segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Mundial feminino - Minhota Sofia Silva marca na vitoria de Portugal



No seu segundo jogo no Mundial feminino, a seleção de Portugal goleou a África do Sul por expressivos 14-0, tendo a minhota Sofia Silva apontado dois tentos, na altura o 4-0 e o 10-0.
Recorde-se que na primeira jornada Portugal perdeu com a Espanha por 4-0.
Os restantes golos pertenceram a Inês Vicente (3), Marlene Sousa (3), Marta Vieira (3) e Rute Lopes (3).
Após o triunfo Portugal soma três pontos, jogando na próxima jornada com a seleção da França que ainda vai medir forças esta segunda feira com a Espanha.

foto/facebook  Mundial Feminino Iquique/Chile 

Mundial feminino - Colômbia de André Torres apenas cede com a Itália nos livres diretos.


A seleção da Colômbia orientada pelo minhoto André Torres empatou a uma bola com a Itália no Mundial feminino que se disputa no Chile, mas com as regras que obrigam a que se encontre um vencedor em cada jogo, o desempate foi feito através da marcação de livres diretos
Diante as italianas, a Colômbia esteve a perder, mas na segunda parte fez a igualdade, resultado com que se atingiu o final da partida.
Na marcação de livres diretos a Itália marcou dois e a Colômbia apenas um.
Antes do jogo com as italianas, a seleção de André Torres tinha goleado a congénere do Egipto por 16-0 e perdido com a Argentina por 9-1
Com três jogos realizados, a Colômbia tem três pontos, restando na fase de grupos defrontar o Brasil.

Foto: Mundial em Iquique/Chile 

HC Fão 3º em Santa Maria da Feira


FOTO: CRISTINA LAZERA

Foi com um terceiro lugar que a turma minhota do HC Fão terminou a sua participação no Torneio de Santa Maria da Feira, organizado pelo Académico da feira.
No primeiro dia de prova a turma de Rui Pereira perdeu com a equipa da casa por 9-2, redimindo-se no jogo de atribuição do terceiro lugar vencendo o Académico FC por 6-2.
O torneio foi conquistado pelo Infante Sagres que na final derrotou o Académico da Feira por 2-0, depois de no dia anterior ter goleado o Académico FC por 8-0.
Foi assim mais um teste dos fangueiros que deixou boas indicações, menos o jogo do primeiro dia diante o Académico da Feira.

OC Barcelos conquista " Cidade de Valongo "


A equipa do OC Barcelos foi a vencedora da 11ª Edição do Torneio " Cidade de Valongo ", depois de vencer na final da prova a equipa da casa por 5-3.
Em duelo de equipas da primeira divisão, a turma de Paulo Freitas foi superior no decisivo encontro com o destaque para o "poker" de Álvaro Morais, tendo Miguel Vieira feito o outro golo minhoto.
Por parte do Valongo marcaram o ex OC Barcelos Pedro Mendes, Rúben Pereira e Guilherme Silva.
No jogo para o terceiro lugar, o HC Turquel levou a melhor sobre o CH Carvalhos por 5-1.
Antes nas meias finais o OC Barcelos derrotou o CH Carvalhos por 6-3 e a AD Valongo venceu o HC Turquel por 4-3.

Mundial feminino - Portugal perde com a Espanha



Não foi a melhor a estreia no Mundial no Chile, de Portugal com a minhota Sofia Silva, nem a Colômbia orientada pelo minhoto André Torres.
A seleção de Portugal defrontou no seu primeiro jogo da prova a Espanha, perdendo por 4-0.
No primeiro tempo apesar de ter sido equilibrado, a Espanha conseguiu chegar ao intervalo a vencer por 1-0 fruto da sua eficácia. Nesse capitulo Rute Lopes falhou uma grande penalidade.
Após o descanso Portugal podia ter feito o empate mas desperdiçou um livre direto por Maria Vieira.
Quem não marca sofre e a Espanha fez o 2-0 para aos poucos chegar ao 4-0.
Uma derrota pesada da seleção portuguesa, que ainda podia ter feito o tento de honra mas Renata Balonas desperdiçou uma grande penalidade.
Por parte da Colômbia o seu treinador André Torres não conseguiu apresentar argumentos diante a poderosa Argentina perdendo por 8-1.
Na próxima jornada, esta segunda feira Portugal joga com a África do Sul e a Colômbia defronta o Egipto.

domingo, 25 de setembro de 2016

HC Braga conquista Torneio Jorge Coutinho



HC Braga conquista pela segunda vez o Torneio Jorge Coutinho após vencer no golo de ouro o Riba d'Ave por 6-5

