HÓQUEI MINHOTO

HÓQUEI MINHOTO
HÓQUEI MINHOTO

1.31.2012

Minhotos no estrangeiro - Eduardo Mendes joga no RHC Diessbach da Suiça



Depois de temos iniciado o percurso em Thunnerstern, Suíça com Diogo Gomes, desta vez é o minhoto Eduardo Mendes que se encontra também em terras helvéticas, em Liss e que joga ao serviço do RHC Diessbach, juntamente com outros dois jogadores do Minho, César Torres e Rui Faria.
Na altura em que é publicado no Blog Hóquei Minhoto a entrevista a Eduardo Mendes, a equipa do Diessbach ocupa a quarta posição no campeonato suíça com vinte e um pontos, a dez do lidar o Geneve.
É assim mais um minhoto que brilha no estrangeiro. Nasceu em1985 na freguesia de Abade de Neiva e está fora de Portugal desde 2009.

- As razões da sua saída para o estrangeiro são comuns a muitos jogadores.
“ Quando saí de Portugal em Janeiro de 2009,foi para trabalhar na área de restauração, deixei tudo para trás inclusive o hóquei em patins, uma oportunidade que não podia rejeitar porque Portugal estava a caminhar para uma situação económica e profissional má.
Em Outubro no mesmo ano surgiu um clube, RHC Diessbach, que estava interessado nos meus serviços desportivos. Este clube ofereceu a oportunidade de conciliar o hóquei em patins e a minha vida profissional. A grande debandada de jogadores portugueses a emigrar refere-se somente às grandes dificuldades que Portugal atravessa o que deixa me deixa muito triste porque Portugal é um país de hóquei mas por outro lado é bom ver jogadores de topo a jogar noutros países a ajudar a evoluir os mesmos o que torna as competições europeias mais competitivas.

- A forma como foi recebido deixou-o muito satisfeito?
“No clube fui bem recebido não só pelos colegas suiços mas também por um português que neste momento está a jogar no Biasca. Curiosamente fomos nós os primeiros a jogar hóquei na Suiça mais Daniel Guedelha do Weill”.
- Infelizmente uma lesão grave impede Eduardo Mendes de dar o contributo à equipa que tem como objectivos vencer a taça da Suíça e tentar chegar à final do play off da prova helvética.
“Esta é a minha terceira época mas para mim infelizmente acabou devido a uma lesão no ligamento do joelho esquerdo.
Nos últimos dois anos fomos os vencedores da Taça Suiça e este ano queremos repetir o exito, em relação ao campeonato é tentar ir à final do play-off e vencer, sabendo que o Geneve é o principal candidato, mas se somos vencedores de duas Taças Suiça consecutivas também podemos ganhar o campeonato”.

- Jogar na Suíça é diferente de jogar em Portugal. Quais as principais diferenças?
“O hóquei aqui, como todos sabemos, não é tão rápido e a técnica-táctico está uns furos abaixo em relação aos principais campeonatos. Mas com a entrada de grandes jogadores como Pedro Alves, Sebastian Silva e agora recentemente David Paez entre outros, penso que a Suiça tem condições para melhorar não só a nivel sénior como nas camadas jovens, daqui a 3/4 anos poderemos ver uma surpresa nas competições europeias”.

- Como começou a tua formação como jogador de hóquei em patins?
“ Os meus primeiros passos no hóquei foram feitos no OCB graças ao meu pai que é amante desta modalidade. Fiquei no OCB até ao primeiro ano de júnior, depois surgiu a mudança para VSC Barcelinhos ( foto ao lado) até ao fecho do clube depois mudei para Cartaipense.
Todos os clubes ficaram no coração mas aquele que me marcou foi sem dúvida o VSC Barcelinhos, apesar de estar na 3ª divisão, encontrei um grupo fantástico não só nos juniores como em séniores, desde colegas à direcção pena é que o clube não exista.

Como tem visto a campanha do OC Barcelos e do Cartaipense? E o nacional da 1ªdivisão?
“ Como barcelense penso que o Óquei tem equipa para fazer um bom campeonato juntando experiencia e juventude. Já o Cartaipense pode lutar por um lugar de subida mas o campeonato da terceira divisão é muito difícil ao contrário do que as pessoas julgam.
Em relação ao campeonato vejo uma diferença grande de 2/3 equipas em relação às outras o que é mau mas como apaixonante desta modalidade espero que seja só este ano e para o ano esperamos equipas como OCB, Oliveirense e até mesma a Física a lutar por voos mais altos”.

Que pensas do projecto Hóquei Minhoto?
" Agradeço ao Hóquei minhoto por esta entrevista e também dou os meus parabens pelo este espaço de informação de qualidade e diversificada ao hóquei do Minho onde mostra que o Minho é uma zona onde se respira Hóquei. Todos os dias a minha fonte de informação do hóquei em patins e especial do Minho e no Blog o Hóquei Minhoto. Não sou só eu que procura a informação. Outros jogadores já o fazem diariamente. Aqui o blog é conhecido por Minhoto. Desejo sorte a este blog e que dure por muitos anos.”

O Blog Hóquei Minhoto agradece a colaboração e deseja as maiores felicidades pessoais e desportivas ao minhoto Eduardo Mendes.

3 comentários:

  1. Parabéns a este blog que esta a fazer um grande trabalho, pela modalidade no Minho e não só . parabéns Miguel

    ResponderEliminar
  2. Este blog esta a surpreender e muito. Parabens pela forma como esta a ser conduzido. Um abraço

    ResponderEliminar
  3. leva o meia de leite para aí. não é apreciado nas nossas pistas mas pode ser que aí espalhasse aquela magia. Boa sorte Eduardo, grande abraço. Azevedo

    ResponderEliminar