Final Four da Liga Europeia

Final Four da Liga Europeia
Final Four da Liga Europeia

2.01.2014

HC Braga obtém "alvará " e com segurança vence a Oliveirense por 5-2



Surpresa no resultado, só para quem não viu...
O HC Braga recebeu e venceu a Oliveirense por 5-2 e subiu ao sétimo lugar agora com vinte e dois pontos.
Em Braga a partida entre a equipa minhota e a Oliveirense começou com vinte e sete minutos de atraso por duas razões.
Primeiro devido à não apresentação de papel por parte da direcção bracarense do alvará de licença da empresa de segurança ao jogo. Os minhotos ainda procuram com a apresentação em computador enquanto imprimiam noutro lugar o alvará, mas o juiz Paulo Romão apenas aceitou quando foi apresentado em papel, tal como está inserido no comunicado 45/2013.
Durante este período de tempo a luz faltou no pavilhão das goladas regressando depois já com a dupla de arbitragem na pista.
No entanto a luz apareceu mas não na sua totalidade, situação que obrigou a mais uns minutos de espera.
Mesmo assim o jogo começou com a luz a não ser total especialmente nas zonas por cima das balizas.

Finalmente às 17h27m começou o jogo com a Oliveirense a querer marcar mas Guilherme Silva a mostrar serviço impedindo o golo a Tó Silva e a Gonçalo Alves.
Aos 9' surgiu o primeiro golo e para os minhotos com Luís Filipe oportuno a rematar para o fundo da baliza de Diogo Almeida.
Procurou empatar mas seria o HC Braga a elevar por Ricardo Ramos, ex Oliveirense que aproveitou a passadeira da defesa de Oliveira de Azeméis.
Com dois golos de desvantagem o treinador da Oliveirense pediu um desconto de tempo e colocou em ringue o ex bracarense Rúben Pereira, enquanto André Torres optou por Miguel Vieira e Eduardo Brás.
O jogo ganhou mais velocidade situação que originou muitos remates à baliza das duas equipas, mas ate ao intervalo o resultado não se alterou.
A segunda parte começou a Oliveirense a tentar encurtar o marcador e a rematar mais enquanto o HC Braga procurava o contra ataque.
No entanto a primeira grande oportunidade de golo foi para o HC Braga aos 5' mas Ricardo Ramos não aproveitou um livre direto por cartão azul a Gonçalo Suissas. Os minhotos também não tiraram proveito da superioridade numérica durante dois minutos.
Num ritmo alucinante o Braga ampliou o resultado aos 9' por Miguel Vieira, fazendo o 3-0. Imediatamente o treinador da Oliveirense pediu um tempo de desconto mostrando o desagrado pela marcha do marcador.
Após o tempo de desconto Guilherme Silva foi autenticamente bombardeado pelos remates da Oliveirense retardando o golo que no entanto iria aparecer aos 15' por Gonçalo Suissas.
A Oliveirense arriscou tudo para marcar mas seria o HC Braga a elevar por Rodrigo Sousa aos 18' através de um remate frontal e aos 20' por Chumbinho fazendo o 5-1.
Até ao final o HC Braga circulou o esférico para desespero dos jogadores da Oliveirense. Já no ultimo minuto Gonçalo Alves reduziu para 5-2
Triunfo justo dos minhotos perante uma Oliveirense que jogou o que o Braga deixou.
Na próxima jornada os minhotos jogam na luz frente ao Benfica. A Oliveirense recebe o OC Barcelos.

Pavilhão das Goladas em Braga
Árbitros: Paulo Romão e Paulo Santos
Ao intervalo: 2-0
Cartões azuis: Gonçalo Suissas

HC Braga 5
Guilherme Silva, Luís Filipe, Rodrigo Sousa, Frederico Saraiva e Ricardo Ramos
Jogaram ainda: Miguel Vieira, Eduardo Brás, Ângelo Fernandes e Chumbinho
Treinador: André Torres

UD Oliveirense 2
Diogo Almeida, André Azevedo, Gonçalo Alves, Daniel Oliveira e Tó Silva
Jogaram ainda: Rúben Pereira, Nelson Pereira, Gonçalo Suissas,
Treinador: Nuno Resende

Sem comentários:

Enviar um comentário