.
Vitória justa dos minhotos perante excelente replica do Povoa que mostrou a razão da excelente segunda volta efectuada. 
A Juventude de Viana vai agora tentar terminar a segunda volta só com vitorias e esperar pelo adversário que disputará o titulo da segunda divisão, o Sp Tomar ou o HC Mealhada.

Os números finais não mostram as dificuldades dos minhotos como referiu e reconheceu o treinador da Juventude, Pedro Sampaio
" Depois da subida conseguimos ficar em primeiro lugar. Estão atingidos esses objectivos. Agora vamos procurar terminar a segunda volta só com vitorias e depois atacar o titulo da segunda divisão nacional. Quanto ao jogo com o Povoa, não foi assim tão fácil como mostra o resultado final. A equipa do Povoa defende muito bem e sai com perigo para o contra ataque. Ficou demonstrado o seu valor e a segunda volta que esta a realizar. A Juventude de Viana foi obrigada a jogar ao mais lato nível para vencer este jogo."

Do lado do Povoa Carlos Silva referiu que o segundo golo da Juventude foi o momento da partida. " Viemos fazer o nosso jogo. Conseguimos anular bem a Juventude, inclusive enervamos o primeiro classificado quando marcamos primeiro. Na segunda parte quando o nosso adversário marcou o segundo golo a minha equipa desequilibrou-se, situação que foi aproveitada pela Juventude para se animar e marcar mais golos. Provamos aqui que somos uma equipa que sabe jogar e aprova disso são os vinte e quatro pontos que fizemos nesta segunda volta."

5.19.2013

Iniciados - HC Braga vence ADB Campo por 3-0


No derby minhoto da segunda ronda da fase de apuramento para a final four em iniciados, o HC Braga jogou em São Salvador do Campo e venceu a turma da casa por 3-0, com uma vantagem de dois golos em tempo de descanso.
Recorde-se que as duas equipas tinham empatado na ronda inicial.
Com a conquista dos três pontos, o HC Braga assumiu a liderança em igualdade pontual com a Sanjoanense  ambos com quatro pontos, seguido da Oliveirense e da ADB campo com um ponto.
No outro jogo do grupo a turma de São João da Madeira venceu a Oliveirense por 3-1.
Para a próxima jornada o HC Braga recebe a Oliveirense enquanto que a ADB Campo desloca-se a São João da Madeira.

5.18.2013

Resultados das equipas do Minho (sábado)



sábado dia 18 de maio
1ª Divisão - 28ª Jornada

OC Barcelos 4 Paço d'Arcos 3
AD Limianos 5 Física 6
AA Espinho 3 HC Braga 6

2ª Divisão - Zona Norte
28ª Jornada

Marítimo 2 Riba d'Ave 3
Famalicense 4 Escola Livre 7 ( apesar da derrota o Famalicense ja não desce de divisão )
Juventude de Viana 6 CD Povoa 1 ( campeão nacional da 2ª divisão - zona norte )

