Final Four da Taça Cers

Final Four da Taça Cers
Lleida dias 28 e 29 de abril

11.30.2017

AP MINHO - 5ª CONVOCATÓRIA


FONTE : AP MINHO 

Famalicense representa o Minho no 6º Eixo Atlântico

A equipa do Famalicense é o único clube minhoto presente na 6ª edição do Torneio Eixo Atlântico, prova que decorre de 1 a 3 de dezembro na Corunha.
Para alem do Famalicense estarão presentes a AD Valongo, Raxoi, Escola Lubians, Companhia de Maria, CA Feira, Académico FC, CH Carvalhos, HC Liceo, CA Bragança, HC Compostela e St. Maria del Mar.
A formação do Famalicense jogará a fase de grupos inserida no grupo D juntamente com HC Compostela e o St. Maria del Mar.

Juventude de Viana está de parabéns.



A Juventude de Viana comemora 41 anos de existência esta Sexta-feira, 1 de Dezembro. Haverá um almoço convívio, às 13h30, na Quinta da Presa, com adeptos e simpatizantes para marcar esta data emblemática para o histórico clube de Viana do Castelo.

No Sábado, 2 de Dezembro, às 14h, ainda no rescaldo deste evento, haverá um torneio de mini hóquei no pavilhão da Meadela organizado pela Academia Somos Juve.




No torneio estão inscritos os bambis e benjamins da Juventude de Viana, ADJ Vila Praia, Valença HC, Cartaipense, Riba d’Ave, Famalicense, Braga HC e AD Limianos, num total de cerca de 100 atletas.

OC Barcelos derrota Paço d'Arcos


OC Barcelos 3 Paço d'Arcos 2

Incerteza ate aos últimos segundos em relação ao resultado final, foi o que proporcionaram OC Barcelos e Paço d'Arcos no municipal barcelense.
Durante o jogo, o OC Barcelos foi sempre mais perigo enquanto que a turma da linha procurava o contra ataque.
Após muito equilíbrio, o OC Barcelos abriu o marcador por Joca Guimarães aos 21' e por Zé Pedro aos 24' de livre direto depois do Paço d'Arcos ter cometido a 10ª falta.
O intervalo chegou com o Barcelos a somar sete faltas e o Paço d'Arcos dez.
Na segunda parte logo aos 5' o mesmo Zé Pedro aumentou para 3-0.
O Paço d'Arcos cresceu no jogo e reduziu para 3-1 de livre direto aos 7' por Gonçalo Nunes e colocou um marcador em apenas um golo de diferença aso 15' por Tiago Losna.
A igualdade podia ter acontecido mas Ricardo Silva defendeu um livre direto de Gonçalo Nunes a punir a 15ª falta do OC Barcelos.
Também o OC Barcelos podia ter feito o quarto golo por Zé Pedro mas Diogo Almeida defendeu um livre direto por azul mostrado a Tiago Losna.
Ate ao fim os barcelenses tiveram de sofrer para segurar os três pontos que permitem ocupar de forma isolada a quinta posição com doze pontos.
A partida terminou com o OC Barcelos a cometer dezassete faltas e o Paço d'Arcos apenas treze, sendo que na segunda parte os visitantes foram punidos com a sua décima primeira infração de equipa a apenas três minutos do apito final...
Já o Paço d'Arcos continua no oitavo lugar com quatro pontos.
Na próxima ronda o OC Barcelos joga fora com o Benfica e a turma da linha viaja a Oliveira de Azeméis.

Benfica vence em Braga



Na visita às Goladas, o Benfica derrotou a equipa bracarense por 5-1, resultado que permite aos encarnados continuar lado a lado com Sporting CP, FC Porto e Oliveirense no topo da classificação com dezoito pontos.
Por sua vez o HC Braga faz parte de um lote de cinco equipas onde estão HC Turquel, Paço d'Arcos, SP Tomar e Infante Sagres com quatro pontos.
Quanto ao resultado final, o Benfica chegou ao intervalo a vencer por 2-0 com golos de Diogo Rafael e Miguel Rocha.
Na segunda parte o marcador atingiu o 5-0 por Jordi Adroher, João Rodrigues e Miguel Vieira, tendo Márcio Rodrigues de livre direto apontado o tento de honra bracarense.

Quanto à próxima ronda o Benfica recebe o OC Barcelos e o HC Braga joga fora com o FC Porto.

Sporting CP vence em Valença


" Façam um campeonato com quatro equipas e façam outro com as restantes dez..."

Valença HC 0 Sporting CP 2

Não foi fácil o triunfo do Sporting CP na visita ao reduto do Valença HC onde dois lances de bola parada logo no inicio do encontro permitiram a soma dos três pontos.
Uma grande penalidade aos 2' concretizada por Vítor Hugo e um livre direto aos 8' aproveitado por Pedro Gil deram aos sportinguistas a tranquilidade necessária, deixando a turma do Minho à beira de um ataque de nervos perante a forma como foi penalizada.
O Valença HC sem o contributo de Miguel Fernandes lesionado tentou, mas a grande exibição de Ângelo Girão foi determinante para que os valencianos não chegassem ao golo.
Durante o encontro o resultado não sofreu mais alteração muito por culpa da grandes defesas feitas por Rodolfo Sobral e por Ângelo Girão.
O guarda redes do Sporting CP aos 14' defendeu um livre direto de Luís Viana e já na segunda parte aos 20' Rodolfo Sobral levou a melhor sobre Vítor Hugo numa grande penalidade.

No final o sentimento de indignação em relação aos trabalho dos árbitros por parte dos valencianos era visível, questionado porque são sempre as ditas equipas que não jogam para os quatro primeiros a serem os bombos da festa do campeonato.

Assim o Sporting CP continua no pelotão da frente juntamente com FC Porto, Benfica e Oliveirense, todos com dezoito pontos.
O Valença HC caiu para o décimo terceiro lugar com três pontos.
Na próxima ronda o Valença HC joga no Infante Sagres e o Sporting CP recebe a AD Valongo.