Pela primeira vez Riba d'Ave e HC Braga encontraram-se numa final do Torneio Jorge Coutinho.
O HC Braga volta a uma final depois de a ter vencido em 2012/2013 enquanto que o Riba d'Ave repete a final do ano passado que perdeu para a Juventude de Viana.
Perante uma boa moldura humana que viajou quer de Riba d'Ave, quer de Braga, a equipa de Vítor Silva entrou forte e logo aos 2' marcou por Ângelo Fernandes num remate de meia distancia.
O mesmo jogador no minuto seguinte fez o 2-0 de grande penalidade.
A equipa de Riba d'Ave acordou e reduziu de grande penalidade aos 9' por Bruno Serôdio.
Também em mais um lance de bola parada o Riba d'Ave chegou ao empate aos 13' novamente por Bruno Serôdio.
Com a igualdade no marcador o jogo cresceu de intensidade obrigando quer João Gomes, quer Francisco Veludo a boas defesas.
O marcador voltou a funcionar no ultimo minuto e para as duas equipas, primeiro Vítor Hugo e depois Pedro Delgado "Bekas" a fazerem o três igual em tempo de descanso.

Para a segunda parte o HC Braga voltou a ganhar vantagem no marcador com Gonçalo Meira aos 5' a converter um livre direto por azul mostrado a Bruno Serôdio.
O Riba d'Ave podia ter feito o empate mas de livre direto Tiago Pimenta desperdiçou.
Depois das duas equipas terem falhado um livre direto por terem cometido ambas a décima falta, o golo apareceu aos 14' e para o Braga por Pedro Delgado "Bekas".
O Riba d'Ave respondeu de forma imediata por Hugo Azevedo fazendo o 4-5.
Com enorme entrega e sempre na procura do golo os ferros das balizas evitaram que Márcio Rodrigues e Hugo Azevedo marcassem.
A pouco mais de um minuto do fim o Riba d'Ave beneficiou de um livre direto mas Nuno Micoli desperdiçou.
Com mais um jogador em pista por cartão azul mostrado ao treinador do Braga, o Riba d'Ave acabou por chegar ao empate a escassos nove segundos do fim de livre direto por Vítor Hugo após azul mostrado a Jorge Faria "Rato", levando o jogo para o prolongamento.

No tempo extra o HC Braga que começou ainda com menos um jogador conseguiu segurar o empate durante esse período em que esteve em inferioridade numérica.
O famoso golo de ouro apareceu no segundo minuto da segunda parte do prolongamento por Pedro delgado "Bekas"


Riba d'Ave
João Costa, Ricardo Lopes, Raul Meca, Tiago Pimenta, Hugo Azevedo, Nuno Micoli, Daniel Pinheiro, Bruno Pinto, Vitor Hugo e João Ferreira.

HC Braga
Francisco Veludo, Márcio Rodrigues, João Campos, Angelo Fernandes, Jorge Faria, Gonçalo Meira, Duarte Machado, Carlos Loureiro e Gabriel Costa.

sábado, 24 de setembro de 2016

Jorge Coutinho - HC Braga na final após vencer AD Limianos



O HC Braga vai discutir a final do X Torneio Jorge Coutinho com o Riba d'Ave depois de vencer a aguerrida equipa AD Limianos da terceira divisão por 6-4 

Logo no primeiro minuto Rui Silva podia ter marcado para o Limianos em contra ataque mas o remate saiu ao lado da baliza do guarda redes do Braga, Gabriel Costa.
Dois minutos depois Rui Silva abriu o marcador para o Limianos, mas Jorge Faria "Rato " empatou aos 3'.
Depois do inicio animado do encontro, o golo só apareceu aos 9' e para o HC Braga novamente por Jorge Faria "Rato".
Ainda no mesmo minuto a AD Limianos empatou por Pedro Carvalho de grande penalidade.
Este lance motivou protestos do treinador que HC Braga que acabou por ser penalizado com cartão azul, situação que obrigou a sua equipa a jogar com menos um jogador.
O HC Braga voltou a adiantar-se no marcador aos 15' por Carlos Loureiro e aos 19' por Márcio Rodrigues passando a vencer por 4-2.
Antes do intervalo João Figueiredo teve a hipótese de reduzir mas falhou um livre direto.
Para a segunda parte o HC Braga fez o sexto de grande penalidade aos 9' por Ângelo Fernandes, mas Rui Pedro no minuto seguinte encurtou para 5-3.
A vantagem do Braga podia ter sido avolumada mas Pedro Delgado "Bekas" falhou um livre direto.
O conjunto de João Pedro Araújo não baixou os braços e Tiago Faria aos 21' podia ter marcado mas falhou um livre direto.
Ate ao fim Jorge Faria "Rato" fez o 6-3 e falhou um livre direto. com Rui Silva a fazer o 6-4 final.
Este domingo às 18.30H no pavilhão Municipal de Barcelos realiza-se a final.