Nacional de Infantis
2ª Jornada
ADB Barcelos 0 AD Valongo 2

OC Barcelos vence Paço d'Arcos por 4-3


OC Barcelos vence revelação do campeonato

Quem se deslocou ao pavilhão municipal e Barcelos deu por bem entregue o tempo gasto ao assistir a uma boa partida de hóquei em patins com incerteza no resultado final ate ao ultimo segundo.
Os minhotos venceram por 4-3 diante o Paço d'Arcos que demonstrou a razão por ser uma das revelações da primeira divisão, sendo das poucas equipas que roubou pontos ao novo campeão nacional o FC Porto e ao segundo classificado o Benfica.
O primeiro golo apareceu aos 9' por Luis Querido na transformação de uma grande penalidade a castigar falta cometida por um defesa do Paço d'Arcos exatamente pelo jogador minhoto. Tudo começou numa recuperação de bola a meio ringue do jogador barcelense, que isolado perante Carlos Silva foi travado irregularmente dentro da área.
A turma barcelense aumentou volvidos três minutos e novamente por Luís Querido em jogada de contra ataque após nova recuperação do esférico.
O Paço d'Arcos a perder reagiu tendo encurtado o marcador aos 16' por André Pereira numa altura em que o Barcelos jogava com menos um jogador. Segundos antes Johe desperdiçou um livre direto por falta de Luís querido que lhe valeu o cartão azul. Ainda antes da marcação da infração Jorge Maceda e Rui Ribeiro "pegaram-se " tendo ambos visto o cartão azul.
Com o jogo aberto e muito disputado o golo podia surgir a qualquer momento. Apareceu aos 22' e para o OC Barcelos por André Centeno fixando o resultado em tempo de descanso.
Na segunda parte o Paço d'Arcos entrou determinado a encurtar a desvantagem que viria a conseguir aos 14' por Rui Pereira de livre direto a castigar a decima falta da equipa minhota.
O jogo ganhou ainda mais emoção com as duas equipas a procurarem os seus objetivos, o OC Barcelos a tentar aumentar e o Paço d'Arcos a igualdade.
Seria o OC Barcelos a fazer o 4-2 aos 24' por Hugo Costa que aproveitou bem um lance dentro da área da turma da linha de Cascais. Antes Zé Pedro podia ter resolvido mais cedo mas desperdiçou um livre direto pela decima falta da equipa adversária.
Num ultimo esforço nos segundos finais o Paço d'Arcos ainda reduziu para 4-3 por André Moreira.
A poucos mais de trinta segundos do fim o OC Barcelos segurou o esférico e o precioso triunfo que lhe permite somar mais três pontos na classificação. Os minhotos ocupam a  nona posição com trinta e oito pontos, a dois do sétimo lugar que pertence ao Turquel que joga este domingo com o Sporting.
O Paço d'Arcos manteve o sexto lugar com quarenta e nove pontos.
Na próxima ronda o OC Barcelos joga em Gaia e o Paço d'Arcos recebe o Candelária.

Ficha técnica
Pavilhão Municipal de Barcelos
Árbitros: Jeronimo Moura e Domingos Carvalho do Porto
Ao intervalo: 3-1
Faltas 12/10

OC Barcelos 4
Ginho, Luís Querido, Zé Pedro, Hugo Costa e Jorge Maceda
jogaram ainda: Henrique Magalhães, Rafa, André Centeno
Treinador: José Querido

Paço d'Arcos 3
Carlos Silva, Nelson Ribeiro, Carlitos, André Pereira e André Moreira
Jogaram ainda: Rui Pereira, Johe e Rui Ribeiro
Treinador: Pedro Nunes

Infantis - ADB Campo perde 2-0 com AD Valongo


Em jogo a contar para a segunda jornada de apuramento para a final four em infantis a formação minhota da ADB Campo recebeu e perdeu com a AD Valongo por 2-0, com dois golos de Carlitos, ambos obtidos na reta final da primeira parte.
As duas equipas entraram em ringue como sendo as únicas vencedoras da ronda inaugural, ou seja empatadas na classificação com três pontos.
Em relação ao jogo a ADB Campo procurou assumir o jogo deixando o contra ataque como arma para a formação de Valongo.
Aos poucos o jogo mudou de características com a AD Valongo a criar mais perigo obrigando Vasco Alves a aplicar-se retardando o golo.
Os dois únicos tentos do jogo apareceram  aos 12' e 13' da primeira parte e foram apontados por Carlitos, que assim levou a sua equipa em vantagem para o descanso.
Na segunda parte a ADB Campo tudo fez para encurtar o resultado mas Alexandre Pinto com boas intervenções evitou as intenções minhotas.
Com esta derrota a ADB Campo manteve a segunda posição com os seus três pontos à frente da Oliveirense que venceu na Mealhada a turma da casa por 5-3. O Valongo lidera com seis pontos.
Na próxima ronda a ADB Campo joga na Mealhada enquanto que o Valongo recebe a Oliveirense.
Em relação à Zona Sul, o Sporting venceu em Tomar por 2-1 e o Paço d'Arcos foi vencer a Alenquer por 1-0.
A sul na tabela lidera o Paço d'Arcos com seis pontos, seguido do Sporting com quatro, Alenquer um e o Tomar sem qualquer ponto.

ficha técnica
Pavilhão de São Salvador do Campo - Barcelos
Árbitro: José Monteiro do Minho
Ao intervalo: 0-2

