FINAL FOUR DA TAÇA CERS

FINAL FOUR DA TAÇA CERS
HÓQUEI MINHOTO EM VIAREGGIO

4.25.2015

Taça Cers - OC Barcelos afastado da final


                                                          FOTO : HOQUEI MINHOTO

No primeiro jogo da final four da Taça Cers, o OC Barcelos foi afastado pelo quarto classificado do campeonato espanhol, o Réus por 6-1.
Em terras espanholas, desde muito cedo se viu a falta de qualidade dos árbitros escolhidos.
Como é possível uma final four estarem árbitros que dirigem jogos de Inglaterra e da Alemanha?
Tal como referiu o treinador do OC Barcelos " No jogo do Barcelos resolveram fazer experiências..."

Os juízes souberam desequilibrar com decisões caricatas, por vezes a roçar o cómico, motivando enormes gargalhas nas bancadas e claro o desespero no Óquei de Barcelos.
Mas acrescente-se que o clube minhoto também não jogou o que habitualmente consegue.

Na primeira parte o equilíbrio permaneceu ate ao oitavo minuto, altura que em o Réus inaugurou o marcador por Matias Platero.
Volvidos dois minutos Marc Coy viu o cartão azul, mas Luís Querido não aproveitou livre directo.
A equipa barcelense tentou empatar mas quem acabou por fazer o golo foi o Reus a dois minutos do descanso.
Ainda na primeira parte Marc Coy falhou um livre directo pela 10ª falta do Barcelos.

Na etapa final o OC Barcelos arriscou mas passou a ser constantemente castigado com faltas.
Aproveitando essa "ajuda" o Reus fez o 3-0 por Xavi Rubio.
Aos 7' numa dessas situações Pedro Mendes viu o cartão azul, infracção que permitiu a Marc Coy ampliara para 4-0.
O antigo jogador do Benfica podia ter feito o quinto golo mas Ricardo Silva defendeu um livre directo a castigar a 15 falta dos minhotos com apenas dez minutos decorridos da segunda parte.
Dois minutos depois Luís Querido reduziu para 4-1 num remate de meia distancia.
Ate ao final do encontro foi só contar de cinco em cinco as faltas a penalizar o Barcelos, ate estas chegarem ás trinta.
Pelo meio o Reus desperdiçou dois livres directo e concretizou um.
O ultimo golo do encontro foi marcado por Joan Salvat a três segundos do fim de grande penalidade por vermelho exibido a Ricardo Silva.
Derrota bastante pesada para o Barcelos que com todas as condicionantes provou que esteve nesta final four por mérito e pela excelente época que está a realizar


Sem comentários:

Enviar um comentário