FINAL FOUR DA TAÇA CERS

FINAL FOUR DA TAÇA CERS
HÓQUEI MINHOTO EM VIAREGGIO

9.25.2016

HC Braga conquista Torneio Jorge Coutinho



HC Braga conquista pela segunda vez o Torneio Jorge Coutinho após vencer no golo de ouro o Riba d'Ave por 6-5

Pela primeira vez Riba d'Ave e HC Braga encontraram-se numa final do Torneio Jorge Coutinho.
O HC Braga volta a uma final depois de a ter vencido em 2012/2013 enquanto que o Riba d'Ave repete a final do ano passado que perdeu para a Juventude de Viana.
Perante uma boa moldura humana que viajou quer de Riba d'Ave, quer de Braga, a equipa de Vítor Silva entrou forte e logo aos 2' marcou por Ângelo Fernandes num remate de meia distancia.
O mesmo jogador no minuto seguinte fez o 2-0 de grande penalidade.
A equipa de Riba d'Ave acordou e reduziu de grande penalidade aos 9' por Bruno Serôdio.
Também em mais um lance de bola parada o Riba d'Ave chegou ao empate aos 13' novamente por Bruno Serôdio.
Com a igualdade no marcador o jogo cresceu de intensidade obrigando quer João Gomes, quer Francisco Veludo a boas defesas.
O marcador voltou a funcionar no ultimo minuto e para as duas equipas, primeiro Vítor Hugo e depois Pedro Delgado "Bekas" a fazerem o três igual em tempo de descanso.

Para a segunda parte o HC Braga voltou a ganhar vantagem no marcador com Gonçalo Meira aos 5' a converter um livre direto por azul mostrado a Bruno Serôdio.
O Riba d'Ave podia ter feito o empate mas de livre direto Tiago Pimenta desperdiçou.
Depois das duas equipas terem falhado um livre direto por terem cometido ambas a décima falta, o golo apareceu aos 14' e para o Braga por Pedro Delgado "Bekas".
O Riba d'Ave respondeu de forma imediata por Hugo Azevedo fazendo o 4-5.
Com enorme entrega e sempre na procura do golo os ferros das balizas evitaram que Márcio Rodrigues e Hugo Azevedo marcassem.
A pouco mais de um minuto do fim o Riba d'Ave beneficiou de um livre direto mas Nuno Micoli desperdiçou.
Com mais um jogador em pista por cartão azul mostrado ao treinador do Braga, o Riba d'Ave acabou por chegar ao empate a escassos nove segundos do fim de livre direto por Vítor Hugo após azul mostrado a Jorge Faria "Rato", levando o jogo para o prolongamento.

No tempo extra o HC Braga que começou ainda com menos um jogador conseguiu segurar o empate durante esse período em que esteve em inferioridade numérica.
O famoso golo de ouro apareceu no segundo minuto da segunda parte do prolongamento por Pedro delgado "Bekas"


Riba d'Ave
João Costa, Ricardo Lopes, Raul Meca, Tiago Pimenta, Hugo Azevedo, Nuno Micoli, Daniel Pinheiro, Bruno Pinto, Vitor Hugo e João Ferreira.

HC Braga
Francisco Veludo, Márcio Rodrigues, João Campos, Angelo Fernandes, Jorge Faria, Gonçalo Meira, Duarte Machado, Carlos Loureiro e Gabriel Costa.

Sem comentários:

Enviar um comentário