Assistência Técnica Informática

sábado, 19 de Julho de 2014

Portugal fica em 3º lugar apos empate com a Espanha e entrega titulo à Italia.



Portugal empata com a Espanha a seis bolas e entrega titulo à Itália. A equipa de Portugal não soube segurar três vantagens de dois golos, 2-0, 4-2 e 6-4... e termina no terceiro lugar.

Completamente transformado em relação ao jogo com Itália, Portugal entrou muito forte e chegou ao primeiro golo aos 3' por João Rodrigues.
Volvido um minuto Ricardo Barreiros fez o 2-0 para a selecção portuguesa.
Perante a vantagem de Portugal, o treinador espanhol pediu um "time out " para corrigir a postura da sua equipa.
A Espanha acabou por reduzir aos 9' por Marc Gual de livre direto após cartão azul mostrado a Diogo Rafael .
Antes do descanso Portugal podia ter aumentado aos 15' mas Luís Viana não aproveitou um livre direto por azul exibido a Jordi Bargalló.
Na segunda parte a Espanha sabendo que só o triunfo interessava para conquistar o troféu, arriscou e chegou ao empate logo aos 4' por Pedro Gil.
A selecção de Portugal sentiu a pressão dos espanhóis mas Jorge Silva assustou a armada local com um remate de Jorge Silva ao poste.
No lance a seguir Diogo Rafael voltou a colocar Portugal a vencer fazendo o 3-2 aos 12´. Sem nunca desistir Portugal voltou a marcar desta vez por Jorge Silva.
O jogo entrou numa fase louca e a Espanha reduziu por Xavi Costa e empatou por Pedro Gil, tudo no minuto seguinte.
A Espanha carregou e Xavi Costa rematou à barra de Ângelo Girão. Segundos depois Portugal beneficiou de um livre direto pela 10ª falta da Espanha que Luís Viana não desperdiçou fazendo o 5-3 e imediatamente a seguir João Rodrigues fez o 6-4.
Em desespero a Espanha "atirou-se" para cima de Portugal mas Angelo Girão evitou o quinto golo aos 17' após defender um livre direto de Jordi Adroher.
Esse golo apareceu aos 19' por intermédio de Pedro Gil. O mesmo jogador empatou a trinta segundos do fim aproveitando a passividade da defesa portuguesa.
A selecção de Portugal apesar de melhor que no encontro com a Itália não soube segurar três vantagens de dois golos ao longo de todo o encontro.



sexta-feira, 18 de Julho de 2014

Portugal afastado do Titulo. Derrota com a Itãlia por 3-2





Erros defensivos, erros ofensivos. 
Desperdiçar quatro livres directos, falhar duas grandes penalidades e sofrer dois golos com mais um jogador em ringue...
Ao mais alto não se podem cometer tantos erros...

A selecção de Portugal perdeu com a Itália e está afastada da decisão do titulo.
A primeira grande oportunidade de golo surgiu para Portugal com João Rodrigues aos 8' a desperdiçar um livre direto por cartão azul mostrado ao italiano Frederico Ambrósio. A seguir a jogar com mais um elemento a selecção nacional não soube aproveitar essa superioridade.
O desperdício português continuou quando aos 14' Hélder Nunes falhou uma grande penalidade.
Foi preciso esperar pelos 17' para que Portugal marca-se. Valeu o remate de meia distancia fortíssimo de Gonçalo Alves.
A seguir nova situação de golo para Portugal mas Hélder Nunes voltou a falhar desta vez um livre direto por cartão azul exibido a Massimo Tataranni.
O castigo de tanto desperdício começou  aos 19' com a Itália a empatar por Mattia Coco numa situação em que a selecção portuguesa jogava com mais um elemento. Ainda com mais um jogador Portugal sofreu o segundo golo italiano de grande penalidade por Frederico Ambrosio a vinte segundos do descanso.
Para a segunda parte Portugal o filme podia ter começado da pior maneira mas Ângelo Girão defendeu um livre direto de Frederico Ambrosio a castigar a décima falta da formação portuguesa.
Seria de novo Ângelo Girão a evitar o terceiro golo de Itália quando aos 9' Massimo Tataranni de grande penalidade fez brilhar o guarda redes de Portugal.o
Segundos depois Portugal saboreou diferentes situações, falhou um livre direto desta vez por Valter Neves e a seguir empatou o jogo a duas bolas por João Rodrigues. O tento nacional foi obtido com a Itália a jogar com menos um jogador.
Sabendo que o empate não interessava, a Itália reagiu e voltou a ganhar vantagem de livre direto aos 14' por intermédio de Mattia Coco. Logo a seguir o perigo rondou a baliza portuguesa com remate ao poste de Frederico Ambrosio.
Portugal a perder arriscou e podia ter empatado aos 18' mas Valter Neves voltou a desperdiçar uma grande penalidade. O capitão português voltou a exibir-se pela negativa ao falhar um livre direto no ultimo minuto.
Agora resta lutar pela segunda posição com o eterno duelo com a Espanha.

