PARABENS HÓQUEI MINHOTO

PARABENS HÓQUEI MINHOTO
SETE ANOS DE VIDA CHEIA DE NOTICIAS

4.16.2018

Guarda redes Paulo Matos termina carreira...



O atleta, guarda redes Paulo Matos terminou a sua carreira.
O seu ultimo jogo oficial, apesar de não ter jogado foi em Barcelos, quando a Juventude de Viana disputou com o Barcelos a segunda mão dos quartos de final da Taça Cers.


Ao site hoqueipatins.pt, Paulo Matos deixou uma mensagem a todos

Tudo começou quando o Sr. Domingos me abordou há 32 anos atrás para ser guarda-redes da equipa de infantis do Riba d'Ave H. C. que estava a preparar para a época seguinte... Naquele momento jamais me passaria pela cabeça que chegaria onde cheguei na modalidade... Em pouco tempo percebi que até tinha jeito para a coisa e o bichinho começou a crescer... Fiz a maior parte da minha formação em Riba de Ave mas a determinada altura senti que estava a estagnar e decidi sair para ingressar no CAR Taipense, pela mão de duas das pessoas que mais me ajudaram na minha formação, o Carlos Novais e o José Carlos Maia... Mesmo não tendo ganho nada nos três anos que ali passei foi nesta fase que comecei a dar nas vistas e mereci a atenção de duas equipas da primeira divisão, primeiro o Vitória de Barcelinhos que me contratou e depois o Infante sagres para onde fui por empréstimo um ano. No Infante de sagres tive a primeira experiência na primeira divisão e para quem vinha da terceira divisão não seria tarefa fácil e não foi mas contei sempre com a confiança e apoio de duas pessoas que também tiveram um papel fundamental na minha carreira, o Mendonça que infelizmente entretanto já faleceu e o Fernando Pinto treinador de guarda redes. Teria sido fácil nessa época deixar-me cair mas acreditaram em mim, deram-me confiança e isso viria a ser fundamental para o meu futuro... No ano seguinte rumei então até Barcelinhos para trabalhar com o Zé Querido e o Professor Fernando Jorge (Ginho) com quem iria trabalhar nos 7 anos seguintes, 4 em Barcelinhos e depois mais 3 no Óquei de Barcelos... E com eles acabaria por conquistar a maioria dos títulos da minha carreira. Em Barcelinhos tivemos duas épocas fantásticas em que andamos no meio dos chamados grandes do Hóquei nacional e que culminaria com a minha primeira chamada a selecção nacional para participar no torneio de Montreux...e ao mesmo tempo ganhar o passaporte para o outro lado do rio onde logo na primeira época conquistaria o titulo de campeão nacional ao serviço do Óquei de Barcelos, ao qual acabaria por juntar mais duas taças de Portugal e duas Supertaças António Livramento, a última das quais já sob a batuta desse enorme guarda redes, excelente treinador e grande amigo Vítor Silva...

Depois de uma lesão grave e de uma paragem longa para relançar a minha carreira decidi a aceitar o convite do Candelária e rumar até à ilha do Pico, onde passei cinco anos fantásticos pela mão do meu Amigo Ricardo Santos treinador/jogador e responsável pela minha ida para o Candelária e com quem logo na primeira época superamos o objectivo da manutenção e conseguirmos o apuramento para as competições europeias, depois com o meu Amigo Pedro Nunes actual treinador do Benfica com quem alcançámos uma final da taça CERS, depois com o Paulo Batista para quem mando também um abraço especial e que conseguiu uma recuperação fantástica e uma época inesquecível depois de ter tido momentos muito difíceis, aonde fiz muitos amigos e para quem aproveito para mandar um abraço muito especial para os dirigentes e "staff" do clube e para os colegas de equipa, jogadores da equipa "B" e depois da Armada Verde com quem consegui importantes conquistas, dois títulos de campeão regional de seniores e subida aos nacionais, um abraço e um obrigado a todos, e para todos aqueles que fui conhecendo e criando amizade que me deixam saudades e a promessa de um dia destes la voltar... Depois foi o regresso a Barcelos num momento difícil mas em que durante três anos conseguimos deixar o clube na primeira divisão apesar de todas as dificuldades... E quando tinha decidido terminar a minha carreira em conversa com o meu amigo Hélder Martins (queijinhos caros amigos) surgiu a oportunidade de representar o Valença H.C. que iria iniciar um novo projecto na terceira divisão... No inicio fiquei um pouco relutante por causa da distância. Mas à medida que se foi aproximando o inicio da época o bichinho começou a roer e decidi abraçar esse projecto que tendo em conta as pessoas envolvidas tinha tudo para dar certo e assim foi apesar de todas as dificuldades e adversidades com muito esforço e sofrimento conseguimos em 3 anos levar o clube da terceira a primeira divisão e sair deixando o clube entre os melhores do campeonato nacional algo que me enche de orgulho e que jamais esquecerei pois foi um dos grandes feitos da minha carreira. Um obrigado a toda a direcção do Valença pela ajuda, pelo apoio e pela amizade que sempre me deram, um abraço para todos os colegas com quem trabalhei ao longo deste quatro anos e para todos os muitos amigos que ali fiz e que ficarão para a vida e para todos os que sempre me apoiaram neste trajecto em Valença... E finalmente aos 43 anos a Juventude de Viana pela mão do meu Amigo de há muitos anos, desde o tempo do infante sagres, Vasco Rocha entendeu que o jogador mais velho do campeonato nacional da primeira divisão ainda tinha algo para dar à modalidade e ao clube... Obrigado a toda a direcção, equipa técnica, Renato e Edo por todo o apoio e ajuda, um abraço especial para o Edo pois apesar de termos sido sempre adversários de grandes batalhas conseguimos criar e manter uma amizade e um enorme respeito. Para todos os colegas de equipa o meu muito obrigado pela forma como me receberam, foi um prazer trabalhar convosco...um abraço especial para o meu amigo André Azevedo neste momento difícil desejando-te as rápidas melhoras e tudo de bom para o teu futuro, tenho a certeza que passará sempre pelo hóquei em Patins... Não consegui todos os títulos que poderia ter conquistado ou desejava, principalmente ao serviço da selecção nacional, mas termino a minha carreira com um sentimento de orgulho, de dever cumprido e de consciência tranquila por ter ao longo destes 32 anos sempre dado o melhor de mim, sempre ter sido dedicado, empenhado e profissional naquilo que fiz. Muitas vezes coloquei o Hóquei à frente da família, do trabalho e da integridade física mas o Amor ao hóquei sempre falou mais alto. Por tudo isto quero fazer um agradecimento muito especial à minha Mulher, a Lisa, pelo apoio e carinho com que sempre me acompanhou mesmo quando não jogava. Pela paciência que teve nos momentos mais difíceis e houve alguns nos últimos tempos. Por ter sido sempre a minha maior motivação, a minha força, a minha Inspiração... Obrigado Lisa... Amo-te Demaiiiiisssssss...

