HÓQUEI MINHOTO

HÓQUEI MINHOTO
HÓQUEI MINHOTO

10.20.2016

João Paulo Oliveira " O HC Fão está a ser perseguido pela FPP "




O HC Fão manifesta a sua indignação perante a postura da Federação de Patinagem de Portugal depois do clube minhoto ter solicitado a suspensão dos campeonatos nacionais da segunda e terceira divisão.
Segundo o director do HC Fão João Paulo Oliveira a sua instituição está a ser perseguida pela FPP.
“ Consideramos nesta altura que existe uma nítida perseguição por parte da FPP nomeadamente na pessoa do seu vice-presidente Paulo Rodrigues.
O clube HC Fão procura a verdade desportiva. Neste momento existem pessoas que dizem mentiras atrás de mentiras. Depois de termos solicitado a suspensão fomos surpreendidos com a resposta de que o HC Fão não tem nada que se meter no caso da falta de comparência do jogo entre o Gulpilhares e o Cartaipense.
Afinal o processo não está fechado. Mais uma razão para o HC Fão pedir a suspensão porque a decisão final ainda não saiu".

Os fangueiros mostram-se estupefactos como o clube é notificado e ameaçado perante as suas obrigações com a FPP.

" Para além disso somos notificados a pagar verbas duas vezes o mesmo jogo.
O HC Fão reclamou, recebendo de seguida um pedido de desculpas pelos valores apresentados.
Mas três horas depois somos novamente notificados a pagar valores que não estão corretos. 
O HC Fão é gerido por pessoas sérias e não aceita este tipo de brincadeiras. 
O conselho de disciplina diz que é um valor, o comité técnico apresenta outro mais elevado. 
Afinal o que temos a pagar? 
É mentira quando dizem que o HC Fão nunca questionou a FPP. 
O HC Fão é notificado e ameaçado se não tiver a sua conta corrente em dia, que os próximos jogos serão cancelados e averbadas faltas de comparência.
Todos sabemos que os clubes têm as suas dificuldades, mas ameaçar desta forma é uma autêntica perseguição.
Mas por respeito à modalidade e a todos os clubes o HC Fão irá esta quinta feira efectuar o pagamento em divida mesmo este sendo um valor mais alto.

Posteriormente o HC Fão está na disponibilidade de apresentar publicamente documentos que prova a total desorientação que existe neste momento na FPP nomeadamente na pessoa do seu vice-presidente.
O HC Fão exige respeito e não aceita represálias “.

Sem comentários:

Enviar um comentário