ADB Campo
Vasco Alves, Noé Pereira, Carlos Oliveira, Cândido Quintela e Ruben Araujo
Suplentes: Manuel Silva, Bruno Pinto, José Aguiar e José Capelo
Treinador: João Fonseca

AD Valongo
Alexandre Pinto, Carlitos, José Gonçalves, Rafael Moreira e Diogo Barata
Suplentes: Tiago Freitas, Gabriel Azevedo, Hugo Lapa, Guilherme Poças e Ruben Silva

5.17.2013

OC Barcelos recebe Paço d'Arcos às 18h



O OC Barcelos ainda a tentar aproximar-se do oitavo lugar recebe este sábado uma das revelações do campeonato, a turma do Paço d'Arcos.
A três jornadas do fim as duas equipas tentam somar pontos para subirem na tabela. Os minhotos querem terminar o campeonato com outra produção pontual depois de uma época aquém das expectativas lançadas no inicio da temporada.
Em relação ao Paço d'Arcos quer vencer para continuar a lutar pelo quinto lugar, posição que ocupa pontualmente com os açorianos do Candelária, ambos com quarenta pontos.
O jogo apresenta na pista duas equipas que perderam na anterior ronda. O OC Barcelos em casa com a AD Valongo e o Paço d'Arcos também no seu ringue com a Oliveirense.
Será também para Nelson Ribeiro e Johe um regresso ao pavilhão municipal  já que ambos defenderam a camisola minhota aquando da sua passagem por Barcelos.
Na primeira volta o Paço d'Arcos venceu em casa os barcelenses por 5-3.
O jogo tem como juizes Domingos Carvalho e Jerónimo Moura do Porto.



HC Braga desloca-se a Espinho às 18.30h


A equipa do HC Braga tranquila na classificação joga este sábado em Espinho perante uma "desesperada" formação da AA Espinho que ainda tem uma réstia de esperança em lutar pela manutenção.
O conjunto da Costa Verde caso não vença os minhotos pode carimbar a descida de divisão. E mesmo que vença a partida não chega se a turma dos Tigres ganhe em Vale de Cambra.
Para a turma minhota uma vitoria permite aproximar-se e igualar o vizinho OC Barcelos caso este perca em casa com o Paço d'Arcos, voltando assim a lutar pela"melhor equipa minhota" do campeonato.
Uma partida que certamente terá várias e diferentes emoções dentro e fora do ringue.
Na primeira volta a AA Espinho empatou em Braga a quatro golos.
O jogo será apitado pela dupla JM Rodrigues e Joaquim Carpelho de Setúbal

Dignificar a camisola da AD Limianos na recepção ao Fisica


Com a descida de divisão consumada, a equipa da AD Limianos vai procurar honrar e dignificar a camisola minhota nas ultimas três jornadas que faltam para o fim da prova.
O primeiro jogo é este sábado às 18h em sua casa defrontando o Física de Torres Vedras, equipa que está tranquila na sétima posição com quarenta pontos.
A equipa de Ponte de Lima que caiu para a ultima posição no campeonato na anterior jornada tenta deixar esse lugar nos jogos que faltam.
Esse é o desejo de Hélder Martins jogador da AD Limianos.
" Vamos jogar contra uma equipa experiente que joga à muito tempo na primeira divisão. Sabe ter a posse de bola e efectuar transacções ofensivas muito rápidas. A nossa equipa tem valor para contrariar o nosso adversário  Temos o nosso orgulho e vamos tentar lutar ate ao fim pela vitoria. Já demonstramos que temos qualidade mas infelizmente os resultados não apareceram. Apesar da nossa posição nunca deixaremos de honrar a camisola do clube.Os nossos adeptos merecem uma vitória"
O jogo será apitado por Paulo Almeida e António Santos de Aveiro.