Obrigado à minha família pelo apoio, carinho e acompanhamento que sempre me deram ao longo destes 32 anos. Obrigado aos meus amigos, os que fui fazendo nos clubes por onde passei e aqueles que passaram a acompanhar o Hóquei por minha causa e que sempre me apoiaram... Obrigado a todos aqueles anónimos adeptos dos clubes que representei que nem sempre ficaram satisfeitos com a minha prestação mas faz parte da carreira de um guarda redes, não podemos falhar, temos que ter as costas largas e ser muito fortes e eu sempre trabalhei muito para dar aos adeptos. Ais alegrias que tristezas e acho que o consegui... É um momento difícil para mim, foram 32 anos de rotina de treinos e competição e sei que vou sentir falta e saudade mas há momentos na vida em que temos que fazer escolhas e neste momento entendi que o melhor para mim mas sobretudo para a minha família seria terminar a minha carreira... Obrigado Pedro Jorge por me deixares usar a tua pagina para fazer este anuncio... Continua com o excelente trabalho que tens feito em Prol da modalidade... Não é um adeus é um até já... Espero brevemente encontrar um novo desafio agora do lado de fora da tabela... Obrigado a todos... Grande Abraço...

Paulo Matos

VEJA AQUI O SEU VÍDEO DE DESPEDIDA




http://hoqueipatins.pt/paulomatos/paulo_matos_mensagem_de_despedida.mp4

LEIA NO HOQUEIMINHOTO O DEPOIMENTO DE ALGUNS DOS SEUS COLEGAS GUARDA-REDES

 

Não poderia deixar de dar um breve testemunho a um colega que partilhei durante alguns anos o balneário, em infindáveis viagens que nos levavam a estar dias, até mesmo semanas, fora em jogos permitiu conhecermos-nos melhor e criar uma amizade e um respeito que até hoje perdura. Desejar felicidades nesta nova etapa na vida sem treinos e jogos, onde uma rotina de dezenas de anos irá mudar, mas terás mais tempo para a pesca, uma paixão que desconhecia e que tantas vezes ocupou os teus tempos livres.

Fiquei a conhecer-te pela televisão, quando jogavas pelos Barcelinhos, anos mais tarde teria a oportunidade de te ver ao vivo numa final da Taça de Portugal disputada no Pico e que virias a vencer, pelo Óquei de Barcelos. Um atleta e hoquista pleno como bem demonstra o teu currículo (os títulos e as várias passagens pela selecção nacional) em que mereces todas as homenagens e lembranças de todos os teus colegas e amigos.

Um abraço do Candelária SC que nunca esqueceu de ti e da tua amizade.

Também Rodolfo Sobral falou de Paulo Matos com quem jogou no Valença HC


 

Caro Paulo Matos foi gratificante para o Hoquei Minhoto ainda ter tido a possibilidade de ter acompanhado parte da tua carreira desportiva.
Um forte abraço
HÓQUEI MINHOTO 

Sem comentários:

Enviar um comentário