quinta-feira, 17 de Julho de 2014

Portugal goleia Alemanha por 13-3 . Minhotos marcam e Jorge Correia estreou-se pela seleção



No 51º campeonato da Europa, Portugal conquistou a terceira vitoria na prova com o triunfo sobre a Alemanha por 13-3.
Para alem do triunfo folgado nota muito positiva para a estreia absoluta do minhoto Jorge Correia na baliza da selecção de Portugal

Em relação ao jogo e para espanto de muitos, a selecção de  Portugal foi surpreendido pela Alemanha quando aos 5' os "Ursos" perdiam por 2-0 com tentos de Liam Hages e Kevin Karschau.
A reacção lusa no marcador começou aos 10' com Valter Neves a fazer o 2-1, Luís Viana a empatar de grande penalidade aos 10' e por João Rodrigues aos 13' a dar a cambalhota no resultado.
Com o domínio do jogo Portugal voltou a apanhar um susto quando a Alemanha esteve perto de empatar mas Ângelo Girão defendeu uma grande penalidade de Lukas Karschau.
O empate acabaria por acontecer aos 16' por Kevin Karschau que através de um remate de meia distancia que acabou por ser desviado num jogador português traindo Ângelo Girão.
A resposta de Portugal surgiu logo no minuto seguinte por João Rodrigues fazendo o 4-3.
Perto do intervalo o minhoto Hélder Nunes fez o 5-3, resultado com que as equipas foram para o descanso.
Na segunda parte Portugal dominou por completo a partida e Ricardo Barreiros bisou fazendo o 7-3 para a seguir Jorge Silva com três elevar para 10-3 com apenas onze minutos decorridos.
Logo a seguir Gonçalo Alves bisou e fez o 12-3 e Jorge Silva fez o 13-3
Nos últimos cinco minutos Jorge Correia  estreou-se em absoluto na baliza de Portugal rendendo Ângelo Girão
Segue-se esta seta feira a partida às 19h diante a Itália.

Golos de Portugal
Jorge Silva 4
Gonçalo Alves 2
Ricardo Barreiros 2
João Rodrigues 2
Luís Viana 1
Valter Neves 1
Hélder Nunes 1

quarta-feira, 16 de Julho de 2014

Portugal vence Suiça por 5-0. Minhotos Gonçalo Alves, Hélder Nunes e Luís Viana a contribuírem com golos


No segundo jogo do 51º campeonato da Europa a selecção de Portugal defrontou a Suiça e somou a segunda vitoria na prova por 5-0.

Foi uma partida onde Portugal desperdiçou inúmeras oportunidades de golo e que teve pela negativa uma péssima arbitragem proporcionada pela dupla Frank Schaefer da Alemanha e de Xavier Jacquart da França.
Os juízes foram inclusive os principais interpretes do jogo pela forma inexplicável como tomaram certas decisões entre elas o cartão vermelho mostrado ao suíço Patrick Greimel e um azul a João Rodrigues por atirar o stick para o chão na altura em que festejava um golo de Portugal. 
Para um campeonato da Europa o CERH deveria ter mais cuidado com as escolhas que faz para as nomeações dos juízes.