11.29.2017

2ª D - AD Limianos venceu derbi diante a ADJ Vila Praia


Num renhido e emotivo derbi minhoto em Ponte de Lima, a equipa da casa, a AD Limianos derrotou a ADJ Vila Praia por 7-5.
Perante a posição das equipas na tabela classificativa, o faro pelo " golo " foi o principal objectivo e ambição dos jogadores de ambas as formações.
O resultado final acabou por ser favorável à AD Limianos com os tentos de Pedro Braga três, Tiago Crespo dois, José Pedro Carvalho e Miguel Costa "Fininho" um.
Pela ADJ Vila Praia apontaram Rui Araújo e Rafa Almeida dois e um de Rodrigo Pereira.

O triunfo permitiu à AD Limianos subir ao décimo lugar agora com onze pontos.
Em relação à ADJ Vila Praia a vida continua bastante complicada ocupando a ultima posição com apenas um ponto.
Para a próxima jornada teremos dois derbis minhotos com a ADJ Vila Praia a receber o HC Fão e a AD Limianos a jogar em Riba d'Ave.

foto: AD Limianos 

11.28.2017

3ª D - Cartaipense vence ADBarcelos/Campo



Para a terceira jornada do nacional da terceira divisão, zona A, São Salvador do Campo assistiu ao derbi minhoto entre a AD Barcelos/Campo e o Cartaipense com o triunfo a pertencer à formação das Taipas por 5-4.
O primeiro golo apareceu aos 11' e para o Cartaipense por Martinho, mas a AD Barcelos/Campo empatou dois minutos depois por Vítor Braga.
Embalados a AD Barcelos/Campo voltou a marcar e por duas vezes através de João Pedro Duarte e de Fábio Veloso, levando assim a turma de Bruno Fernandes em vantagem por dois golos para o intervalo.

Na segunda parte logo aos 2' Ricardo Lopes reduziu mas a AD Barcelos/Campo aos 7' voltou a marcar por Alex Azevedo.
O Cartaipense arriscou e chegou ao empate primeiro por Martinho aos 8' e por Ricardo Lopes aos 12'.
Perto do ultimo minuto a turma das Taipas chegou ao triunfo graças ao golo de Carlos Rodrigues.

Após esta ronda a AD Barcelos/Campo continua sem pontuar enquanto que o Cartaipense passou a somar seis pontos.
Na próxima ronda a AD Barcelos/Campo desloca-se ao reduto de um dos primeiros classificados, o CRPF Lavra e o Cartaipense recebe o Académico FC.

FOTO: ELSA LOPES 

11.27.2017

2ª D - Famalicense goleado na Sanjoanense



Não foi a melhor estreia do novo treinador do Famalicense, Paulo Morais que na deslocação ao reduto do líder da prova, acabou por sofrer uma pesada derrota por 7-1.
A vantagem da Sanjoanense já se verifica ao intervalo por 4-1, depois de ter estado a vencer por quatro golos sem resposta.
Para a segundo parte a superioridade da Sanjoanense continuou e apareceu logo nos primeiros minutos quando ampliou para 6-1, tendo fechado o resultado nos instantes finais em 7-1.
Um triunfo que mostra porque a Sanjoanense é a primeira classificada da prova, enquanto que o Famalicense nunca encontrou argumentos para superar o seu adversário.
Marcaram para a Sanjoanense João Cruz quatro, Pedro Cerqueira, Afonso Santos e José Almeida um cada com Rui Silva a fazer o tento de honra do Famalicense.
Assim ao fim da 9ª jornada, a Sanjoanense lidera com vinte e quatro pontos e o Famalicense com a derrota caiu para o oitavo lugar com onze pontos.
Na próxima ronda a Sanjoanense joga em Marco de Canaveses e o Famalicense recebe o CD Povoa.

Foto : António Anacleto 

2ª D - HC Fão derrota HC Marco


Importante triunfo alcançou o HC Fão por 7-6 na recepção ao HC Marco em partida da 9ª jornada do nacional da segunda divisão.
Com as duas equipas aflitas de pontos para fugirem aos lugares de descida, ou melhor para não se atrasarem pontualmente visto estarem neste momento em posição de despromoção, o jogo foi bastante equilibrado.
As constantes alterações no marcador começaram logo aos 3' com José Cabral a dar vantagem ao HC Marco.
O HC Fão em contra ataque fez o empate aos 6' por Diogo Machado.
A turma de Carlos Silva deu a volta aos 14' por André Barbosa mas o HC Marco voltou a igualar aos 18' por Bruno Correia de grande penalidade.
O atleta visitante no minuto seguinte podia ter desfeito o empate mas não aproveitou uma grande penalidade, por ter no entender dos árbitros ter simulado o remate.
Acabou por ser o HC Fão aos 20' a colocar-se na frente antes do descanso depois de Diogo Machado ter falhado um livre direto, por Ivo Ventura, que aproveitou da melhor forma a superioridade numérica por cartão azul mostrado a José Cabral.

Na segunda parte, logo no primeiro minuto José Cabral falhou o empate, ao não superar o guarda redes fangueiro António Lopes na marcação de um livre direto por azul a Diogo Sá.
Este lance não afrouxou o HC Marco que mais forte não só empatou como chegou ao 5-3 com três golos de José Ferreira ainda nos primeiros cinco minutos.
A reação do HC Fão apareceu aos 8' e aos 13' com o empate através de Diogo Sá e Diogo Machado.

O jogo com o empate tornou-se mais calmo, tendo animado de forma incrivel no ultimo minuto com Diogo Sá a fazer o 6-5 e o 7-5 e José Cabral o 7-6 a escassos quarenta segundos do fim.
Esses últimos segundos foram emocionantes com o HC Fão a defender os três pontos e o HC Marco a tentar o empate.
Grande partida proporcionada pelas duas formações com a incerteza em relação ao resultado final a prender todos os adeptos presentes.

Com o desfecho favorável aos fangueiros, estes ultrapassaram o HC Marco na tabela, ocupando agora o 12º lugar com sete pontos, tendo o HC Marco cinco.
Para a próxima ronda o HC Fão joga em Vila Praia de Ancora e o HC Marco recebe o líder, a AD Sanjoanense.

