Saudações desportivas a todos os dirigentes, atletas e amantes da modalidade. Por motivos extra ao

Saudações desportivas a todos os dirigentes, atletas e amantes da modalidade. Por motivos extra ao
Saudações desportivas a todos os dirigentes, atletas e amantes da modalidade. Por motivos extra ao Hóquei Minhoto, o facebook do Hóquei Minhoto foi bloqueado sem razão aparente, estando inactivo desde o dia 27 de novembro de 2017. Só se encontram TRÊS razões para este tipo de atitude em bloquear o facebook do Hóquei Minhoto. INVEJA, MALDADE E COBARDIA. Visto que esse bloqueio ainda não está completamente ultrapassado nem se sabe se o mesmo será desbloqueado, o responsável do Hóquei minhoto juntamente com os seus colaboradores decidiu abrir esta pagina para poder fazer chegar a todos a habitual informação. Agradecemos a todos os que acompanhavam o facebook do Hóquei Minhoto que se juntem a esta pagina. Ficamos muito tristes com este tipo de atitudes em tentar por várias maneiras silenciar o Hóquei Minhoto. Podem continuar...a tentar. HÓQUEI MINHOTO

10.31.2014

Comunicado do Óquei de Barcelos sobre acontecimentos no jogo com o Benfica




Na sequência dos incidentes ocorridos no jogo de hóquei em patins realizado entre o Óquei Clube de Barcelos e o Sport Lisboa e Benfica, no passado dia 25 de Outubro de 2014, no Pavilhão Municipal de Barcelos, e em face do comunicado do Sport Lisboa e Benfica, cuja versão dos factos vem sendo divulgada nos mais diversos meios de comunicação social, entendeu o Óquei Clube da Barcelos, SAD emitir o seguinte

COMUNICADO:

- O Óquei Clube de Barcelos SAD promove e prossegue uma prática desportiva orientada por princípios de ética, lealdade e fair-play, fomentando nos seus representantes, colaboradores, técnicos, atletas, adeptos, e demais pessoas associadas, a adopção de um comportamento revelador do respeito pelas regras desportivas, e do respeito pela amizade e consideração pelo outro, assim procurando contribuir para a promoção e desenvolvimento com êxito do desporto.

- E, por isso mesmo, não pode o Óquei Clube de Barcelos, SAD deixar de condenar a existência de quaisquer actos de violência que ocorram em recintos desportivos (como sucedeu já no Pavilhão do Sport Lisboa e Benfica em que ocorreu a agressão de um adepto, cometida na pista de jogo, a um atleta do Sporting), nem pode deixar de lamentar que tenham ocorrido incidentes no jogo de hóquei em patins em causa.
- Não obstante, e contrariamente ao que o Sport Lisboa e Benfica propala, o Óquei Clube de Barcelos, SAD não se revê nas acusações de falta de segurança do recinto desportivo onde decorreu aquele jogo, nem se revê nas acusações de agressividade de adeptos seus ou na exaltação de ânimos por parte de atletas.
- Dir-se-á, em primeiro lugar, que o Óquei Clube de Barcelos, SAD, na organização do jogo, tomou todas as medidas de segurança exigíveis, para garantir a integridade física das equipas, adeptos e público em geral, tendo a segurança do recinto sido entregue a uma empresa de segurança privada, devidamente credenciada, que destacou para o evento elementos de segurança em número suficiente para o efeito.
- Os incidentes e escaramuças ocorridos nas bancadas decorreram da atitude indecorosa de uma atleta do Sport Lisboa e Benfica que, aquando da sua substituição (encontrando-se o jogo empatado a 4-4), ao dirigir-se ao seu banco de suplentes, virou-se para a assistência, fazendo gestos obscenos, em clara provocação a quem assistia ao jogo, o que originou reacção de repúdio por parte dos assistentes.
- A esta recção verbal de repúdio reagiram os adeptos do Benfica, com violência, partindo para a agressão física de adeptos do Óquei de Barcelos, o que naturalmente motivou a sua reacção de defesa.
- No decurso destes factos, os elementos destacados para a segurança do jogo, bem como vários elementos da Direcção do Óquei de Barcelos, intervieram no sentido de acalmar os ânimos, o que conseguiram, circunscrevendo os incidentes por forma a que os mesmos não se propagassem pelo recinto do jogo.
- Aquando dos incidentes, o jogo foi interrompido pelos árbitros, tendo sido retomado imediatamente após a sanação dos mesmos, constatada que foi pelos árbitros a existência de condições para o seu prosseguimento até final.
- Não fora aquela atitude provocatória por parte do atleta do Benfica, certamente que os incidentes não teriam ocorrido, sendo certo que o jogo decorreu até esse momento com total normalidade, como certo é que o jogo terminou sem quaisquer novos incidentes.
- É falso, pois, que não houvesse segurança no recinto de jogo. E foi essa segurança que garantiu as condições necessárias a que os jogadores do Benfica, após o terminus do jogo, tivessem confraternizado e dialogado com os seus adeptos no recinto do jogo, onde permaneceram largos minutos após o final do mesmo.
- Lamenta-se a versão fantasiosa transmitida em comunicado subscrito por um dirigente do Benfica, cujo propósito se desconhece, não deixando ainda de referir-se que o Óquei Clube de Barcelos SAD, antes, durante e após o jogo, sempre tratou o Sport Lisboa e Benfica, com respeito e consideração, garantindo que a sua comitiva não tenha sido maltratada por quem quer que seja.
- Dir-se-á, aliás, que o Óquei Clube de Barcelos, SA sempre demonstrou fair-play para com o Sport Lisboa e Benfica, nomeadamente, acedendo aos pedidos prévios do Sport Lisboa e Benfica para antecipar a hora de jogo das 21:30 para as 18:00 e permitindo a sua transmissão televisiva através do Benfica TV, que colheu as imagens do mesmo.

                                             Barcelos 31 de outubro de 2014
                                          Óquei Clube de Barcelos, HP SAD


Sem comentários:

Enviar um comentário