Foto: Paula Cunha

Juventude de Viana quer o 1º lugar


Com a promoção assegurada a Juventude de Viana tenta este sábado às 21.30h  na recepção ao CD Povoa obter o primeiro lugar, posição que lhe permite depois lutar pelo titulo da segunda divisão nacional, com o Sp. Tomar ou com o HC Mealhada, equipas que também já garantiram o regresso ao escalão maior.
Os minhotos defrontam a formação poveira, equipa que se encontra tranquila na tabela classificativa, ocupando o décimo lugar com trinta pontos.
Para terminar em primeiro lugar à Juventude de Viana basta um ponto para atingir esse objectivo. Será também um jogo de festa para os seus adeptos depois de consumada a promoção fora de casa em Paços de Ferreira na anterior jornada.
Esse é o objectivo da equipa segundo Nuno Félix.
"  Depois da garantia da subida queremos ficar em primeiro lugar, para lutar pelo titulo da segunda divisão. No sábado vamos ter o máximo de cuidado porque o Povoa tem feito uma excelente segunda volta. Não há equipas fáceis. Todas podem complicar mas se jogarmos aos nosso nível e concentrados podemos tornar fácil a partida."
A Juventude de Viana tenta também um novo feito tendo somar a décima terceira vitoria seguida no campeonato. Recorde-se que na segunda volta da prova apenas soube vencer. O ultimo deslize ocorreu na décima quinta jornada com a derrota em casa com o Infante Sagres por 5-3.
Na primeira volta a turma vianense venceu na Povoa de Varzim por 8-1.
A partida será dirigida por António Rodrigues e Pedro Vieira do Minho.

foto: Paula Brites Cunha

Riba d'Ave joga na Ilha da Madeira

Já sem hipóteses de lutar matematicamente pela subida o Riba d'Ave desloca-se este sábado às 17h à Pérola do Atlântico onde mede forças com o "aflito" Marítimo.
Sem qualquer pressão no resultado a turma minhota pode jogar e tentar um bom desfecho de modo a limpar a igualdade sofrida na primeira volta em casa com os insulares onde empatou a duas bolas.
O jogo reveste de enorme importância para a equipa madeirense que ainda tenta fugir à despromoção. Com dezoito pontos obtidos o Marítimo tenta aproximar-se dos seus mais diretos concorrentes, Académico da feira que soma dezanove e do Lavra que tem vinte pontos.
O Marítimo em sua casa obteve apenas seis pontos com a vitória sobre o lavra por 4-2 e com as três igualdade, 3-3 com o Acad. da Feira, 2-2 com o Povoa e 6-6 com o Pessegueiro de Vouga.
Os insulares são uma das equipas com mais golos sofridos na prova (146) e com menos marcados (70).
Perante estes números o favoritismo recai nos minhotos mas olhando para a luta dos madeirenses a partida prevê-se equilibrada.
Em caso de triunfo do Riba d'Ave a quarta posição não lhe foge até ao final da prova.
O jogo será apitado por Fernando Cabaço e Nuno Sousa de Lisboa

Famalicense procura garantir a manutenção


O Famalicense recebe este sábado às 19h a Escola Livre tendo no horizonte a possibilidade de garantir matematicamente a permanência na segunda divisão nacional.
A situação não é aflitiva para os minhotos que com nove pontos em disputa, os mesmos pontos de avanço sobre a primeira equipa permite alguma tranquilidade. Caso não vença as três partidas que faltam só uma serie conjugada de resultados lhe retira o descanso.
O conjunto de Fernando Almeida soma vinte e oito pontos, contra os dezanove do Académico da Feira, equipa em zona de despromoção.
Na recepção à Escola Livre o empate pode servir para automaticamente garantir a permanecia desde que o Académico da Feira não vença o seu jogo.
 Os seus adversários de "luta", o Lavra (20p)  joga em Marco de Canaveses, o Académico da Feira (19p) recebe o ultimo classificado o Pessegueiro de Vouga e o Marítimo (18p) defronta na ilha os minhotos do Riba d'Ave.
A equipa da Ilha da Madeira não entra nas contas do Famalicense porque a equipa minhota tem vantagem no confronto direto.
Ainda no confronto direto o Famalicense com o Lavra empatou em casa a quatro golos jogando em Matosinhos na 29ª jornada. Em relação ao Académico da Feira também empatou no seu ringue agora a três tentos e repetiu a divisão em Santa Maria da feira a dois golos.
Para o jogo de sábado foram nomeados Jorge Carmona e José Nave de Lisboa.