Foto: Jorge Ferreira.

2ª D - Riba d'Ave perde em Coimbra nos últimos segundos



Os avisos feitos e os cuidados previstos antes da partida acabaram por não ser suficientes para evitar que o Riba d'Ave sofre-se a segunda derrota na prova desta vez em Coimbra diante a formação local por 7-6.

A excelente campanha dos estudantes que este ano subiram à segunda divisão voltou a confirmar-se em casa e de novo diante uma equipa do Minho.
Foi o quarto jogo da AA Coimbra contra equipas minhotas com um saldo 100% positivo depois de vencer HC Fão, AD Limianos, ADJ Vila Praia e agora o Riba d'Ave.

O triunfo dos estudantes foi obtido através de uma grande penalidades muito protestada pelos minhotos a escassos segundos do final da partida.
Com alguma surpresa a AA Coimbra chegou a estar a vencer por 3-0 mas o Riba d'Ave antes do descanso conseguiu reduzir para 3-1.
Na etapa final o Riba d'Ave entrou fortíssimo e conseguiu passar para a frente do resultado e por dois golos de vantagem, 5-3.
Em toada de parada e resposta foi a vez da AA Coimbra efectuar a cambalhota no marcador passando a vencer por 6-5.
O Riba d'Ave ainda empatou mas a tal grande penalidade assinalada nos segundos finais a favor da AA Coimbra ditou o resultado final na vitoria da equipa da casa.
Marcaram para a AA Coimbra, Diogo Graça três todos de lances de bola parada, Gonçalo Oliveira, Alexandre Santos, João Timoteo e Fabio Vieira.
Do lado do Riba d'Ave apontaram, Bruno Serôdio dois, Vitor Oliveira dois, Hugo Azevedo e Raul Meca.

Com este resultado o Riba d'Ave, segundo classificado com dezanove pontos, deixou fugir o primeiro classificado, a Sanjoanense, estando agora a cinco pontos de distancia.
Por parte da AA Coimbra manteve o quinto lugar com dezasseis pontos.
Na próxima jornada o Riba d'Ave recebe a AD Limianos e a AA Coimbra desloca-se a Espinho.

Foto: Riba d'Ave

Taça Cers - Juventude de Viana volta a vencer Tus Dusseldorf


Com mais facilidade que o jogo realizado em Viana do Castelo, a equipa da Juventude de Viana voltou a derrotar os alemães do Tus Düsseldorf agora por 6-0.
Recorde-se que no jogo disputado em Portugal, a formação do Minho só na segunda parte conseguiu o triunfo por 7-1, depois de inclusive ter estado a perder.
Ao intervalo a Juventude de Viana vencia por 2-0 com golos de Emanuel Garcia e Francisco Silva.
Na segunda parte mesmo sem o contributo dos lesionados Tó Silva e André Azevedo, os vianenses fizeram o resultado final de 6-0 com tentos de Nelson Pereira, Nuno Santos, João Ramalho e Francisco Silva.
Depois de afastar o Tus Düsseldorf, a Juventude de Viana joga na segunda eliminatória com os espanhóis do Vendrel que afastaram o Coutras de França.

Foto: AJ Viana 


Taça Cers - Valença HC empata na Áustria



O Valença HC empatou na deslocação à Áustria a três bolas diante o Wolfurt segundo assim para a segunda eliminatória da Taça Cers.
O triunfo obtido por 5-1 em casa na primeira mão permitiu encarar com tranquilidade o encontro em Wolfurt, mesmo não contando com o contributo de Miguel Fernandes e Luís Viana.

Quanto ao jogo, o Wolfurt à imagem do que tinha acontecido em Valença mostrou ser uma equipa aguerrida e forte fisicamente.
Abriu o marcador e foi para o descanso a vencer por 1-0 graças ao tento de Héctor Gallego.
O segundo tempo foi mais animado com "Ziga" Campos a empatar mas o Wolfurt a colocar-se de novo em vantagem por Aurel Zehrer.
Respondeu o Valença por Zé Braga mas foi de novo a formação da Áustria a passar para frente por Iker Bosch.
A formação do Minho sem acelerar muito fez o empate final por Tiago Pereira " Bolinhas ".

Uma partida que primou pela correção e que foi assistida por muito publico, entre eles a presença de vários imigrantes portugueses.
Assim o Valença na sua estreia nas competições europeias segue para a segunda eliminatória onde agora vai defrontar o CP Voltregá de Espanha.

11.25.2017

Taça Cers - OC Barcelos vence na Suíça


Sem grandes dificuldades, o OC Barcelos voltou a vencer o Uttigen desta vez na Suiça por 10-6 seguindo assim para a segunda eliminatória da Taça Cers.
Recorde-se que em Barcelos a equipa portuguesa derrotou os suíços por 12-3.

Os minhotos colocaram-se em vantagem logo no primeiro minuto por Marinho tendo o Uttigen empatado aos 9' por Marzio Vanina.
Respondeu aos 12' o OC Barcelos por Marinho mas o português do Uttigen Rui Ribeiro voltou a igualar aos 19'.
Ainda na primeira parte Hugo Costa bisou levando o OC Barcelos com dois golos de vantagem para o descanso.
Na segunda parte os minhotos entraram muito fortes e em apenas dois minutos dilataram o resultado para 6-2 por Juan Lopez e João Almeida.
Mesmo assim o Uttigen não desistiu e reduziu por Timo.
O jogo aberto e sem grandes cuidados defensivos o OC Barcelos voltou a marcar por Zé Pedro respondendo o Uttigen por Rui Ribeiro.
Até ao fim do jogo o Barcelos fez mais dois golos por Zé Pedro, Marinho e Joca com o Uttigen a marcar dois por Rui Ribeiro e Yves, estabelecendo o 10-6.