Supertaça - Minhotos em destaque no triunfo do FC Porto


O FC Porto venceu o Benfica por 13-7, conquistando assim a supertaça António Livramento, com os três minhotos a contribuírem de forma decisiva para o triunfo da sua equipa. 
Dos treze golos apontados pelo FC Porto, oito tiveram a marca "minhoto", com Hélder Nunes a marcar quatro, Gonçalo Alves a obter três e Rafa Costa um.
Ao intervalo o FC Porto vencia o Benfica por 7-2.


Jorge Coutinho - Riba d'Ave na final após vencer Valença HC




A primeira meia final do X Torneio Jorge Coutinho colocou em pista duas equipas que na próxima época vão disputar o nacional da primeira divisão.
O triunfo sorriu ao Riba d'Ave por 5-2 diante o Valença HC.


O Valença HC sem Luís Viana e Guido lesionados e com Hélder Martins e Ziga Campos condicionados desde cedo mostrou dificuldades em gerir esses mesmos contra tempos.
Apesar disso foi a equipa de Paulo Morais a ter a primeira grande oportunidade de golo, mas Zé Braga falhou uma grande penalidade aos 14'.
No lance seguinte o Riba d'Ave inaugurou o marcador com Hugo Azevedo a surpreender Paulo Matos.
Tentou responder o Valença mas seria o Riba d'Ave aos 22' a aumentar para 2-0 por Nuno Micoli.
Para a segunda parte a turma valenciana entrou com outra determinação e reduziu aos 8' por Gil Vicente.
Logo a seguir Tiago Pimenta viu o cartão azul tendo Zé Braga falhado o empate.
A jogar com menos um jogador foi mesmo o Riba d'Ave aos 9' a marcar por Bruno Serôdio fazendo o 3-1
Aos 12' o Valença voltou a beneficiar de um lance de bola parada, uma grande penalidade e voltou a desperdiçar desta vez por Gil Vicente com o guarda redes João Gomes a defender.
Com o jogo a aquecer, Tiago Pereira do Valença viu o cartão azul aos 13' com Nuno Micoli a não falhar aumentando para 4-1 de livre direto.
Um minuto depois novo livre direto para o Riba d'Ave mas desta vez Ricardo Lopes não conseguiu superar Paulo Matos.
O Valença aos 19' voltou a ser penalizado com um livre direto valendo à equipa de Paulo Morais mais uma defesa de Paulo Matos a remate de Vítor Hugo.
No entanto Vítor Hugo aos 20' conseguiu surpreender Paulo Matos após remate contra as costa do guarda redes adversário.
Perto do final do jogo aos 23' Gil Vicente reduziu o marcador para 5-2.
O Riba d'Ave volta assim à final do Jorge Coutinho depois de no ano passado ter disputado essa final e ter perdido com a Juventude de Viana.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Juventude de Viana conquista III Taça Credito Agricola



Perante uma moldura humana aquém do esperado no pavilhão de Monserrate em Viana do Castelo a III Taça Credito Agrícola colocou frente a frente a Juventude de Viana e o OC Barcelos.
As duas equipas minhotas voltaram a encontrar-se depois de se terem defrontado na Elite Cup.
O vencedor foi encontrado nas a marcação de grandes penalidades após 2-2 no tempo de jogo, com os vianenses a apontarem duas e o OC Barcelos apenas uma.

Quanto ao jogo, este foi bastante disputado, por vezes num ritmo muito elevado com o perigo a ser uma constante em ambas as balizas, obrigando Edo Bosch e Ricardo Silva a boas intervenções.
Não foi de estranhar que o intervalo chega-se com um empate a zero, apesar de a Juventude de Viana e o OC Barcelos terem desperdiçado um livre direto.
Na segunda parte a entrega continuou e o OC Barcelos abriu o marcador aos 15' por intermédio de Álvaro Morais.
Uma vantagem que durou apenas um minuto porque Nuno Félix repôs o empate de livre direto.
O segundo golo apareceu aos 21' e para o OC Barcelos novamente apontado por Álvaro Morais em jogada de contra ataque.
Já no ultimo minuto a Juventude de Viana empatou numa jogada de insistência de Diogo Fernandes.
A escassos vinte e três segundo do fim, Reinaldo Ventura podia ter dado o triunfo ao Barcelos mas Edo Bosch defendeu um livre direto.
Na decisão das grandes penalidades marcaram pela Juventude de Viana Francisco Silva e Tó Silva enquanto que pelo OC Barcelos apenas Joca Guimarães conseguir fazer golo.
Depois de o Barcelos ter vencido as duas edições anteriores, a Juventude de Viana conquista pela primeira vez o troféu.