segunda-feira, 30 de março de 2015

III D - CCD Ancorense soma três pontos no Infante


                                               foto: Liliana Silva - Hóquei Minhoto 

A deslocação dos minhotos, ao reduto da jovem equipa do Infante Sagres B não se adivinhava fácil, face ao percurso dos locais nomeadamente em casa onde apenas tinham perdido com o Cartaipense.
Proibida de perder pontos para continuar a lutar por um dos dois primeiros lugares da classificação, a equipa de Rui Neto sentiu dificuldades como mostra a vantagem de apenas um golo ao intervalo, com o tento a ser apontado por Duda Chavarria.

Na segunda parte o CCD Ancorense resolveu de vez o jogo a seu favor fazendo o 4-0 a pouco mais de oito minuto do fim.
O Infante Sagres aproveitou o abrandamento dos minhotos reduzindo para 1-4, mas O Ancorense respondeu de imediato acabando com a reacção da equipa da casa.
Ate ao fim e com o vencedor já encontrado o Infante ainda marcou mais dois golos.
Marcaram na segunda parte para a equipa minhota, Rui Araújo, César Pinheiro, Rui Silva e Marco Viana, enquanto que Joaquim Dias com dois e Bruno Gomes um apontaram para o Infante Sagres B.

Com o triunfo o CCD Ancorense soma trinta e sete pontos, a dois do segundo classificado, o OC Barcelos B e a quatro do líder o Cartaipense.
O Infante Sagres B, mantêm a sexta posição com vinte e nove pontos.
Na próxima ronda o CCD Ancorense recebe o oitavo classificado, o Penafiel. Por parte do Infante Sagres B joga no Minho em Fão.

III D - Trio Minhoto ( Cartaipense, OC Barcelos B e Ancorense ) promete luta acessa pela subida


Ao rubro está a luta pela primeira posição no nacional da 3ª divisão, zona norte.
A quatro jornada do fim do campeonato, são três as equipas e todas do Minho que vão lutar pela subida direta de divisão e pelo segundo lugar que dá acesso à liguilha.
Com quatro pontos a separar o primeiro do quarto classificação, tudo indica que iremos ter um final de prova muito emotiva e interessante.
Pelo meio temos a equipa do Povoa B face aos regulamentos não pode subir, atendendo que a equipa principal da Povoa de Varzim já desceu à segunda divisão nacional.

Na passada ronda o primeiro classificado, o Cartaipense sofreu para vencer o vizinho minhoto, o HC Fão por 4-3 com o tento do triunfo a surgir no ultimo minuto de grande penalidade por Luís Martins.
O segundo classificado o OC Barcelos B, derrotou em casa o Académico por 6-0.
Por fim o CCD Ancorense ganhou fora no Infante Sagres B, por 5-3.

Sendo assim Cartaipense tem 41p, OC Barcelos B 39p e CCD Ancorense 37p.
Ate ao fim o calendário das três equipas é o seguinte com destaque para o embate entre OC Barcelos B e CCD Ancorense dia 19 de abril.

19ª jornada
Povoa B - Cartaipense
Boavista - OC Barcelos B
CCD Ancorense - Penafiel

20ª jornada
Cartaipense - Estrela Vigorosa
OC Barcelos B - CCD Ancorense

21ª jornada
Académico - Cartaipense
Infante Sagres B - OC Barcelos B
CCD Ancorense - Olá Mouriz

22ª jornada
Cartaipense - Boavista
OC Barcelos B - Penafiel
CP Sobreira - CCD Ancorense 

domingo, 29 de março de 2015

Minhoto Diogo Abreu no cinco ideal do 39º Inter Regiões


O jogador do Riba d'Ave, Diogo Abreu faz parte do cinco ideal do Torneio Inter Regiões.
A organização escolheu três jogadores da selecção campeã, AP Porto o guarda redes Vasco Reis, Carlos Ramos e Xavier Pinho. A este trio junta-se André Coimbra da AP Aveiro e por fim o minhoto Diogo Abreu.

foto:DR

Inter Regiões - AP Minho conquista bronze . AP Porto é a vencedora



A AP Minho venceu a AP Lisboa por 7-4, alcançando assim o terceiro lugar na 39ª edição do Inter Regiões, prova que se realizou na Mealhada.
O troféu foi obtido pela AP Porto que derrotou na final a AP Aveiro por 5-2.