5.16.2013

Transferências: Cartaipense renova com praticamente todos os jogadores


A recém promovida equipa minhota, o Cartaipense já tem o seu grupo praticamente definido para disputar o nacional da segunda divisão.
Para a próxima época os minhotos garantiram a continuidade de quase todo o grupo, menos Tiago Barbosa e Vítor Hugo que evocaram motivos pessoais para não aceitarem a proposta de renovação apresentada pela direcção.
Perante um rigor financeiro o Cartaipense poderá ainda recrutar um defesa e um para o ataque, sendo também possível a entrada de mais para a equipa técnica onde Orlando Ribeiro continua como responsável.
" Procuramos alguém que se enquadre no perfil da nossa equipa. Naturalmente um jogador que acrescente qualidade ao nosso plantel, pois é isso que precisamos. Fazer numero não, trazer qualidade sim. Ao longo dos últimos seis anos fizemos equipas com grande rigor orçamental. nunca ficamos a dever um cêntimo que fosse a quem quer que seja. Pagamos pouco, mas certinho", segundo palavras de António Alberto Lima responsável da equipa sénior.

Da época passada continuam os seguintes jogadores

Guarda redes
Vítor Salgado
Fernando Coutinho

Jogadores de ringue
Eduardo Marques
Bruno Carvalho
Berto Martinho
Luís Martinho
Nelson Silva
Carlos Rodrigues
João Cunha
Frederico Coelho

saídas
Tiago Barbosa
Vítor Hugo


5.15.2013

Transferências : " Debandada " iminente em Ponte de de Lima



" Debandada" prevista de Ponte de Lima

Com a descida à segunda divisão nacional, a AD Limianos é uma incógnita em termos de plantel para a próxima temporada.
Certas são as saídas de Carlos "Fininho" que por motivos profissionais imigra para Inglaterra e de João Botelho a nível de estudos muda-se para Itália.
O atleta que jogou nas ultimas cinco épocas em Ponte de Lima Carlos Fininho efectua este sábado o seu ultimo jogo com a camisola minhota antes de embarcar para o estrangeiro.
Quem também não joga frente ao Física de Torres Vedras é André Alves que por motivos profissionais não tem treinado nos últimos dias em Ponte de Lima
O futuro da equipa não parece nada risonho com a "debandada" que se prevê no actual grupo.
Neste lote está o restante grupo composto por  Ricardo Cunha, André Alves, Jorge Faria Rato, Diogo Sá, Hélder Martins, César Pinheiro, Luís Morais e Ziga.
Em relação ao treinador, Rui Sérgio Teixeira também nada sabe do seu futuro.
Segundo declarações do responsável da secção de hóquei em patins da AD Limianos, Adriano Martins,
A equipa para a próxima época será constituído por juventude e pela prata da casa tendo com o objectivo de realizar uma temporada tranquila na segunda divisão".
Sendo assim prevê-se uma "razia" no grupo onde alguns dos actuais jogadores estão assim receptivos a novos desafios.

Árbitros e jogos para as equipas do Minho (18/19 de maio)


Salvo alterações de ultima hora, os jogos e os árbitros para as equipas do Minho, no fim de semana de 18 e 19 de maio são os seguintes:

sábado dia 18 de maio
1ª Divisão - 28ª Jornada

18.00h OC Barcelos - Paço d'Arcos - Domingos Carvalho e Jerónimo Moura do Porto
18.00h AD Limianos - Física - Paulo Almeida e António Santos de Aveiro
18.30h AA Espinho - HC Braga - JM Rodrigues e Joaquim Carpelho de Setúbal

2ª Divisão - Zona Norte
28ª Jornada

17.00h Marítimo - Riba d'Ave - Fernando Cabaço e Nuno Sousa de Lisboa
19.00h Famalicense - Escola Livre  - Jorge Carmona e José Nave de Lisboa
21.30h Juv Viana - CD Povoa - António Rodrigues e Pedro Vieira do Minho

Nacional de Infantis
2ª Jornada
15.00h ADB Barcelos - AD Valongo - José Monteiro do Minho

domingo dia 19 de maio

Nacional de Juniores
2ª jornada
17.00h AD Valongo - HC Braga - Jerónimo Moura do Porto

Nacional de Iniciados
2ª Jornada
15.00h ADB Campo - HC Braga - Rego Lamela do Minho