Em relação ao triunfo de Portugal este começou a desenhar-se aos 6' por Valter Neves para antes do descanso João Rodrigues elevou para 2-0.
Na etapa final Portugal aumentou pelos minhotos Gonçalo Alves com o 3-0 aos 6', Hélder Nunes o 4-0 aos 7' e Luís Viana o 5-0 aos 15'.
No ultimo minuto a Suiça podia ter feito o seu tento de honra de livre direto mas Pascal Kisslling nao conseguiu superar Ângelo Girão.
A vitória coloca Portugal com seis pontos na prova e esta quarta feira às 19h defronta a Alemanha que perdeu com a Itália por 3-2.

Foto: Luis Miguel Velasco

Juniores Rui Brito, Tiago Faria e João Peixoto reforçam equipa B do OC Barcelos





São cinco os elementos que para já fazem o esqueleto da equipa do OC Barcelos B para disputar o nacional da terceira divisão zona norte.
Depois dos "regressos " de João Figueiredo do HC Fão e de Pedro Pinto do Famalicense a formação foi reforçada com os juniores Rui Brito, Tiago Faria e o guarda redes João Peixoto.
Nos próximos dias serão anunciados mais elementos que irão defender as cores barcelenses.
A equipa B do OC Barcelos tem como objectivo apostar a médio prazo a sua formação.

Riba d'Ave - Horácio Ferreira continua a ser o treinador


                                                     Treinador Horácio Ferreira

O Riba d'Ave que terminou a temporada passada no quarto lugar da segunda divisão zona norte mantêm a confiança em Horácio Ferreira para a próxima época.
Ao que foi possível apurar a direção do clube do concelho de Famalicão está a tentar manter praticamente todo o plantel da época passada.
A única saída confirmada é a de Bruno Castro que devido aos estudos " Erasmus " não continua em Riba d'Ave.
No entanto algumas situações estão pendentes entre elas, o caso do guarda redes Filipe Miranda que tem contrato com o OC Barcelos.
Como o clube de Barcelos renovou com Ricardo Silva e Ginho a hipótese de novo empréstimo ao Riba d'Ave é uma possibilidade.

terça-feira, 15 de Julho de 2014

Portugal vence França por 3-1. Minhotos Luis Viana e Gonçalo Alves marcam no triunfo.

                                                            foto: Marzia Cattini


Portugal estreou-se no 51º campeonato da Europa em Alcobendas, arredores de Madrid em Espanha com uma vitoria por 3-1.

Sem qualquer minhoto no cinco inicial, a selecção portuguesa apanhou um susto quando aos 7' a França inaugurou o marcador de livre directo por falta de Jorge Silva. O autor do golo foi Carlo Di Benendetto que diante Ângelo Girão não perdoou.
A perder o treinador Luís Sénica colocou em ringue João Rodrigues e os minhotos Hélder Nunes e Gonçalo Alves procurando dinamizar o ataque português.
O empate podia ter aparecido logo a seguir por Gonçalo Alves aos 12' mas este desperdiçou um livre direto por cartão azul mostrado a um jogador francês.
A jogar com mais um jogador Portugal não conseguiu aproveitar essa superioridade numérica. Seria preciso esperar pelo 16' para se atingir a igualdade através de uma grande penalidade apontada pelo minhoto Luís Viana.
Já no ultimo minuto da primeira parte a reviravolta no marcador e outra vez por um minhoto desta vez Gonçalo Alves num remate fontal sem hipótese para o guarda redes de França. Antes mesmo do descanso o empate esteve perto de acontecer mas Carlo Di Benendetto desperdiçou um livre direto por cartão azul atribuído a Gonçalo Alves.
A segunda parte começou com Portugal a jogar com menos um jogador em ringue e a França ameaçou rematando ao poste.
Com o power play terminado, Portugal aproveitou e aumentou para 3-1 por Diogo Rafael aos 2'.
O quatro golo português podia ter surgido aos 6' mas de livre direto Luís Viana desperdiçou. Com mais um jogador a selecção portuguesa carregou mas não conseguiu marcar.
A França também não aproveitou aos 17' um livre direto na 10ª falta da equipa com Corentin a não conseguir superar Ângelo Girão.
Ate ao fim Portugal tentou ampliar mas não conseguiu.
Amanha a selecção nacional joga às 19 horas de Portugal diante a Suíça.