11.24.2017

Taça Cers - " Proporcionar por parte do Barcelos um bom espetaculo em Uttigen "



Com a eliminatória praticamente resolvida, o OC Barcelos atual detentor do troféu, joga na Suíça a segunda mão da primeira eliminatória da Taça Cers diante o Uttigen.
O triunfo folgado em Barcelos por 12-3 faz com que Paulo Pereira treinador do clube minhoto pretenda dar mais minutos aos atletas menos utilizados.
" Será um jogo onde vamos aproveitar para rodar a equipa e dar tempo aos menos utilizados. A nível interno a equipa tem tido um enorme desgaste. Queremos ganhar e acima de tudo proporcionar um bom espetaculo a todos os presentes. Sabemos que vão estar presentes em Uttigen muitos portugueses na sua maioria de Barcelos. É para eles que vamos fazer tudo para vencer o Uttigen equipa que merece o nosso respeito ".

A partida tem inicio às 20.00h locais, 19.00H de Portugal.

11.23.2017

AP MINHO - 4ª CONVOCATÓRIA


FONTE: AP MINHO 

Taça Cers - Orlando Graça " Manter a postura ganhadora "



Na estreia na Taça Cers, o Valença HC desloca-se para a segunda mão da primeira eliminatória da prova à Áustria para jogar com o Wolfurt, formação que derrotou em casa por 5-1.

                      
                                          PAVILHÃO DO RHC WOLFURT

Uma partida onde a formação de Valença sabe da importância da vantagem de quatro golos como traçou o seu treinador Orlando Graça.

" Penso, que mais do que ser tranquilos temos que ter uma postura ganhadora como tivemos na primeira mão.
Vamos jogar para ganhar, mas conscientes de que temos quatro  golos de vantagem.
Respeitamos o adversário,  a sua  qualidade e o fator casa.
Por estas e por outros factores que nós vamos ter a máxima atenção, concentração e humildade, para podermos estar ao nosso melhor nível.
Passar à segunda eliminatória é o nosso objectivo ".

FOTOS: Hóquei Minhoto e RHC Wolfurt ( facebook )

Tó Silva pode ser baixa na Juventude de Viana




Depois da lesão de André Azevedo, o azar pode ter batido de novo à Juventude de Viana com Tó Silva a sofrer uma possível rotura muscular no jogo da passada terça feira no Dragão com o FC Porto.
Aguarda-se por mais informação sobre o estado de Tó Silva que efectuará ainda esta quinta feira uma ecografia para melhor avaliação da lesão.
Perante este cenário a equipa de Viana do Castelo poderá apresentar apenas oito atletas no jogo da segunda mão da primeira eliminatória na Alemanha diante o Tus Düsseldorf.

Os jogadores disponíveis para o treinador Renato Garrido são Jorge Correia e Paulo Matos guarda redes, Francisco Silva, Nelson Pereira, Gustavo Lima, João Ramalho, Nuno Santos e Emanuel Garcia e ainda o terceiro guarda redes Telmo Fernandes.
Na primeira mão em Viana do Castelo, os minhotos venceram por 7-1, um resultado que só foi alcançado na etapa final.

Fonte: Gabinete de informação da Juventude de Viana

Horácio Ferreira " Cartaipense quer regressar à 2ª divisão "



Mesmo com duas jornadas realizadas onde obteve uma vitoria e uma derrota, a formação do Cartaipense tem como principio alcançar a subida de divisão.
O treinador Horácio Ferreira sabe das dificuldades que este campeonato tem mas conta com um grupo que lhe dá garantias de sucesso.

" O objectivo que o grupo de trabalho se propôs foi a subida de divisão é para isso que temos vindo a trabalhar dia a dia, Sabemos das dificuldades que vamos ter de ultrapassar, mas este grupo está motivado e a trabalhar muito para jogo a jogo somar sempre os três pontos. 
O grupo é jovem mas tem dois ou três jogadores com mais experiência, Uma mistura da irreverência dos jovens com a experiência  dão total garantia, para com muito trabalho sermos competitivos e no final atingirmos o objectivo "

Recorde-se que o Cartaipense perdeu em Fanzeres por 6-2 e venceu em casa o Paço de Rei por 6-5.
Na próxima jornada desloca-se a São Salvador do Campo para o derbi minhoto com a AD Barcelos.

foto: Cartaipense 

11.21.2017

Paulo Morais é o novo treinador do Famalicense


A escolha da direção do Famalicense para a saída de José Querido recaiu em Paulo Morais antigo treinador do Valença HC.
O conjunto de Famalicão que esteve sem treinador na jornada anterior onde derrotou o HC Marco por 6-3 vê assim resolvida a situação para o próximo desafio diante o líder , a Sanjoanense.

FOTO: Famalicense

FC Porto derrota Juv Viana


O FC Porto juntou-se aos primeiros classificados do campeonato depois de vencer a Juventude de Viana por 8-3 em jogo atrasado da terceira jornada da prova.
Merece destaque os onze golos apontados no encontro, todos eles de lances de bola corrida.
Quando se fala em que os lances de bola parada são cada vez mais decisivos, este jogo provou o contrario.



Quanto ao jogo, a superioridade do FC Porto foi mais acentuada na segunda parte.
Na primeira parte que chegou com os portistas a vencer por 4-1, os golos só apareceram depois do minuto doze altura em que Reinaldo Garcia abriu o marcador.
A seguir aos 15' Rafa Costa fez o 2-0 para aos 19' Emanuel Garcia reduzir.
No ultimo minuto o FC Porto fez o 4-1 por Gonçalo Alves e Rafa Costa.
Para a segunda parte a turma do Porto fez mais quatro golos por Alvarinho que bisou, Rafa Costa e Toni Baliu.
Pelo meio o jovem Gustavo Lima bisou fazendo o 8-3 final.
O FC Porto passou a somar quinze pontos, os mesmos que Sporting CP, Benfica e Oliveirense.
Quanto à Juventude de Viana com mais um jogo realizado é sexta classificada com nove pontos, pontuação igual ao vizinhos do OC Barcelos.
Para a próxima jornada a realizar-se na próxima quarta feira depois da jornada europeia, o FC Porto desloca-se a Valongo e a Juventude de Viana descansa porque já defrontou e venceu o Grândola no passado dia 1 de novembro.

