Final Four da Liga Europeia

Final Four da Liga Europeia
Final Four da Liga Europeia

2.21.2013

Benfica vence em Barcelos por 6-2




Num fantástico ambiente a recordar outros tempos,com o pavilhão municipal praticamente cheio, o Benfica superou os minhotos obtendo os três pontos com o triunfo por 6-2, mantendo-se assim na liderança da prova.
A vitoria do Benfica não sofre contestação, perante um OC Barcelos que apenas se pode queixar da finalização  um mal que vem acompanhando a equipa de José Querido nos quatro últimos jogos, como prova os dois golos apenas marcados nos dezassete lances divididos entre livres diretos e grande penalidades desperdiçadas...
Dentro da pista começou melhor o OC Barcelos que inaugurou o marcador aos 5' por Hugo Costa.
O Benfica subiu e ameaçou aos 9' mas o remate de Valter Neves bateu no poste da baliza de Ginho. Depois de ameaçar chegou ao empate aos 13' por Luís Viana que tinha entrado segundos antes na partida na sua tradicional picadinha por cima do guarda redes minhoto.
A partir dai o jogo tornou-se equilibrado, ate que nova oportunidade de golo apareceu e para o Barcelos. No entanto Luís Querido aos 22' não aproveitou uma grande penalidade onde Ricardo Silva defendeu.
Quem não marca sofre e aos 23' novamente Luís Viana fez o segundo, colocando a sua equipa em vantagem em tempo de descanso.
Na segunda parte o OC Barcelos procurou o empate que viria obter à passagem do 8' por intermédio de Rafa.  Dois minutos antes Zé Pedro obrigou Ricardo Silva a brilhar em mais uma grande penalidade.
A igualdade durou dois minutos altura em que Cláudio Filho fez o terceiro após excelente passe de Carlos Lopez.  O mesmo jogador aos 13' podia ter aumentado a vantagem mas desperdiçou um livre direto a castigar a décima falta da equipa minhota. Neste lance Ginho evitou o quarto golo.
O quarto golo do Benfica apareceu aos 17' por João Rodrigues que assim marcou um dos seus três golos no jogo. A resposta do Barcelos podia ter sido melhor mas após azul a Cláudio Filho, Hugo Costa falhou o livre direto, onde Ricardo Silva voltou a brilhar.
Logo a seguir o Benfica cometeu a décima falta e mais uma vez o Barcelos a desperdiçar, desta vez por Rafa que não conseguiu superar o Pedro Henriques.
Ate ao fim os lideres da prova fizeram mais dois golos por João Rodrigues.
Um triunfo do Benfica por números exagerados perante a replica dada pelos minhotos.
Nos outros jogos o FC Porto venceu em Espinho por 12-2 enquanto que o Valongo em casa superou a Oliveirense por 3-0

No final José Querido apesar da derrota considerou que a sua equipa lutou sempre
" Não é fácil jogar contra o Benfica que tem uma equipa no ringue e outra sentada no banco. Pelo que fizemos o resultado e desnivelado. O momento do jogo surge quando falhamos o terceiro golo pelo Zé Pedro. Reconheço que na finalização não estivemos à altura, mas só falha quem esta la dentro. Vamos procurar reagir e quem sabe pontuar num ringue onde ninguém espera..."

Em relação a Luís Sénica a sua equipa foi obrigada a mostrar porque é líder da prova
" Sabíamos que o Barcelos perante o seu publico costuma fazer bons jogos. É uma equipa com um futuro promissor e a classificação que ocupa não corresponde ao seu valor. No entanto o Benfica soube esperar pela altura certa para ganhar a partida. Também tivemos os nossos guarda redes em bom plano nos lances de bola parada. O nosso objectivo eram os três pontos e foi isso que fizemos."

Foto: Jornal O Record


Sem comentários:

Enviar um comentário