Para o ultimo lugar do pódio os minhotos mediram forças com os lisboetas num bom jogo de hóquei, tendo realizado a melhor exibição do evento.
.
A melhor qualidade da AP Minho já merecia a vantagem em tempo de descanso, com o resultado a seu favor de 3-2.
O marcador começou por ser inaugurado pelo minhoto Rúben Araújo ao qual o lisboeta Rodrigo Afonso empatou.
Seguiram-se dois golos do Minho por Diogo Abreu e Pedro Freitas, com Rodrigo Afonso a fazer o 3-2 ao intervalo.
Na segunda parte Lisboa tentou o empate mas Diogo Abreu e Rúben Araújo fizeram o 5-3 à passagem dos 6'.
A AP Lisboa voltou a marcar por Bruno Frade mas Pedro Freitas fez o 6-3.
Ate ao fim um golo para cada lado, por Gustavo Pato para Lisboa e Digo Abreu para o Minho.
Apesar do terceiro lugar a AP Minho deu boas indicações para o futuro em Sub 15.

foto: Carlos Marins


Inter Regiões - AP Minho joga para o 3º lugar com AP Lisboa



AP Porto - AP Aveiro - Final
AP Minho - AP Lisboa - 3º e 4º lugar 

Na primeira meia final do dia, a AP Minho perdeu com a AP Aveiro por 2-1, 
A outra colocou a AP Porto diante a AP Lisboa com a vitoria a sorrir aos portistas por 6-2


Tratando-se de uma meia final o encontro teve uma entrega enorme das duas equipas.
A AP Aveiro marcou logo aos 2' por Bruno Caniceiro através de um remate que na sua trajectória bateu num defesa minhoto acabando por trair Vasco Alves.
O conjunto minhoto reagiu dois minutos depois com Pedro Freitas a fazer o empate.
Ainda antes do descanso os aveirenses voltaram a marcar aos 8' por António Coimbra.
Na segunda parte a perder a AP Minho tudo fez para chegar ao empate mas a bem organizada defesa de Aveiro fez com que os minhotos fossem afastados da final.

sábado, 28 de março de 2015

II D - De Valença ao 2º lugar são quatro pontos!!!


Com a vitoria alcançada em Fanzeres por 4-2, o Valença em quinto lugar na classificação, está agora a uma distancia de quatro pontos do segundo lugar, posição que da acesso à liguilha.
Neste momento faltam oito jogos para terminar o nacional da segunda divisão, norte
Um ano depois de ter assegurado a subida ao segundo escalão nacional, o Valença conquistou mais uma importante vitoria

Diante a equipa do Fanzeres, Micha inaugurou o marcador e Tomba elevou antes do descanso.
No segundo período os locais reduziram por Pedro Martins mas Pedro Conde fez o 1-3.
Com o objectivo de somar um resultado positivo na sua luta pela manutenção, o Fanzeres voltou a encurtar o marcador por João Truta para 2-3.
Os últimos minutos foram emocionantes com o Fanzeres a tentar chegar ao empate e o Valença a segurar a preciosa vantagem.
A vitoria seria confirmada a dez segundos do final da partida com o quarto golo minhoto apontado por Diogo Sá.
Na próxima ronda o Valença recebe o aflito Cucujães e o Fanzeres joga de novo no seu ringue diante a Escola Livre.

Inter Regiões - AP Minho com 1ª parte irreconhecível dita derrota pesada com a AP Porto



Seguem-se as meias finais da prova este domingo
09.30h AP Minho - AP Aveiro 
10.30h AP Lisboa - AP Porto

A AP Minho perdeu com a AP Porto muito por culpa de uma primeira parte desastrosa, prestação que colocou os minhotos na segunda posição do grupo.

Com apenas três minutos de jogo a equipa de Paulo Machado já perdia por 2-0 com dois golos de Hugo Santos
Procurou levantar-se mas seria a AP Porto a aumentar para 3-0 aos 7' por Carlos Ramos.
Antes do descanso o vencedor do jogo ficou encontrado com os portistas a recolherem aos balneários com 5-0 a seu favor através dos golos de Xavier Pinho e Miguel Moura.
Na segunda parte o ritmo de jogo baixo e apenas um golo foi marcado e para a AP Porto por Miguel Moura.