FOTO: AL 



Tó Silva da Juv Viana e o jogo com o FC Porto



TÓ SILVA: 
"Se não pensássemos assim [na vitória] não valia a pena sequer ir ao jogo"

A Juventude de Viana desloca-se hoje ao Dragão Caixa para defrontar o campeão nacional, FC Porto, e acertar o calendário do campeonato nacional da 1ª divisão, onde este jogo da 3ª jornada está em atraso, às 20h30.

Não será, com certeza, um jogo fácil e dará muito trabalho aos homens de Renato Garrido.
O FC Porto ainda não perdeu e não quer deixar a linha da frente pelas mãos alheias, já que soma 12 pontos, a três de Sporting, Benfica e Oliveirense, mas tem este jogo em atraso. Por seu lado, a Juventude de Viana é 5ª classificada com nove pontos e, em caso de vitória, pode mesmo igualar o registo dos azuis e brancos.
Para o experiente Tó Silva a análise ao adversário é fácil, porém as armas do FC Porto são muitas. "Esperamos um jogo extremamente difícil. Adversário forte quer individualmente quer coletivamente. Ainda não perdeu esta época e em sua casa dificilmente o faz, por tudo isso e não só, estamos cientes das dificuldades que iremos encontrar".

Ainda assim, esta Juventude de Viana tem uma palavra a dizer e tem argumentos para este FC Porto. "Se não pensássemos assim não valia a pena sequer ir ao jogo. Como já o referi, iremos encontrar uma excelente equipa mas, iremos para o Dragão com a mesma competência de sempre e que nos caracteriza que é lutar em todos os jogo pelos três pontos.
Independentemente do adversário, Tó Silva lembra a filosofia da Juventude de Viana e adverte os adversários para aquilo que vão encontrar ao longo da temporada em três conceitos: "Humildade, trabalho e muita vontade de ganhar".

Para já a equipa ainda está privada de outro jogador muito experiente, André Azevedo, cuja falta continua a ser notada pelos colegas de equipa, e não só. "Tratando-se de um jogador experiente claro que no dragão notar-se-á a sua ausência pois, são jogos que a experiência é necessária. No entanto o André faz falta ao campeonato português, faz falta ao hóquei em patins! Que volte rápido..., desejou.

fonte: Juventude de Viana

11.20.2017

HC Fão acusa árbitro de abalroar com carro o vice-presidente do clube



Segundo avança o jornal " Noticias de Esposende ", um dos árbitros do jogo em que estiveram presentes  o HC Fão e o Famalicense, mais precisamente José LaSalette de tentativa de abalroar com o carro o vice presidente do clube João Paulo.


Árbitro LaSalette abalroa com o carro o Vice-Presidente do HC Fão, João Paulo

Após o jogo, e quando o dirigente do HC Fão, João Paulo, se dirigia para uma arrecadação em frente ao balneário dos árbitros, deparou-se com o Delegado-Técnico, Joaquim Rego Lamela, na cavaqueira com os árbitros no balneário destes, dizendo que "um gajo de brincos não pode ser boa pessoa", referindo-se, claro está, ao Presidente do HC Fão, Rafael Fernandes. O dirigente fangueiro, ouvindo tais declarações, perguntou ao Delegado-Técnico se não tinha vergonha do que estava a dizer e o que estava ali a fazer, gerando-se um grande sururu.

Não chegando o que estava a fazer, o Delegado-Técnico acabou por se envolver numa discussão acesa com o Presidente do HC Fão, pois Rafael Fernandes disse-lhe que não podia ter ido à cabine dos árbitros no fim do jogo, tendo Joaquim Lamela respondido que este não percebia nada dos Regulamentos e que, efetivamente, podia estar lá, tendo abandonado a cabine nesse mesmo instante.

Os árbitros entretanto saíram dos balneários para irem embora e entregaram os cartões de jogo ao Presidente do HC Fão, tendo este questionado o árbitro se não tinha nada para lhe dizer. O árbitro respondeu por duas vezes que não. Rafael Fernandes disse então que o árbitro tinha perdido um cartão. Prontamente o árbitro informou que tinha apreendido a Licença do dirigente do HC Fão, João Paulo, ficando tanto Rafael Fernandes como o próprio João Paulo muito admirados com tal decisão.

Depois do jogo terminar, é norma da equipa da casa, acompanhar os árbitros à sua viatura a fim de verificarem se a mesma não foi danificada durante o jogo. Assim o fizeram os dois dirigentes do HC Fão, o Presidente Rafael Fernandes e o Vice-Presidente João Paulo, e os dois seguranças privados que fazem a cobertura do jogo.

O que ninguém previa era o desfecho vergonhoso e condenável por parte do árbitro José LaSalette.

Os árbitros da partida, José LaSalette e José Mendes, sempre em passo acelerado, entraram na viatura, indo o árbitro José LaSalette para o lugar de condutor, e arrancaram com a mesma, sem qualquer tipo de cuidado, abalroando com o espelho e parte da lateral do carro o Vice-Presidente João Paulo, na presença dos dois seguranças privados, do Presidente Rafael Fernandes e de várias pessoas que ainda se encontravam à porta do Pavilhão, abandonando o local, sem se preocupar com o estado físico do dirigente fangueiro.

Uma vez que a GNR não se encontrava no local – por não ser necessário, uma vez que o HC Fão recorre a uma empresa privada para assegurar a segurança do jogo – o dirigente não participou o ocorrido às autoridade, tendo o mesmo seis meses para o fazer, se  assim o entender.

Fonte: Jornal Noticias de Esposende

Árbitro Bruno Antão agredido em jogo de sub 15



O árbitro da AP Minho, Bruno Antão ao que o Hóquei Minhoto conseguiu apurar foi vitima de agressão antes do jogo de sub 15 envolvendo as equipas do Riba d'Ave e do HC Braga.
Contactada a Associação de Patinagem do Minho, a mesma confirmou o sucedido mas não quis alongar-se muito sobre o assunto, apenas referindo que toda situação aconteceu antes do jogo ter inicio junto à mesa, envolvendo várias pessoas.
Perante este episódio o jogo não se realizou, aguardando-se por mais esclarecimentos por parte da AP Minho.

