Final Four da Liga Europeia

Final Four da Liga Europeia
Final Four da Liga Europeia

12.15.2012

Taça Cers - HC Braga perde com Lavendéenne por 7-4


Faltas Braga 29 LaVendéenne 15
Cartões azuis -  Eduardo Brás, Frederico Saraiva (2), Luís Filipe (2), Rodrigo Sousa, Ruben Pereira,  Edu Fernandez, Mathieu Guibot (2), Lucas Batista

O HC Braga foi surpreendido pelo LaVendéenne na primeira mão dos oitavos de final da Taça Cers perdendo por 7-4 mas apesar disso a eliminatória ainda não está decidida. O HC Braga com mais calma pode ainda seguir em frente na prova com uma melhor finalização
Uma partida com um autentico cabaz de natal oferecida pela dupla de arbitragem em cartões, faltas de equipas , grandes penalidades e livres diretos.
Em relação ao jogo entrou a pressionar o conjunto bracarense mas seria o LaVendéenne a inaugurar o marcador aos 2' por Edu Fernandez.
Procurou reagir mas em contra ataque os franceses ampliaram aos 6' com um remate cruzado de Mathieu Guibot a fazer o segundo golo.
O HC Braga aumentou ainda mais o seu ritmo de jogo na tentativa de reduzir o marcador que podia ter acontecido os 8' Daniel Coelho desperdiçou uma grande penalidade e aos 12' por Frederico saraiva mas este também não aproveitou um livre direto.
A jogar em power play devido a cartão azul mostrado a um jogador francês Ruben Pereira finalmente encurtou fazendo o 1-2 aos 13'.
Aos 16' foi a vez do LaVendéenne não aproveitar um livre direto por cartão azul mostrado a Eduardo Brás  Valeu ao Braga Guilherme Silva que evitou o golo a Edu Fernandez. A jogar com mais um jogador os franceses atacaram mas Guilherme Silva evitou o golo durante o período em que os minhotos estiveram na pista com menos um jogador.
Mostrando ser uma equipa organizada os franceses souberam aproveitar para aumentar a vantagem aos 20'  por Borja Lopez de livre direto a castigar a décima falta de equipa dos minhotos.
Até ao final da primeira parte, Rodrigo Sousa e Luís Filipe tiveram oportunidade de reduzir mas o descanso chegou com os franceses a vencer por 3-1.
Na segunda parte o HC Braga entrou mais forte e empatou o jogo nos primeiros minutos, primeiro por Fred de livre direto e depois por Chumbinho.
A seguir assistiu-se a um autentico festival de cartões, faltas e lances de bola parada.
O LaVendéenne voltou a liderar o marcador por Borja Lopez de livre direto aos 4'. Em igual lance o mesmo jogador fez o 3-5 e o 3-6, tendo também desperdiçado uma grande penalidade.
De livre direto Daniel Coelho falhou, mas Ruben pereira de grande penalidade reduziu para 4-6.
Ate ao fim continuou o filme oferecido pelos árbitros de azul e livres diretos.
Desse cenário Edu Fernandez fez o 4-7.
Para agravar a 2'13 faltou a luz. Quando a luz regressou , apareceu fumo, situação que ainda prolongou o atraso no reinicio do jogo
Quem não assistiu ao jogo, fica a sensação de ter sido uma autentica batalha campal, mas é puro engano.
Os juízes espanhóis foram os protagonistas em época festiva. Trouxeram para Braga um autentico cabaz de natal que diga-se ambas as equipas dispensavam.
Como se diz " não havia necessidade..."


Sem comentários:

Enviar um comentário