OC Barcelos obriga Porto a suar


                                                    foto: Jornal Barcelos Popular

O FC Porto venceu o OC Barcelos por 7-5 num grande jogo proporcionado pelas duas equipas no Dragão Caixa.
Só nos últimos minutos é que o FC Porto conseguiu dar a volta ao resultado.
Um triunfo portista muito valorizado pela entrega do OC Barcelos.

A partida começou com o FC Porto a beneficiar de uma grande penalidade logo aos 2' mas Reinaldo Ventura não conseguiu superar Ricardo Silva.
Os minhotos não se intimidaram e tiveram a melhor resposta com Hugo Costa a fazer o primeiro golo aos 9' e Miguel Vieirinha a aumentar aos 15' para 2-0.
A resposta do FC Porto foi imediata por Reinaldo Ventura reduzindo para 2-1.
Antes do intervalo o OC Barcelos voltou a marcar por intermédio de Zé Pedro, levando assim os minhotos com dois golos de vantagem para os balneários.

Na segunda parte o FC Porto entrou a todo o vapor e aos 4' fez o 2-3 por Caio, mas Luís Querido dois minutos depois fez o 2-4 de grande penalidade.
Apesar do golo do Barcelos, o FC Porto carregou ainda mais rematando de todas a formas e feitios tentando marcar.
De tanto insistir, o FC Porto viu Hélder Nunes fazer o 3-4 aos 10' e a empatar aos 17' por Vítor Hugo.
Os minhotos responderam no minuto seguinte com Hugo Costa a colocar outra vez o Barcelos a vencer, agora por 5-4.
A equipa de Tó Neves continuou a pressionar e acabou por dar a volta ao marcador aos 20', primeiro por Ventura de grande penalidade e depois por Vítor Hugo.
Logo a seguir Miguel Vieirinha viu o cartão azul, mas Ricardo Silva defendeu o remate de Hélder Nunes de livre direto.
No ultimo minuto Hélder Nunes em contra ataque fez o 7-5 final.
Para a próxima jornada o OC Barcelos joga em Paço d'Arcos e o Porto desloca-se também à capital para medir forças no jogo do titulo diante o Benfica.

Bekas "carrega" HC Braga à sétima vitoria consecutiva

                                          foto: Hóquei Minhoto

O jogador emprestado pelo Sporting CP ao HC Braga, Pedro Delgado "Bekas" foi decisivo para que os bracarenses conquistam-se mais uma vitoria, a sétima consecutiva no nacional da segunda divisão, zona norte.
O triunfo apenas consolidado pela segunda parte mais eficaz perante um adversário, o HC Marco que mostrou argumentos que não traduzem a classificação que ocupa.
A soma dos três pontos permitiu aos minhotos aproximar-se do segundo lugar, visto que o Infante Sagres perdeu na Escola Livre. São agora apenas três pontos de diferença para o duo Infante e Espinho e de oito para o primeiro o HA Cambra.

Com uma curta margem de erro para não deixar fugir os primeiro classificados, os minhotos entraram mal no jogo permitindo que o HC Marco se adianta-se no marcador por José Cabral.
Aos poucos o HC Braga assentou o seu jogo e Bekas empatou e Ângelo Fernandes deu a volta antes do intervalo
Na segunda parte os minhotos sempre superiores chegaram ao 6-1 com Bekas em destaque a marcar quatro tentos.
No ultimo minuto José Cabral fixou o resultado final em 6-2.
Para a próxima ronda o HC Braga joga em Lavra e o HC Marco desloca-se a Paços de Ferreira.

Inter Regiões - AP Minho goleia Açores e discute 1º lugar no grupo


Foi um principio de tarde no Inter Regiões, tranquilo para a AP Minho que sem dificuldades venceu a RA Açores por 10-0.
Ao intervalo a equipa minhota vencia por 4-0, para nã etapa final fazer mais seis golos.
Os tentos foram de Rúben Araújo três, Fábio Ramos e Pedro Freitas dois, Diogo Silva, Diogo Abreu e Miguel Lopes um cada.


Ainda hoje às 20h, a AP Minho vai decidir com a AP Porto quem termina em primeiro lugar no grupo,
Face à diferença de golos marcados com o empate na pontuação ( nove pontos ), a AP Minho tem de ganhar à AP Porto para chegar ao topo.

foto: DR