Recorde-se que o árbitro Bruno Antão ( na foto ) tinha estado no sabado em Ponte de Lima no derbi entre a AD Limianos e o HC Fão, tendo o seu trabalho sido bastante criticado pela formação de Fão.

foto: DR

Nacional de Veteranos + 50 anos - OC Barcelos vence Escola Livre



Começou este fim de semana o campeonato nacional de veteranos ( + 50 anos ) com a formação do OC Barcelos a derrotar a Escola Livre por 5-4.
Os golos do encontro foram apontados por Sérgio Nunes três, Manuel Carvalho e António Pimenta para os barcelenses e por Jorge Guerreira, Joaquim Santos e Paulo Martins para a Escola Livre.
Este foi o único jogo realizado da zona norte, tendo a partida entre o Alenquer e Benfica e a Estrela Verde adiado com o Vilafranquense a folgar.
Para a segunda ronda agendada para o dia 16 de dezembro, a Escola Livre defronta o Alenquer e Benfica e o Clube Estrela Verde mede forças com o Vilafranquense. Nesta jornada o OC Barcelos folga. 

Na zona sul o Caco perdeu em casa com o Sesimbra por 3-1, a Liga de Algés derrotou Os Lobinhos por 6-2 e o VAHP superiorizou-se ao parede por 5-2.
Quanto à segunda jornada prevista para o dia 17 de dezembro, o Sesimbra joga com Liga de Algés, o Parede mede forças com o Caco e o GDR Os Lobinhos enfrenta o VAHP.

foto: OC Barcelos 

III D - AD Barcelos/Campo perde com o Académico



O Académico FC visitou o Minho e em São Salvador do Campo garantiu a segunda vitoria no nacional da terceira divisão.
Perante a AD Barcelos/Campo triunfo por 7-4, com uma igualdade a três bolas em tempo de intervalo.
Para os minhotos foi a segunda derrota, resultado que coloca os minhotos nos últimos lugares.
Fizeram o marcador os golos de Alex Azevedo dois, Vítor Braga e João Pedro Duarte para a AD Barcelos/Campo enquanto que pelo Académico FC apontaram António Valente dois, Pedro Vigário, Francisco Florim, Rui Mendes, João Guedes e Paulo Pinto.

Com duas jornadas cumpridas, o Académico soma seis pontos, os mesmos que Lavra e HC Mais na frente da prova.
Sentido contrario a AD Barcelos/Campo, Vila Boa Bispo e CCD Ordem ainda não somaram qualquer ponto.
Na próxima ronda derbi no Minho com a AD Barcelos/Campo  a receber o Cartaipense e o Académico a jogar em casa com o Leça FC.

Foto: AD Barcelos/Campo por Sara Ferreira 

11.19.2017

III D - Cartaipense vence Paço de Rei


A jogar em casa, o Cartaipense redimiu-se da derrota sofrida na primeira jornada do nacional da terceira divisão em Fanzeres, ultrapassando o Paço de Rei por 6-5 que na ronda inaugural tinha ganho à AD Barcelos.

Foi a turma do Paço de Rei que inaugurou o marcador por Luís Fernandes, mas dois golos de Ricardo Lopes colocaram o Cartaipense a vencer.
Essa vantagem foi anulada ainda antes do intervalo por Pedro Teixeira de grande penalidade.

Na segunda parte a turma do Minho conseguiu desfazer a igualdade e ganhar vantagem de dois golos por Nelson Silva,  e Carlos Rodrigues.
Sem nunca desistir o Paço de Rei reagiu e chegou ao 4-3 por intermédio de Carlos Mata na recarga a uma grande penalidade.
O Cartaipense respondeu com o 5-3 por Ricardo Lopes tendo de seguida o Paço de Rei feito o 5-4 Fábio Cunha.
Numa ponta final emotiva o Cartaipense chegou ao 6-4 por Carlos Rodrigues, mas Fábio Cunha ainda conseguiu o 6-5 final.
Assim o Cartaipense somou os primeiros três pontos e o Paço de Rei a sua primeira derrota.
Para a próxima ronda o Cartaipense joga fora com a AD Barcelos e o Paço de Rei recebe o CRPF Lavra.

HC Braga pontua em Paço d'Arcos


A equipa do HC Braga alcançou o seu primeiro ponto fora das Goladas ao dividir o resultado na visita ao Paço d'Arcos.
O empate foi um prémio para os minhotos que ao longo de todo o jogo andaram sempre atrás do marcador.

Na primeira parte o Paço d'Arcos marcou logo aos 4' por Diogo Silva mas aos 9' Ângelo Fernandes igualou.
O intervalo chegou com a equipa do Paço d'Arcos a vencer por 2-1 com o golo de  Gonçalo Nunes, um resultado que podia ter sido diferente se Ângelo Fernandes tivesse aproveitado uma grande penalidade. 
A segunda parte abriu com o Paço d'Arcos a fazer o 3-1 aos 3' por Tiago Losna.
Depois de Gonçalo Nunes ter falhado um livre direto, os bracarense foram em busca dos golos e alcançaram nova igualdade  aos 7' por Márcio Rodrigues de grande penalidade e aos 10' por Pedro Delgado " Bekas ".
Pelo meio Gonçalo Meira desperdiçou um livre direto.
Aos 11' André Centeno voltou a dar vantagem à equipa da linha, mas aos 22' Gonçalo Suissas fez o 4-4 final.
Assim o Paço d'Arcos com a divisão de pontos, soma quatro pontos, os mesmos que a equipa de Braga.
Para a próxima jornada o Paço d'Arcos joga em Barcelos e o HC Braga recebe o Benfica.