FOTO: Marzia Cattini
https://www.facebook.com/marziacattinifotografa?fref=photo


Plantel do HC Fão ganha forma para disputar a 3ª divisão nacional. Hugo Nora mantêm se como treinador



Com novo presidente em exercício, Rafael Fernandes que sucedeu a Rui Abreu ( passou a vice presidente da assembleia geral ), o HC Fão está a compor a equipa para disputar o nacional da terceira divisão, zona norte. Recorde-se que a formação fangueira terminou na quarta posição na época passada.

O comando técnico continua entregue a Hugo Nora ( foto à esquerda ) que conta com as renovações para já de Joni Lazera, Pedro Carvalho " Mata ", Rui Martins e Nuno Carvalho "Mata ".
Como entradas registam-se a de Carlos Rocha guarda redes ex Paço de Rei, Robalo ex Povoa guarda redes, Carlos Mata ex Paço de Rei e de Vítor Hugo que estava parado.
Saídas confirmadas estão João Figueiredo para o OC Barcelos B e de Rui Silva para o Ancorense.



Nota para a presença do HC Fão nos órgãos sociais da ANACP, sendo o clube secretario da mesa da assembleia geral.


Plantel

Robalo ex Povoa gr
Carlos Rocha ex Paço de Rei gr

Joni Lazera
Pedro Mata
Nuno Mata
Vitor Hugo ( estava inactivo, regressa á modalidade)
Rui Martins
Carlos Mata ex Paço de Rei

Treinador Hugo Nora

segunda-feira, 14 de Julho de 2014

João Alves " Joka " ex Paço d'Arcos assina pelo HC Braga



Aos poucos o plantel do HC Braga vai ganhando força depois da saída de sete elementos da época passada ( Guilherme Silva, Ricardo Ramos, Eduardo Brás, Luís Filipe, César Carvalho, Miguel Vieira e Frederico Saraiva ).
O clube minhoto assegurou os serviços de João Alves " Joka " que na temporada anterior jogava no Paço d'Arcos.
Neste momento transitam da época passada o guarda redes Rodolfo Sobral, Rodrigo Sousa, Ângelo Fernandes e Gabi Silva. Também os juniores Márcio Silva, João Campos e Miguel Castro podem completar o grupo.
Como entradas registam-se a do guarda redes Luís Mendes e de João Alves "Joka" ex Paço d'Arcos.

Apoio. http://hoqueipt.com/

Torneio Jorge Coutinho 2014 com novo formato. Jogos a eliminar. Conheça o sorteio


Perante os inúmeros torneios de inicio de época para os clubes minhotos aliado ao começo do campeonato nacional o " Torneio Jorge Coutinho " edição de 2014 terá um novo formato. A prova irá decorrer nos dias 8, 9 e 11 de Setembro, estando a final agendada para o pavilhão municipal de Barcelos. 
Ao contrário da fase de grupos das edições anteriores, a prova será composta por jogos a eliminar, com o sorteio já realizado a ser puro, ou seja com todas as equipas inseridas.
Nota para a ausência do HC Braga .
Segundo o presidente da AP Minho, António Emílio esta solução encontrada e foi comum a todos os clubes.
"  Nunca esteve em risco a realização desta prova que serve de homenagem a um senhor que muito deu ao hóquei em patins.  Este ano de 2014 o evento terá uma novidade, mas apenas este ano porque os nacionais começam mais cedo e como é normal existem muitos torneios de pré temporada. No entanto todos os clubes chegaram a um entendimento que a prova fosse realizada com jogos a eliminar. Queremos perpetuar durante muitos ano a figura e o homem chamado Jorge Coutinho."
Na ultima edição o vencedor foi o OC Barcelos que derrotou na final o HC Braga por 4-3.

1ª eliminatória a 8 de setembro

Juv Viana - Cartaipense
Ancorense - HC Fão
Barcelos - Famalicense
Valença - Riba d'Ave

meias finais a 9 de setembro

Juv Viana/Cartaipense X Ancorense/HC Fão
OC Barcelos/Famalicense X Valença/Riba d'Ave

Final 11 de setembro
Pavilhão Municipal de Barcelos