HÓQUEI MINHOTO

HÓQUEI MINHOTO
HÓQUEI MINHOTO

3.25.2013

Limianos e Espinho anulam-se no fundo da tabela



Cinco golos de Diogo Sá (na foto) não foram suficientes para evitar a igualdade

A igualdade a oito golos em Ponte de Lima não agradou nem a minhotos, nem a espinhenses que assim continuam nos últimos lugares da classificação.
Para a turma da AD Limianos a divisão de pontos ainda "agudizou" mais a sua esperança em se manter na primeira divisão.
Por parte do Espinho o empate sabe a pouco depois de estar a vencer por quatro golos sem resposta, ainda durante a primeira parte.
O jogo começou praticamente com o primeiro golo do Espinho apontado por André Pinto. Os minhotos procuraram reagir mas seria de novo a turma visitante a elevar aos 17' por Filipe Sousa e aos 18' por José Miguel. Ainda na primeira parte Afonso Santos fez o 4-0 para em cima do apito para o descanso Diogo Sá fixar o resultado em 4-1.
Na segunda parte a AD Limianos acreditou e aos poucos foi encurtando o marcador, primeiro por Diogo Sá e depois por César Pinheiro de livre direto. Respondeu o Espinho com novo golo desta vez por André Pinto. O mesmo jogador visitante podia ter aumentado mas falhou um livre direto.
A meio da segunda parte depois de muito procurar, os minhotos finalmente chegaram ao empate com tentos de Diogo Sá e César Pinheiro, fazendo o cinco igual.
Respondeu o ex limiano Carlos André fazendo o 5-6 aos 16'. No minuto seguinte Diogo Sá com dois golos levou ao rubro a partida colocando os minhotos na frente do marcador.
Em toada de parada e resposta aos 18' Álvaro Pinto podia ter reduzido mas desperdiçou um livre direto. Quem não desperdiçou foi César Pinheiro que aos 19' colocou o resultado em 8-6 a favor da sua equipa.
O Espinho não desistiu e nos minutos finais chegou ao empate a oito tentos  A turma de Espinho podia ter mesmo vencido o encontro mas falhou um livre direto a pouco mais de três segundos do apito final.
Sendo assim a AD Limianos tem a vida muito complicada para atingir os lugares de manutenção. Com sete jornadas para o fim e com vinte e um pontos em disputa e com onze de atraso para o HA Cambra a permanência afigura-se muito difícil.
Igual situação para o Espinho que apesar de ter quinze pontos também tem de se agarrar á maquina calculadora para fazer contas pela manutenção.
Na próxima ronda a AD Limianos joga de novo em casa recebendo o Paço d'Arcos, enquanto que a AA Espinho recebe a AD Valongo.

Sem comentários:

Enviar um comentário