Foto: Arquivo Golden Cup Parede 2017

II D - ADJ Vila Praia volta a perder



Ainda não foi desta que a equipa da ADJ Vila Praia conseguiu o seu primeiro triunfo na competição, após perder na recepção à AA Coimbra por 10-4.
Por outro lado a AA Coimbra somou mais um resultado positivo, o terceiro consecutivo e curiosamente sobre equipas do Minho depois do HC Fão e da AD Limianos.
Quando ao jogo a equipa de Coimbra ao intervalo ja se encontrava em vantagem por 5-2.
O resultado foi feito com os golos Duda Chavarria dois, Marco Viana e Frederico Areias para a ADJ Vila Praia e de Gonçalo Oliveira três, Diogo Graça dois, Fábio Vieira dois, Alexandre Santos, Vasco Martinho e Francisco Góis um cada.
Assim a AA Coimbra subiu ao quinto com treze pontos enquanto que a ADJ Vila Praia ocupa o ultimo lugar com um ponto apenas.
Para a próxima ronda a AA Coimbra volta a jogar com uma equipa do Minho desta vez em casa com o Riba d'Ave.
Por parte da ADJ Vila Praia curta deslocação a Ponte de Lima.

FOTO: ADJ VILA PRAIA

Juv Viana sobe ao quinto lugar


Graças à vitoria obtida sobre o Infante Sagres fora por 5-2, a Juventude de Viana saltou para o quinto lugar com nove pontos e menos um jogo realizado.
Diante a formação do Infante Sagres os vianenses sem André Azevedo chegaram ao intervalo empatados a duas bolas.
Na segunda parte a Juventude de Viana arrancou para o triunfo sem qualquer reação da equipa da casa.
Fizeram os golos por parte da Juventude de Viana, João Ramalho dois, Francisco Silva, Gustavo Lima e Emanuel Garcia, enquanto que pelo Infante Sagres apontaram João Pinheiro e Bruno Fernandes.
Nota para os lances de bola parada falhados pelas duas equipas.
Quanto à próxima jornada, a sexta a Juventude de Viana já jogou e venceu o Grândola, enquanto que o Infante Sagres que tem três pontos desloca-se a Turquel

No entanto na próxima terça feira os vianenses jogam no Dragão com o FC Porto em partida atrasada da 3ª jornada.

Foto: AL

11.18.2017

II D - Riba d'Ave aplica-se para vencer Porto B



Não foi fácil o triunfo do Riba d'Ave nas Tílias sobre a jovem equipa do Porto B, como demonstra o 7-6 final.
A turma minhota adiantou-se no marcador com tentos de Bruno Serôdio e Hugo Azevedo mas o Porto B antes do intervalo chegou ao empate com golos de Gustavo Vidal e Dinis Abreu.
Na segunda parte o Riba d'Ave fez o 3-2 por Daniel Pinheiro tendo o Porto B dado a volta por Gustavo Vidal e Dinis Abreu.
A perder a equipa da casa carregou e aos poucos deu a volta com golos de Hugo Azevedo dois e um de Raul Meca e Bruno Serôdio.
Sem nunca desistir, o Porto B atacou acabando por colocar o resultado final em apenas um golo de diferença por João Lima e Dinis Abreu.

Ao fim de seis jornadas, o Riba d'Ave segue no segundo lugar com dezanove pontos, menos dois que o primeiro a Sanjoanense e mais quatro que os terceiros classificados, o HA Cambra e o CH Carvalhos.
Por parte do Porto B, a derrota ditou a descida ao oitavo lugar com onze pontos.
Para a próxima jornada o Riba d'Ave joga em Coimbra e o Porto B recebe a AA Espinho.

foto: DR

OC Barcelos fez suar a Oliveirense



Há semelhança do jogo para a Taça Continental, quer Oliveirense, quer OC Barcelos proporcionaram um bom espetaculo agora para a quinta jornada do campeonato nacional da 1ª divisão.
Pena que tenha uma vez mais sido evidente que este campeonato só tem interesse para quatro equipas e que o resto é para entreter a modalidade...
A incerteza em relação ao resultado final durou até aos últimos segundos.
O triunfo pertenceu à equipa da casa, a Oliveirense por suados e complicados 5-4.

Contra um candidato ao titulo o OC Barcelos não se intimidou e chegou a estar a vencer por 3-0 com golos de Joca Guimarães, Hugo Costa e Afonso Lima.
Ainda na primeira parte a Oliveirense reduziu por João Souto, num golo em que os minhotos alegam ter sido marcado com o corpo.

No entanto o primeiro minuto da segunda parte foi penalizador para os minhotos que viram a Oliveirense dar a cambalhota no marcador por João Souto e dois de Pedro Moreira.
Mesmo assim o OC Barcelos ainda fez nova igualdade por João Almeida.
A Oliveirense conseguiu o triunfo no jogo a cinco minutos do fim com o tento de João Souto.
Assim a Oliveirense continua nos primeiros lugares com quinze pontos em cinco jornadas.
Em relação ao OC Barcelos com nove pontos caiu para o sexto lugar.
Na próxima jornada depois da ronda europeia, a Oliveirense joga em Tomar e o OC Barcelos recebe o Paço d'Arcos.

foto: DR

II D - AD Limianos vence Fão



No derbi minhoto da segunda divisão, zona norte, em Ponte de Lima jogaram AD Limianos e o HC Fão com o triunfo a sorrir à equipa da casa por 8-3.

Após inicio equilibrado, a partida abriu com a equipa limiana a inaugurar o marcador aos 8'por Pedro Braga.
Aos 10' o HC Fão empatou por André Barbosa mas no minuto seguinte Miguel Costa Fininho voltou a colocar a AD Limianos na frente.
O HC Fão carregou e voltou a empatar num lance praticamente igual mas desta vez por Diogo Machado a emendar um remate de meia distancia.
Animado o jogo Zé Pedro Carvalho aos 20' fez o 3-2 e Ivo Ventura aos 21', o três igual, resultado com que se chegou ao descanso.

A segunda parte abriu com a AD Limianos a marcar aos trinta segundos por Zé Pedro Carvalho na recarga a uma grande penalidade.
Perante os protestos o treinador do HC Fão foi punido com cartão azul, obrigando a sua equipa a jogar com menos um elemento.
Essa situação foi aproveitada por Rui Pedro para aumentar para 5-3.
Em desvantagem o HC Fão procurou reduzir mas Diogo Machado e Diogo Sá não aproveitaram um livre direto e uma grande penalidade.
Quem não marca arrisca-se a sofrer e aos 13' Miguel " Fininho " fez o 6-3, segundos depois de ter falhado uma grande penalidade.
Tentou o HC Fão marcar mas foi a AD Limianos a elevar para 7-3 por Duarte Machado de livre direto e por Rui Pedro para 8-3, fazendo o resultado final.
Um triunfo que coloca a AD Limianos com oito pontos, enquanto que o HC Fão soma quatro.
Na próxima jornada a AD Limianos recebe a ADJ Vila Praia e o HC Fão em casa joga com o HC Marco.

