HÓQUEI MINHOTO

HÓQUEI MINHOTO
HÓQUEI MINHOTO

7.18.2014

Portugal afastado do Titulo. Derrota com a Itãlia por 3-2





Erros defensivos, erros ofensivos. 
Desperdiçar quatro livres directos, falhar duas grandes penalidades e sofrer dois golos com mais um jogador em ringue...
Ao mais alto não se podem cometer tantos erros...

A selecção de Portugal perdeu com a Itália e está afastada da decisão do titulo.
A primeira grande oportunidade de golo surgiu para Portugal com João Rodrigues aos 8' a desperdiçar um livre direto por cartão azul mostrado ao italiano Frederico Ambrósio. A seguir a jogar com mais um elemento a selecção nacional não soube aproveitar essa superioridade.
O desperdício português continuou quando aos 14' Hélder Nunes falhou uma grande penalidade.
Foi preciso esperar pelos 17' para que Portugal marca-se. Valeu o remate de meia distancia fortíssimo de Gonçalo Alves.
A seguir nova situação de golo para Portugal mas Hélder Nunes voltou a falhar desta vez um livre direto por cartão azul exibido a Massimo Tataranni.
O castigo de tanto desperdício começou  aos 19' com a Itália a empatar por Mattia Coco numa situação em que a selecção portuguesa jogava com mais um elemento. Ainda com mais um jogador Portugal sofreu o segundo golo italiano de grande penalidade por Frederico Ambrosio a vinte segundos do descanso.
Para a segunda parte Portugal o filme podia ter começado da pior maneira mas Ângelo Girão defendeu um livre direto de Frederico Ambrosio a castigar a décima falta da formação portuguesa.
Seria de novo Ângelo Girão a evitar o terceiro golo de Itália quando aos 9' Massimo Tataranni de grande penalidade fez brilhar o guarda redes de Portugal.o
Segundos depois Portugal saboreou diferentes situações, falhou um livre direto desta vez por Valter Neves e a seguir empatou o jogo a duas bolas por João Rodrigues. O tento nacional foi obtido com a Itália a jogar com menos um jogador.
Sabendo que o empate não interessava, a Itália reagiu e voltou a ganhar vantagem de livre direto aos 14' por intermédio de Mattia Coco. Logo a seguir o perigo rondou a baliza portuguesa com remate ao poste de Frederico Ambrosio.
Portugal a perder arriscou e podia ter empatado aos 18' mas Valter Neves voltou a desperdiçar uma grande penalidade. O capitão português voltou a exibir-se pela negativa ao falhar um livre direto no ultimo minuto.
Agora resta lutar pela segunda posição com o eterno duelo com a Espanha.

Sem comentários:

Enviar um comentário