FC Porto derrota Valença HC


Na visita ao campeão nacional, o Valença HC foi derrotado pelo FC Porto por 13-4 em jogo da quinta jornada do nacional da 1ª divisão.

Um triunfo do FC Porto que começou a desenhar-se logo nos primeiros  vinte segundos por Rafa Costa.
A seguir o mesmo Rafa e Alvarinho aumentaram por 3-0, tendo Zé Braga reduzido para 3-1.
Antes do descanso o FC Porto ainda apontou mais três golos por Gonçalo Alves dois e um de Jorge Silva.
Para a segunda parte o avolumar do resultado por parte do FC Porto aconteceu com naturalidade chegando ao 13-4.
Fizeram os restantes golos do Porto, Gonçalo Alves três, Alvarinho dois, Hélder Nunes e Reinaldo Garcia um cada.
O Valença encurtou o resultado final por Zé Braga dois e um de Ziga Campos.

Com este resultado o FC Porto que tem menos um jogo soma doze pontos, enquanto que o Valença HC tem três.
Para a próxima ronda o FC Porto joga em Valongo e o Valença HC recebe o Sporting CP.
Antes a equipa do FC Porto acerta o calendário jogando terça feira com a Juventude de Viana.

Foto: DR

11.17.2017

Gustavo Lima fala do jogo diante o Infante Sagres



GUSTAVO LIMA: 
"O nosso campeonato é encarar todos os jogos com a mesma seriedade "

Em contagem decrescente para a 5ª jornada do campeonato nacional da 1ª divisão, a Juventude de Viana ultima pormenores para a partida deste Sábado, 18 de Novembro, diante do recém promovido Clube Desportivo Infante de Sagres, em casa deste último, às 17h00.



Apesar do histórico Sagres ser novato neste campeonato, não se vislumbram facilidades para a Juventude de Viana. "Será um jogo bastante difícil perante uma equipa que sabe que os jogos em casa são importantíssimos para o seu objetivo", esclarece o jovem Gustavo Lima.
O jogador ainda acrescenta, "o Infante é uma equipa bem orientada, com bons princípios de jogos e que vai dar o máximo perante os seus adeptos para conseguir vencer e a nos cabe-nos jogar o nosso hóquei, com a nossa organização. Só assim, e com uma grande atitude, conseguiremos o nosso objetivo que é a vitória".
Apesar de a Juventude já ter defrontado dois dos candidatos ao título, Benfica e Sporting, dando uma excelente imagem do hóquei praticado, o jogador vianense não acredita que o verdadeiro campeonato para a sua equipa só comece agora, ou mais tarde. "Acho que todos os jogos são importantes! O nosso campeonato é encarar todos os jogos com a mesma seriedade, dar o nosso máximo e no fim ficarmos satisfeitos com aquilo que fizemos! É isso que temos que fazer já este Sábado!"
Em jeito de balanço do início desta temporada, o saldo é muito positivo. "O início da época está a ser bom: temos duas vitórias para o campeonato, uma delas num pavilhão bastante difícil; conseguimos uma boa vantagem contra o Dusseldorf para conseguirmos passar à próxima fase da Taça CERS", sublinha Gustavo.
Neste sentido, "podem esperar de nós aquilo que já têm visto! Dar o máximo em todos os jogos para conseguirmos vencê-los! Muito trabalho e dedicação! Depois disso tentaremos proporcionar bons espetáculos de hóquei. Para isso é importante o apoio de todos e acho que estamos a ter uma resposta positiva do nosso trabalho. É muito bom, por exemplo, apesar da última derrota frente ao Sporting, sentir o reconhecimento e o conforto do nosso público no final do jogo".
Com quatro jogos disputados, a Juventude de Viana segue no 6º lugar, com seis pontos, enquanto o Infante de Sagres é 13º, penúltimo, com três pontos. Na presente época as duas equipas já se encontraram para a Taça Zé Natário que a Juventude de Viana venceu por 8-2.

fonte: Juventude de Viana 

Aberto processo ao jogo Pacense - Riba d'Ave


O conselho de disciplina da FPP abriu um processo ao jogo da ronda sete da segunda divisão, zona norte entre a Juventude Pacense e o Riba d'Ave.
Na reunião o mesmo decidiu instaurar um processo de inquérito perante os acontecimentos ocorridos entre a Juventude Pacense e o Riba d'Ave.

Campeonato Nacional Seniores 2ª Divisão
Riba D'Ave Hóquei Clube
Processo inquérito n.º PI 2165/17-AS

0229/1718 Juv. Pacense 2 - Riba D' Ave HC 6
Juventude Pacense
Processo inquérito n.º PI 2165/17-AS

fonte: FPP
http://www.fpp.pt/media/docs/disciplina/2017/11/15.pdf

11.14.2017

José Querido deixa o Famalicense



O treinador José Querido deixou o comando técnico do Famalicense após acordo mutuo com a direção famalicense.
O facto de estar longe dos objectivos traçados ou seja andar nos primeiros lugares pode ter pesado na decisão.
Neste momento o Famalicense com menos um jogo, tem apenas oito pontos conquistados nas primeiras sete jornadas do nacional da segunda divisão, zona norte, fruto de duas vitorias, dois empates e duas derrotas
Pontuação muito longe dos lugares cimeiros ocupados por Sanjoanense com dezoito. Riba d'Ave dezasseis e Cambra e Carvalhos com catorze.

Comunicado hóquei

A Direcção do Famalicense Atlético Clube e o treinador José Querido terminaram a sua ligação desportiva por mútuo acordo.
Ao José Querido, a direcção agradece o empenho e dedicação, desejando-lhe os maiores sucessos desportivos e pessoais.


A DIRECÇÃO

foto: AL